1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

PC Civilization 5

Tópico em 'Jogos Eletrônicos' iniciado por Grimnir, 24 Fev 2014.

  1. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Eu to jogando o Gods & Kings e to achando muito bom, realmente tem algumas melhoras. Eu baixei o demo do Brave New Worlds, mas achei bem confuso. Recomendo começar com o G&K.
     
  2. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é joselito

    Romanos são traidores com vocês também?
     
  3. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Eu não sei se esse mecanismo de traição melhorou ou se só ficou mais explícito com a evolução dos jogos. No civilization 5 dá pra perceber que a inteligência do computador avalia o tempo todo o quão vulnerável você está. E quanto maior o nível de dificuldade do jogo, mais rápido o computador toma a iniciativa de te atacar se você estiver numa posição vulnerável.
     
  4. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é joselito

    Isso sempre foi algo fantástico mesmo. Roma me atacou 2 turnos após eu começar uma guerra do outro lado do meu mapa, onde eu estava apenas com tropas defensivas, e uns 4 cavaleiros.

    E foi engraçado, pois tinha acabado de negociar com eles o comércio de Wines e tals. Estávamos ótimos. Aí eles viram eu entrando em guerra e tentaram abocanhar umas cidades.

    Outra coisa legal: Roma, Zululand, China, etc...são muito mais suscetíveis a ataques/guerras do que nações como os Indianos ou Franceses.
     
  5. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Nao lembro direito. As nações são explicitamemte diferenciadas pelo perfil de jogo? Tipo mais militaristas, científicas ou diplomaticas? Nao lembro como é nos outros civs que nao tinham unidades exclusivas.
     
  6. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é joselito

    Desde o II tem unidades exclusivas, não? :think: No três tem, e as nações possuem níveis de agressividade diferentes.
     
  7. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Acho que não, Neithan. Se não me engano, no Civ3 começaram a diferenciar as nações na prática, com unidades exclusivas e algumas vantagens tecnológicas. No Civ2, a diferença para o jogador é zero e para o pc a diferença, creio eu, é só no estilo de jogo - algumas mais agressivas que outras.

    Cade o @Amon_Gwareth? Ele também curte esse vício.
     
  8. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é joselito

    Ah tá. Não lembrava disso.

    Btw, terminei o cenário, e agora abri um no level emperor. Duvido que eu ganhe, mas...:lol:
     
  9. Deriel

    Deriel Administrador

    Eu comprei no Humble Bundle (compro todos, na verdade...), $15 com todas as expansões tem umas 3 semanas, antes disso eu tinha oi Civ5 mas de outras fontes. Aliás, as expensõe fazem o Civ5 ser melhor do que o Civ4 e mesmo o Civ3 na minha opinião. Eu jogo via Steam, caso alguém queira, meu nick lá é fabiobettega (58 de 287 conquistas, falta muito)

    E, claro, Civ5 tem o
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , como não gostar?
     
  10. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Esse giant robot é sensacional. Pena que nunca chego a usa-lo efetivamente. Ainda estou apanhando no hard, só consegui uma vitória pela ciência.

    Vou te adicionar lá, @Deriel.
     
  11. Deriel

    Deriel Administrador

    Eu não ando jogando nada além de Warlord (nível 3) - o jogo tem novidades demais pra mim, e preciso me habituar. São cidades-estado, novos recursos, novas penalidades, social policies, construções. Muita diferença e eu joguei pouco o Civ4, apesar de ter me afundado no Civ, Civ2 e Civ3. Até mesmo o conceito de religião está bastante atraente!

    Uma experiência muito interessante é jogar como Veneza - nada de adquirir cidades ou fazer Settlers, mas mesmo assim dá pra jogar muito bem, o que é uma surpresa.

    Mas, sinceramente eu prefiro jogar com civilizações grandes, expansivas, focando em Ciência e Cultura.
     
  12. Grimnir

    Grimnir Usuário

    As mudanças do básico para o Gods & Kings não foram tão drásticas, mas eu baixei o demo do Brave New World e tive um pouco de dificuldade de entender alguns conceitos. Por enquanto não aderi a essa última expansão.

    Uma coisa que só recentemente entendi é que você necessariamente precisa completar as árvores culturais. Na verdade, dependendo do tipo de vitória que você quer, o ideal é pegar algumas policies de diferentes árvores. Funcionou bem quando testei na partida com o foco em ciência.
     
  13. Amon_Gwareth

    Amon_Gwareth Paragon

    O V está altamente viciante e divertido, as horas passam e você nem vê :lol:

    Mas tem um probleminha bem grave: a dificuldade em relação as versões anteriores está muito reduzida. Foram removidos alguns conceitos importantes como conquista cultural das cidades, limite de distância percorrido por embarcações sem lighthouse, e foi implementado um esquema esquisito para aumentar consideravelmente a resistência de cidade. Já ganhei jogos sem produzir mais de 4 unidades militares.

    A única mudança significativa em relação as versões anteriores é que o AI das civilizações está muito mais dinâmico em relação à própria condição e ao próprio cenário. Num exemplo prático: os japoneses são extremamente bélicos. No começo do jogo, matei todas as unidades militares deles e declarei paz. Fiz isso mais umas duas ou três vezes, até eles ficarem militarmente inferiores (permanentemente). Estranhamente eles começaram a propor research agreement, trocas de recursos, etc, coisa que eles normalmente não fazem. Nas versões anteriores, eles continuariam tentando fazer uma campanha militar, independente da situação.

    O resumo é que tem poucas inovações em relação às versões anteriores, teve uma piora significativa (nível de dificuldade reduzido), e o maior turn-up é o aspecto visual, que ficou realmente muito bonito. Vou comprar as expansões pra ver o que rola.

    Claro que não deixa de ser um excelente jogo. Só achei que não ficou tão excelente em relação ao padrão civilization.
     
  14. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Como eu não joguei o 4, fiquei com a impressão de que o 5 teve boas inovações em relação às outras versões. Não lembro muito bem, por exemplo, como era a produção de cultura no Civ3, mas eu achava que era relativamente fácil conquistar uma cidade inimiga apenas com a expansão de cultura. No Civ5 além de não ser mais possível esse tipo de conquista (uma perda, eu acho), o crescimento da cultura parece ser mais restrito.

    Também não lembro qual era (se é que tinha) o sistema paralelo no Civ3. Tipo, no Civ2 tinham os regimes de governo e no Civ5 as árvores de policies. Essas árvores são bem interessantes, já que dá pra fazer um estilo híbrido dependendo do tipo de vitória. Para o @Amon_Gwareth rir da minha cara, eu sempre uso uma das policies da árvore do Comunismo quando quero uma vitória científica.

    Enfim, como eu já falei, uma das coisas mais idiotas, mas que eu mais gostei, foi a possibilidade de finalmente uma ranged unit atacar a distância. A grande diferenciação entre as nações também é algo que gostei, mas não sei muito bem até onde que muda o estilo de jogar. Você tem jogado em qual dificuldade, Amon?
     
    • LOL LOL x 1
  15. Amon_Gwareth

    Amon_Gwareth Paragon

    @Grimnir , neste exato momento to jogando, na dificuldade emperor, com a nação mais overpower do jogo: Ramkhamhaeng, Siam. Tô rushando influência nas cidades estado pra crescer a minha capital e ganhar vitória científica. Dei sorte de cair num mapa que tá tipo um arquipélago, e já peguei caravana enquanto os caras ainda tão começando a fazer swordman :lol:
     
  16. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Emperor não dá pra mim ainda não. To apanhando no King (hard). Apanhando é exagero, mas só consegui uma vitória até agora.
     
  17. Amon_Gwareth

    Amon_Gwareth Paragon

    O jogo passa a fazer mais sentido quando vc diminui a velocidade. Tenta aumentar a dificuldade e diminuir o ritmo de jogo (tô no marathon). Quando fiz isso, consegui me desenvolver estrategicamente melhor do que em outros ritmos (que, imo, estão excessivamente rápidos). Faça o teste e me diga o que acha.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  18. Paganus

    Paganus Visitante

    Fundamentalismo era o melhor sistema de governo no Civ II. Chorem.

    Sem revoltas contra a minha autoridade imperial sacral, e rios de dinheiro pra construir armas nucleares.

    Haha
     
  19. Deriel

    Deriel Administrador


    Você pode fazer algo equivalente no Civ5, usando as Social Policies e Ideology
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  20. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Ideology é da expansão Brave New World? Não lembro de ter visto isso no Gods & Kings.
     

Compartilhar