1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Carro preto sofre mais acidente, diz estudo

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por RSS, 8 Jun 2007.

  1. RSS

    RSS Usuário

    Cor atrapalha visibilidade dos veículos nas estradas, segundo cientistas australianos.
    Automóveis brancos, por outro lado, parecem ser os mais seguros do mercado.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. Silenius

    Silenius Ehre und Stolz

    Essas notícias me fazem lembrar da clássica frase de Jô Soares:

    "Cientistas desocupados da Austrália, em recente estudo, descobriram que..."
     
  3. Thor_theOld

    Thor_theOld Banned

    Pra mim, carro tem q ser vermelho.
     
  4. Cad

    Cad The punishment is loneliness.

    Qualquer caminhoneiro brasileiro consegue perceber isso.
     
  5. Hamfast

    Hamfast Melodia e distorção

    Ah não, preconceito racial até com a cor dos carros, daqui a pouco os automóveis se rebelam e começam roubar bancos sozinhos

    Edit:Esqueçam a asneira que eu disse, acho que estava alcoolizado.
     
  6. Thor_theOld

    Thor_theOld Banned

    Carros vermelhos tem um estilo sedutor. São carros para um modelo esportivo, semi-domesticados, carros para conquistas, e para passear em alto estilo. Não é a toa que a maior parte das Ferraris são vermelhas. Vermelho é uma cor que denota poderio, elegância. Não é preconceito, é gosto. Buon gusto, chiaramente.
     
    Última edição: 8 Jun 2007

Compartilhar