1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Censo de livros abandonados/2011

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Anica, 6 Abr 2011.

  1. Anica

    Anica Usuário

    Tem vezes que você até se esforça para dar uma chance, mas não adianta, chega uma hora que percebe que continua insistindo é uma tremenda perda de tempo e aí larga o livro.

    Sei que nem todo mundo abandona livros, e que a frequência de atualização de uma lista de livros abandonados não é tão grande quanto a de livros lidos (e isso é bom!), mas vamos lá, deixar registrado o que acabamos abandonando no meio do caminho em 2011.

    *********

    Começando então.

    1. What Alice Knew: A Most Curious Tale of Henry James and Jack the Ripper (Paula Marantz Cohen)
     
  2. G.

    G. Ai, que preguiça!

    eu não sei ainda se eu realmente abandonei ou não... mas desde ano passado eu parei lá pela página 120 de "O vendedor de sonhos - o chamado" do Augusto Cury.
    Achei muito ruinzinho como romance até esse ponto... talvez leia o resto não sei, só fico com uma pena porque eu o comprei(apesar de ter sido baratíssimo e acho a capa tão bonita...:timido:
     
  3. Calib

    Calib Visitante

    Ainda não desisti, mas confesso que foi por pouco. Aquele "O Lobo", de Joseph Smith, é um horror de ruim. A sorte é ser curto, senão eu o teria largado.
     
  4. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    1. Quincas Borba -- Machado de Assis

    Primeiramente achei que seria uma narração em primeira pessoa tendo o Quincas como narrador. Isso me animou. Mas quando vi que o livro não era bem isso, desanimei; e não só desanimei, mas percebi que precisava reler o Memórias e principalmente o Humanitismo para poder ler o livro de forma mais crítica -- como, por exemplo, perceber se o cachorro Quincas Borba é um humanitas ou não.
     
  5. drag047

    drag047 Usuário

    1-Ulisses (James Joyce)

    Desisti no começo do terceiro capítulo, Ulisses é um livro muito difícil juntando o fato que eu li poucos clássicos e tenho apenas 14 anos.
     
  6. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    Pule o terceiro capítulo. Fiz isso na primeira vez que li. Leia depois até o capítulo 8, que é mais fácil e mais tranquilo de acompanhar. Se quiser pular o 9 e ler só a ideia dele, pode também. Boa parte dele é basicamente explicação-exposição. Do 10 ao 15 a técnica é mais puxada que do 4 ao 8; mas o 16 e o 17 a técnica é até acompanhável; o 18, o final, a técnica pode parecer ser complexa, mas se você souber pontuar inconscientemente o texto, fica tranquilo...

    Mas ó: mesmo te dando a dica de pular capítulos, lembre-se que é ESSENCIAL destrinchar o livro inteiro. Porém, como estamos falando de uma primeira leitura, cujo objetivo é simplesmente entender o enredo, é uma boa tática pra você, digamos, "forçar a barra" :sim:
     
  7. Calib

    Calib Visitante

    O guri tem 14 anos; deixe-o ler os livros para adolescentes. Haverá o tempo certo para o Ulisses.
     
  8. drag047

    drag047 Usuário

    Gosto de livros como Crime e Castigo, Macbeth e etc mas Ulisses é difícil demais para mim.
     
  9. G.

    G. Ai, que preguiça!

    Gente, porque o "Ulysses" é tão difícil assim?
    Fiquei um pouco intrigado com esse livro(e tbm curioso)...
    Aliás, qual vcs recomendam para uma primeira leitura de Joyce: Dublinenses ou O retrato do artista quando jovem? Ou outro?
     
  10. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    Profusão de estilos, linguagens, fluxo de consciência forte e constante, um vasto número de referências...

    Enfim. Acho melhor prosseguirmos sobre esse assunto
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    pra não desvirtuarmos o assunto deste tópico.
     
  11. Marcio Scheibler

    Marcio Scheibler Usuário

    Não abandonei nada ainda...=P
     
  12. Liv

    Liv Visitante

    Abandonei um do Augusto Cury esses dias. O Caminho da Humanidade ou alguma coisa do tipo... Nunca li algo tão brega e chato na vida!
     
  13. Marcileia

    Marcileia Usuário

    Terra Sonâmbula - Mia Couto, nem sei bem porque
    Travessuras da menina má - Mario Vargas Llosa porque comecei meu projeto de estágio e tava sem tempo para ler...
     
  14. Liv

    Liv Visitante

    Dá mais uma chance pra Travessuras da Menina Má! Literatura da melhor qualidade, juro!
     
  15. Marcileia

    Marcileia Usuário

    Vou fazer isso sim, só abandonei por um tempo
     
  16. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    seinão, ñ é o tipo d livro q eu indico p lerem. nem todos apreciam o estilo jornalístico q o llosa usou.
     
  17. Liv

    Liv Visitante

    E isso significa que ele não é um livro para ser indicado? :maizem:
     
  18. Lizzie

    Lizzie Usuário

    bom, eu gostei muito do livro, indico também! não dá para agradar todo mundo.

    meus abandonos esse ano:
    1. A batalha do apocalipse - Eduardo Spohr
    Eu estava gostando bastante, mas a história tem muitos detalhes e eu comecei a ler numa época meio conturbada, achei melhor deixar para depois.

    2. Laços de família - Clarice Lispector
    Li para a escola. Não tenho certeza absoluta se abandonei mesmo, só deixei de ler dois contos. Adorei todos os outros que li.

    3. Casa de Pensão - Aluíso Azevedo
    Também estava gostando, mas a história começou a ficar monótona e eu perdi a paciência.
     
  19. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    ñ indico livros q as chances ñ sejam 80% no mínimo d alguém gostar. esse é 1 destes casos. é 1 livro p vc ler e pronto, ñ muda em nada a tua vida, e provavelmente vc ñ o colocará na sua lista d releituras anuais. ainda + se a pessoa já tentou ler uma vez e ñ curtiu. nesse caso sugeriria outras opções, livros bons é q ñ faltam porae, esse ñ fará falta.
     
  20. Chantili

    Chantili Usuário

    Abandonei A mão que cria, do Octávio Aragão. Contemporâneo demais pra mim...! Quem sabe um outro momento eu tento de novo...
     

Compartilhar