1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Cartas de Iwo Jima (Letters from Iwo Jima, 2006)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Décimo, 17 Fev 2007.

  1. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    Fui ver o filme hoje, com altas expectativas, pois é dirigido por um dos grandes realizadores da actualidade e tinha algum destaque entre os nomeados para os Oscars - para além do tema, que me interessa. Bom, posso dizer que não fiquei nada desiludido, e gostei bastante.

    Mas antes de fazer comentários mais desenvolvidos, gostava de ver o Flaghs Of Our Fathers, pelo que vou esperar até lá. Aliás, talvez este tópico passe a servir para os dois, parece-me mais adequado.
     
  2. Kryshnack

    Kryshnack I am more I

    Só espero que não tenha um final parecido com o Menina de Ouro. Eu não me importo de o protagonista morrer no final, mas daquele jeito foi muito irreal:D
     
  3. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    Enfim,

    o protagonista não morre, se isso o faz mais feliz.

    Mas o que é que você achou "irreal" na morte em Million Dollar Baby? :neutral:
     
  4. Feanari

    Feanari I say... fuck 'em all!

    Eu odeio morar na roça ><
    Aqui não VAI estreiar Iwo Jima...
    Queria muito ver um americano contar a história de japoneses...
     
  5. Kryshnack

    Kryshnack I am more I


    O filme é muito bom, gostei. A única coisa que estragou um pouco foi o final. Foi meio "estilo novela" brasileira. Eu achei que justo na última luta e aquela morte não ficou muito bom. Ela poderia ter morrido, mas não daquela maneira. Sei lá, tipo a mulher derruba a outra no instante que ela tinha ganhado a luta. Achei esses tipo de coisa meio irreal (sei que não é uma palavra muito adequada, mais não achei outra). Esse tipo de morte eu não gosto muito. Porque ela começa pobre, vai melhorando aos poucos e ganha o título mundial só que é derrubada em cima de um banquinho. Eu achei que ficou parecido com novela brasileira por causa desse "final repentino" (que nem novela brasileira, que o mocinho sofre, sofre, sofre e sofre depois morre no finalzinho) Mas é apenas um detalhe e o filme é muito, só achei que devia mudar um pouco o final.:cool: :hanhan: :joy: :D Ahh sim, o protagonista é o Clint Eastwood não é?? Pensei que fosse a mulher que não lembro o nome, foi mal, mancada minha:oops: :oops:
     
    Última edição: 18 Fev 2007
  6. Myamoto Musashi

    Myamoto Musashi Usuário

    Bom, que eu me lembre, em 95% das novelas brasileiras o mocinho vence no final, quem é preso ou morre é o vilão.
     
  7. Kryshnack

    Kryshnack I am more I

    Acho que me expressei mal:oops: Não quis dizer vencer ou não vener. Quis dizer que as coisas se resolvem de um modo irreal no último capítulo. Foi isso que não gostei muito do filme (esse final meio brusco). Mas o filme é muito bom...seria melhor ainda se terminasse com um modo melhor (na minha opinião):cool:
     
  8. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    Kryshnack, não posso dizer que não esteja a perceber o que você está a dizer, mas está sendo muito incoerente na sua argumentação.

    Ela cai, parte o pescoço e fica paraplégica, é o decorrer normal da história, não estou a ver o que há aí de forçado - aliás, ao contrário do que referiu, isso não é o apenas final, uma vez que a história em si gira em torno desse acontecimento.

    Ah, e não é em 95%, mas em 100% das telenovelas brasileiras que o bonzinho sofredor acaba bem e feliz da vida.
     
  9. Eruantale

    Eruantale Pagemaster

    tah... q tal a gente dexa de lado as novelas brasileiras?????
    ahauahuaha
    Eu ví Flaghs Of Our Fathers e gostei mt... o Clint cada vez mais me surpreende... agora estou louca pra ver o "Letters..." pq em um filme que trata de guerra envolvendo americanos e japoneses eu tendo a fikar mais do lado dos japoneses...
    Eh emocionante ver o Flags, pq guerra nunca eh algo facil... e axo q vai ser inda mais depois de ver o outro lado da história... inda por cima pelo olhar do mesmo diretor...
     
  10. Kryshnack

    Kryshnack I am more I


    Mas não foi bem isso que quis dizer:oops: Eu só acho que ficou parecido com novela brasileira porque o mocinho sofre a trama interia e daí, no finalzinho, a trama termina (claro que EU não gostei do final (EU ACHEI que um final feliz ficaria melhor)) Mas claro que cada um tem sua opinião e respeito isso.:abraco:
     
  11. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    Bom, você mostra não estar a par do que se passou na 2ª Guerra Mundial. A verdade é que o Japão tinha vindo a cometer uma série de atrocidades pela Ásia fora, durante a execução dos seus planos expansionistas. Não que fossem todos monstros como por vezes fazem crer - de facto poucos se sentiam à vontade com aquela guerra (e este filme é muito bom a mostrar isso), mas neste plano os americanos é que estavam lutando pela justiça (independentemente de todas as atrocidades que acabaram por cometer também).

    Kryshnack, você é confuso. Num tópico, fica falando mal do Casino Royal porque tem pouca tecnologia e armas mirambolantes; noutro, diz que preferia um final feliz à dura realidade do mundo em que vivemos e da condição humana, sacrificando toda a profundidade do enredo. Vá-se perceber... :eh:
     
  12. Kryshnack

    Kryshnack I am more I

    É a minha opinião, ora. O 007 é outra coisa (eu achei mesmo que devia ter mais tecnologia no filme, cada um tem sua opinião). o final, na realidade, NÃO PRESISAVA SER FELIZ, pois tem filmes que eu gosto de final feliz e outros que não. Nesse EU ACHO que ficaria melhor tendo um final feliz. Aí vale a opinião de cada um. Mas eu não deixei de gostar do filme só por causa do final. O filme continua sendo bom.



    Obs: Podem me chamar de chato se quiserem:cool:
     
  13. Eruantale

    Eruantale Pagemaster

    Bem... axo que estou a par do que aconteceu na segunda guerra... pq adoro historia e ainda mais essa querra...
    sei bem das atrocidades que os japoneses cometeram e sei bem que estavam lutando do lado do Eixo e portanto, deveriam ser impedidos...
    acontece que, sem que eu leve esse fato em conta, tenho mais simpatia para com os japoneses... pode ser apenas uma opinião pessoal que n implica em nada no filme, mas minha simpatia pelos norte-americanos não eh das maiores...:blah:
    Mas sabendo dos fatos, n deixo de concordar com os americanos...
    só disse aquilo tentando mostrar que eh mais provavel que eu me emocione com a morte dos japoneses em "Letters" do que me emocionei com as dos americanos...
    :cool:
     
  14. Jedi Solo

    Jedi Solo The Greatest Jedi

    Eu gostei muito do filme, adorei como o filme é falado em japonês, só tem ator japonês (basicamente) e mostra só o lado deles. É raro isso, especialmente em filme americano.

    O ator que faz o personagem principal trabalhou bem, com aquela cara de crianção, me transmitiu o desespero japonês pro final da Segunda Guerra. Aí, no final, a frase dele:

    General: Você é um grande soldado.
    Saigo (eu acho): Sou apenas um padeiro.

    Quase me levantei a aplaudi nessa hora. Efeitos especiais muito bem feitos, cenas de batalha lindas (lindas no sentido de como são retratadas, sem cor e diálogo), que também mostravam como os americanos tinham a vantagem tecnológica e maior número de soldados.

    Ah, e também

    Como os americanos são retratados. São sempre inimigos sem-cara, você só vê direito a cara deles na cena do Sam. São sempre vistos de longe, ou com sombra cobrindo o rosto. Ou também quando passam os aviões atirando nas pessoas. Genial isso, especialmente quando em Pearl Harbor foi ao contrário.

    No final, saí do cinema pensando "não importa o que aconteça, somos todos iguais." Eu adoro filme que me diz isso.
     
  15. Eruantale

    Eruantale Pagemaster

    Q otimo...
    eu realmente axo mt brutal quando o filme eh falado na lingua que as pessoas do filme realmente falam... dá mt mais credibilidade...

    e pelo contexto do filme, eh uma boa noticia saber que pelo menos "letters" passa essa ideia (d q somos todos iguais), pq (pelo menos pra mim) o "Flags" n mostrou mt esse lado...
     
  16. Till Hardbottle

    Till Hardbottle Visitante

    Acabei de assistir esse filme aqui.
    Também gostei muito, realmente é algo raro ver isso, uma estória de guerra contada sob o ponto de vista de outro país mas dirigida por um norte-americano, e ainda praticamente todo no idioma natal dos protagonistas.
    O filme tem mesmo cenas muito tocantes e sensíveis, e a fotografia, com bem pouca cor, ajuda mais ainda a dar aquele clima de angústia e sofrimento.
     
  17. Jedi Solo

    Jedi Solo The Greatest Jedi

    Essa da cor também ajuda a mostrar quando Iwo Jima era um inferno sem vida e vulcânico, o pior lugar pra lutar no universo.
     
  18. Till Hardbottle

    Till Hardbottle Visitante

    Sim, é verdade, tem razão. Até no nome do making of que tem nos extras do dvd isso é lembrado, tem a expressão "areia negra", algo que lembra desolação e infertilidade.
     

Compartilhar