• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Cinco Livros Favoritos Com Gil-Galad

Melian

Período composto por insubordinação.
O Cinco Livros Favoritos volta em grande estilo! Aí vai uma verdade: quando vi a lista do Gil-Galad, senti vontade de ficar com ela pra mim, sabe? Escondê-la. Mas aí pensei que seria crueldade não compartilhar uma lista que, tenho certeza, vai agradar a maioria das pessoas que frequenta o Literatura. Já declarei todo o meu amor por Fundação, em algum tópico aí. E já falei do meu amor por dinossauros :grinlove:, não falei? Sim, falei, naquela trágica disputa lá no Cinema. Também já falei sobre o Cornwell. Mas não me lembro de ter falado sobre Terry Pratchett. E nem de ter mencionado que, quando era mais nova, eu dizia que se tivesse uma filha, ela se chamaria Lyra, por causa de Fronteiras de Universo. Enfim, uma lista para nerd nenhum botar defeito. Muito obrigada, Gil-Galad.

Gil-Galad disse:
Como Prometido:

Realmente escolher cinco livros não é fácil, principalmente para quem gosta de ler séries. Nem me darei ao trabalho de citar Tolkien, pois ele faz parte da vida de muita gente por aqui. Não sou muito de ler clássicos, tenho preferência pelos autores nerds, então aqui vai a lista dos que mais me marcaram nos últimos anos.

Fundação (Isaac Asimov)

capa_fundacao_isaac_asimov.jpg



Li esse livro em 2004. Peguei-o na biblioteca e durante as primeiras páginas não dei muita bola, ainda não fazia ideia do que ele seria. Mas ao terminá-lo sentia que havia o antes e o depois dele. Escolhi-o pois é o primeiro da série e é onde a psicohistória é apresentada, descrita e "transformada em realidade". Genialidade é a palavra para descrever a história contada aqui e não necessariamente genialidade como um escritor, mas como alguém com uma "mente além do alcance", que pode ser conferida aqui:
.

A Cor da Magia (Terry Pratchett)

img



Esse foi um que me pegou pela capa em uma propaganda na Nintendo World, pois eram da mesma editora. O humor ácido inglês é um dos melhores do mundo e o humor ácido alegórico de Terry Pratchett faz desse livro (o primeiro da série "Discworld") um dos mais engraçados já escritos.

Parque dos Dinossauros (Michael Crichton)

img



Eu não sabia a princípio que o filme era baseado nesse livro, e fiquei maluco quando descobri, principalmente porque Parque dos Dinossauros foi o primeiro filme que vi em um cinema. Li quase de uma tacada só e o nível de realidade que o autor tenta dar ao livro é incrível. Dá pra acreditar em cada detalhe descrito. De como foi feita a engenharia reversa no DNA dos dinossauros ao ataque de raptors dentro das instalações da InGen.

O Arqueiro (Bernard Cornwell)

img



Primeiro da série "A Busca do Graal", foi nesse livro que descobri quão falsos eram meus arqueiros jogando RPG (rs). Cornwell descreve com uma riqueza de detalhes imensa qualquer época na qual ele resolva narrar uma história e aqui até os detalhes da manufatura de arcos ingleses e sua utilização ganham destaque.

A Faca Sutil (Philip Pullman)

faca_sutil.jpg



O que falar desse livro. É o segundo da série "Fronteiras do Universo" e a meu ver é nele que a critica à Igreja (nenhuma em específico, mas à instituição) passa a ser óbvia. Conceitos como pecado e pureza, almas, céu, inferno e purgatório são tratados como causa e efeito de acontecimentos comuns e/ou únicos, em diferentes universos. A forma como Deus é tratado também é interessantíssima e intrigante.
 
Última edição por um moderador:
O Arqueiro abre a série que menos gosto do Cornwell, mas é meu livro favorito dessa série. Não sei, gosto do ambiente, dos traumas da bela Jeanette, as dúvidas de Thomas. Tem um clima bom, que parece cansativo se você está muito ansioso pela trama principal (a busca do Graal, que só engrena mesmo no segundo livro, o Andarilho), mas se procura algo mais light, nada muito forçado, esse livro é excelente.

E nem pela trama ser mais leve, teremos menos batalhas, traições, flechas atiradas e arcos fendidos. Excelente realismo, como sempre.
 

Kainof

Sr. Raposo
Usuário Premium
Grande lista mesmo!
Cornwell só li os livros iniciais das duas trilogias e fiquei muito na fissura de terminar, porque ambos são excelentes. Do que li, preferi o "Arqueiro" ao "Rei do Inverno".
Do Pratchett eu gosto muito. É o único cara que me faz gargalhar lendo.

Do Crichton eu li "Devoradores de Mortos", livro que inspirou o filme "O 13º Guerreiro". Eu gosto muito do filme, mas não curti o livro. Aí fiquei acertado comigo mesmo de não ler o "Parque dos Dinossauros" pra não ter a mesma decepção, porque eu adoro Jurassic Park e não quero que ele decaia no meu conceito.

Isaac Asimov permeia toda uma cultura nerd de robótica e futuro. Presença forte em filmes e jogos. Todo RPG que envolva andróides ou futuro robótico tem muito de Asimov, por exemplo. Mas ele, assim como Pullman, são autores que sempre deixo pra ler amanhã-quem-sabe-depois-da-chuva.
 

Melian

Período composto por insubordinação.
Kainof disse:
Isaac Asimov permeia toda uma cultura nerd de robótica e futuro. Presença forte em filmes e jogos. Todo RPG que envolva andróides ou futuro robótico tem muito de Asimov, por exemplo. Mas ele, assim como Pullman, são autores que sempre deixo pra ler amanhã-quem-sabe-depois-da-chuva.

Nem posso fazer piadinhas com o pó, porque você não entenderá. E nem estou falando do pó do Fante. Não posso nem perguntar qual seria a forma do seu daemon. Triste isso, muito triste. :tsc:

P.S.: Gente, o Dedé está se matando de vontade de vir comentar "A cor da magia". :mrgreen:
 

Vëon

Do you know what time it is?
Já que esse Dedé não comenta, eu comento.

Adoro A Cor da Magia e tudo o que eu li da série Discworld, acho o humor do Pratchett inigualável, superior até ao Douglas Adams que eu gosto tanto.

Não li nenhum dos outros livros da lista mas já li Philip Pullman e Cornwell, do Pullman li A Bússola de Ouro e apesar de ter gostado não tive vontade de continuar a trilogia e do Cornwell comecei O Rei do Inverno mas não tava gostando e parei antes da metade.
 
A narrativa do Rei do Inverno é meio cansativa às vezes. Recomendo a todos começarem por Crônicas Saxônicas, que são mais curtos e a leitura flui melhor.

Pratchet ainda quero ler.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
Lista interessante e confesso que não sabia da existência do livro do parque dos dinossauros, algo que agora vou observar com mais atenção na proxima ida as livrarias.
 

Melian

Período composto por insubordinação.
"Vëon disse:
Já que esse Dedé não comenta, eu comento.
:lol:
Dedé estava fazendo história no futebol.
Mas você serve também, Dé. XD

Eu achei um post, que fiz em um tópico criado pelo Éomer, no qual eu falo sobre Parque dos dinossauros e sobre o fato de os dinossauros terem todo o meu amor:

Hm. Jules Verne figurando na enquete... =) Mas não vou votar, ainda. Preciso pensar com calma no assunto.

Engraçado que, na minha infância, eu não tinha tanto fascínio pelas histórias de canibais, civilizações perdidas, tradições indígenas, entre outros. Embora mais tarde, ao ler Maíra, de Darcy Ribeiro, eu tenha começado a me interessar, bastante, por Antropologia.

O quê me interessava, muito, na época da minha infância/adolescência eram os Dinossauros. :grinlove: Sim, culpa de Jurassic Park, do Michael Crichton. E quem disse que, para mim, inicialmente, esse livro se tratava de ficção científica? Eu vivia o livro de tal forma que, para mim, se tratava de um reino perdido (quando vi o filme, então... eu sentia que era tudo verdade.) Eu era quase uma paleontóloga. :lol:

(Pois é, passei de pessoa que se interessa por estudar restos de animais para pessoa que estuda os hábitos culturais. Ou não. Ainda me interesso tanto por Paleontologia quanto me interesso por Antropologia.)

O tópico, para quem se interessar: Expedições literárias à Selva e Reinos Perdidos.
 
Última edição por um moderador:

Arringa Hrívë

Hobbit entusiasta da vida...
Usuário Premium
Ótimos livros... Eu ainda não sei como conseguiu escolher 5, e nem vou perguntar demais, pra ti não pensar e mudar de ideia, eu nem tento escolher os 10 melhores. ^^
Dentre os seus preferidos, tenho uma queda por Isaac, já li livros dele, também tentando satisfazer a veia nerd que estava aguda e palpitante! kkkkkkkkkkk
A faca Sútil, eu amei! Lyra é minha personagem preferida e além dela a história tem uma narrativa ótima, um mundo fantasioso e ao mesmo tempo com pés nas raízes miseráveis da Igreja, a visão crítica...Amei mesmo de ler!
Boa listinha! ^^
 
Última edição:

Valinor 2021

Total arrecadado
R$125,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo