• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Cinco Filmes Favoritos Com Alia Atreides

Vëon

Do you know what time it is?
There and Back Again

Alia Atreides disse:
Como é difícil fazer uma lista de apenas cinco filmes! Bem, esses foram os que eu pensei ontem. Talvez se eu refizesse a lista na próxima semana, os filmes seriam diferentes.

Arquivo X - O Filme (The X Files, 1998)

attachment.php


Esse filme não é grande coisa, as atuações, entre outras coisas, deixam a desejar. O motivo desse filme entrar nas minhas listas de filmes preferidos é a importância que teve na minha vida. Eu acho que sempre fui nerd, com 6 anos eu já dizia que queria ser cientista, com 8 anos optei por astronomia. Entretanto eu ainda não conhecia o mundo nerd de livros e filmes, até que meu pai alugou esse filme sobre conspirações e alienígenas. Foi amor a primeira vista. Comecei a acompanhar a série, que me fez assistir Star Trek e outras séries de ficção, que me fez começar a me interessar também pelo gênero "fantasia", que me fez ler Harry Potter e Senhor dos Anéis. Ou seja, esse filme me iniciou no mundo geek.
O filme pode ser considerado "sessão da tarde", mas eu recomendo, principalmente para matar a saudade da ficção dos anos 90 (Alienígenas, conspirações, virus e FBI). Não crie muitas expectativas e só acredite (I want to believe). Se alguém assistir e disser que foi enganado pelo meu texto, I will deny everything.

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (Le fabuleux destin d'Amélie Poulain, 2001)

attachment.php


A felicidade está nas coisas simples da vida. Frase bem clichê, mas que foi muito bem representada por esse filme.
Amélie é uma personagem apaixonante. O filme é simples, tem uma visual bem colorido e os personagens me lembram desenhos animados. Recomendo para quem quer se sentir “mais leve” após assistir um filme.

Brilho Eterno De Uma Mente Sem Lembranças (Eternal Sunshine of the Spotless Mind, 2004)

attachment.php


Me sinto até envergonhada em comentar sobre esse filmes depois de ler o que a Melian escreveu sobre ele.
Quando comecei a ver o filme pensei “mais um daqueles filmes doidos que eu não vou entender nada”, confesso que no começou essa foi realmente minha opinião, mas alguma coisa me prendeu e eu decidi não mudar de canal. O filme me surpreendeu muito, é sobre amor, mas também sobre problemas na vida das personagens e tudo isso contado de uma forma “louca” (não encontrei nenhuma outra palavra para classificá-lo), bela e envolvente.
Não sei muito bem como descrever esse filme, eu só sei que ele tem um lugar especial na minha lista.

Wall–E (WALL·E, 2008)

attachment.php


Era obrigatório algum filme da Disney entrar na minha lista. Fiquei um tempo pensando qual poderia ser e esse era o que mais reaparecia na minha cabeça.
A primeira parte do filme é, para mim, a mais bela de todos os desenhos e animações que eu já assisti. As cores escolhidas, a trilha sonora e o silêncio da personagem lembram filmes da época do cinema mudo. A outra parte do filme, mais colorida e agitada, faz uma excelente crítica a sociedade (meio ambiente, sedentarismo, tecnologia...).

Thelma & Louise (idem, 1991)

attachment.php


Eu resolvi assistir esse filme, pois Thelma é o nome da minha mãe, só por esse motivo. Não me arrependi, fiquei acordada até o final (estava passando de madrugada e eu estava morrendo de sono) e depois que o filme acabou fiquei pensando nele por um tempo até conseguir pegar no sono. A história é sobre Thelma, é uma mulher submissa ao marido, como tantas outras pelo mundo, até que um dia sua amiga Louise decide ajudá-la a se libertar. O filme é considerado feminista e recebeu críticas negativas por isso, “afinal se querem a igualdade porque fazer filmes feministas?” (Por que dia da Consciência negra, por que Orgulho Gay?) alguns disseram. A cena final do filme é inesquecível.
 

Anexos

  • MV5BMTY0NzA4MjYzNF5BMl5BanBnXkFtZTcwMzgwMjQyMQ@@._V1._SY317_CR4,0,214,317_.jpg
    [email protected]@._V1._SY317_CR4,0,214,317_.jpg
    20,1 KB · Visualizações: 118
  • MV5BMTUwNzkwMTk5Nl5BMl5BanBnXkFtZTYwMDAzMDI5._V1._SY317_CR3,0,214,317_.jpg
    MV5BMTUwNzkwMTk5Nl5BMl5BanBnXkFtZTYwMDAzMDI5._V1._SY317_CR3,0,214,317_.jpg
    16,7 KB · Visualizações: 111
  • MV5BMTY4NzcwODg3Nl5BMl5BanBnXkFtZTcwNTEwOTMyMw@@._V1._SY317_.jpg
    [email protected]@._V1._SY317_.jpg
    16,9 KB · Visualizações: 107
  • MV5BMTczOTA3MzY2N15BMl5BanBnXkFtZTcwOTYwNjE2MQ@@._V1._SY317_CR0,0,214,317_.jpg
    [email protected]@._V1._SY317_CR0,0,214,317_.jpg
    18,6 KB · Visualizações: 108
  • MV5BMjIxNDgzMDE2MF5BMl5BanBnXkFtZTcwNzY5NTk1NA@@._V1._SY317_.jpg
    [email protected]@._V1._SY317_.jpg
    22,9 KB · Visualizações: 110

Fëanor

Fnord
Usuário Premium
Só não vi Thelma & Louise.

Lista bacana, ótimos filmes - o único que não curto muito é X Files.

E sim, Amélie Poulain é um filme que te deixa leve. Magistral em toda sua simplicidade. E com trilha sonora do Yann Tiersen <3
 

Turgon

ワンピース
Wall–E ainda estou devendo. Acho que já vi passando no próprio canal da Disney, mas não parei para conferir.
 

Melian

Período composto por insubordinação.
Listinha bacana, hein, Cacá? Aí, só para constar, na partilha dos meus livros, filmes e quadrinhos com suas duas irmãs, você escolheu os quadrinhos, né? Então o Meu DVD de Brilho Eterno e o meu DVD de Amelie Poulain vão para a Thaty. Não vão para a Mires porque o digníssimo marido dela tem esses filmes.

Não curto Arquivo X (o filme).

Mesmo que eu preciso falar de Brilho Eterno, NOVAMENTE? Todo mundo sabe o quanto eu adoro esse filme. Eu falo sobre Brilho Eterno todos os dias, em todos os tempos, em todos (ok, QUASE todos) os momentos. Já falei, quando minha listinha foi postada, o quanto eu adoro a Clementine. Eu sinto a personagem, eu sinto as dores dela, as angústias dela. Não é fácil ser Clementine, não é, gente. Não é fácil ser intensa da cabeça aos pés. Não é fácil... E também não estou dizendo que seja fácil ser o Joel...

O fabuloso destino de Amelie Poulain me encantou desde o título: "fabuloso" (tá, eu preciso falar, antes que alguém faça a piada: pois é, um dos meus maiores pecados... eu adoro o Fabuloso. Não me julguem. Eu sei que não deveria, mas é mais forte do que eu. Tipo o Tardelli, eu adorava o cara muito antes de ele vir para o Galo). Mas fabuloso no sentido de fabulação, de criar histórias, mesmo, sabe? O cérebro humano é fabuloso... criamos e vivemos nossas fabulações, e precisamos nos lembrar que não temos ossos de vidro, não é, mesmo? Essa é a parte mais difícil. Às vezes temos tanto medo de nos quebrarmos que ficamos nos autosabotando...

Não vou falar sobre Wall-E porque eu adoro essa animação, mas... COISA TRISTE DA PORRA! Meu Deus do céu! Saí do cinema destruída. DESTRUÍDA. Mas confesso que gosto dessa destruição e reconstrução que a sétima arte pode proporcionar. Afinal, se eu saísse do cinema do mesmo jeito que entrei, que arte seria? Se é arte, transforma.

Você precisa perguntar para um gato se ele quer rato? Então não precisa perguntar para uma feminista se ela gosta de Thelma & Louise.
 

Elendil

Equipe Valinor
Lista bem legal mesmo, e só não falo nada de "Wall-E" porque ainda não vi. "Brilho Eterno" é um daqueles filmes que te surpreende, fui ver numa sessão gratuita na universidade, depois das aulas, achando que era mais um filme cheio de caretas do Jim Carrey (não que eu não goste, é bom frisar), mas o subestimei. Saí de lá arrebatado pela história e por ver que o Carrey não é só "caras e bocas".

"Amélie" é daqueles filmes muito prazerosos de ver, você o termina... hum..."leve", né? Tenho que concordar! :lol:

"Thelma e Louise" também vi (anos atrás) numa madrugada e foi a única vez, numa mais revi esse filme. Gostaria! Aliás, adoro filmes que se passam na estrada, não sei o motivo, mas gosto muito! E o final é surpreendente mesmo, recomendo muito para quem não viu ainda.

"Arquivo-X, o Filme" não é algo que eu recomendaria como cinema, também não recomendaria para quem nunca viu a série. Eu era viciado na série, então eu acho que o filme é um capítulo muito bom e longo dela, pois ele faz toda a mitologia do seriado tomar outro rumo e deixa alguns ganchos para as temporadas posteriores, além de sepultar alguns dos mistérios e personagens das temporadas anteriores, e apresenta outros mistérios que serão (outros nunca são) desvendados nas últimas temporadas.
 
Última edição:

Hamfast

Melodia e distorção
Desses não vi Arquivo X e Thelma e Louise. O Fabuloso Destino de Amélie Poulain é um que preciso rever, até o título em francês é gostosinho (na minha pronuncia imaginária), e o diminutivo aqui não tem nada de pejorativo, muito pelo contrário. Wall-E eu vi recentemente, e encheu os meus olhos, impressionante como a Pixar consegue passar tanta emoção em suas animações, ainda mais se tratando de robôs, que em teoria seriam seres sem sentimento. De Brilho Eterno eu não sou exatamente fã, mas reconheço o valor do filme.
 

[F*U*S*A*|KåMµ§]

Who will define me?
Que bom. Finalmente voltaram as listas.


Os 4 ultimos filmes de fato não há nada mais a falar. Mesmo porque Amelie e Brilho eu acho que já comentei em outra lista.
Wall-E pra mim é a melhor animação da Pixar, apesar que Nemo vem crescendo em mim com o passar dos anos.

Só arquivo X que eu não gostei tanto. Muito provavelmente por não ser fã da série também. Mas tá dito que foi por um fator de nostalgia, e todos temos filmes assim.
 

Bel

Moderador
Usuário Premium
Desses não vi Arquivo X e Thelma e Louise. [2]

Preciso parar para refletir e fazer uma lista dessas.
 

Kainof

Sr. Raposo
Usuário Premium
Arquivo X eu assisti por gostar bastante da série também. O filme não é tão bom, mas vale só por ser Arquivo X e ter Fox Mulder.
Amélie Poulain é realmente bonitinho, a Audrey Tautou é bonitinha cute-cute. O filme é tão simples que comove.
Wall-E é meio soporífero ou só eu achei? Vai ver é porque quando eu assisti minha irmãzinha de 5 anos corria pela sala e eu achei mais divertido brincar com ela, já que a vejo tão pouco, do que ver o filme que ela pediu pra colocar no DVD... preciso rever então pra ver a emoção e a maravilha que todos dizem que há.

Thelma e Louise eu não assisti.
Também não assisti Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças. E quanto mais eu vejo a Melian exibindo ou falando desse filme por aí, menos vontade eu tenho de assistir... :g:
 

Melian

Período composto por insubordinação.
Espelho Maldito disse:
Também não assisti Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças. E quanto mais eu vejo a Melian exibindo ou falando desse filme por aí, menos vontade eu tenho de assistir... :g:
FDP!
Só por isso, vou ali colocar meu conjuntinho natalino de Brilho Eterno.
 

Alia Atreides

Active Member
In Memoriam
Arquivo X é meu guilty pleasure. O filme realmente não é bom, mas teve um significado enorme para mim.

Esqueci de colocar outro guilty pleasure: Como se fosse a primeira vez. Não me canso de ver esse filme.,
 

Vëon

Do you know what time it is?
Eu gosto do filme do Arquivo X, mas não acompanhava a série. Brilho Eterno ficou em segundo lugar no meu consenso da década passada, é um dos meus filmes favoritos de todos os tempos e Wall-E não fica muito atrás, meu filme preferido da Pixar. Faz muito tempo que não assisto Amélie, mas tenho o dvd na minha coleção, gosto muito.

Thelma e Louise é filme corujão mesmo, nunca assisti o filme inteiro de uma só vez, mas já vi pedaços dele várias vezes durante a madrugada.
 

Melian

Período composto por insubordinação.
Amelie, minha querida, seus ossos não são de vidro. você pode suportar os baques da vida. Se deixar passar essa chance... com o tempo, o seu coração vai se tornar tão frio e quebradiço quanto meu esqueleto. Por isso... vá em frente, pelo amor de Deus!

Alia Atreides disse:
Esqueci de colocar outro guilty pleasure: Como se fosse a primeira vez. Não me canso de ver esse filme.

Seu guilty pleasure? :lol:

Eu já falei, em outros tópicos, que deveria me odiar por gostar tanto de 50 first dates. Ele encabeça a listinha dos meus guilty pleasures. E o estranho é que não tenho o DVD. É um filme que eu gosto de rever (e gosto de ter os filmes que gosto de rever), mas nunca comprei. Provavelmente nunca o encontrei naquela promoção das Americanas. :lol:

Nem tentarei defender o filme, mas que é gostoso ver o Pet Sounds lá, é, sim. Porque só Beach Boys tiram os demônios das pessoas, né, gente?

O quê, exatamente, me chama atenção nesse filme? (ADAM SANDLER, LEKE. ADD AÍ. Brinks. Isso é risível. Claro que a atuação do Adam Sandler em Embriagado de Amor fez com que a gente o "perdoasse") Ele gira em torno de um carinha, biólogo marinho, que era o "rei da mulherada", que acaba se apaixonando por uma jovem. Lucy Whitmore. Ela tem perda de memória recente e se esquece de que o conheceu. Sendo assim, a missão dele, Adam Sandler (facilitaria as coisas se eu lembrasse qual é o nome da personagem) é reconquistá-la todos os dias, "Como se fosse a primeira vez". Clichê? Que seja. Mas eu gosto do "todos os dias". Adoro quando ele diz à Lucy que tem de conquistá-la todos os dias e conclui: "tem dia que você não gosta de mim". (ou algo parecido com isso). É isso que eu penso, de certo modo. Quem está disposto a conquistar a pessoas todos os dias, tem de estar preparado para os dias em que a outra pessoa não quer ser conquistada, quer apenas viver sua individualidade...
 

Bilbo Bolseiro

Bread and butter
Só assisti o Thelma & Louise, que acho um bom filme, com cenas fortes (como aquela
da tentativa de estupro que a Thelma sofre
).
Arquivo X quando estreou eu já não estava mais acompanhando a série, mas acredito que deva ser um filme legal, bem movimentado.
Brilho Eterno eu tenho vontade de ver, acho que o Jim Carrey se sai bem em papéis dramáticos (pelo menos os que já vi até hoje).
Esse filme da Amélie eu até gostaria de ver, só tenho receio de ser meio "alternativo" demais pro meu gosto.
E o Wall-E deve ser legal, essas animações sempre tem momentos emocionantes.
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$200,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo