• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Status
Fechado para novas mensagens.

Neoghoster Akira

Brandebuque
E os Homens foram obrigados por Sauron a buscarem a imortalidade? E se os nazgûl abdicaram livremente do livre arbítrio (o que é uma manifestação do livre arbítrio) para se tornarem servos eternos de Sauron?



E pq o desejo da imortalidade dos Homens não pode ser natural? O que define a naturalidade aqui?

Além disso, por mais natural que seja esse desejo dos elfos, algum outro reino élfico em Arda conseguiu, sem os Três, o poder de preservação da memória e da beleza (o que isso quer dizer, afinal?) que é dito ter sido alcançado por Valfenda e Lórin? Não que eu saiba.



Onde é dito que Sauron projetou os Três? A arte de fabricar os anéis mágicos foi ensinada por ele, mas o projeto (concepção e criação) dos Três é responsabilidade total dos elfos.

--

O julgamento acabou, mas ainda estou defendendo Sauron. :lol:

Não é natural quando alguém faz a escolha pelo indivíduo. Primeiro eles foram seduzidos sem saber do poder dos versos no Um, depois quando puseram os anéis isto criou um laço físico porque deixaram de ser corpos vivos para se unirem por força maior aos planos dos círculos do mundo.

Entende-se que eu disse anteriormente que aos homens é permitido desejar no sentido de sonhar, mas não são os Valar que escolhem quem são as pessoas dignas de alcançarem a imortalidade no mundo, no Silmarillion Manwe precisou se consultar com Eru nesses pontos, então muito menos Sauron poderia saber tanto, pois tais pessoas são muito poucas em se sabendo que dignidade para duas espécies não é para qualquer um. Eru já determinou o destino de 99.99%. Os outros 0.000...001% ele testa o espírito e então os Poderes concedem. Jurisdição definitivamente não é o forte de Melkor, ele já invadia reinos antes.

Além disso, por mais natural que seja esse desejo dos elfos, algum outro reino élfico em Arda conseguiu, sem os Três, o poder de preservação da memória e da beleza (o que isso quer dizer, afinal?) que é dito ter sido alcançado por Valfenda e Lórin? Não que eu saiba.

Não aparece tanto mas sim, a habilidade de controle do espaço e tempo é bem maior nos elfos (mais evidente nos objetos élficos que são "mágicos"), nas sutilezas das trilhas e movimentos eles lidam com distorções e um exemplo são os Palantiri que atravessam a fronteira do tempo. Então, poderia levar tempo, mas eles estavam destinados a explorarem todo o potencial de cada um.

Onde é dito que Sauron projetou os Três? A arte de fabricar os anéis mágicos foi ensinada por ele, mas o projeto (concepção e criação) dos Três é responsabilidade total dos elfos.

Em SdA ou no Silma, se não me engano, é referido como tendo sido feitos na dependência do conhecimento que só podia ter sido fornecido por Sauron, então ele é um dos projetistas. Sem ele também não haveria os 3 apesar do talento élfico. Ele projetou inclusive a técnica usada pelos elfos.

they were created according to the craft taught by him, they would be dependant under the power of the One Ring.[4]

http://tolkiengateway.net/wiki/Three_Rings
 

Tar-Mairon

DARK LORD AND LOVING DAD
.

A grande contribuição da defesa para o fandom brasileiro de Tolkien é esta visão de Sauron como um político astuto que tirava proveito dos piores atos dos seus inimigos. Os númenorianos iam lá e impunham tributos aos povos x, y e z sulistas, daí o bom e velho Gorthaur apresentava-se como o seu libertador e o seu benfeitor e, se formos analisar a coisa toda friamente, no fim das contas, ele era mesmo ambos.

Ou seja, a imagem de Sauron como o dark lord que reina apenas graças à força e ao medo deixa de ser tão predominante.

.
 

Eriadan

Usuário
Usuário Premium
Eu acho muito bizarro como ele não sabe que "capote" é galinha d'angola e bota o desenho de uma capa no vídeo, como se ela fizesse "to toc". :lol:

Ps. Por que estamos falando isso no pós-julgamento de Sauron? :think:
 

Eruonel

The Supreme Dark Lord of Wisdom
Julgamento muito bom, Defesa brilhante, magnifica, sensacional, estupenda e competente por conseguir tirar nosso senhor e mestre Sauron do Vazio e reduzir a pena dele pra 4 anos mais serviços comunitários.

Qro participar do próximo Mahanaxar daqui a um tempo. Acho que Manwë seria alguém interessante pra julgar, valar omisso demais, mas não vejo pq ele seria julgado no Mahanaxar

Não era natural para homens querem a imortalidade, isso foi uma ideia colocada por Morgoth de que a morte era ruim, e não era natural para os elfos criarem paraísos dentro da Terra-Média, já que era pra eles se dirigirem para o Oeste e não interferir na vida dos homens, além do que esses paraísos não tinham nenhum objetivo senão um desejo próprio e egoísta dos elfos, principalmente Galadriel que queria ser uma rainha, ela apenas fez um reino élfico a imagem de Valinor pra ela governar, não foi por bondade.

@Mellime essa é você mesmo na foto? Se for você é a desembargadora mais bonita que eu já tive o prazer de conhecer!

Também achei meio confusa o sistema utilizado, acho que deveríamos procurar por mais informações de como funciona um tribunal de verdade e fazer algo mais parecido. Quanto a assumir personagens acho que não daria certo, exceto para as testemunhas. Acho que temos que usar todas as fontes escritas de Tolkien como fonte e verdade, mas depois de apresentados os primeiros autos, nenhum fato a mais poderia ser acrescentado ou alterado, como se os jurados e o juiz não tivesse acesso aos documentos e relatos dos livros, logo eles só poderiam julgar pelo que ouviram no tribunal, e não pelo que sabem da história. Mais ou menos como aconteceu aqui. Também sou a favor do fracionamento de votos tal como @Eriadan sugeriu.

Que pena que o moleque do pintinho não foi pra cima, mas também foi burrice dos pais...
** Posts duplicados combinados **
Quase me esquecia. Antes da destruição de Númenor a omissão de Eru não poderia ser considerada pois o julgamento do destino do mundo era dos Valar (que alias administraram muito mal, ignoraram totalmente os homens que não eram nem Edain e nem tinham participado da Guerra, esse Valar parecem até o PJ, baba-ovo de elfo. Eles foram muito omissos, e deixaram o Melkor fazer a farra por muito tempo).
Depois do evento de Númenor, os Valar abdicaram de sua responsabilidade e domínio sobre Arda, devolvendo pra Iluvatar, então a partir daí a omissão de Ilúvatar deveria poder ser considerada, apesar de ninguém de fato poder conhecer os seus designios, sondar seus pensamentos, e muitas das ações de Eru são tão discretas que muitos acham que o que ocorreu foi por glória própria ou sorte (como o Sméagol cair na lava "acidentalmente").
 
Status
Fechado para novas mensagens.

Valinor 2021

Total arrecadado
R$950,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo