• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Clarice Lispector

  • Criador do tópico Criador do tópico Oropher
  • Data de Criação Data de Criação

Oropher

Hmm... oi?
Acho que ela merece um tópico só dela aqui no Meia palavra. :D

Clarice Lispector é uma das autoras brasileiras que eu mais gosto. Os livros dela nos fazem mergulhar profundamente na mente dos personagens, numa verdadeira exploração dos pensamentos. Aliás, o estilo dela é único, nunca li nada parecido.

A imensa maioria de seus personagens são mulheres. Em A Hora da Estrela (que acredito ser a obra mais conhecida) mostra Macabéa, uma nordestina que vive sua vida como se, uh, não vivesse. Alheia à tudo, sem o mínimo de respeito por parte dos outros, simplesmente vê a vida passar.

Laços de Família (o outro livro que eu li) é uma coleção de histórias que mostram a vida de mulheres presas em suas relações familiares. Os laços não são afetivos, mas laços que aprisionam.

Quero ler outros livros dela, mas nunca encontro. =/
Mas então, o que vocês acham dela? O que gostam e o que não gostam em seus livros?

Esse site aqui tem todas as informações que possam interessar.
 
Meu amigo tem uma coleção inteira, gigante, vou ler "A hora da estrela", se me interessar leio os demais, mas seguirei sua recomendação.
 
Ger disse:
Quero ler outros livros dela, mas nunca encontro. =/
Mas então, o que vocês acham dela? O que gostam e o que não gostam em seus livros?

Lembro-me que eu lia muito Clarice em 2001, quando saia do cursinho e ia para a Biblioteca Pública e ficava até fechar! Era dificil mesmo pegar alguns livros concorridissimos, mas quando chegavam na prateleira, tinha uma alegria sem fim... Como um dia de sorte, um agraciado presente de um Deus bibliotecário do Olimpo huhuhuh

E lia até a exaustão... Quantas vezes forem necessárias para guardar aquela história com detalhes, caso não a visse mais nas prateleiras da BP....

A forma como ela descreve, como define os espaços psicologicamente é encantador... Foi aí que pensei "poxa... saber fazer isso é o que divide escritores comuns, dos geniais" e assim ia lendo...

Li A legião estrangeira, A hora da estrela , A paixão segundo G.H., Felicidade clandestina, A mulher que matou os peixes, e alguns contos e poesias...

Algumas inesquecíveis...

Do livro, "Uma Aprendizagem Ou O Livro Dos Prazeres":

Alivia a minha alma,
faze com que eu sinta que Tua mão está dada à minha,
faze com que eu sinta que a morte não existe
porque na verdade já estamos na eternidade,
faze com que eu sinta que amar é não morrer,
que a entrega de si mesmo não significa a morte,
faze com que eu sinta uma alegria modesta e diária,
faze com que eu não te indague demais,
porque a resposta seria tão misteriosa quanto a pergunta,
faze com que me lembre
de que também não há explicação
porque um filho quer o beijo de sua mãe
e no entanto ele quer
e no entanto o beijo é perfeito,
faze com que eu receba o mundo sem receio,
pois para esse mundo incompreensível eu fui criada
e eu mesma também incompreensível,
então é que há uma conexão
entre esse mistério do mundo e o nosso,
mas essa conexão não é clara para nós
enquanto quisermos entendê-la,
abençoa-me para eu viva com alegria
o pão que eu como,
o sono que durmo,
faze com que eu tenha caridade por mim mesma,
pois senão não poderei sentir que Deus me amou,
faze com que eu perca o pudor de desejar
que na hora de minha morte
haja uma mão humana amada para apertar a minha,
amém.

(Clarice Lispector)
 
Eu estou passando por uma fase complicada envolvendo a Clarice. Se por um lado adoro A Hora da Estrela (que muita gente diz odiar), por outro eu não gostei A Paixão Segundo G.H. (que muita gente diz adorar). Consigo ver no livro um monte de coisa bacana (especialmente inserindo a obra no momento no qual foi escrita) mas a verdade é que a narrativa foi bastante chata para mim (nem cansativa, até porque narrativas cansativas normalmente são um desafio para mim =P).

Acho que o que mais gostei do livro é que o lance, o graaaaande laaaaaance da barata (que é o que todo mundo fala sobre o livro, aliás) ela narra de modo bastante sutil. Pelo menos dentro da possibilidade de sutileza, hehe. A G.H. passa mais tempo descrevendo (com riqueza de detalhes) a barata do que... bem, vocês devem saber o que, eu é que não vou dizer aqui e estragar a surpresa de quem não sabe.

Se eu indicaria para alguém? Sim, indicaria, até porque como vocês já devem saber, eu tenho lá minha teoria sobre momentos certos para ler um livro, e dado o que a Clarice já fez de bom, darei uma segunda chance para G.H. num futuro. Mas não um futuro muito próximo.
 
Podem me bater. Podem me xingar mas li ontem esse tópico e pensei "Eu já li Clarice Lispector". Ai cheguei em casa e vi que era Lya Luft.
E eu jurava que já havia lido algo da Clarice.
Falta grave. Preciso ler.
 
Anica disse:
eu não gostei A Paixão Segundo G.H. (que muita gente diz adorar). Consigo ver no livro um monte de coisa bacana (especialmente inserindo a obra no momento no qual foi escrita) mas a verdade é que a narrativa foi bastante chata para mim (nem cansativa, até porque narrativas cansativas normalmente são um desafio para mim =P).

Essa talvez seja a melhor descrição. Quando o Kabral me perguntou o porque de eu gostar desse livro, eu disse isso aí em cima.

O livro é chato de fato, porém quando começamos a nos envolver na história, conseguimos descobrir traços e passagens tão fortes que nos identificamos. G.H. não é fácil, mas acho que sentimentos (dúvidas) humanas também não são fáceis. O título do livro nos impõe a descobrir junto com a protagonista, sua paixão, seu motivo, suas dúvidas e tudo gerado por um pequeno detalhe, por um acontecimento inesperado. Assim como uma paixão. Repentina e fervorosa. Que nos põe em dúvidas e que nos crucificarmos.
 
Felicidade Clandestina é o melhor dos livros dela....
Clarice sempre escreveu com simplicidade...É possivel enxergar uma doçura verdadeira ....
[align=justify][size=medium][/size][/align]
 
Eu ainda não li nenhum livro da Clarice, mas não é por não gostar dela. Já tive contatos com algumas partes dos livros. Ano retrasado, se preparando pro vesibular, meus colegas estavam lendo Clarice e liam pra mim certas passagens. Eu gostava mas achava estranho. Por isso ainda não me sinto "preparada" pra ler, porque sei que não vou entender bulhufas. Mas um dia lerei... aaaah se vou!
 
Pior é que vez ou outra eu leio trechos que são da Clarice e adoro, e só descubro depois que são dela. Outras vezes, não sei... me faltava na verdade ler um romance dela, já que até agora eu só li alguns contos (ou pedaços de contos). Inclusive um maravilhoso, "Por não estarem distraídos"...

Muita gente também me recomenda Clarice pq eu amo a Cecília Meireles, e me falaram que as duas tem um jeito de escrever bem parecido. As vezes eu também acho, as vezes acho muito diferente. Alguém que já tenha lido pode dar uma opinião sobre as duas terem a ver ou não? :think:
 
Gosto bastante do pouco que li da Clarice, mas admito que achei meio
confuso no começo. Tudo uma questão de costume, hehe.. Agora leio
qualquer livro dela sem problemas, e acho incrível a forma como me apego
aos livros dela, fico encantada...não li um que tenha me decepcionado!
Ainda acho que conheço poucos, com o tempo vou ver se consigo ler
todos (:

Pepper, eu conheço pouquíssimo sobre a Cecília Meireles. Posso dizer que
deste pouco acho que as duas tem um jeito de escrever semelhante...
 
Noossa, até hj só li um, "Perto do Coração Selvagem", eu tinha 12 anos na época, e eu me lembro de me sentir em êxtase completo, realmente, nunca encontrei alguém que escrevesse como ela, com tanta liberdade. Tem uma frase que eu lembro até hj (ñ sei se é exatamente assim, mas é algo do gênero) "Perco a consciência, mas não importa, encontro a maior serenidade na alucinação"

E, sim, eu quero demais ler outro livro dela, se possível ^^
:lendo:
 
daisy_tangerine disse:
Noossa, até hj só li um, "Perto do Coração Selvagem", eu tinha 12 anos na época, e eu me lembro de me sentir em êxtase completo, realmente, nunca encontrei alguém que escrevesse como ela, com tanta liberdade. Tem uma frase que eu lembro até hj (ñ sei se é exatamente assim, mas é algo do gênero) "Perco a consciência, mas não importa, encontro a maior serenidade na alucinação"

E, sim, eu quero demais ler outro livro dela, se possível ^^
:lendo:

É bem esse o livro que estou lendo e me obrigo (com dificuldade) a ler um pouquinho só por dia. Não quero que o livro acabe. Ele é tão, tão, tão bom que não sei o que fazer quando tiver que devolver. :(
 
Ray disse:
daisy_tangerine disse:
Noossa, até hj só li um, "Perto do Coração Selvagem", eu tinha 12 anos na época, e eu me lembro de me sentir em êxtase completo, realmente, nunca encontrei alguém que escrevesse como ela, com tanta liberdade. Tem uma frase que eu lembro até hj (ñ sei se é exatamente assim, mas é algo do gênero) "Perco a consciência, mas não importa, encontro a maior serenidade na alucinação"

E, sim, eu quero demais ler outro livro dela, se possível ^^
:lendo:

É bem esse o livro que estou lendo e me obrigo (com dificuldade) a ler um pouquinho só por dia. Não quero que o livro acabe. Ele é tão, tão, tão bom que não sei o que fazer quando tiver que devolver. :(

Ah, foi o mesmo comigo, eu peguei de uma biblioteca, mas a diferença é que na época eu não "percebi" o quão bom era o livro, estranho...
Mas no teu caso, como você tem q devolver, bom, às vezes eu copio algumas passagens dos livros q eu acho interessante, vc pode tbm tirar xerox hehe mas sai mt caro às vezes, e, realmente, nada substitui o livro em si.
 
Olá pessoal!!!!!
Só vim aqui falar proceis que tem uma entrevista dela disponível no Youtube, quem quiser conferir...
http://br.youtube.com/watch?v=9ad7b6kqyok
 
Alguém teve a oportunidade de ler a Fotobiografia da Clarice? Eu achei que
este seria composto apenas por fotografias dela, mas não, ele conta toda
a história de vida da Clarice, fala dos familiares, os lugares nos quais ela
viveu, o lançamento de cada obra... bem interessante! Infelizmente não
tive tempo de ler tudo, porque o livro não era meu, mas é uma dica para
aqueles que querem saber mais sobre ela (:
 
É verdade, ela merece um tópico apenas pra ela aqui no Meia! Na minha escola o ano passado fizeram uma grande homenagem em um dos sarais que tiveram...foi maravilhoso, exatamente sobre esse livro dela, o "A Hora da Estrela". Eu não li ainda, só sei que está tendo algo no Museu da Lingua Portuguesa, do lado da estação da Luz e que me parece ser uma homenagem também.

http://www.museulinguaportuguesa.org.br/Museudalinguaportuguesa/ClariceLispector/home.html
 
Fernando Giacon disse:
É verdade, ela merece um tópico apenas pra ela aqui no Meia! Na minha escola o ano passado fizeram uma grande homenagem em um dos sarais que tiveram...foi maravilhoso, exatamente sobre esse livro dela, o "A Hora da Estrela". Eu não li ainda, só sei que está tendo algo no Museu da Lingua Portuguesa, do lado da estação da Luz e que me parece ser uma homenagem também.

http://www.museulinguaportuguesa.org.br/Museudalinguaportuguesa/ClariceLispector/home.html

A exposição da Clarice já acabou há um tempo, no lugar entrou uma
do Machado de Assis (:
 
Ka Bral o Negro disse:
Só pra constar: ADORO Lispector.

Conseguiu superar o medo e aversão ao livro "A Paixão Segundo G.H."? Lembro até hoje sua revolta, foi em um churrasco Valino, se não me engano.
 
Se tiverem oportunidade, leiam A Legião Estrangeira. Para quem anda meio sem tempo mas não consegue ficar sem ler nada ele é ótimo, curtinho, separado por contos interessantes. (:
 

Valinor 2023

Total arrecadado
R$2.524,79
Termina em:
Back
Topo