1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Ciência aponta fatores que podem atrapalhar o bandeirinha

Tópico em 'Esportes' iniciado por Fúria da cidade, 19 Mar 2012.

  1. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Esse é um tema que é interessante tanto pra quem gosta de futebol como até de física (óptica)

    Recentemente o EE mostrou uma reportagem interessante sobre a dificuldade de ser bandeirinha e apitar corretamente a regra do impedimento.

    Dá pra ser mais tolerante com eles depois de analisar isso? Pra quem não viu, vejam e tirem suas conclusões.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
    • Gostei! Gostei! x 3
  2. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Eu já vi algumas iniciações científicas e até dissertações de mestrado com física+futebol.
    O mais interessante era o que analisava o "gol que o Pelé não fez" (aquele que ele chuta do meio de campo).

    Ser um bandeirinha bom requer realmente não só preparo mas como uma noção de espaço alheio incrivel. Pois teria que tentar remontar o quadro olhando pro jogador que recebe a bola onde ele estava no momento do lançamento.
    Tem gente que tem isso de natural.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    O efeito paralaxe é algo que conheço muito bem, pois quando a instrumentação analógica era dominante na eletro-eletrônica eu lembro da necessidade de se olhar pro espelhinho que existe na escala graduada desses instrumentos para não se observar a sua sombra e evitar fazer uma leitura de medição errada.

    O jeito é procurar qualificar cada vez mais os profissionais que sabem se posicionar bem, pois não basta apenas enxergar bem.
     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar