1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[COLUNA] Dona web mandou

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 23 Mai 2012.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Nos dias iniciais da web, quando os exploradores da internet vasculhavam seus provincianos recantos, a revista "New Yorker" publicou uma charge que se tornaria a mais reproduzida de suas ilustrações na década seguinte. Um cachorro está diante de um computador, conversando com outro cachorro.
    Passados quase 20 anos, muita coisa mudou. A web está obcecada em descobrir quem somos e nos oferecer serviços personalizados. A Amazon tenta prever que livros deveríamos ler. Os algoritmos do Facebook se esforçam por nos apresentar a novos amigos. Anúncios de coisas que um dia consideramos comprar nos seguem na rede.

    A internet quer ajudar. Quer criar uma experiência personalizada quando estamos on-line. Mas será, que ao fazê-lo, não estará encolhendo nossos horizontes em lugar de expandi-los?

    Muita gente acha que sim. Um recente artigo na revista britânica "Intelligent Life" alerta contra o ataque da web à casualidade.
    analisava Ian Leslie, o autor do texto.

    Enquanto eu lia o artigo on-line, um anúncio surgiu em minha tela. Após ler 1.500 palavras sobre o ataque da web às descobertas casuais, recebi um anúncio que perguntava: "Você quer ler mais artigos como esse?".

    É a sábia web em ação: cansada de ser facilitadora, ela agora prefere antecipar nossas necessidades. Conecte-se, leia, envie a um amigo, curta, compre, clique, clique, clique. Mas qual é a qualidade dessas recomendações? Só há uma forma de descobrir.

    Por um dia inteiro, meu objetivo será fazer tudo aquilo que a internet me propuser. Para onde ela apontar, eu clicarei. Por isso, sim, quero ler mais artigos como esse. E clico no anúncio.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. Ivo Basay®

    Ivo Basay® Banned

    é tanto sugestionamento que tem hora que penso que é isso mesmo.. concordo com essa matéria.
     

Compartilhar