1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Christopher Paolini

Tópico em 'Autores Estrangeiros' iniciado por Finwë Fëfalas, 14 Out 2008.

Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.
  1. Finwë Fëfalas

    Finwë Fëfalas Nas Echoriath...

    Alguém que leu os livros deste autor, tais como Eragon, Eldest e o último que eu não sei o nome e gostaria de saber pode me dizer se a história é boa?

    Estou curioso para saber, pois ouvi dizer que não é tão boa, agradeço.
     
  2. Jhulha

    Jhulha Lurker

    A historia é boa mas o desenrolar dela é bem pacato, a historia se resume em uma luta de poder atraves dos dragões. Mas pra que gosta de tolkien não é um livro que se recomenda ler, pois fica parecendo uma chatice sem fim.
     
  3. Ravanoc

    Ravanoc The ring has been lost.

    Existem muitas analogias referentes à Paolini e Tolkien, e não creio que os dois autores e suas respectivas obras tenham o direito de concorrer à uma votação.Portanto, proponho que é extremamente difícil comparar os dois, devido à inúmeras variáveis.Uma delas, e o âmago da minha hipótese, é que Cristopher Paolini começou à escrever Eragon, seu "romance de estréia" à partir dos 15 anos, quando ainda permanecia na escola.Desta forma, não sei se uma mente jovem com um poder imaginativo não tão abrangente e consequentemente restrito, poderia concorrer com um grande mestre da literatura fantástica, J.R.R Tolkien.É indiscutível que Paolini teve suas raízes em Star Wars e Tolkien, pois, não há dúvidas quando ele cita, em diversas partes do livro, a existência do "Império"[Empire], que decide criar uma frenética busca para capturar o protagonista da história.Também usa como base superficial a existência de Dragões, Elfos e a Magia.A existência desses três elementos que dão riqueza e sustentação à história, foram fluentes das histórias do professor Tolkien.Portanto, um livro é baseado no outro, e, como o Tilion disse
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    tópico, a maioria dos autores (e talvez nenhum deles) conseguirá reproduzir uma obra literária tão abrangente e rica quanto à que ele criou, pois todas passam à ser automaticamente "obras secundárias".Todas irão ficar implícitas num contexto Tolkieniano, mágico, que foi criado anteriormente à essa obra recém produzida.

    Eu acho que, devido ao fator de idade, o desenvolvimento imaginativo interfere na habilidade do autor.Portanto, não dá pra comparar uma obra literária escrita por um garoto de 15 anos e de um senhor especializado no assunto, cujo conhecimento é muito abrangente e cuja imaginação não conhece limites.De fato, Tolkien é melhor do que Paolini, e isso não é uma afirmação subjetiva, pois existem muitos que falam isso por aqui.Além disso, me preocupo quanto ao plágio.Cristopher, por mais que fosse jovem e escrevesse bem (se comparado à sua idade e influência imaginativa), usa muito os recursos de Star Wars, J.R.R Tolkien e outras pequenas obras, talvez clichês.Mas, não se assuste ou ache que o livro é uma porcaria, pois ele tem muitas qualidades.Uma delas é a descrição de combates e ações rápidas muito bem formatadas.Porém, é um clichê quanto à descrição de paisagens e reinos.Embora tenha suas qualidades, tem suas rachaduras!

    O que eu lhe recomendo?
    Ler Eragon.É um bom livro; talvez não irá se sobressaltar ao mesmo nível quando se depara com passagens e descrições Tolkienianas, mas haverá uma essência, peculiaridade e toque de fantasia.Você poderá sentir o gosto de outros autores, e sentirá, algumas vezes, influência excessiva rolando por trás das páginas.Também acho que Cristopher simplesmente tentou, apesar das críticas.Mas, são muitos os que o denunciam e acham que fez uma coisa por mal, tremendamente arbitrária (Um exemplo é a utilização dos nomes e a criação dos mesmo, sem uma sustentação ou formatação profundamente delimitada).

    De qualquer forma, ler faz bem, e ler e ter contato com novas frases e descrições, irá deixá-lo mais informado e rico em detalhes, quanto à literatura, gramática, etc.Portanto, compre se quiser, pois somente após lê-los é que você terá uma boa opinião, uma opinião subjetiva, própria, que não se perca aos comentários sucessivos que são descritos pela internet.

    Abraços.
     
    Última edição: 24 Jan 2009
    • Ótimo Ótimo x 1
  4. Galad

    Galad O último dos Noldor

    Parabéns cara, excelente post!
    O que dizer depois disso?
    Thantalas colocou em um post uma boa informação para todos aqueles que tem dúvidas quanto às obras baseadas em Tolkien.
     
  5. Ravanoc

    Ravanoc The ring has been lost.

    Obrigado, Nah-Galad.
    Eu acho que é meio essencial você ter a ficha completa do autor ao invés de criticá-lo abruptamente.Tudo bem que Cristopher não conseguiu reproduzir um livro completamente singular, sem influências ou pequenas inspirações, mas ele tem seus pontos fortes, e creio que não seja perca de tempo dar uma lida no Eragon.Acabei ele bem cedo, pois gostei muito do livro.Não sou defensor do Paolini, e nem quero ouvir defensores de Tolkien.Só disse que o moleque era novo quando escreveu, e isso nos dá como base uma ficha muito.... ''boa para o nível de conhecimento''..
     
  6. Ben Kenobi

    Ben Kenobi Aprendendo com um

    È concordo com o Nah, Thantalas disse tudo!
    Nunca li Paolini, mas tenho um conhecido que tenho plena confiança em seu gosto literário, pois foi ele que me apresento o mundo de Tolkien.
    E ele compro Eragon, e me disse que o livro tem momentos que da vontade de ler mas na maior parte o livro é parado.
    Nunca li e depois de meu conhecido quase ter desistido de ler, não tenho muita vontade, e o filme tambem não me atraiu tanto.
     
  7. Hellchan

    Hellchan Bad things with you...

    Concordo com o Thantalas, tanto é que estou lendo Brisingr, que é o terceiro livro da série.

    As vezes é um pouco parado, as vezes lembra Sr. dos Aneis, mais ainda assim, eu acho que vale a pena.
    Se pegar da teoria que existe apenas um numero X de obras (menos que 30) que são originais e o resto é tudo plágio, então muita coisa que lemos e gostamos é plágio, mais por sermos fãs do Sr. dos Aneis, é que notamos as referencias a ele de forma mais clara do que outras.

    Eu ainda acho que uma boa leitura, plagio ou não, sempre vale a pena ler.^^
     
  8. Elmarien

    Elmarien Mighty Mane Thorin

    Terminei de ler o Brisingr já há um tempo. O Paolini é até bom na parte das batalhas e ações empolgantes, mas, se começa a descrever as coisas no meio, fica tedioso. Acaba perdendo o ritmo, porque a descrição ainda não é o forte dele. Talvez com um pouco de prática ele consiga se livrar da "maldição do primeiro filho".

    Os três livros não são totalmente ruins, tem partes boas e algumas até (le gasp!) empolgantes. Acho que, se ele deixasse a obra amadurecer mais um pouco, ele teria um resultado melhor.
     
  9. Tilion

    Tilion Administrador

Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.

Compartilhar