1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

'Carro voador' custará o equivalente a R$ 510 mil nos EUA

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 10 Abr 2012.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Apesar de conseguir transitar por estradas, ter volante e quatro rodas, o Transition está mais para um avião que para um carro de passeio.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    O veículo construído pela norte-americana Terrafugia vem equipado com asas basculantes e pode voar a cerca de 430 metros de altura, como um monomotor. A versão mais recente do protótipo está sendo exibida no Salão de Nova York.

    Em fase final de testes e de homologação nos EUA, o "carro voador" só deve chegar às lojas no final do ano, mas já pode ser encomendado. Custa US$ 279 mil (R$ 510 mil).

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Transition tem oito metros de envergadura​

    Segundo sua ficha técnica, traz motor de 95 cv e câmbio automático, enquanto a autonomia fica próxima dos 750 km de voo. Na cabine, só há espaço para duas pessoas.

    O Transition parece uma ótima alternativa para quem se depara com um daqueles congestionamentos gigantescos da cidade de São Paulo e deseja escapar dele de alguma forma. Mas para tirá-lo do chão são necessários 518 metros de asfalto livre e a pista precisa ter, ao menos, oito metros de largura, que é a envergadura das asas abertas.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Cabine oferece espaço para duas pessoas​

    E tem mais: o Código de trânsito brasileiro, assim como o de outros países, não prevê tal manobra. Pousos ou decolagens só em aeroportos, e com autorização dos órgãos responsáveis.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Ou seja só daria pra pousar ou decolar só nas Marginais Tietê e Pinheiros e no Rodonanel na alta madrugada e olhe lá. Só que não escaparia de tomar uma multa.

    Na matéria em video dá pra se ter uma idéia melhor. No geral eu acho a aparência dele legal como um todo, só fica mais esquisito mesmo andando no chão.

    Seria engraçado ter que tirar CNH e brevê de piloto ao mesmo tempo pra poder usufruir dele plenamente.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
  3. Vëon

    Vëon Do you know what time it is?

    Fadado ao fracasso, como todas as outras tentativas.
     
  4. Ivo Basay®

    Ivo Basay® Banned

    Concordo com todos.. a idéia é bacana.. mas pra ser viavel comercialmente esbarra em vários problemas como a dupla habilitação. Quem sabe um dia.
     
  5. Reverendo

    Reverendo Usuário

    Gastos em termos de combustível?
    Poluição sonora?
     
  6. Pearl

    Pearl Usuário

    Faltam ainda 3 anos para os carros voadores do De Volta para o Futuro 2.

    No aguardo!

    :jornal:
     
    • LOL LOL x 1
  7. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Bem, pelo que vejo ele precisará de mais poder no motor para poder decolar na vertical.

    Os americanos possuem planos de fazer Drones com energia nuclear, capazes de permanecerem meses ou anos sem precisar pousar. Mas como eu tenho bronca com energia nuclear, principalmente com reatores voando em cima das casas das pessoas, penso que será melhor se tiver um combustível mais seguro e energético, de preferência bem mais forte que dinamite. O dia que as hélices de helicópteros sumirem dos vôos verticais e o sistema de vôo for bom será mais viável XDD

    PS: Ah é, tinha também uma notícia relacionada ao assunto no inovação tecnológica sobre eles estarem desenvolvendo braços robóticos como próteses para as pessoas. Eles estavam sendo impedidos pelo fato de os motores nesses equipamentos serem muito fracos (levantarem apenas algumas centenas de gramas.

    Foi então que passaram a usar motores de foguete para anabolizar o aparelho e ele passou a levantar quilos de peso (não recordo direito mas acho que era tipo uns 10 quilos levantados por braço com o novo sistema). O único incoveniente era o calor gerado na peça (imagina ficar com um motor de foguete quente na cintura o_O!)
     
    Última edição: 14 Abr 2012
  8. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Inventos de carros voadores já são buscados há anos

    Mas não é apenas questão de viabilidade comercial como comentaram alguns posts atrás. Se todos nós usuários comuns resolvessemos todos ter aeronaves terrestre-voadoras as regras de trânisto para esses veículos híbridos ficariam ainda mais complexas, pois sem isso a chance de colisões e acidentes graves na transição terra-ar e vice-versa seria imensa. Não teria tão simples como em "De volta para o futuro II"
     
  9. Tar-Mairon

    Tar-Mairon DARK LORD AND LOVING DAD

    .

    Just another toy for playboys.

    .
     
  10. General Artigas

    General Artigas Não tá morto quem peleia

    Já não bastava correr o risco de ser atropelado na calçada por um carro no chão agora vou ter que ficar olhando pro céu e torcer pra um troço desses não cair na minha cabeça também?

    Se venderem isso no Brasil tá todo mundo ferrado.

    Isso de carro voador só funcionaria quando existissem estradas automatizadoras em que o piloto só inserisse o destino no painel de bordo e o carro em conjunto com a estrada aérea fizesse o resto.
    Mas isso não existe nem em estrada física, quanto mais em uma estrada aérea...
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  11. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Pois é, seguramente o sistema de vôo não poderia ser deixado totalmente na mão do piloto. A escolha de locais de pouso, sistemas de estabilização e sinalização, escolha da velocidade máxima permitida, detecção e afastamento prudente de outros veículos teriam que ser automatizados (quem sabe até mesmo controlados a distância pelas fábricas). Do contrário os consumidores poderia abusar da ferramenta.
     
  12. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Se for só isso, então no Brasil é possível.
     
  13. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Desenterrando um tópico aleatório sobre carros voadores, pois...

    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Whatever, né? General Artigas e Akira já falaram tudo sobre o problema básico da ideia. Prefiro que desenvolvam um hoverboard.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Esse sim será um dia de júbilo...

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  14. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Podemos virar mais essa década, a próxima e talvez mais outras, mas ainda continuaremos esbarrando no velho problema de viabilizar o espaço aéreo pra grande tráfego pras grandes massas de forma segura que não é tão simples como em De Volta pro Futuro ou mesmo o desenho animado dos Jetsons.

    A maior frustração de quem criou e produziu desenhos e filmes futuristas no final do século XX sem dúvida talvez seja essa: muitos acertaram que a nossa comunicação estaria bem mais fácil e prática pois temos a Internet, mas que os grandes engarrafamentos dos deslocamentos por terra estariam com os dias contados e mais lamentável ainda é ter chegado na segunda década deste século ainda vendo veículos queimando derivados do petróleo ainda em grande quantidade.
     

Compartilhar