1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[Círculo da Lei VI] Julgamento de Túrin

Tópico em 'Círculos da Lei' iniciado por VtBBC, 31 Jul 2010.

Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.
  1. Húrin

    Húrin Amante da Calíope

    Olha só ele! Olha só!! como diria o Nhonho!!

    Sim, Melkor sempre foi perseguido por perseguir um sonho. E esse negócio de ele, primo em poder, ser deixado de lado e ser perseguido por seus irmãos??
    Injustiçado desde o iníco! Invejado e largado sozinho no Escuro!

    Melkor Free!!:issoaih:
     
  2. Hexenkönig von Angmar

    Hexenkönig von Angmar Adora torturar um

    E o safado escapou impune mais uma vez ...
    Penso que neste julgamento levou-se em consideração (até demasiada) a fama e as façanhas do "herói",enquanto esqueceu-se de que o que estava em juízo eram seus atos (pérfidos) e não se ele foi mais um bem do que um mal para aqueles que o cercavam.
    Ser vítima de perseguição por parte do poder maligno de Morgoth não é desculpa para os atos nefandos perpetrados por Túrin.Pois não foi ele o único perseguido pelo Senhor do Escuro;acaso Morwen não sofreu (e muito mais do que Túrin) com a perseguição de Morgoth?E se ela decidisse matar Thingol só por achar que este a mantinha cativa em Doriath para afastá-la de seu filho?(Não sei vocês,mas eu consigo ver o Túrin agindo assim numa situação dessas.)
    Atribuir os atos de Túrin à Morgoth é confortável para a Defesa e para o réu,mas Tolkien sempre defendeu e deixou claro em sua obra que cada ser dotado da Chama Imperecível é DIRETA E INALIENAVELMENTE responsável por seus atos.não fôsse assim poder-se-ia argumentar que (nós) os Nâzgul eram simples vítimas do malvado do Sauron;foram enganados coitadinhos :osigh:. Mas duvido que alguém pense assim.Os Nâzgul ESCOLHERAM se corromper,assim como Túrin ESCOLHEU se juntar aos proscritos,ESCOLHEU matar Brodda e Brandir. Acaso foi Melkor quem empunhou a espada que ceifou a vida deles?NÃÃÃOO!Foi Túrin,usando de seu livre-arbítrio.
    É o mesmo que um estuprador alegar que não cometeu crime algum,pois estava "possuído pelo Diabo".
    De minha parte estou deveras indignado com o resultado deste julgamento.Sinto-me como se tivésse acompanhado uma CPI (com o final costumeiro: PIZZA).
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • Ótimo Ótimo x 1
  3. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

  4. Hexenkönig von Angmar

    Hexenkönig von Angmar Adora torturar um

    E ainda por cima tripudia????Não respeita a justiça mesmo né?:disgusti:
     
  5. evincarzed

    evincarzed Usuário

    Triste.
    Realmente pensei que Túrin seria responsabilizado por seus atos.
    Aparentemente, salvar vidas também garante o direito de tirá-las, conforme o precedente aberto acima. Cabe aos "heróis" escolher quem vive ou morre.
    Conheço pouco de Tolkien, mas o pouco que eu li me ensinou algo:

    Muita gente má merece morrer. Também muita gente boa merece viver. Acaso podes devolver-lhes a vida? Então não te apresses a condenar alguem à morte.

    Túrin tem seus grandes feitos manchados pelos seus crimes.
    Arrepender-se deles o teria transformado em herói.
    Esse julgamento ignorou o réu. Se fosse realmente um herói, ele se manifestaria e cumpriria a pena de assassinato, no mínimo. Sem falar das que sua consciência o acusaria.
    Se ele se omitisse e acatasse a inocência... bom... ele estaria lado a lado com a laia de nossos políticos.
     
  6. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Isso mostra que ele era imprudente, despreparado para ser um rei, inábil, etc. Dá até pra dizer que foi burrice. Mas você disse que ele, Oredreth, não era "plenamente lúcido", isso é diferente, bem mais longe. Você disse isso querendo dizer que ele era tipo maluco mesmo, doido?


    Isso aí é lindo e totalmente apropriado pra uma democracia pacífica e pra um estado calmo como o que nós vivemos hoje em dia (cof cof).

    Dor-lómin era um lugar devastado pelo inimigo, ocupado depois de uma guerra. O povo de Hador era escravo, o país era dominado por um povo estrangeiro. Não tinha como dizer "Sr. Brodda, o senhor matou, escravizou e manteve minha mãe e minha irmã miseráveis e com fome durante anos. Poderia por gentileza se retirar dessas terras? Ah, elas são, inclusive, minhas de direito, por isso pelo com educação." Não dá, é guerra.

    Honestamente, a única coisa que é praticamente indefensável do Túrin é a morte do Brandir. Esse Brodda merecia mesmo.
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  7. Elriowiel Aranel

    Elriowiel Aranel Usuário

    E gente, vale lembrar que Tolkien viveu no período durante e pós as 2 Grandes Guerras. Mesmo que ele dissesse que não se inspirou nelas para o Legendarium, ele entendia muito bem o que era estar em estado de guerra e o que era viver num continente devastado por elas, mesmo depois de terminadas.

    Ele deve ter visto as cidades arrasadas, a fome, o desespero, crianças órfãs, mulheres desprotegidas e todo tipo de barbárie que a guerra trás.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  8. Hexenkönig von Angmar

    Hexenkönig von Angmar Adora torturar um

    O que prova o quanto ele devia repudiar as atitudes do "pobre e inocente Túrim Turambar,vítima do destino e Injustiçado";pois deve ter presenciado devastação bem parecida em sua terra.E por acaso ele juntou-se a algum grupo de rufiões (sabe-se lá se não eram estupradores além de ladrões e assassinos,os "pobrezinhos")??? NÃÃÂÃÃO! Ele sofreu e resistiu como um homem bom e decente;como fizeram milhões de pessoas por toda a Europa depois da Guerra (esses sim,Heróis).
    Mas fazer o que... :osigh::osigh::osigh:
     
  9. Turin, devias estar na cadeia, nao é justo!:naonaona:
    De bandido vira heroi de Beleriand, e o Melkor o mausão!?
    Nao é justo.:ahhh:

    XD
     
  10. Edrahil

    Edrahil Usuário

    A empresa, ou a chefia imediata, teria responsabilidade em caso de ter contribuído de alguma forma ao caso.

    Tendo em vista que se trata de "acidente de trabalho", caberia indenização apenas se houvesse dolo ou culpa por parte do empregador, como prevê a Constituição Federal:

    Art. 7. (...)

    XXVIII - seguro contra acidentes de trabalho, a cargo do empregador, sem excluir a indenização a que este está obrigado, quando incorrer em dolo ou culpa;


    Assim, somente haverá como se responsabilizar o empregador, ou sua chefia imediata, se por algum ato ou omissão, direta ou indiretamete der causa ao ocorrido.

    Portanto, pode haver responsabilização, como pode não haver. Vai depender de análise do caso.

    Em uma situação como essa, é mais provável que não haja.

    Entendo de forma diferente.

    Salvo engano, a maldição de Morgoth dizia que tudo que os filhos de Hurin tentassem, daria errado.

    Ora se é assim, mesmo se le quisesse plantar feijões em um copinho com algodão, algo daria errado.

    Assim, por mais que ele decidisse fazer o certo, daria errado. Sim, era ele quem decidia, mas a conseqüência não era culpa dele, a não ser que sua decisão fosse exatamente aquela.

    Por exemplo, ele não decidiu matar Beleg, mas aconteceu.

    Assim, entendo que ele era inocente.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  11. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    sai daqui advogado haushaushaushuashuahsuas
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  12. Meneldur

    Meneldur We are infinite.

    Edra, eu concordo com você que por causa da maldição de Morgoth os atos de Túrin tinham tendência a ter consequências nefastas, mas o ato, que é o que está sendo debatido, é de inteira responsabilidade dele. Se plantar feijões em copinhos de algodão fosse errado, ele seria culpado disso do mesmo jeito.
     
  13. Edrahil

    Edrahil Usuário

    Fiquei longe do julgamento, então dá um desconto tia.

    E apenas trouxe um pouco da minha experiência do dia-a-dia.

    Mas foi exatamente o que eu disse. Se a decisão dele tinha como finalidade a conseqüência que teve, ok. Mas, se da decisão dele veio uma conseqüência diversa a catastrófica, é culpa da maldição.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  14. Avastgard

    Avastgard Alwaystanding

    Gostaria que todos prestassem atenção ao que eu tenho a dizer:

    Eu concordo plenamente com isso tudo: se a Madre Tereza de Calcutá tivesse matado alguém, ela deveria ser punida por este crime, não importa quantas coisas boas ela ja tivesse feito na vida ou viesse a fazer.

    Contudo, esta é a sistemática do Direito Penal da maioria dos países, que tem como função (ou pelo menos diz ter) garantir uma sociedade com padrões mínimos de segurança e tranquilidade.

    Temos que ter em mente, entretanto, que essa não é a mesma sistemática do Círculo da Lei (ou pelo menos não deveria ser, na minha opinião). Quem acompanhou as discussões sobre o CL no VtBBC há mais tempo já está cansado de me ouvir falar que o nosso objetivo não é impedir que criminosos fiquem à solta ou que voltem a cometer crimes, pelo simples fato de que esses criminosos (ou supostos criminosos) não existem. Tem uns dois anos que eu insisto na ideia de que não devemos enxergar o CL como um julgamento comum, pelo menos não com relação ao seu objetivo final. De que adianta dizer que Túrin vai cumprir uma pena de 30 de reclusão em regime fechado? Isso não vai acontecer porque ele sequer existe.

    Deste modo, do meu ponto de vista, não faz o menor sentido em julgar personagens das obras com o intuito de decidir se eles cometeram ou não determinado crime (genocídio, formação de quadrilha, etc.). Isso cabe a cada um decidir, conforme seu próprio convencimento. Se Tolkien narra que "Fulano foi tomado por um acesso de ira e, inconsequentemente, assassinou Beltrano fria e cruelmente, sem nenhum motivo justificável", é óbvio para todo mundo que o Fulano é culpado de ter assassinado o outro. E digo mais: não faz sentido julgar os personagens por eventuais crimes que eles tenham cometidos porque só é crime aquilo que a lei disser que é. Muita gente tem dificuldade em entender isso por achar que crime é qualquer conduta moral ou socialmente reprovável. Mas não é assim. Só se pode dizer que determinada conduta é criminosa se houver alguma lei prevendo isso (essa é uma das primeiras coisas que se aprende no curso de Direito Penal).

    Como não existe, até onde sabemos, nenhuma lei penal em Arda cujo conteúdo nos seja acessível, torna-se inviável acusar qualquer personagem do legendarium de ter cometido qualquer crime. Não é à toa que o Edu, na apresentação original do Círculo da Lei disse algo como "decida o destino de todos os aqueles que tenham ofendido a moral e os bons costumes Ardenses". Nem moral nem bons costumes são leis.

    Por isso tudo, eu entendo que o que deve ser analisado no CL é simplesmente se o personagem foi um "bom" ou um "mau" personagem, tendo em vista o saldo geral de toda a sua vida. Se ele fez mais bem, inocente; se fez mais mal, culpado. Acusações de um ou outro crime devem sim ser levadas em conta, mas não deveriam ser fator determinante para a condenação ou absolvição do réu. Vejam o caso Brodda: Túrin o matou? Sim, matou. Precisava ter matado? Não, não precisava. Se aplicarmos a lógica penal, ele seria culpado de homicídio, sem sombra de dúvida. Se aplicarmos a lógica que eu proponho para o Círculo da Lei (e que já foi, de algum modo, utilizada por alguns neste julgamento), este incidente isolado não seria suficiente para condenar o réu.

    Se o assassinato de Brodda tivesse sido o único deslize na vida de Túrin, por exemplo, ele ainda assim poderia ser declarado inocente, pois o fato se deu em circunstâncias que podem ser consideradas desculpáveis. No caso específico do assassinato do oriental, os jurados deste CL parecem ter sido mais flexíveis com relação à culpa ou não de Túrin. Na minha modesta opinião, as circuntâncias do caso praticamente exigiam que Túrin matasse o sujeito. E isso, para mim, não faz dele uma mau personagem. Faria dele uma má pessoa se ele vivesse no nosso mundo, mas não posso considerá-lo um personagem cruel de um romance de fantasia medieval.
     
    Última edição: 31 Ago 2010
    • Gostei! Gostei! x 3
  15. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Existiam dois estados, o "ser" louco e o "ficar" louco. Ao ouvir coisas sobre os Valar isso deixava os exilados perturbados e acuados já que evocava dor, medo e revolta (sintomas de loucura momentânea). Galadriel se fechou o máximo que pôde diante de Melian e seu julgamento estava cego até que a Maia falou para ela que a história dos exilados atraía os outros para o seu futuro.

    Orodreth devia ter olhado para o futuro, mas decidiu mais uma vez ficar cego e olhar para Túrin, nomeando-o com poderes de conselho, ele mesmo que não conseguia mais discernir conselhos. O desespero estava à porta e o rei se contagiou com ele.
     
  16. zorba

    zorba VAI CORINTHIANS!

    caraca... fizquei dois dias fora daqui e perdi a melhor parte do julgamento: a absolvição de Túrin!!! :mrgreen:

    parabéns Ly, Rama, Defesa, Acusação e Jurados, especialmente a Defesa, que provou com mérito e honra a inocência do réu...:yep:

    __________________________________________________________

    e quando começa o próximo???

    QUERO PARTICIPAAAAAARRR!!!! :cool:
     
  17. Edrahil

    Edrahil Usuário

    ZORBA ... inocente ou culpado????
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  18. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    vai demorar uns 3 a 4 meses pra ter outro... me da paz haushasuhausa

    Agora vou ajudar o Célio a cuidar dos desenhos =D
     
  19. Ramalokion

    Ramalokion Mecha-de-Folha

    Catso, tanto tempo assim? Gostei de negócio. Se precisar de ajuda na organização, me chame.
     
  20. Meneldur

    Meneldur We are infinite.

    Sim, só depois do Nacional. Senão fica muito repetitivo.

    Pra ajudar é só requisitar ingresso no VtBBC.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.

Compartilhar