1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Caso abafado

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Bel, 20 Set 2006.

  1. Bel

    Bel Moderador Usuário Premium

    Na segunda-feira, na hora do almoço, um cara cometeu suicídio aqui na Unicamp, pulando de uma torre que tem perto do prédio do Ciclo Básico II.
    Por algum motivo, a notícia não saiu em nenhum jornal, nem TV, nem Internet...
    Como eu sei que é verdade?
    Conversei com pessoas que viram o corpo, o local estava isolado ontem, e hoje eu vi umas flores colocadas lá.
    O cara era estudante do IFCH (Instituto de Filosofia e Ciências Humanas), era "bixo", e estava com depressão (essas são as únicas informações que parecem confiáveis).
     
  2. Jango

    Jango Branca! Branca! Branca!

    Infelizmente não é o primeiro e nem será o último.
    A m**** são as sequelas que ficam na família e nos amigos. Conheço pessoas que tem caso de suícídio na família. Ficam traumatizadas pro resto da vida.
     
  3. Larissa

    Larissa Usuário

    Na minha faculdade sempre acontecem estupros, assaltos, assassinatos, etc.

    Mas a reitoria sempre abafa e não fala nada pra ninguém. Quem fala são os professores revoltados e os alunos que conhecem a vítima ou viram a cena.
     
  4. Bel

    Bel Moderador Usuário Premium

    o duro é não dá pra saber muita coisa assim... já ouvi que ele tinha 19 anos, 22 anos e/ou 24 anos; outros dizem que ele era francês; uma senhora me disse que ele pulou com uma carta na mão; e :blabla:

    mas uma coisa é certa: ele não pensou na família :tsc:
     
  5. Lasgalen

    Lasgalen Usuário

    Isabel, até onde eu sei é proibido divulgar cassos de suicídio na mídia. Não sei se hoje essa lei ainda prevalece ( cadê a liberdade de imprensa?), mas na época que foi implantada, a alegação era de que este tipo de notícia influenciava outras pessoas com as mesmas intenções, e poderia levar inclusive a um surto de suicídios. Parece meio besta, mas é verdade... :tsc:

    Aqui mesmo eu recebo informações de suicídios a rodo. E suicidam mais gente nesse país que imagina nossa vâ filosofia. No entanto, vc jamais vê isso em mídia alguma.

    Uma pessoa que chega a esse ponto não está em condições de pensar em mais nada ou ninguém. É muito difícil (e temerário) julgar a mente de um suicida.
     
    Última edição: 20 Set 2006
  6. Bel

    Bel Moderador Usuário Premium

    mas pessoas com tendências suicidas acabam se matando tendo influências ou não

    ano passado, perdo de Caconde, um cara enfiou o carro na frente de um caminhão, de propósito, e saiu no jornal local... ele se matou e ainda matou a mulher e o filho junto!
     
  7. Elfo_Surfista

    Elfo_Surfista Peidei...

    a pessoa tem que estar num nível de desespero que não consigo imaginar pra chegar nesse ponto.
     
  8. Lasgalen

    Lasgalen Usuário

    Mas aí é um caso que envolve terceiros. Mesmo que não houvesse a família, haveria o caminhão, que precisa ser isentado. Também os suicídios na prisão costumam ser comentados (uma forma de isentar o sistema penitenciário), e os casos de assassinos suicidas, etc. Mas os casos "normais", se é que me entendem, quase sempre são abafados ou mesmo impedidos de divulgar...

    De fato, quem quer mesmo se matar arranja um jeito. E sem precisar de incentivo algum. Talvez esta norma se refira àqueles que ainda precisam de um empurrãozinho... :roll:

    Eu conheço cada caso escabroso de suicídio que dá até arrepios. Uma colega de banco pulou da janela do prédio (uns 12 andares) na véspera de Natal... um amigo meu pulou do alto do prédio onde morava poucos minutos depois de uma festa que estávamos participando na casa dele... uma aluna da escola que eu lecionava pulou na janela do prédio na frente da mãe... uma velhinha de mais de 70 anos pulou de seu ap., pois não aguentava mais viver na cidade...

    Casos que a gente não tem a menor noção de como avaliar. Excetuando a velhinha, que tinha uma quadro severo de depressão, os outros nos deixam perplexos, sem causa nem justificativa. Mas, como eu disse: vá lá saber o que se passa na cabeça de um suicida. :tsc:
     
  9. Bel

    Bel Moderador Usuário Premium

    Caramba, Lasgalen 8-O

    esse caso de segunda foi o caso "normal" mais próximo de mim, afinal eu poderia ter visto a cena :blah:
     
  10. Eldaráto Calimanar

    Eldaráto Calimanar On the heels of his desire

    Não vejo o porque tem que ser divulgada notícia sobre um caso de suicídio na mídia, é algo altamente pessoal e envolve muitas vezes diversos problemas de relacionamentos familiares, infelizmente já pude acompanhar um acontecimento de tipo relacionado a família de um grande amigo e em momento algum familiares cogitaram em ter o caso divulgado, porque nós desejaríamos?

    No caso de ter acontecido dentro de uma Universidade, isso não a faz culpada por falta de segurança, já que a pessoa em questão se jogou de um prédio e não se utilizou de armas para se matar.

    Bom, eu estou comentando especificamente em casos de suicídio, o mesmo não se aplica a crimes como assassinatos, estupros e etcs.

    E mesmo assim, coibir a entrada de armamento dentro de Universidades de grande porte como USP e Unicamp é um trabalho praticamente impossível devido a sua alta rotatividade.
     
  11. Larissa

    Larissa Usuário

    Bom, na minha faculdade qualquer um entra com o que quiser. Não tem nenhum tipo de catraca pela qual passamos pra entrar. Pra se ter uma idéia, passam ônibus lá dentro!
    Sem contar que tem muitas árvores, o que deixa o lugar muito escuro.
     
  12. Bel

    Bel Moderador Usuário Premium

    tirando a parte das árvores, na Unicamp tambem é assim...
     
  13. ?

    ? Banned

    A UFRJ (campus do Fundão) também é assim e ainda fica em frente a uma favela com mais de 100 mil habitantes conhecida como Faixa de Gaza :mrgreen:
     
  14. Glorwendel

    Glorwendel Usuário

    No campus do Fundão da UFRJ há um espaço enorme. Os prédios são distantes uns dos outros e todo espaço ermo é preenchido por mato alto. A região é rodeada de favelas e não há qualquer controle sobre quem entra ou sai do lugar. Depois da 16:30 o campus fica deserto.

    No Hospital Universitário somente metade do prédio funciona e há inúmeras histórias de suicídio na parte desativada (que alguns dizem estar ameaçada de desabar). Partes da lendas do campus inclui fantasmas dos que se mataram ali dentro, principalmente certo folclore de que o espírito de uma mulher vive no poço vazio do elevador (ponto preferido dos suicidas).

    É freqüente o abandono de cadáveres por ali também, e casos de seqüestro, assalto e estupro de alunos. Parece que estão fazendo um registro dos carros particulares que entram lá freqüentemente, mas aquilo lá ainda é uma via tão pública quanto a Dutra, só que sem pedágio.

    Aquele lugar é mal assombrado. Fala sério. :eek:
     
  15. Dante Aqueronte

    Dante Aqueronte Usuário

    Bom, além do que falaram, que é uma coisa pessoal, que pode influenciar outros e que ninguém tem nada a ver com o suicídio do garoto, eu penso em outra coisa: tem noção de quantas pessoas se matam todos os dias? É absolutamente impossível falar de todas.


    Infelizmente, é algo comum demais pra ser tratado como uma anomalia. Pra quem está perto ou conhecia a pessoa, parece inconcebível que não seja dada atenção a isso, mas, pra quem não tem relação alguma com o caso, é apenas mais um entre tantos.
     
  16. Canslli

    Canslli Usuário

    Fiquei sabendo desse caso da Unicamp através de uma amigo meu da facul. Um cara que vem na van com ele que contou.

    Não tem como saber mesmo o que se passa na cabeça de um suicída. Conheço um caso que um cara enfiou uma faca no peito na frente da mãe dele. :tsc:

    Horrível só de imaginar.
     
  17. Orion

    Orion Jonas

    a imprensa não publica suicídio, isabel.
     
  18. Silenzio

    Silenzio Visitante

    Tenho uma amiga que faz filosofia aí. Vou perguntar pra ela.
     
  19. Bel

    Bel Moderador Usuário Premium

    parece certo que ele fazia História e tinha 24 anos...
     

Compartilhar