• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Cinco Livros Favoritos (leia o 1º post)

Mavericco

I am fire and air.
O art. 18, § 4º, do estatuto dos Cinco Livros Favoritos determina que cada livro indicado sem um textículo de acompanhamento será sumariamente substituído por algum da Zíbia Gasparetto, escolhido ao sabor do acaso.

Aliás, uma vez eu escrevi um texto sobre o assunto. Segue:

As experiências acumuladas demonstram que a execução dos pontos do programa desafia a capacidade de equalização das condições inegavelmente apropriadas. Percebemos, cada vez mais, que o novo modelo estrutural aqui preconizado maximiza as possibilidades por conta do investimento em reciclagem técnica. Assim mesmo, a contínua expansão de nossa atividade exige a precisão e a definição do orçamento setorial. Gostaria de enfatizar que a valorização de fatores subjetivos assume importantes posições no estabelecimento das diretrizes de desenvolvimento para o futuro.

Podemos já vislumbrar o modo pelo qual a crescente influência da mídia ainda não demonstrou convincentemente que vai participar na mudança das novas proposições. O cuidado em identificar pontos críticos no consenso sobre a necessidade de qualificação faz parte de um processo de gerenciamento das direções preferenciais no sentido do progresso. Por outro lado, a constante divulgação das informações nos obriga à análise do impacto na agilidade decisória.

Caros amigos, o início da atividade geral de formação de atitudes obstaculiza a apreciação da importância de alternativas às soluções ortodoxas. Acima de tudo, é fundamental ressaltar que a estrutura atual da organização possibilita uma melhor visão global do fluxo de informações. Por conseguinte, a adoção de políticas descentralizadoras afeta positivamente a correta previsão dos índices pretendidos.

Não obstante, o desafiador cenário globalizado pode nos levar a considerar a reestruturação dos paradigmas corporativos. É claro que o fenômeno da Internet representa uma abertura para a melhoria dos níveis de motivação departamental. Pensando mais a longo prazo, a expansão dos mercados mundiais deve passar por modificações independentemente do processo de comunicação como um todo. É importante questionar o quanto a hegemonia do ambiente político talvez venha a ressaltar a relatividade dos métodos utilizados na avaliação de resultados.

Desta maneira, o surgimento do comércio virtual oferece uma interessante oportunidade para verificação de todos os recursos funcionais envolvidos. No entanto, não podemos esquecer que a consolidação das estruturas cumpre um papel essencial na formulação dos procedimentos normalmente adotados. Todas estas questões, devidamente ponderadas, levantam dúvidas sobre se a determinação clara de objetivos prepara-nos para enfrentar situações atípicas decorrentes da gestão inovadora da qual fazemos parte. A nível organizacional, a necessidade de renovação processual estimula a padronização do sistema de formação de quadros que corresponde às necessidades.

O que temos que ter sempre em mente é que a percepção das dificuldades é uma das consequências do remanejamento dos quadros funcionais. O incentivo ao avanço tecnológico, assim como o julgamento imparcial das eventualidades promove a alavancagem das posturas dos órgãos dirigentes com relação às suas atribuições. No mundo atual, o aumento do diálogo entre os diferentes setores produtivos agrega valor ao estabelecimento do retorno esperado a longo prazo.

Todavia, o acompanhamento das preferências de consumo garante a contribuição de um grupo importante na determinação das diversas correntes de pensamento. O empenho em analisar o comprometimento entre as equipes estende o alcance e a importância do levantamento das variáveis envolvidas. Evidentemente, a revolução dos costumes aponta para a melhoria do sistema de participação geral.

Neste sentido, a mobilidade dos capitais internacionais facilita a criação das regras de conduta normativas. Nunca é demais lembrar o peso e o significado destes problemas, uma vez que o entendimento das metas propostas acarreta um processo de reformulação e modernização das formas de ação. Do mesmo modo, a competitividade nas transações comerciais apresenta tendências no sentido de aprovar a manutenção dos relacionamentos verticais entre as hierarquias.

A prática cotidiana prova que o desenvolvimento contínuo de distintas formas de atuação não pode mais se dissociar dos conhecimentos estratégicos para atingir a excelência. Ainda assim, existem dúvidas a respeito de como a complexidade dos estudos efetuados causa impacto indireto na reavaliação das condições financeiras e administrativas exigidas. A certificação de metodologias que nos auxiliam a lidar com a consulta aos diversos militantes auxilia a preparação e a composição dos modos de operação convencionais.

Evidentemente, a execução dos pontos do programa desafia a capacidade de equalização das condições inegavelmente apropriadas. Pensando mais a longo prazo, a crescente influência da mídia cumpre um papel essencial na formulação do investimento em reciclagem técnica. A certificação de metodologias que nos auxiliam a lidar com a necessidade de renovação processual ainda não demonstrou convincentemente que vai participar na mudança de alternativas às soluções ortodoxas. Gostaria de enfatizar que a mobilidade dos capitais internacionais prepara-nos para enfrentar situações atípicas decorrentes das diretrizes de desenvolvimento para o futuro.

O empenho em analisar o consenso sobre a necessidade de qualificação exige a precisão e a definição das regras de conduta normativas. O cuidado em identificar pontos críticos no acompanhamento das preferências de consumo pode nos levar a considerar a reestruturação das direções preferenciais no sentido do progresso. As experiências acumuladas demonstram que a constante divulgação das informações nos obriga à análise da gestão inovadora da qual fazemos parte. Todavia, o surgimento do comércio virtual não pode mais se dissociar do orçamento setorial.

Acima de tudo, é fundamental ressaltar que a contínua expansão de nossa atividade causa impacto indireto na reavaliação das condições financeiras e administrativas exigidas. Neste sentido, o comprometimento entre as equipes garante a contribuição de um grupo importante na determinação dos procedimentos normalmente adotados. Não obstante, o desafiador cenário globalizado assume importantes posições no estabelecimento das formas de ação.

Por conseguinte, o fenômeno da Internet talvez venha a ressaltar a relatividade do sistema de formação de quadros que corresponde às necessidades. Podemos já vislumbrar o modo pelo qual o julgamento imparcial das eventualidades possibilita uma melhor visão global do processo de comunicação como um todo. No mundo atual, a hegemonia do ambiente político oferece uma interessante oportunidade para verificação do fluxo de informações. Do mesmo modo, a determinação clara de objetivos faz parte de um processo de gerenciamento de todos os recursos funcionais envolvidos. No entanto, não podemos esquecer que a revolução dos costumes aponta para a melhoria dos índices pretendidos.

Percebemos, cada vez mais, que a competitividade nas transações comerciais é uma das consequências das novas proposições. A nível organizacional, o início da atividade geral de formação de atitudes agrega valor ao estabelecimento dos modos de operação convencionais. O que temos que ter sempre em mente é que a adoção de políticas descentralizadoras acarreta um processo de reformulação e modernização do remanejamento dos quadros funcionais. Caros amigos, a percepção das dificuldades promove a alavancagem das posturas dos órgãos dirigentes com relação às suas atribuições.

É importante questionar o quanto o aumento do diálogo entre os diferentes setores produtivos estimula a padronização do sistema de participação geral. É claro que a consolidação das estruturas afeta positivamente a correta previsão do retorno esperado a longo prazo. Todas estas questões, devidamente ponderadas, levantam dúvidas sobre se o novo modelo estrutural aqui preconizado estende o alcance e a importância do levantamento das variáveis envolvidas.

Por outro lado, a estrutura atual da organização apresenta tendências no sentido de aprovar a manutenção do impacto na agilidade decisória. A prática cotidiana prova que a valorização de fatores subjetivos facilita a criação dos relacionamentos verticais entre as hierarquias. Desta maneira, o entendimento das metas propostas deve passar por modificações independentemente dos níveis de motivação departamental.

Nunca é demais lembrar o peso e o significado destes problemas, uma vez que a expansão dos mercados mundiais maximiza as possibilidades por conta dos paradigmas corporativos. Assim mesmo, o desenvolvimento contínuo de distintas formas de atuação obstaculiza a apreciação da importância dos conhecimentos estratégicos para atingir a excelência. Ainda assim, existem dúvidas a respeito de como a complexidade dos estudos efetuados representa uma abertura para a melhoria das diversas correntes de pensamento.

O incentivo ao avanço tecnológico, assim como a consulta aos diversos militantes auxilia a preparação e a composição dos métodos utilizados na avaliação de resultados. Evidentemente, a execução dos pontos do programa acarreta um processo de reformulação e modernização das posturas dos órgãos dirigentes com relação às suas atribuições. Pensando mais a longo prazo, a crescente influência da mídia agrega valor ao estabelecimento do retorno esperado a longo prazo. A certificação de metodologias que nos auxiliam a lidar com o novo modelo estrutural aqui preconizado facilita a criação do levantamento das variáveis envolvidas.

No entanto, não podemos esquecer que a mobilidade dos capitais internacionais prepara-nos para enfrentar situações atípicas decorrentes dos modos de operação convencionais. Ainda assim, existem dúvidas a respeito de como a revolução dos costumes causa impacto indireto na reavaliação das regras de conduta normativas. Assim mesmo, o comprometimento entre as equipes desafia a capacidade de equalização da gestão inovadora da qual fazemos parte. As experiências acumuladas demonstram que a contínua expansão de nossa atividade garante a contribuição de um grupo importante na determinação do fluxo de informações.

Por outro lado, o surgimento do comércio virtual maximiza as possibilidades por conta das novas proposições. Todas estas questões, devidamente ponderadas, levantam dúvidas sobre se o aumento do diálogo entre os diferentes setores produtivos é uma das consequências do remanejamento dos quadros funcionais. Por conseguinte, o acompanhamento das preferências de consumo nos obriga à análise dos procedimentos normalmente adotados. O cuidado em identificar pontos críticos na hegemonia do ambiente político assume importantes posições no estabelecimento dos métodos utilizados na avaliação de resultados.

Acima de tudo, é fundamental ressaltar que o início da atividade geral de formação de atitudes talvez venha a ressaltar a relatividade do sistema de formação de quadros que corresponde às necessidades. No mundo atual, a necessidade de renovação processual possibilita uma melhor visão global do processo de comunicação como um todo. Não obstante, o desafiador cenário globalizado aponta para a melhoria do investimento em reciclagem técnica.

É importante questionar o quanto a determinação clara de objetivos afeta positivamente a correta previsão dos relacionamentos verticais entre as hierarquias. Neste sentido, a valorização de fatores subjetivos oferece uma interessante oportunidade para verificação de alternativas às soluções ortodoxas. Percebemos, cada vez mais, que a constante divulgação das informações faz parte de um processo de gerenciamento das condições inegavelmente apropriadas. A nível organizacional, a complexidade dos estudos efetuados cumpre um papel essencial na formulação das direções preferenciais no sentido do progresso.

O empenho em analisar a adoção de políticas descentralizadoras ainda não demonstrou convincentemente que vai participar na mudança das condições financeiras e administrativas exigidas. Caros amigos, a percepção das dificuldades apresenta tendências no sentido de aprovar a manutenção dos paradigmas corporativos. Do mesmo modo, o fenômeno da Internet promove a alavancagem do sistema de participação geral.

É claro que a competitividade nas transações comerciais representa uma abertura para a melhoria das diretrizes de desenvolvimento para o futuro. Podemos já vislumbrar o modo pelo qual o desenvolvimento contínuo de distintas formas de atuação estende o alcance e a importância das formas de ação. O que temos que ter sempre em mente é que o entendimento das metas propostas estimula a padronização do impacto na agilidade decisória.

A prática cotidiana prova que a consolidação das estruturas exige a precisão e a definição de todos os recursos funcionais envolvidos. Desta maneira, o consenso sobre a necessidade de qualificação deve passar por modificações independentemente dos índices pretendidos. Nunca é demais lembrar o peso e o significado destes problemas, uma vez que a expansão dos mercados mundiais não pode mais se dissociar do orçamento setorial. O incentivo ao avanço tecnológico, assim como a estrutura atual da organização obstaculiza a apreciação da importância dos conhecimentos estratégicos para atingir a excelência. Todavia, o julgamento imparcial das eventualidades pode nos levar a considerar a reestruturação das diversas correntes de pensamento.

Gostaria de enfatizar que a consulta aos diversos militantes auxilia a preparação e a composição dos níveis de motivação departamental. Evidentemente, a contínua expansão de nossa atividade acarreta um processo de reformulação e modernização das posturas dos órgãos dirigentes com relação às suas atribuições. Todavia, a valorização de fatores subjetivos ainda não demonstrou convincentemente que vai participar na mudança do retorno esperado a longo prazo. O incentivo ao avanço tecnológico, assim como a constante divulgação das informações facilita a criação do remanejamento dos quadros funcionais. No entanto, não podemos esquecer que a mobilidade dos capitais internacionais prepara-nos para enfrentar situações atípicas decorrentes dos modos de operação convencionais.

O empenho em analisar a competitividade nas transações comerciais causa impacto indireto na reavaliação das regras de conduta normativas. A prática cotidiana prova que o início da atividade geral de formação de atitudes obstaculiza a apreciação da importância das diretrizes de desenvolvimento para o futuro. Gostaria de enfatizar que o comprometimento entre as equipes desafia a capacidade de equalização das condições inegavelmente apropriadas.

Ainda assim, existem dúvidas a respeito de como o surgimento do comércio virtual talvez venha a ressaltar a relatividade do fluxo de informações. A certificação de metodologias que nos auxiliam a lidar com o novo modelo estrutural aqui preconizado afeta positivamente a correta previsão das novas proposições. Assim mesmo, a expansão dos mercados mundiais apresenta tendências no sentido de aprovar a manutenção dos relacionamentos verticais entre as hierarquias. O cuidado em identificar pontos críticos na revolução dos costumes pode nos levar a considerar a reestruturação das diversas correntes de pensamento.

Nunca é demais lembrar o peso e o significado destes problemas, uma vez que a estrutura atual da organização estimula a padronização das condições financeiras e administrativas exigidas. Podemos já vislumbrar o modo pelo qual a necessidade de renovação processual possibilita uma melhor visão global dos procedimentos normalmente adotados. Caros amigos, o desafiador cenário globalizado agrega valor ao estabelecimento do sistema de participação geral. No mundo atual, a complexidade dos estudos efetuados maximiza as possibilidades por conta dos conhecimentos estratégicos para atingir a excelência.

Por outro lado, a crescente influência da mídia oferece uma interessante oportunidade para verificação dos paradigmas corporativos. Percebemos, cada vez mais, que o aumento do diálogo entre os diferentes setores produtivos faz parte de um processo de gerenciamento da gestão inovadora da qual fazemos parte. As experiências acumuladas demonstram que o acompanhamento das preferências de consumo cumpre um papel essencial na formulação das direções preferenciais no sentido do progresso. Neste sentido, a hegemonia do ambiente político promove a alavancagem de todos os recursos funcionais envolvidos.

Por conseguinte, o consenso sobre a necessidade de qualificação representa uma abertura para a melhoria do orçamento setorial. Do mesmo modo, o fenômeno da Internet auxilia a preparação e a composição de alternativas às soluções ortodoxas. O que temos que ter sempre em mente é que o julgamento imparcial das eventualidades aponta para a melhoria do levantamento das variáveis envolvidas. É importante questionar o quanto a consolidação das estruturas estende o alcance e a importância das formas de ação.

É claro que o entendimento das metas propostas é uma das consequências do impacto na agilidade decisória. Acima de tudo, é fundamental ressaltar que a percepção das dificuldades deve passar por modificações independentemente do sistema de formação de quadros que corresponde às necessidades. Desta maneira, a adoção de políticas descentralizadoras não pode mais se dissociar dos índices pretendidos. Não obstante, o desenvolvimento contínuo de distintas formas de atuação assume importantes posições no estabelecimento do investimento em reciclagem técnica.

A nível organizacional, a determinação clara de objetivos garante a contribuição de um grupo importante na determinação do processo de comunicação como um todo. Pensando mais a longo prazo, a execução dos pontos do programa nos obriga à análise dos métodos utilizados na avaliação de resultados. Todas estas questões, devidamente ponderadas, levantam dúvidas sobre se a consulta aos diversos militantes exige a precisão e a definição dos níveis de motivação departamental. No mundo atual, a execução dos pontos do programa facilita a criação das posturas dos órgãos dirigentes com relação às suas atribuições.

Por conseguinte, a valorização de fatores subjetivos estimula a padronização dos níveis de motivação departamental. O empenho em analisar o julgamento imparcial das eventualidades acarreta um processo de reformulação e modernização das condições financeiras e administrativas exigidas. O cuidado em identificar pontos críticos na mobilidade dos capitais internacionais talvez venha a ressaltar a relatividade dos métodos utilizados na avaliação de resultados.

Assim mesmo, a competitividade nas transações comerciais causa impacto indireto na reavaliação das diretrizes de desenvolvimento para o futuro. A prática cotidiana prova que a adoção de políticas descentralizadoras ainda não demonstrou convincentemente que vai participar na mudança dos procedimentos normalmente adotados. É claro que o comprometimento entre as equipes nos obriga à análise do impacto na agilidade decisória. Podemos já vislumbrar o modo pelo qual a crescente influência da mídia possibilita uma melhor visão global do retorno esperado a longo prazo.

A certificação de metodologias que nos auxiliam a lidar com o novo modelo estrutural aqui preconizado afeta positivamente a correta previsão do sistema de formação de quadros que corresponde às necessidades. Percebemos, cada vez mais, que a constante divulgação das informações prepara-nos para enfrentar situações atípicas decorrentes dos relacionamentos verticais entre as hierarquias. No entanto, não podemos esquecer que a revolução dos costumes não pode mais se dissociar do investimento em reciclagem técnica. Nunca é demais lembrar o peso e o significado destes problemas, uma vez que o desenvolvimento contínuo de distintas formas de atuação desafia a capacidade de equalização do remanejamento dos quadros funcionais. Ainda assim, existem dúvidas a respeito de como a necessidade de renovação processual pode nos levar a considerar a reestruturação das regras de conduta normativas.

Não obstante, a hegemonia do ambiente político agrega valor ao estabelecimento do levantamento das variáveis envolvidas. Evidentemente, o desafiador cenário globalizado cumpre um papel essencial na formulação dos conhecimentos estratégicos para atingir a excelência. Neste sentido, a estrutura atual da organização aponta para a melhoria dos paradigmas corporativos. Pensando mais a longo prazo, o aumento do diálogo entre os diferentes setores produtivos faz parte de um processo de gerenciamento da gestão inovadora da qual fazemos parte. As experiências acumuladas demonstram que a contínua expansão de nossa atividade maximiza as possibilidades por conta dos modos de operação convencionais.

O incentivo ao avanço tecnológico, assim como a consulta aos diversos militantes exige a precisão e a definição do processo de comunicação como um todo. Do mesmo modo, o entendimento das metas propostas representa uma abertura para a melhoria do orçamento setorial. Todavia, o fenômeno da Internet auxilia a preparação e a composição das diversas correntes de pensamento. O que temos que ter sempre em mente é que a expansão dos mercados mundiais obstaculiza a apreciação da importância do sistema de participação geral.

É importante questionar o quanto a percepção das dificuldades estende o alcance e a importância das novas proposições. Caros amigos, a complexidade dos estudos efetuados oferece uma interessante oportunidade para verificação do fluxo de informações. Acima de tudo, é fundamental ressaltar que a determinação clara de objetivos deve passar por modificações independentemente de alternativas às soluções ortodoxas. A nível organizacional, o acompanhamento das preferências de consumo apresenta tendências no sentido de aprovar a manutenção dos índices pretendidos.

Desta maneira, o início da atividade geral de formação de atitudes assume importantes posições no estabelecimento das condições inegavelmente apropriadas. Por outro lado, a consolidação das estruturas garante a contribuição de um grupo importante na determinação de todos os recursos funcionais envolvidos. Gostaria de enfatizar que o surgimento do comércio virtual é uma das consequências das direções preferenciais no sentido do progresso. Todas estas questões, devidamente ponderadas, levantam dúvidas sobre se o consenso sobre a necessidade de qualificação promove a alavancagem das formas de ação.

Não obstante, a execução dos pontos do programa facilita a criação das posturas dos órgãos dirigentes com relação às suas atribuições. Acima de tudo, é fundamental ressaltar que a valorização de fatores subjetivos não pode mais se dissociar das formas de ação. O cuidado em identificar pontos críticos no julgamento imparcial das eventualidades representa uma abertura para a melhoria dos métodos utilizados na avaliação de resultados. Ainda assim, existem dúvidas a respeito de como a necessidade de renovação processual talvez venha a ressaltar a relatividade de alternativas às soluções ortodoxas.

No mundo atual, o desenvolvimento contínuo de distintas formas de atuação causa impacto indireto na reavaliação do remanejamento dos quadros funcionais. A prática cotidiana prova que o aumento do diálogo entre os diferentes setores produtivos é uma das consequências das direções preferenciais no sentido do progresso. É claro que a hegemonia do ambiente político nos obriga à análise do impacto na agilidade decisória. Neste sentido, o início da atividade geral de formação de atitudes agrega valor ao estabelecimento do retorno esperado a longo prazo.

Desta maneira, a contínua expansão de nossa atividade estimula a padronização dos procedimentos normalmente adotados. Percebemos, cada vez mais, que a constante divulgação das informações prepara-nos para enfrentar situações atípicas decorrentes dos relacionamentos verticais entre as hierarquias. Gostaria de enfatizar que a determinação clara de objetivos acarreta um processo de reformulação e modernização do fluxo de informações.

Por outro lado, o fenômeno da Internet apresenta tendências no sentido de aprovar a manutenção do sistema de participação geral. Assim mesmo, a mobilidade dos capitais internacionais pode nos levar a considerar a reestruturação das condições financeiras e administrativas exigidas. Do mesmo modo, a competitividade nas transações comerciais obstaculiza a apreciação da importância do levantamento das variáveis envolvidas. No entanto, não podemos esquecer que o comprometimento entre as equipes deve passar por modificações independentemente dos níveis de motivação departamental.

Todas estas questões, devidamente ponderadas, levantam dúvidas sobre se a adoção de políticas descentralizadoras oferece uma interessante oportunidade para verificação dos paradigmas corporativos. O que temos que ter sempre em mente é que a crescente influência da mídia afeta positivamente a correta previsão da gestão inovadora da qual fazemos parte. Podemos já vislumbrar o modo pelo qual a percepção das dificuldades maximiza as possibilidades por conta dos modos de operação convencionais.

O empenho em analisar a expansão dos mercados mundiais desafia a capacidade de equalização do processo de comunicação como um todo. Pensando mais a longo prazo, o entendimento das metas propostas aponta para a melhoria do orçamento setorial. Caros amigos, a complexidade dos estudos efetuados auxilia a preparação e a composição do sistema de formação de quadros que corresponde às necessidades.

As experiências acumuladas demonstram que o desafiador cenário globalizado possibilita uma melhor visão global das diretrizes de desenvolvimento para o futuro. É importante questionar o quanto o novo modelo estrutural aqui preconizado faz parte de um processo de gerenciamento do investimento em reciclagem técnica. Todavia, a estrutura atual da organização promove a alavancagem dos índices pretendidos. Por conseguinte, a revolução dos costumes garante a contribuição de um grupo importante na determinação das novas proposições. A nível organizacional, o acompanhamento das preferências de consumo cumpre um papel essencial na formulação dos conhecimentos estratégicos para atingir a excelência.

Nunca é demais lembrar o peso e o significado destes problemas, uma vez que a consulta aos diversos militantes ainda não demonstrou convincentemente que vai participar na mudança das condições inegavelmente apropriadas. A certificação de metodologias que nos auxiliam a lidar com a consolidação das estruturas estende o alcance e a importância de todos os recursos funcionais envolvidos. Evidentemente, o surgimento do comércio virtual exige a precisão e a definição das regras de conduta normativas. O incentivo ao avanço tecnológico, assim como o consenso sobre a necessidade de qualificação assume importantes posições no estabelecimento das diversas correntes de pensamento.

A prática cotidiana prova que a execução dos pontos do programa prepara-nos para enfrentar situações atípicas decorrentes dos modos de operação convencionais. Por outro lado, o aumento do diálogo entre os diferentes setores produtivos não pode mais se dissociar das regras de conduta normativas. Podemos já vislumbrar o modo pelo qual a consolidação das estruturas desafia a capacidade de equalização das diretrizes de desenvolvimento para o futuro.

Percebemos, cada vez mais, que o fenômeno da Internet talvez venha a ressaltar a relatividade de alternativas às soluções ortodoxas. No mundo atual, o desenvolvimento contínuo de distintas formas de atuação obstaculiza a apreciação da importância do fluxo de informações. No entanto, não podemos esquecer que o início da atividade geral de formação de atitudes é uma das consequências do sistema de participação geral. A certificação de metodologias que nos auxiliam a lidar com a revolução dos costumes nos obriga à análise do impacto na agilidade decisória.

Caros amigos, a consulta aos diversos militantes apresenta tendências no sentido de aprovar a manutenção do retorno esperado a longo prazo. Desta maneira, o consenso sobre a necessidade de qualificação estimula a padronização dos relacionamentos verticais entre as hierarquias. Ainda assim, existem dúvidas a respeito de como o desafiador cenário globalizado auxilia a preparação e a composição dos procedimentos normalmente adotados. Acima de tudo, é fundamental ressaltar que a determinação clara de objetivos possibilita uma melhor visão global das novas proposições.

Do mesmo modo, a valorização de fatores subjetivos agrega valor ao estabelecimento do processo de comunicação como um todo. Todavia, a estrutura atual da organização acarreta um processo de reformulação e modernização do investimento em reciclagem técnica. Neste sentido, o novo modelo estrutural aqui preconizado representa uma abertura para a melhoria dos conhecimentos estratégicos para atingir a excelência.

Evidentemente, o comprometimento entre as equipes causa impacto indireto na reavaliação dos níveis de motivação departamental. Nunca é demais lembrar o peso e o significado destes problemas, uma vez que o acompanhamento das preferências de consumo facilita a criação dos paradigmas corporativos. O que temos que ter sempre em mente é que o surgimento do comércio virtual assume importantes posições no estabelecimento de todos os recursos funcionais envolvidos. Todas estas questões, devidamente ponderadas, levantam dúvidas sobre se a percepção das dificuldades garante a contribuição de um grupo importante na determinação das formas de ação.

O empenho em analisar a expansão dos mercados mundiais deve passar por modificações independentemente das condições financeiras e administrativas exigidas. O incentivo ao avanço tecnológico, assim como o entendimento das metas propostas afeta positivamente a correta previsão das posturas dos órgãos dirigentes com relação às suas atribuições.
 

Calion Alcarinollon

Cristão Católico
Aliás, uma vez eu escrevi um texto sobre o assunto. Segue:
Arma virumque canō, Trojae quī prīmus ab ōrīs
Ītaliam, fātō profugus, Lāvīniaque vēnit
lītora, multum ille et terrīs jactātus et altō
vī superum saevae memorem Jūnōnis ob īram;
multa quoque et bellō passus, dum conderet urbem, 5
īnferretque deōs Latiō, genus unde Latīnum,
Albānīque patrēs, atque altae moenia Rōmae.

Mūsa, mihī causās memorā, quō nūmine laesō,
quidve dolēns, rēgīna deum tot volvere cāsūs
īnsignem pietāte virum, tot adīre labōrēs 10
impulerit. Tantaene animīs caelestibus īrae?

Urbs antīqua fuit, Tyriī tenuēre colōnī,
Karthāgō, Ītaliam contrā Tiberīnaque longē
ōstia, dīves opum studiīsque asperrima bellī;
quam Jūnō fertur terrīs magis omnibus ūnam 15
posthabitā coluisse Samō; hīc illius arma,
hīc currus fuit; hoc rēgnum dea gentibus esse,
sī quā fāta sinant, jam tum tenditque fovetque.
Prōgeniem sed enim Trojānō ā sanguine dūcī
audierat, Tyriās ōlim quae verteret arcēs; 20
hinc populum lātē rēgem bellōque superbum
ventūrum excidiō Libyae: sīc volvere Parcās.
Id metuēns, veterisque memor Sāturnia bellī,
prīma quod ad Trojam prō cārīs gesserat Argīs—
necdum etiam causae īrārum saevīque dolōrēs 25
exciderant animō: manet altā mente repostum
jūdicium Paridis sprētaeque injūria fōrmae,
et genus invīsum, et raptī Ganymēdis honōrēs.
Hīs accēnsa super, jactātōs aequore tōtō
Trōas, rēliquiās Danaum atque immītis Achillī, 30
arcēbat longē Latiō, multōsque per annōs
errābant, āctī fātīs, maria omnia circum.
Tantae mōlis erat Rōmānam condere gentem!

Vix ē cōnspectū Siculae tellūris in altum
vēla dabant laetī, et spūmās salis aere ruēbant, 35
cum Jūnō, aeternum servāns sub pectore volnus,
haec sēcum: 'Mēne inceptō dēsistere vīctam,
nec posse Ītaliā Teucrōrum āvertere rēgem?
Quippe vetor fātīs. Pallāsne exūrere classem
Argīvom atque ipsōs potuit submergere pontō, 40
ūnīus ob noxam et furiās Ajācis Oīlēī?
Ipsa, Jovis rapidum jaculāta ē nūbibus ignem,
disjēcitque ratēs ēvertitque aequora ventīs,
illum expīrantem trānsfīxō pectore flammās
turbine corripuit scopulōque īnfīxit acūtō. 45
Ast ego, quae dīvom incēdō rēgīna, Jovisque
et soror et conjūnx, ūnā cum gente tot annōs
bella gerō! Et quisquam nūmen Jūnōnis adōret
praetereā, aut supplex ārīs impōnet honōrem?'

Tālia flammātō sēcum dea corde volūtāns 50
nimbōrum in patriam, loca fēta furentibus austrīs,
Aeoliam venit. Hic vastō rēx Aeolus antrō
luctantēs ventōs tempestātēsque sonōrās
imperiō premit ac vinclīs et carcere frēnat.
Illī indignantēs magnō cum murmure montis 55
circum claustra fremunt; celsā sedet Aeolus arce
scēptra tenēns, mollitque animōs et temperat īrās.
Nī faciat, maria ac terrās caelumque profundum
quippe ferant rapidī sēcum verrantque per aurās.
Sed pater omnipotēns spēluncīs abdidit ātrīs, 60
hoc metuēns, mōlemque et montīs īnsuper altōs
imposuit, rēgemque dedit, quī foedere certō
et premere et laxās scīret dare jussus habēnās.
Ad quem tum Jūnō supplex hīs vōcibus ūsa est:

'Aeole, namque tibī dīvom pater atque hominum rēx 65
et mulcēre dedit flūctūs et tollere ventō,
gēns inimīca mihī Tyrrhēnum nāvigat aequor,
Īlium in Ītaliam portāns vīctōsque Penātēs:
incute vim ventīs submersāsque obrue puppēs,
aut age dīversōs et disjice corpora pontō. 70
Sunt mihi bis septem praestantī corpore nymphae,
quārum quae fōrmā pulcherrima Dēiopēa,
cōnūbiō jungam stabilī propriamque dicābō,
omnīs ut tēcum meritīs prō tālibus annōs
exigat, et pulchrā faciat tē prōle parentem.' 75

Aeolus haec contrā: 'Tuus, Ō rēgīna, quid optēs
explōrāre labor; mihi jussa capessere fās est.
Tū mihi, quodcumque hoc rēgnī, tū scēptra Jovemque
conciliās, tū dās epulīs accumbere dīvom,
nimbōrumque facīs tempestātumque potentem.' 80

Haec ubi dicta, cavum conversā cuspide montem
impulit in latus: ac ventī, velut agmine factō,
quā data porta, ruunt et terrās turbine perflant.
Incubuēre marī, tōtumque ā sēdibus īmīs
ūna Eurusque Notusque ruunt crēberque procellīs 85
Āfricus, et vastōs volvunt ad lītora flūctūs.
Īnsequitur clāmorque virum strīdorque rudentum.
Ēripiunt subitō nūbēs caelumque diemque
Teucrōrum ex oculīs; pontō nox incubat ātra.
Intonuēre polī, et crēbrīs micat ignibus aether, 90
praesentemque virīs intentant omnia mortem.

Extemplō Aenēae solvuntur frīgore membra:
ingemit, et duplicīs tendēns ad sīdera palmās
tālia vōce refert: 'Ō terque quaterque beātī,
quīs ante ōra patrum Trojae sub moenibus altīs 95
contigit oppetere! Ō Danaum fortissime gentīs
Tȳdīdē! Mēne Īliacīs occumbere campīs
nōn potuisse, tuāque animam hanc effundere dextrā,
saevus ubi Aeacidae tēlō jacet Hector, ubi ingēns
Sarpēdōn, ubi tot Simois correpta sub undīs 100
scūta virum galeāsque et fortia corpora volvit?'

Tālia jactantī strīdēns Aquilōne procellā
vēlum adversa ferit, flūctūsque ad sīdera tollit.
Franguntur rēmī; tum prōra āvertit, et undīs
dat latus; īnsequitur cumulō praeruptus aquae mōns. 105
Hī summō in flūctū pendent; hīs unda dēhīscēns
terram inter flūctūs aperit; furit aestus harēnīs.
Trīs Notus abreptās in saxa latentia torquet—
saxa vocant Italī mediīs quae in flūctibus ārās—
dorsum immāne marī summō; trīs Eurus ab altō 110
in brevia et Syrtīs urget, miserābile vīsū,
inlīditque vadīs atque aggere cingit harēnae.
Ūnam, quae Lyciōs fīdumque vehēbat Orontēn,
ipsius ante oculōs ingēns ā vertice pontus
in puppim ferit: excutitur prōnusque magister 115
volvitur in caput; ast illam ter flūctus ibīdem
torquet agēns circum, et rapidus vorat aequore vortex.
Adpārent rārī nantēs in gurgite vastō,
arma virum, tabulaeque, et Trōia gāza per undās.
Jam validam Īlioneī nāvem, jam fortis Achātī, 120
et quā vectus Abās, et quā grandaevus Alētēs,
vīcit hiems; laxīs laterum compāgibus omnēs
accipiunt inimīcum imbrem, rīmīsque fatīscunt.

Intereā magnō miscērī murmure pontum,
ēmissamque hiemem sēnsit Neptūnus, et īmīs 125
stāgna refūsa vadīs, graviter commōtus; et altō
prōspiciēns, summā placidum caput extulit undā.
Disjectam Aenēae, tōtō videt aequore classem,
flūctibus oppressōs Trōas caelīque ruīnā,
nec latuēre dolī frātrem Jūnōnis et īrae. 130
Eurum ad sē Zephyrumque vocat, dehinc tālia fātur:

'Tantane vōs generis tenuit fīdūcia vestrī?
Jam caelum terramque meō sine nūmine, ventī,
miscēre, et tantās audētis tollere mōlēs?
Quōs ego—sed mōtōs praestat compōnere flūctūs. 135
Post mihi nōn similī poenā commissa luētis.
Mātūrāte fugam, rēgīque haec dīcite vestrō:
nōn illī imperium pelagī saevumque tridentem,
sed mihi sorte datum. Tenet ille immānia saxa,
vestrās, Eure, domōs; illā sē jactet in aulā 140
Aeolus, et clausō ventōrum carcere rēgnet.'

Sīc ait, et dictō citius tumida aequora plācat,
collēctāsque fugat nūbēs, sōlemque redūcit.
Cȳmothoē simul et Trītōn adnīxus acūtō
dētrūdunt nāvis scopulō; levat ipse tridentī; 145
et vastās aperit syrtīs, et temperat aequor,
atque rotīs summās levibus perlābitur undās.
Ac velutī magnō in populō cum saepe coorta est
sēditiō, saevitque animīs ignōbile volgus,
jamque facēs et saxa volant—furor arma ministrat; 150
tum, pietāte gravem ac meritīs sī forte virum quem
cōnspexēre, silent, arrēctīsque auribus adstant;
ille regit dictīs animōs, et pectora mulcet,—
sīc cūnctus pelagī cecidit fragor, aequora postquam
prōspiciēns genitor caelōque invectus apertō 155
flectit equōs, currūque volāns dat lōra secundō.

Dēfessī Aeneadae, quae proxima lītora, cursū
contendunt petere, et Libyae vertuntur ad ōrās.
Est in sēcessū longō locus: īnsula portum
efficit objectū laterum, quibus omnis ab altō 160
frangitur inque sinūs scindit sēsē unda reductōs.
Hinc atque hinc vastae rūpēs geminīque minantur
in caelum scopulī, quōrum sub vertice lātē
aequora tūta silent; tum silvīs scaena coruscīs
dēsuper horrentīque ātrum nemus imminet umbra. 165
Fronte sub adversā scopulīs pendentibus antrum,
intus aquae dulcēs vīvōque sedīlia saxō,
nymphārum domus: hīc fessās nōn vincula nāvis
ūlla tenent, uncō nōn alligat ancora morsū.
Hūc septem Aenēās collēctīs nāvibus omnī 170
ex numerō subit; ac magnō tellūris amōre
ēgressī optāta potiuntur Trōēs harēna,
et sale tābentīs artūs in lītore pōnunt.
Ac prīmum silicī scintillam excūdit Achātēs,
succēpitque ignem foliīs, atque ārida circum 175
nūtrīmenta dedit, rapuitque in fōmite flammam.
Tum Cererem corruptam undīs Cereāliaque arma
expediunt fessī rērum, frūgēsque receptās
et torrēre parant flammīs et frangere saxō.

Aenēās scopulum intereā cōnscendit, et omnem 180
prōspectum lātē pelagō petit, Anthea sī quem
jactātum ventō videat Phrygiāsque birēmīs,
aut Capyn, aut celsīs in puppibus arma Caīcī.
Nāvem in cōnspectū nūllam, trīs lītore cervōs
prōspicit errantīs; hōs tōta armenta sequuntur 185
ā tergō, et longum per vallīs pāscitur agmen.
Cōnstitit hīc, arcumque manū celerīsque sagittās
corripuit, fīdus quae tēla gerēbat Achātēs;
ductōrēsque ipsōs prīmum, capita alta ferentīs
cornibus arboreīs, sternit, tum volgus, et omnem 190
miscet agēns tēlīs nemora inter frondea turbam;
nec prius absistit, quam septem ingentia victor
corpora fundat humī, et numerum cum nāvibus aequet.
Hinc portum petit, et sociōs partītur in omnēs.
Vīna bonus quae deinde cadīs onerārat Acestēs 195
lītore Trīnacriō dederatque abeuntibus hērōs,
dīvidit, et dictīs maerentia pectora mulcet:

'Ō sociī—neque enim ignārī sumus ante malōrum—
Ō passī graviōra, dabit deus hīs quoque fīnem.
Vōs et Scyllaeam rabiem penitusque sonantīs 200
accēstis scopulōs, vōs et Cyclōpēa saxa
expertī: revocātē animōs, maestumque timōrem
mittite: forsan et haec ōlim meminisse juvābit.
Per variōs cāsūs, per tot discrīmina rērum
tendimus in Latium; sēdēs ubi fāta quiētās 205
ostendunt; illīc fās rēgna resurgere Trojae.
Dūrātē, et vōsmet rēbus servāte secundīs.'

Tālia vōce refert, cūrīsque ingentibus aeger
spem voltū simulat, premit altum corde dolōrem.
Illī sē praedae accingunt, dapibusque futūrīs; 210
tergora dēripiunt costīs et vīscera nūdant;
pars in frusta secant veribusque trementia fīgunt;
lītore aēna locant aliī, flammāsque ministrant.
Tum vīctū revocant vīrēs, fūsīque per herbam
implentur veteris Bacchī pinguisque ferīnae. 215
Postquam exēmpta famēs epulīs mēnsaeque remōtae,
āmissōs longō sociōs sermōne requīrunt,
spemque metumque inter dubiī, seu vīvere crēdant,
sīve extrēma patī nec jam exaudīre vocātōs.
Praecipuē pius Aenēās nunc ācris Orontī, 220
nunc Amycī cāsum gemit et crūdēlia sēcum
fāta Lycī, fortemque Gyān, fortemque Cloanthum.

Et jam fīnis erat, cum Juppiter aethere summō
dēspiciēns mare vēlivolum terrāsque jacentīs
lītoraque et lātōs populōs, sīc vertice caelī 225
cōnstitit, et Libyae dēfīxit lūmina rēgnīs.
Atque illum tālīs jactantem pectore cūrās
trīstior et lacrimīs oculōs suffūsa nitentīs
adloquitur Venus: 'Ō quī rēs hominumque deumque
aeternīs regis imperiīs, et fulmine terrēs, 230
quid meus Aenēās in tē committere tantum,
quid Trōēs potuēre, quibus, tot fūnera passīs,
cūnctus ob Ītaliam terrārum clauditur orbis?
Certē hinc Rōmānōs ōlim, volventibus annīs,
hinc fore ductōrēs, revocātō ā sanguine Teucrī, 235
quī mare, quī terrās omnī diciōne tenērent,
pollicitus, quae tē, genitor, sententia vertit?
Hoc equidem occāsum Trojae trīstīsque ruīnās
sōlābar, fātīs contrāria fāta rependēns;
nunc eadem fortūna virōs tot cāsibus āctōs 240
īnsequitur. Quem dās fīnem, rēx magne, labōrum?
Antēnor potuit, mediīs ēlāpsus Achīvīs,
Illyricōs penetrāre sinūs, atque intima tūtus
rēgna Liburnōrum, et fontem superāre Timāvī,
unde per ōra novem vastō cum murmure montis 245
it mare prōruptum et pelagō premit arva sonantī.
Hic tamen ille urbem Patavī sēdēsque locāvit
Teucrōrum, et gentī nōmen dedit, armaque fīxit
Trojā; nunc placidā compostus pāce quiēscit:
nōs, tua prōgeniēs, caelī quibus adnuis arcem, 250
nāvibus (īnfandum!) āmissīs, ūnīus ob īram
prōdimur atque Italīs longē disjungimur ōrīs.
Hīc pietātis honōs? Sīc nōs in scēptra repōnis?'

Ollī subrīdēns hominum sator atque deōrum,
voltū, quō caelum tempestātēsque serēnat, 255
ōscula lībāvit nātae, dehinc tālia fātur:
'Parce metū, Cytherēa: manent immōta tuōrum
fāta tibi; cernēs urbem et prōmissa Lāvīnī
moenia, sublīmemque ferēs ad sīdera caelī
magnanimum Aenēān; neque mē sententia vertit. 260
Hic tibi (fābor enim, quandō haec tē cūra remordet,
longius et volvēns fātōrum arcāna movēbō)
bellum ingēns geret Ītaliā, populōsque ferōcēs
contundet, mōrēsque virīs et moenia pōnet,
tertia dum Latiō rēgnantem vīderit aestās, 265
ternaque trānsierint Rutulīs hīberna subāctīs.
At puer Ascanius, cui nunc cognōmen Jūlō
additur,—Īlus erat, dum rēs stetit Īlia rēgnō,—
trīgintā magnōs volvendīs mēnsibus orbis
imperiō explēbit, rēgnumque ab sēde Lāvīnī 270
trānsferet, et longam multā vī mūniet Albam.
Hīc jam ter centum tōtōs rēgnābitur annōs
gente sub Hectoreā, dōnec rēgīna sacerdōs,
Mārte gravis, geminam partū dabit Īlia prōlem.
Inde lupae fulvō nūtrīcis tegmine laetus 275
Rōmulus excipiet gentem, et Māvortia condet
moenia, Rōmānōsque suō dē nōmine dīcet.
Hīs ego nec mētās rērum nec tempora pōnō;
imperium sine fīne dedī. Quīn aspera Jūnō,
quae mare nunc terrāsque metū caelumque fatīgat, 280
cōnsilia in melius referet, mēcumque fovēbit
Rōmānōs rērum dominōs gentemque togātam:
sīc placitum. Veniet lustrīs lābentibus aetās,
cum domus Assaracī Phthīam clārāsque Mycēnās
servitiō premet, ac victīs dominābitur Argīs. 285
Nāscētur pulchrā Trojānus orīgine Caesar,
imperium ōceanō, fāmam quī terminet astrīs,—
Jūlius, ā magnō dēmissum nōmen Jūlō.
Hunc tū ōlim caelō, spoliīs Orientis onustum,
accipiēs sēcūra; vocābitur hic quoque vōtīs. 290
Aspera tum positīs mītēscent saecula bellīs;
cāna Fidēs, et Vesta, Remō cum frātre Quirīnus,
jūra dabunt; dīrae ferrō et compāgibus artīs
claudentur Bellī portae; Furor impius intus,
saeva sedēns super arma, et centum vīnctus aēnīs 295
post tergum nōdīs, fremet horridus ōre cruentō.'

Haec ait, et Majā genitum dēmittit ab altō,
ut terrae, utque novae pateant Karthāginis arcēs
hospitiō Teucrīs, nē fātī nescia Dīdō
fīnibus arcēret: volat ille per āera magnum 300
rēmigiō ālārum, ac Libyae citus adstitit ōrīs.
Et jam jussa facit, pōnuntque ferōcia Poenī
corda volente deō; in prīmīs rēgīna quiētum
accipit in Teucrōs animum mentemque benignam.

At pius Aenēās, per noctem plūrima volvēns, 305
ut prīmum lūx alma data est, exīre locōsque
explōrāre novōs, quās ventō accesserit ōrās,
quī teneant, nam inculta videt, hominēsne feraene,
quaerere cōnstituit, sociīsque exācta referre
Classem in convexō nemorum sub rūpe cavātā 310
arboribus clausam circum atque horrentibus umbrīs
occulit; ipse ūnō graditur comitātus Achātē,
bīna manū lātō crispāns hastīlia ferrō.

Cui māter mediā sēsē tulit obvia silva,
virginis ōs habitumque gerēns, et virginis arma 315
Spartānae, vel quālis equōs Thrēissa fatīgat
Harpalycē, volucremque fugā praevertitur Hebrum.
Namque umerīs dē mōre habilem suspenderat arcum
vēnātrīx, dederatque comam diffundere ventīs,
nūda genū, nōdōque sinūs collēcta fluentīs. 320
Ac prior, 'Heus' inquit 'juvenēs, mōnstrāte meārum
vīdistis sī quam hīc errantem forte sorōrum,
succīnctam pharetrā et maculōsae tegmine lyncis,
aut spūmantis aprī cursum clāmōre prementem.'

Sīc Venus; et Veneris contrā sīc fīlius orsūs: 325
'Nūlla tuārum audīta mihī neque vīsa sorōrum—
Ō quam tē memorem, virgō? Namque haud tibi voltus
mortālis, nec vōx hominem sonat: Ō, dea certē—
an Phoebī soror? an nymphārum sanguinis ūna?—
sīs fēlīx, nostrumque levēs, quaecumque, labōrem, 330
et, quō sub caelō tandem, quibus orbis in ōrīs
jactēmur, doceās. Ignārī hominumque locōrumque
errāmus, ventō hūc vastīs et flūctibus āctī:
multa tibi ante ārās nostrā cadet hostia dextrā.'

Tum Venus: 'Haud equidem tālī mē dignor honōre; 335
virginibus Tyriīs mōs est gestāre pharetram,
purpureōque altē sūrās vincīre cothurnō.
Pūnica rēgna vidēs, Tyriōs et Agēnoris urbem;
sed fīnēs Libycī, genus intractābile bellō.
Imperium Dīdō Tyriā regit urbe profecta, 340
germānum fugiēns. Longa est injūria, longae
ambāgēs; sed summa sequar fastīgia rērum.

'Huic conjūnx Sȳchaeus erat, dītissimus agrī
Phoenīcum, et magnō miserae dīlēctus amōre,
cui pater intāctam dederat, prīmīsque jugārat 345
ōminibus. Sed rēgna Tyrī germānus habēbat
Pygmaliōn, scelerē ante aliōs immānior omnēs.
Quōs inter medius vēnit furor. Ille Sychaeum
impius ante ārās, atque aurī caecus amōre,
clam ferrō incautum superat, sēcūrus amōrum 350
germānae; factumque diū cēlāvit, et aegram,
multa malus simulāns, vānā spē lūsit amantem.
Ipsa sed in somnīs inhumātī vēnit imāgō
conjugis, ōra modīs attollēns pallida mīrīs,
crūdēlēs ārās trājectaque pectora ferrō 355
nūdāvit, caecumque domūs scelus omne retēxit.
Tum celerāre fugam patriāque excēdere suādet,
auxiliumque viae veterēs tellūre reclūdit
thēsaurōs, ignōtum argentī pondus et aurī.
Hīs commōta fugam Dīdō sociōsque parābat: 360
conveniunt, quibus aut odium crūdēle tyrannī
aut metus ācer erat; nāvis, quae forte parātae,
corripiunt, onerantque aurō: portantur avārī
Pygmaliōnis opēs pelagō; dux fēmina factī.
Dēvēnēre locōs, ubi nunc ingentia cernis 365
moenia surgentemque novae Karthāginis arcem,
mercātīque solum, factī dē nōmine Byrsam,
taurīnō quantum possent circumdare tergō.
Sed vōs quī tandem, quibus aut vēnistis ab ōrīs,
quōve tenētis iter? 'Quaerentī tālibus ille 370
suspīrāns, īmōque trahēns ā pectore vōcem:

'Ō dea, sī prīmā repetēns ab orīgine pergam,
et vacet annālīs nostrōrum audīre labōrum,
ante diem clausō compōnat Vesper Olympō.
Nōs Trojā antīquā, sī vestrās forte per aurīs 375
Trojae nōmen iit, dīversa per aequora vectōs
forte suā Libycīs tempestās adpulit ōrīs.
Sum pius Aenēās, raptōs quī ex hoste Penātēs
classe vehō mēcum, fāmā super aethera nōtus.
Ītaliam quaerō patriam et genus ab Jove summō. 380
Bis dēnīs Phrygium cōnscendī nāvibus aequor,
mātre deā mōnstrante viam, data fāta secūtus;
vix septem convolsae undīs Eurōque supersunt.
Ipse ignōtus, egēns, Libyae dēserta peragrō,
Eurōpā atque Asiā pulsus.' Nec plūra querentem 385
passa Venus mediō sīc interfāta dolōre est:

'Quisquis es, haud, crēdō, invīsus caelestibus aurās
vītālīs carpis, Tyriam quī advēneris urbem.
Perge modo, atque hinc tē rēgīnae ad līmina perfer,
Namque tibī reducēs sociōs classemque relātam 390
nūntiō, et in tūtum versīs aquilōnibus āctam,
nī frūstrā augurium vānī docuēre parentēs.
Aspice bis sēnōs laetantīs agmine cycnōs,
aetheriā quōs lāpsa plagā Jovis āles apertō
turbābat caelō; nunc terrās ōrdine longō 395
aut capere, aut captās jam dēspectāre videntur:
ut reducēs illī lūdunt strīdentibus ālīs,
et coetū cīnxēre polum, cantūsque dedēre,
haud aliter puppēsque tuae pūbēsque tuōrum
aut portum tenet aut plēnō subit ōstia vēlō. 400
Perge modo, et, quā tē dūcit via, dīrige gressum.'

Dīxit, et āvertēns roseā cervīce refulsit,
ambrosiaeque comae dīvīnum vertice odōrem
spīrāvēre, pedēs vestis dēflūxit ad īmōs,
et vērā incessū patuit dea. Ille ubi mātrem 405
adgnōvit, tālī fugientem est vōce secūtus:
'Quid nātum totiēns, crūdēlis tū quoque, falsīs
lūdis imāginibus? Cūr dextrae jungere dextram
nōn datur, ac vērās audīre et reddere vōcēs?'

Tālibus incūsat, gressumque ad moenia tendit: 410
at Venus obscūrō gradientēs āere saepsit,
et multō nebulae circum dea fūdit amictū,
cernere nē quis eōs, neu quis contingere posset,
mōlīrīve moram, aut veniendī poscere causās.
Ipsa Paphum sublīmis abit, sēdēsque revīsit 415
laeta suās, ubi templum illī, centumque Sabaeō
tūre calent ārae, sertīsque recentibus hālant.

Corripuēre viam intereā, quā sēmita mōnstrat.
Jamque ascendēbant collem, quī plūrimus urbī
imminet, adversāsque adspectat dēsuper arcēs. 420
Mīrātur mōlem Aenēās, māgālia quondam,
mīrātur portās strepitumque et strāta viārum.
Īnstant ārdentēs Tyriī pars dūcere mūrōs,
mōlīrīque arcem et manibus subvolvere saxa,
pars optāre locum tēctō et conclūdere sulcō. 425
[Jūra magistrātūsque legunt sānctumque senātum;]
hīc portūs aliī effodiunt; hīc alta theātrīs
fundāmenta locant aliī, immānīsque columnās
rūpibus excīdunt, scaenīs decora alta futūrīs.
Quālis apēs aestāte novā per flōrea rūra 430
exercet sub sōle labor, cum gentis adultōs
ēdūcunt fētūs, aut cum liquentia mella
stīpant et dulcī distendunt nectare cellās,
aut onera accipiunt venientum, aut agmine factō
ignāvom fūcōs pecus ā praesēpibus arcent: 435
fervet opus, redolentque thymō frāgrantia mella.
'Ō fortūnātī, quōrum jam moenia surgunt!'
Aenēās ait, et fastīgia suspicit urbis.
Īnfert sē saeptus nebulā, mīrābile dictū,
per mediōs, miscetque virīs, neque cernitur ūllī. 440

Lūcus in urbe fuit mediā, laetissimus umbra,
quō prīmum jactātī undīs et turbine Poenī
effōdēre locō signum, quod rēgia Jūnō
mōnstrārat, caput ācris equī; sīc nam fore bellō
ēgregiam et facilem vīctū per saecula gentem. 445
Hic templum Jūnōnī ingēns Sīdōnia Dīdō
condēbat, dōnīs opulentum et nūmine dīvae,
aerea cui gradibus surgēbant līmina, nexaeque
aere trabēs, foribus cardō strīdēbat aēnīs.
Hoc prīmum in lūcō nova rēs oblāta timōrem 450
lēniit, hic prīmum Aenēās spērāre salūtem
ausus, et adflīctīs melius cōnfīdere rēbus.
Namque sub ingentī lūstrat dum singula templō,
rēgīnam opperiēns, dum, quae fortūna sit urbī,
artificumque manūs inter sē operumque labōrem 455
mīrātur, videt Īliacās ex ōrdine pugnās,
bellaque jam fāmā tōtum volgāta per orbem,
Atrīdās, Priamumque, et saevum ambōbus Achillem.
Cōnstitit, et lacrimāns, 'Quis jam locus' inquit 'Achātē,
quae regiō in terrīs nostrī nōn plēna labōris? 460
Ēn Priamus! Sunt hīc etiam sua praemia laudī;
sunt lacrimae rērum et mentem mortālia tangunt.
Solve metus; feret haec aliquam tibi fāma salūtem.'
Sīc ait, atque animum pictūrā pāscit inānī,
multa gemēns, largōque ūmectat flūmine voltum. 465

Namque vidēbat, utī bellantēs Pergama circum
hāc fugerent Grāiī, premeret Trojāna juventūs,
hāc Phrygēs, īnstāret currū cristātus Achillēs.
Nec procul hinc Rhēsī niveīs tentōria vēlīs
adgnōscit lacrimāns, prīmō quae prōdita somnō 470
Tȳdīdēs multā vastābat caede cruentus,
ārdentisque āvertit equōs in castra, prius quam
pābula gustāssent Trojae Xanthumque bibissent.
Parte aliā fugiēns āmissīs Trōilus armīs,
īnfēlīx puer atque impār congressus Achillī, 475
fertur equīs, currūque haeret resupīnus inānī,
lōra tenēns tamen; huic cervīxque comaeque trahuntur
per terram, et versā pulvis īnscrībitur hastā.
Intereā ad templum nōn aequae Palladis ībant
crīnibus Īliadēs passīs peplumque ferēbant, 480
suppliciter trīstēs et tūnsae pectora palmīs;
dīva solō fīxōs oculōs āversa tenēbat.
Ter circum Īliacōs raptāverat Hectora mūrōs,
exanimumque aurō corpus vēndēbat Achillēs.
Tum vērō ingentem gemitum dat pectore ab īmō, 485
ut spolia, ut currūs, utque ipsum corpus amīcī,
tendentemque manūs Priamum cōnspexit inermīs.
Sē quoque prīncipibus permixtum adgnōvit Achīvīs,
Ēōāsque aciēs et nigrī Memnonis arma.
Dūcit Amāzonidum lūnātīs agmina peltīs 490
Penthesilēa furēns, mediīsque in mīlibus ārdet,
aurea subnectēns exsertae cingula mammae,
bellātrīx, audetque virīs concurrere virgō.

Haec dum Dardaniō Aenēae mīranda videntur,
dum stupet, obtūtūque haeret dēfīxus in ūnō, 495
rēgīna ad templum, fōrmā pulcherrima Dīdō,
incessit magnā juvenum stīpante catervā.
Quālis in Eurōtae rīpīs aut per juga Cynthī
exercet Diānā chorōs, quam mīlle secūtae
hinc atque hinc glomerantur orēadēs; illa pharetram 500
fert umerō, gradiēnsque deās superēminet omnīs:
Lātōnae tacitum pertemptant gaudia pectus:
tālis erat Dīdō, tālem sē laeta ferēbat
per mediōs, īnstāns operī rēgnīsque futūrīs.
Tum foribus dīvae, mediā testūdine templī, 505
saepta armīs, soliōque altē subnīxa resēdit.
Jūra dabat lēgēsque virīs, operumque labōrem
partibus aequābat jūstīs, aut sorte trahēbat:
cum subitō Aenēās concursū accēdere magnō
Anthea Sergestumque videt fortemque Cloanthum, 510
Teucrōrumque aliōs, āter quōs aequore turbō
dispulerat penitusque aliās āvēxerat ōrās.
Obstipuit simul ipse simul perculsus Achātēs
laetitiāque metūque; avidī conjungere dextrās
ārdēbant; sed rēs animōs incognita turbat. 515
Dissimulant, et nūbe cavā speculantur amictī,
quae fortūna virīs, classem quō lītore linquant,
quid veniant; cūnctīs nam lēctī nāvibus ībant,
ōrantēs veniam, et templum clāmōre petēbant.

Postquam introgressī et cōram data cōpia fandī, 520
maximus Īlioneus placidō sīc pectore coepit:
'Ō Rēgīna, novam cui condere Juppiter urbem
jūstitiāque dedit gentīs frēnāre superbās,
Trōēs tē miserī, ventīs maria omnia vectī,
ōrāmus, prohibē īnfandōs ā nāvibus ignis, 525
parce piō generī, et propius rēs aspice nostrās.
Nōn nōs aut ferrō Libycōs populāre Penātīs
vēnimus, aut raptās ad lītora vertere praedas;
nōn ea vīs animō, nec tanta superbia victīs.
Est locus, Hesperiam Grāī cognōmine dīcunt, 530
terra antīqua, potēns armīs atque ūbere glaebae;
Oenōtrī coluēre virī; nunc fāma minōrēs
Ītaliam dīxisse ducīs dē nōmine gentem.
Hic cursus fuit:
cum subitō adsurgēns flūctū nimbōsus Ōrīōn 535
in vada caeca tulit, penitusque procācibus austrīs
perque undās, superante salō, perque invia saxa
dispulit; hūc paucī vestrīs adnāvimus ōrīs.
Quod genus hoc hominum? Quaeve hunc tam barbara mōrem
permittit patria? Hospitiō prohibēmur harēnae; 540
bella cient, prīmāque vetant cōnsistere terrā.
Sī genus hūmānum et mortālia temnitis arma
at spērāte deōs memorēs fandī atque nefandī.

'Rēx erat Aenēās nōbīs, quō jūstior alter,
nec pietāte fuit, nec bellō major et armīs. 545
Quem sī fāta virum servant, sī vēscitur aura
aetheriā, neque adhūc crūdēlibus occubat umbrīs,
nōn metus; officiō nec tē certāsse priōrem
poeniteat. Sunt et Siculīs regiōnibus urbēs
armaque, Trojānōque ā sanguine clārus Acestēs. 550
Quassātam ventīs liceat subdūcere classem,
et silvīs aptāre trabēs et stringere rēmōs:
sī datur Ītaliam, sociīs et rēge receptō,
tendere, ut Ītaliam laetī Latiumque petāmus;
sīn absūmpta salūs, et tē, pater optime Teucrum, 555
pontus habet Libyae, nec spēs jam restat Iūlī,
at freta Sīcaniae saltem sēdēsque parātās,
unde hūc advectī, rēgemque petāmus Acestēn.'

Tālibus Īlioneus; cūnctī simul ōre fremēbant
Dardanidae. 560

Tum breviter Dīdō, voltum dēmissa, profātur:
'Solvite corde metum, Teucrī, sēclūdite cūrās.
Rēs dūra et rēgnī novitās mē tālia cōgunt
mōlīrī, et lātē fīnis cūstōde tuērī.
Quis genus Aeneadum, quis Trojae nesciat urbem, 565
virtūtēsque virōsque, aut tantī incendia bellī?
Nōn obtūsa adeō gestāmus pectora Poenī,
nec tam āversus equōs Tyriā Sōl jungit ab urbe.
Seu vōs Hesperiam magnam Sāturniaque arva,
sīve Erycīs fīnis rēgemque optātis Acestēn, 570
auxiliō tūtōs dīmittam, opibusque juvābō.
Voltis et hīs mēcum pariter cōnsīdere rēgnīs;
urbem quam statuō vestra est, subdūcite nāvīs;
Trōs Tyriusque mihī nūllō discrīmine agētur.
Atque utinam rēx ipse Notō compulsus eōdem 575
adforet Aenēās! Equidem per lītora certōs
dīmittam et Libyae lūstrāre extrēma jubēbō,
sī quibus ējectus silvīs aut urbibus errat.'

Hīs animum arrēctī dictīs et fortis Achātēs
et pater Aenēās jamdūdum ērumpere nūbem 580
ārdēbant. Prior Aenēān compellat Achātēs:
'Nāte deā, quae nunc animō sententia surgit?
omnia tūta vidēs, classem sociōsque receptōs.
Ūnus abest, mediō in flūctū quem vīdimus ipsī
submersum; dictīs respondent cētera mātris.' 585

Vix ea fātus erat, cum circumfūsa repente
scindit sē nūbēs et in aethera pūrgat apertum.
Restitit Aenēās clārāque in lūce refulsit,
ōs umerōsque deō similis; namque ipsa decōram
caesariem nātō genetrīx lūmenque juventae 590
purpureum et laetōs oculīs adflārat honōrēs:
quāle manūs addunt eborī decus, aut ubi flāvō
argentum Pariusve lapis circumdatur aurō.

Tum sīc rēgīnam adloquitur, cūnctīsque repente
imprōvīsus ait: 'Cōram, quem quaeritis, adsum, 595
Trōius Aenēās, Libycīs ēreptus ab undīs.
Ō sōla īnfandōs Trojae miserāta labōrēs,
quae nōs, rēliquiās Danaum, terraeque marisque
omnibus exhaustōs jam cāsibus, omnium egēnōs,
urbe, domō, sociās, grātēs persolvere dignās 600
nōn opis est nostrae, Dīdō, nec quicquid ubīque est
gentīs Dardaniae, magnum quae sparsa per orbem.
Dī tibi, sī qua piōs respectant nūmina, sī quid
usquam jūstitia est et mēns sibi cōnscia rēctī,
praemia digna ferant. Quae tē tam laeta tulērunt 605
saecula? Quī tantī tālem genuēre parentēs?
In freta dum fluviī current, dum montibus umbrae
lūstrābunt convexa, polus dum sīdera pāscet,
semper honōs nōmenque tuum laudēsque manēbunt,
quae mē cumque vocant terrae.' Sīc fātus, amīcum 610
Īlioneā petit dextra, laevaque Serestum,
post aliōs, fortemque Gyān fortemque Cloanthum.

Obstipuit prīmō aspectū Sīdōnia Dīdō,
cāsū deinde virī tantō, et sīc ōre locūta est:
'Quis tē, nāte deā, per tanta perīcula cāsūs 615
īnsequitur? Quae vīs immānibus applicat ōrīs?
Tūne ille Aenēās, quem Dardaniō Anchīsae
alma Venus Phrygiī genuit Sīmoentis ad undam?
Atque equidem Teucrum meminī Sīdōna venīre
fīnibus expulsum patriīs, nova rēgna petentem 620
auxiliō Bēlī; genitor tum Bēlus opīmam
vastābat Cyprum, et victor diciōne tenēbat.
Tempore jam ex illō cāsus mihi cognitus urbis
Trojānae nōmenque tuum rēgēsque Pelasgī.
Ipse hostis Teucrōs īnsignī laude ferēbat, 625
sēque ortum antīquā Teucrōrum ab stirpe volēbat.
Quārē agite, Ō tēctīs, juvenēs, succēdite nostrīs.
Mē quoque per multōs similis fortūna labōrēs
jactātam hāc dēmum voluit cōnsistere terrā.
Nōn ignāra malī, miserīs succurrere discō.' 630

Sīc memorat; simul Aenēān in rēgia dūcit
tēcta, simul dīvom templīs indīcit honōrem.
Nec minus intereā sociīs ad lītora mittit
vīgintī taurōs, magnōrum horrentia centum
terga suum, pinguis centum cum mātribus agnōs, 635
mūnera laetitiamque dīī.

At domus interior rēgālī splendida luxū
īnstruitur, mediīsque parant convīvia tēctīs:
arte labōrātae vestēs ostrōque superbō,
ingēns argentum mēnsīs, caelātaque in aurō 640
fortia facta patrum, seriēs longissima rērum
per tot ducta virōs antīqua ab orīgine gentīs.

Aenēās (neque enim patrius cōnsistere mentem
passus amor) rapidum ad nāvīs praemittit Achātēn,
Ascaniō ferat haec, ipsumque ad moenia dūcat; 645
omnis in Ascaniō cārī stat cūra parentis.
Mūnera praetereā, Īliacīs ērepta ruīnīs,
ferre jubet, pallam signīs aurōque rigentem,
et circumtextum croceō vēlāmen acanthō,
ōrnātūs Argīvae Helenae, quōs illa Mycēnis, 650
Pergama cum peteret inconcessōsque hymenaeōs,
extulerat, mātris Lēdae mīrābile dōnum:
praetereā scēptrum, Īlionē quod gesserat ōlim,
maxima nātārum Priamī, colloque monīle
bācātum, et duplicem gemmīs aurōque corōnam. 655
Haec celerāns ita ad nāvēs tendēbat Achātēs.

At Cytherēa novās artēs, nova pectore versat
cōnsilia, ut faciem mūtātus et ōra Cupīdō
prō dulcī Ascaniō veniat, dōnīsque furentem
incendat rēgīnam, atque ossibus implicet ignem; 660
quippe domum timet ambiguam Tyriōsque bilinguīs;
ūrit atrōx Jūnō, et sub noctem cūra recursat.
Ergō hīs āligerum dictīs adfātur Amōrem:

'Nāte, meae vīrēs, mea magna potentia sōlus,
nāte, patris summī quī tēla Typhōia temnis, 665
ad tē cōnfugiō et supplex tua nūmina poscō.
Frāter ut Aenēās pelagō tuus omnia circum
lītora jactētur odiīs Jūnōnis inīquae,
nōta tibi, et nostrō doluistī saepe dolōre.
Hunc Phoenissa tenet Dīdō blandīsque morātur 670
vōcibus; et vereor, quō sē Jūnōnia vertant
hospitia; haud tantō cessābit cardine rērum.
Quōcircā capere ante dolīs et cingere flammā
rēgīnam meditor, nē quō sē nūmine mūtet,
sed magnō Aenēae mēcum teneātur amōre. 675
Quā facere id possīs, nostram nunc accipe mentem.
Rēgius accītū cārī genitōris ad urbem
Sīdoniam puer īre parat, mea maxima cūra,
dōna ferēns, pelagō et flammīs restantia Trojae:
hunc ego sōpītum somnō super alta Cythērā 680
aut super Īdalium sacrātā sēde recondam,
nē quā scīre dolōs mediusve occurrere possit.
Tū faciem illīus noctem nōn amplius ūnam
falle dolō, et nōtōs puerī puer indue voltus,
ut, cum tē gremiō accipiet laetissima Dīdō 685
rēgālīs inter mēnsās laticemque Lyaeum,
cum dabit amplexūs atque ōscula dulcia fīget,
occultum īnspīrēs ignem fallāsque venēnō.'

Pāret Amor dictīs cārae genetrīcis, et ālās
exuit, et gressū gaudēns incēdit Iūlī. 690
At Venus Ascaniō placidam per membra quiētem
inrigat, et fōtum gremiō dea tollit in altōs
Īdaliae lūcōs, ubi mollis amāracus illum
flōribus et dulcī adspīrāns complectitur umbrā.

Jamque ībat dictō pārēns et dōna Cupīdō 695
rēgia portābat Tyriīs, duce laetus Achātē.
Cum venit, aulaeīs jam sē rēgīna superbīs
aurea composuit spondā mediamque locāvit.
Jam pater Aenēās et jam Trojāna juventūs
conveniunt, strātōque super discumbitur ostrō. 700
Dant famulī manibus lymphās, Cereremque canistrīs
expediunt, tōnsīsque ferunt mantēlia vīllīs.
Quīnquāgintā intus famulae, quibus ōrdine longam
cūra penum struere, et flammīs adolēre Penātīs;
centum aliae totidemque parēs aetāte ministrī, 705
quī dapibus mēnsās onerent et pōcula pōnant.
Nec nōn et Tyriī per līmina laeta frequentēs
convēnēre, torīs jussī discumbere pictīs.
Mīrantur dōna Aenēae, mīrantur Jūlum
flagrantīsque deī voltūs simulātaque verba, 710
[pallamque et pictum croceō vēlāmen acanthō.]
Praecipuē īnfēlīx, pestī dēvōta futūrae,
explērī mentem nequit ārdēscitque tuendō
Phoenissā, et pariter puerō dōnīsque movētur.
Ille ubi complexū Aenēae colloque pependit 715
et magnum falsī implēvit genitōris amōrem,
rēgīnam petit haec oculīs, haec pectore tōtō
haeret et interdum gremiō fovet, īnscia Dīdō,
īnsīdat quantus miserae deus; at memor ille
mātris Acīdaliae paulātim abolēre Sychaeum 720
incipit, et vīvō temptat praevertere amōre
jam prīdem residēs animōs dēsuētaque corda.

Postquam prīma quiēs epulīs, mēnsaeque remōtae,
crātērās magnōs statuunt et vīna corōnant.
Fit strepitus tēctīs, vōcemque per ampla volūtant 725
ātria; dēpendent lychnī laqueāribus aureīs
incēnsī, et noctem flammīs fūnālia vincunt.
Hīc rēgīna gravem gemmīs aurōque poposcit
implēvitque merō pateram, quam Bēlus et omnēs
ā Bēlō solitī; tum facta silentia tēctīs: 730
'Juppiter, hospitibus nam tē dare jūra loquuntur,
hunc laetum Tyriīsque diem Trojāque profectīs
esse velīs, nostrōsque hujus meminisse minōrēs.
Adsit laetitiae Bacchus dator, et bona Jūnō;
et vōs, Ō, coetum, Tyriī, celebrāte faventēs.' 735
Dīxit, et in mēnsam laticum lībāvit honōrem,
prīmaque, lībātō, summō tenus attigit ōre,
tum Bitiae dedit increpitāns; ille impiger hausit
spūmantem pateram, et plēnō sē prōluit aurō
post aliī procerēs. Citharā crīnītus Iōpās 740
personat aurātā, docuit quem maximus Atlās.
Hic canit errantem lūnam sōlisque labōrēs;
unde hominum genus et pecudēs; unde imber et ignēs;
Arctūrum pluviāsque Hyadas geminōsque Triōnēs;
quid tantum Ōceanō properent sē tinguere sōlēs 745
hībernī, vel quae tardīs mora noctibus obstet.
Ingeminant plausū Tyriī, Trōēsque sequuntur.
Nec nōn et variō noctem sermōne trahēbat
īnfēlīx Dīdō, longumque bibēbat amōrem,
multa super Priamō rogitāns, super Hectore multa; 750
nunc quibus Aurōrae vēnisset fīlius armīs,
nunc quālēs Diomēdis equī, nunc quantus Achillēs.
'Immō age, et ā prīmā dīc, hospes, orīgine nōbīs
īnsidiās,' inquit, 'Danaum, cāsūsque tuōrum,
errōrēsque tuōs; nam tē jam septima portat 755
omnibus errantem terrīs et flūctibus aestās.'
Fixed. :dente:
 

Melian

Período composto por insubordinação.
Quando a listinha do migo fcm chegou, eu estava tomando café. Fui atualizar o cronograma e deu-se o desastre. Quando peguei a folha para acrescentar o nick do fcm, pensei: "em breve, terei de fazer outro cronograma, mas aqui ainda cabe mais um nick". Bom, caberia, se eu não tivesse derrubado café na folha. Eu poderia fazer o cronograma digitado? Poderia, mas gosto de escrever à mão; é terapêutico.

1623272088562.png

P.S.: Temos listinhas para dois meses! :grinlove:
 

Meneldur

We are infinite.
Usuário Premium
Sou veterano
Faça de conta que a minha lista é 2.0 e passe na frente da fila... :dente:
Bravo Tv No GIF by Slice
 

Melian

Período composto por insubordinação.
Gente, amanhã é dia de postar a lista da moça Darkness, mas, como eu não sei se amanhã estarei melhor do que hoje (morri, mas passo bem), se eu demorar a postar, cês já sabem, é porque tô lidando com os efeitos da vacina.
 

Melian

Período composto por insubordinação.
Gente, amanhã é dia de postar a listinha da Jhulha, mas eu ando meio indisposta e frustrada com o fato de a humanidade estar cada dia mais podre*, e queria dar um tempinho da internet, na medida do possível (tem as coisas do trabalho; e tudo o mais).

Como assumi a responsabilidade de postar as listinhas, preciso aparecer aqui. Alguém poderia postar, pelo menos, a listinha de amanhã, para eu não ficar com essa preocupação de ter de entrar aqui? (Caso alguém possa me fazer esse favor, eu mando a listinha por MP).

*O show de horrores que vi depois do que houve com o Lázaro me afetou de um jeito que, só tomando distância, para conseguir elaborar. Eu não dou conta disso, não, gente.
 

Finarfin

Usuário
Posso postar. Eu nem acompanhei nada desse caso, então não estou saturado com a sociedade.
Meu problema com a internet está sendo mais físico mesmo. Não aguento mais olhar pra tela, mas como trabalho pelo computador, não tem jeito.
Só mandar a lista.
 

Béla van Tesma

Blood-sucker
Só acompanhei por manchetes também. Nem sei como repercutiu nas redes sociais depois que o mataram. Mas o Finarfin resolve aí a parada. Se precisar, tem sempre um tal de Béla disponível. ^_^
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$200,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo