1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Civil Wardrobe (2006)

Tópico em 'Quadrinhos' iniciado por Vëon, 15 Ago 2006.

  1. Vëon

    Vëon Do you know what time it is?

    [FONT=verdana,arial]
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    O roteirista e desenhista Rich Johnston lançará no próximo mês, através da Brain Scan Comics, uma paródia de Civil War, o evento que vem abalando o Universo Marvel. "Civil wardrobe" (algo como "Guarda-roupa civil" ou, numa tradução mais livre, "a guerra do guarda-roupa") tem arte de grandes nomes dos quadrinhos atuais, como Kaare Andrews, Darick Robertson e Ashley Wood, entre outros. Além, é claro, do próprio Johnston, que ilustra nove páginas do gibi.

    Segundo o autor, a premissa do gibi é bastante simples. Um grupo intitulado Old Fanboy Warriors está em uma reunião no porão da casa dos pais de um deles, discutindo os problemas da Indústria dos quadrinhos, quando são mortos em uma tremenda e misteriosa explosão.

    Esse acontecimento faz com que o Governo vote pelo Ato de Descompressão, uma lei que diz que, ao invés de morrer em míseras três páginas, a história dos Old Fanboy Warriors podia ser esticada por pelo menos dois anos e diversas TPBs. Isso faz com que a comunidade de super-heróis se divida em duas. Enquanto uma parte apóia uma descompressão cada vez menor de suas tramas, a outra quer retornar aos dias de glória na qual estrelavam histórias fechadas em dezenove páginas ou menos. Como resultado, os heróis ganham um novo design, são renomeados, atualizados e prontos para a luta.

    A paródia parece ser interessante, já que, por exemplo, traz o Poderoso Thor renovado para os dias de hoje, como um pastor da Cientologia, o Capitão América como um participante do American Idol e o Osama bin Hulk, entre outros.

    Há de se destacar que a paródia foi oficialmente autorizada por Joe Quesada, editor-chefe da Marvel. Veja uma imagem do gibi, parodiando um dos mais significativos acontecimentos da Civil War oficial:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)




    :lol:



    [/FONT]
     

    Arquivos Anexados:

  2. Lukaz Drakon

    Lukaz Drakon Souls. I Eets Them.

  3. Phantom Lord

    Phantom Lord London Calling



    Fiquei interessado em ler esta história,apesar de ser uma paródia as
    referências culturais que colocaram foram interessantes,como a Cientologia
    e o American Idol,e Osama Bin Hulk foi um dos nomes mais geniais/engraçados que já vi.:lol:
     
  4. Estranho

    Estranho Dancer

    Eu quero ver essa tb....



    E o que são TPBs?
     

Compartilhar