1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Copa 2014 Cartel de empreiteiras: mais um alerta da África do Sul para o Brasil

Tópico em 'Esportes' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 12 Jul 2013.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    O estádio da Cidade do Cabo, que sediou a semifinal entre Uruguai e Holanda em 2010

    A experiência da África do Sul, primeiro país em desenvolvimento a sediar uma Copa do Mundo padrão Fifa, continua rendendo lições importantes para o Brasil. Nesta semana, veio do país africano mais um alerta importante. As construtoras que ergueram os estádios e realizaram outras obras em pelo menos cinco cidades são acusadas de formar cartel e
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .

    Segundo reportagem da Associated Press, cinco cidades sul-africanas estão processando as construtoras que atuaram na Copa do Mundo de 2010: Johannesburgo, Cidade do Cabo, Durban, Port Elizabeth e Polokwane. Elas cobram na justiça 3,9 bilhões de rands (US$ 394 milhões) em prejuízo.

    Apenas na construção do estádio da Cidade do Cabo, que custou US$ 730 milhões, o sobrepreço pode ter sido de US$ 220 milhões, de acordo com cálculos da Associação de Governos Locais Sul-Africana.

    A cobrança se segue a um outro processo no qual 15 empreiteiras aceitaram pagar multas de US$ 147 milhões para evitar a tramitação de um processo na justiça sul-africana na qual eram acusadas de fraudar projetos feitos no país entre 2006 e 2011, incluindo alguns da Copa do Mundo.

    As notícias da África do Sul deveriam causar apreensão nos brasileiros. Em primeiro lugar porque, como na maior parte do mundo, o setor da construção civil no Brasil convive com inúmeras denúncias de irregularidades. Em segundo lugar, porque as regras têm sido tão afrouxadas para o mundial de 2014 que é difícil crer que o poder público esteja fiscalizando seus parceiros como deveria. Basta lembrar que o custo do Mané Garrincha e do Maracanã já passou de R$ 1 bilhão e os governantes não mostraram qualquer tipo de preocupação com isso.

    Na construção dos 12 estádios para 2014, há 12 empreiteiras envolvidas – Andrade Gutierrez, Andrade Mendonça, Construcap, Egesa, Engevix, Hap, Mendes Junior, OAS, Odebrecht, Queiroz Galvão, Santa Bárbara e Via Engenharia. Dessas, três participam de mais de uma obra. A OAS trabalha com a Arena das Dunas e a Fonte Nova; a Odebrecht com a Arena Pernambuco, o Maracanã, a Fonte Nova e o estádio do Corinthians. E a Andrade Gutierrez com o Mané Garrincha, a Arena da Amazônia, o Beira-Rio e o Maracanã. Tudo isso sem contar as obras de mobilidade urbana e aeroportos.

    É difícil crer que o poder público brasileira agirá agora para prevenir futuros prejuízos. Não é impossível imaginar, no entanto, que daqui a dois ou três anos estejam as cidades brasileiras na situação das sul-africanas.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Aqui foi bem pior do que um simples cartel.

    Aqui foi licitação por encomenda - quase delivery. Se lá as empresas concorrentes combinam os preços para que os preços fossem elevados (infração econômica), aqui a combinação foi entre Empreiteira e Governo (corrupção deslavada). Já se sabia quem seriam os ganhadores das licitações dos estádios mesmo antes dos editais serem feitos. Aliás, os editais foram feitos para que determinada empresa somente ganhasse. E, claro, a empresa ganhadora sempre tem ligação na surdina com governadores, prefeitos e senadores.

    Compreensível, né? Ninguém quer perder uma chance tão fácil de se tornar milionário.
     
    Última edição: 12 Jul 2013
  3. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Extremamente previsível!
     

Compartilhar