1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Casal teve 38 filhos no Ceará

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Felagund, 7 Mar 2012.

  1. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Aos 66 anos, o mestre de obras aposentado Francisco Ricardo de Souza teve 38 filhos com a companheira com quem vive há mais de três décadas, Raimunda de Assis Coelho. Moradores de Ubajara, a 312 km de Fortaleza, o casal conta que realizou a cerimônia de batismo de todos os filhos e netos no mesmo dia na igreja católica da cidade, em dezembro de 2009, com direito a festa em família.A diferença de idade entre a filha mais velha do casal, Alessandra, 32, e o mais novo, Mateus Ricardo, é de 24 anos. Raimunda teve o último filho aos 55 anos e afirma ter feito o parto de todas as crianças sozinha, em casa.Aposentado por motivos de saúde há quatro anos, o mestre de obras afirma que sustenta a casa com os R$ 2 mil que recebe. Para alimentar a parte da família que ainda vive com ele, são feitos cerca de 4 kg de arroz por dia, tudo preparado no fogão a lenha.

    Sentindo-se com 17 anos e afirmando que a companheira parece ter 14, Souza diz ainda ter muito para viver, mas não pretende mais ter filhos. “Agora não da mais não. Não tem mais condições”, diz . Atualmente, cinco netos são criados pelo casal. Os outros moram com os pais. Somente Alessandra, filha mais velha do casal, tem cinco filhos, mas deixa bem claro que "de jeito nenhum" seguirá os passos dos pais.
    O pai conta que foi morar com a companheira, logo que ela engravidou do primeiro filho. “Nem lembro mais com que idade, tínhamos vinte e poucos anos. Nosso primeiro filho devia ter 38 anos, mas morreu”, lamenta. Não é fácil para Souza lembrar do nome de todos os filhos. Só lembra que dos 14 filhos homens sobreviventes, 13 também levam Ricardo no nome em homenagem ao pai. “Só não Sebastião, não sei porque ele não se chama Ricardo”, diz Souza.Ele conta que teve de pedir esmolas porque ficou muito doente e passou por uma cirurgia quando a companheira teve o quarto filho.

    Mesmo com problemas para sustentar a família, Souza afirma que todos os filhos vão à escola. “Meus filhos mais velhos já terminaram o segundo grau, um orgulho”, diz o aposentado que só estudou até o quinto ano do ensino fundamental.Souza afirma já ter pedido esmolas para sustentar a família. “Dificuldade foi só o que teve na minha vida”, afirma Souza sem perder o ânimo, mesmo ao contar que 19 dos 38 filhos morreram ainda bebês. comemorar o batismo coletivo, em 2009, Souza fez festa com direito a serviço de filmagem e fotografia, mas os registros foram emprestados e nunca mais voltaram às mãos da família.

    FONTE:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
    Última edição: 7 Mar 2012
  2. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Eu postei aqui no "Atualidades" e nao no "bizarrices" porque acredito que esse tipo de informação sempre inflama debates sérios.

    Vou colocar o que eu acho:
    Primeiro ponto: Se possível, leiam os comentários da noticia no site da Globo. Eu sempre me assusto lendo aquilo, é incrível como a população brasileira tem ódio e raiva de tudo! Triste.

    Segundo ponto: Eu sou completamente contra qualquer proposta malthusianista de controle populacional e etc. Porém acredito que planejamento familiar é sempre bom. Nao critico essa familia (que parece ser bem feliz apesar das dificuldades que devem passar), mas se eles tivessem tido menos filhos, quem sabe eles poderiam investir melhor neles, pagar uma educação boa (que nesse país vc só tem acesso se tiver dinheiro) entre outras coisas.

    Enfim, o que a galera acha disso?
     
  3. Pearl

    Pearl Usuário

    Os trolls. Muito comum no Terra e no Uol também. Tem gente que chega a falar que alguns são financiados para comentar sobre notícias políticas.

    Eu acho que esse tipo de perfil de família está cada vez mais raro. Não estou falando em exageros como 38 filhos, mas mesmo 4 filhos já está se tornando mais raro. Olha o perfil do Censo 2010:

    Não vejo algo que justifique um controle de natalidade. Eu estava lendo ( não sei aonde) que espera-se que em 2049 o Brasil passe a ter problemas com a previdência. Bom, é muito interessante os dados do censo. Vou deixar o link do
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .
     
    Última edição: 7 Mar 2012
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Sobre controle de natalidade sou da seguinte opinião: se isso fosse realmente bom a China deveria estar com sua população estabilizada ou até cair um pouco, mas no entanto continua alta e subindo. Então não vejo isso como solução.

    E o Brasil não precisa disso, porque a média de filhos por casal nos censos do IBGE já vem diminuindo naturalmente há varios anos.

    E ter mais 30 filhos, ou mesmo mais de 10 são casos que sim eu considero exagero, exceto se você tem boas condições pra dar uma boa estrutura pra uma familia bem numerosa, mas estão ficando mais escassos.
     

Compartilhar