1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Carne em Feriados Religiosos

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Fingolfin, 17 Mar 2005.

  1. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Antes de mais nada, quero pedir que esse tópico não vire uma série de ataques à Igreja Catolica ou qq outra Igreja Cristã. Não é sobre ela que estamos discutindo mas sobre o comportamento hipocrita de seus seguidores, ainda mais no Brasil.

    A Igreja PEDE que os fiéis, faça um sacrifício na quarta-feira de cinzas e na sexta-feira da paixão(dia da morte de Cristo) não comendo carne.

    O peixe, por ser um dos símbolos cristão é permitido.

    Como vivemos num país católico, embora cheio de sincretismo, a tradição de não comer carne nestes dias vigora, ainda mais na no interior do país, mais religioso e onde está a maior parte da população.

    No entanto, é de se estranhar que o Bacalhau, um peixe nobre, tenha virado tamanha tradição neste dia.

    Realmente, é alguém está fazendo algum sacrifício ao comer uma Bacalhoada? Na minha casa mesmo, onde minha mãe é super religiosa nós temos que fazer o sacrificio de comer um Bacalhau ao Zé do Pipo ou quem sabe um Salmão ao molho de alcaparras.

    Como podemos ter chegado numa situação de tamanha hipocrisia onde pessoas que comem bacalhau ou salmão de olham de banda pq vc está comendo um Frango ou um Bife no dia que vc deveria estar fazendo o sacrifício?

    Não estou aqui querendo discutir a importancia de se fazer jejum nestes dias, isso vai da religião de cada um e respeito todos aqueles que fazem um jejum sério.

    Mas estou aqui justamente para criticar e discutir a maioria absoluta de falsos sacrificios que são feitos por aí.
     
  2. Gildor

    Gildor Usuário

    Quando eu era criança, adorava essa data porque era o dia em que minha mãe fazia peixe - que ela não gostava muito, enquanto eu sempre adorei :babar:

    Conversando com uma amiga que é muito-muito católica, ela disse que uma das interpretações aceitáveis pra comer peixe era (além do óbvio suposto sacrifício) o fato que na época de Jesus se comia muito peixe, então dessa forma seria como fazer uma "homenagem" a ele. Algo assim, não lembro os detalhes.

    Mas realmente, a reflexão é válida. Vou comprar um super salmão em homenagem à essa hipocrisia :grinlove:
     
  3. Engethor

    Engethor Son of Jango

    Fingol, você está vendo a coisa pelo lado errado. Naquele tempo, não havia peito de frango da Sadia nem filé já limpo e semi-pronto que se compra no mercado. Se você quisesse comer carne, tinha que matar o bicho. E isso envolve derramamento de sangue. Não me lembro se os judeus, dentre aquele montão de regras que eles tinham para alimentos, podiam comer sangue (muitos povos usavam o sangue no preparo dos alimentos). Mas o ponto aqui é sangue deramado.

    Já o peixe para eles não se enquadrava naquele caso. Tá, vocês podem perguntar qual a grande diferença entre matar um peixe ou outro bicho, mas Biologia nunca foi o forte deles (Darwin que o diga :P ). Mas peixe não fica espirrando sangue quando você vai prepará-lo. Para eles, matar um boi, um cordeiro, uma galinha era uma coisa, mas preparar um peixe era outra categoria, que não trazia esse estigma do sangue derramado. O caso é que, para a época, faz sentido que os primeiros cristãos (muitos dos quais eram judeus convertidos), consumissem peixe para lembrar a paixão de Cristo. Além disso, como você citou, o peixe era um simbolo dos cristãos.

    Lembrando que muitos desses primeiros cristãos eram pescadores, então o peixe era um item barato e acessivel. E, mesmo assim, não era um caso de "vamos fazer um 'sacrificio' e comer um item barato". Como eu disse, havia o sangue.


    Dois mil de anos depois, a tradição popular revestiu a celebração em ares de banquete. E assim como a ceia de Natal virou um exagero, a Pascoa também.

    Hm, se bem que, consultando minha familia, fui informado que bacalhau era razoavelmente barato há 50 anos. O sertanejo nordestino tinha condiçoes de comprar naquele tempo. Eles não souberam dizer por que o preço disparou tanto, se houve aumento na demanda ou diminuição na oferta ou mais ganância dos atravessadores.
     
  4. Bellcross

    Bellcross Ei, Ó o Auê aí ó !

    Se eu fosse vc eu pediria para esse feriado se repetir vaaaarias vezes no ano. :mrgreen:

    falando serio agora... na minha opinião, não há nenhuma hipocrisia em manter uma tradição antiga. E digo mais... se vc tem uma religião e ela pede que vc siga alguns costumes, não vejo mal nenhum em que vc os siga. (Contanto, é claro, que vc tenha o beneficio da escolha.)

    Que eu saiba, não existe nenhum ritual ou coisa do genero no fato de se comer peixe na semana santa... é apenas uma tradição, como milhares de outras que existem apenas por existir . :roll:

    Será que comer doce no dia de são cosme e damião é hipocrisia??? E o peru de ação de graças dos americanos... é hipocrisia tbm ??
     
  5. Níniel

    Níniel let's put a smile on that face

    O intuito é jejuar e não obrigatoriamente deixar de comer carne. O princípio é fazer uma refeição mais barata do que o habitual e restituir o dinheiro da sobra aos pobres... Porém, esta tradição de não comer carne não passa apenas de um ritual, sem qualquer significado bíblico.
     
  6. Omykron

    Omykron far above

    compre peixes de agua doce, alguns de couro são mais saborosos que os escamados.
    são uma delicia eu diria. E é mais barato.

    eu particurlamente AMO certos tipos de peixe, são de sabor leve, é facil de preparar, só tem que saber armazenar.
     
  7. Deza

    Deza Blink

    Eba semana santa, dias para me fartar de peixe, escamado ou de couro e de água doce :pula: :pula:

    Sacrifício nenhum comé-los na Semana Santa. :babar:
    Esse ano será o primeiro que irei levar Peixe para Brasília.

    Realmente dependendo do peixe é mais barato, mas tem alguns salgados no preço- e tenho medo que aumentem o preço em virtude da procura na semana santa, porque em Manaus, a época do defesso, ocorre justamente na época da Semana Santa :(
     
  8. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Engethor, talvez vc é quem tenha me entendido errado. Eu não tenho nenhum problema contra comer peixe nesses dias sagrados. A questão é que hoje, faz-se banquetes com peixes nobres e deliciosos, tirando assim a questão do sacrificio que é feito.

    Não interessa pra mim se isso era justificável naquela época ou não. Isso é irrelevante. Mesmo hoje, não sou contra comer peixe, mas então que façam pratos simples, com Dourado, badejo ou tantos outros pratos que seriam no minimo mais humildes que um bacalhau ou um salmão.

    Meu objetivo aqui é atacar a hipocrisia que se formou hoje. Sou católico e aceito jejuar na sexta feira da paixão. Oq eu não aceito é q considerem empanturrar-se de salmão, um jejum.
     
  9. Omykron

    Omykron far above

    eu aceito de bom grado um salmão depois do jejum :babar:

    ditto...
    alias, me refresque a memoria, tem um prato em manaus, que é o pirarucu com um molho com uns camarões e é apimentado... não tou lembrando o nome. eu comi quando fui para MAO com meu pai uma vez...
     
  10. Lupippin

    Lupippin Loki's Army

    Só que vc tem q considerar tb Fingol o gosto pessoal de cada pessoa. Eu não suporto a grande maioria dos peixes.
    Fazer o que se meu paladar só aceita linguado e merluza?

    (e não me chame de fresca ou burguesa :disgusti: )
     
  11. Deza

    Deza Blink

    Pela descrição o prato deve ser: Moqueca de pirarucú


    Eu ainda não experimentei e nem sei fazer, mas muita gente fala que é divina.
     
  12. Beriadar

    Beriadar And I will see it all before

    Pelo que sei, essa é uma época de sacrifícios, sim, pra quem é cristão.
    Eu costumo fazer o sacrificio, mas de forma muito mais pessoal, sem compromisso com o q sugere a Igreja.

    Em alguns anos, eu ñ como carne vermelha na sexta-feira santa.
    Mas já houve dois anos em que eu ñ comi absolutamente nehum tipo de carne da quarta atá o domingo de Páscoa, e isso sim foi sacrifício. Quando falo nenhum tipo de carne quero dizer tudo: peixe, frango, pasta de sardinha, bife ou presunto ... !!
    Mas é apenas um sacrifício pessoal no qual eu me ofereci e estou disposto a oferecer outras vezes;

    Considero simplesmente uma boa oportunidade de cultivar e enriquecer a fé. E acho tb q é uma tradição q ñ precisa ser justificada ou tão pouco condenada.
     
  13. Bellcross

    Bellcross Ei, Ó o Auê aí ó !

    Eu adoro peixe... e infelizmente é o tipo de carne que eu menos como. A semana sante, é pra mim, uma data em que eu posso comer peixe a vontade... nada a mais. :roll:
     
  14. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Oq fazer? Não comer peixe. É 1 dia só. Coma pão e água, afinal a idéia é fazer sacrificio e não comer oq gosta. Senão se empanturre de qq coisa.

    A questão é... ou vc faz um sacrificio ou não faz. Independente do fato de ter ou não algum tipo de peixe na mesa. Simplesmente comer Linguado ou Merluza é algum sacrificio pra vc?

    É exatamente este tipo de atitude q eu critico... O dia que deveria ser o "Dia do Sacrifício" virou "O dia de comer peixe".


    Eu, veja bem... eu como de tudo, porco, frango e bife, mesmo nos feriados religiosos, pq pra mim, comer uma picanha ou um salmão é o mesmo nível de sacrificio, logo eu prefiro não ser hipocrita. No dia q eu quiser me sacrificar em nome de Deus, aí eu provavelmente passarei o dia comendo mingau de maizena q seja, mas não vou comer salmão ou bacalhau.

    Concordo, por isso eu frisei pra não transformar o tópico em discussão religiosa. Não quero justificativa pro sacrificio nem discussão se ele é valido ou não... mas UMA VEZ ASSUMINDO QUE ALGUNS FARÃO SACRIFÍCIO, PQ ESSAS PESSOAS SÃO HIPOCRITAS DE SE EMPANTURRAR DE PRATOS DELICIOSOS COMO SE ISSO FOSSE ALGUM SACRIFICIO.
     
  15. Beriadar

    Beriadar And I will see it all before

    Ah, sim ..
    Muito mais explicado agora!!
    Realmente, vejo poucas pessoas fazendo sacrifícios .. em geral, marca-se um almoço com a família toda pra comer peixe. Mas eu também ñ vou condenar essa atitude!! :|
     
  16. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Agora acho que é tu que não entendeu direito o Engethor, Golfinho.

    Tipo, voltando lá pra trás, havia esse negócio dos fieis se sacrificarem no dia em que Jesus morreu?

    Não vejo mais que luto normal. Nesse dia, ao invés de pensar em termos de sacrifício, seria falta de apetite, porque há falta de alegria. O fato de VER sangue, lembraria como o seu amado senhor morreu, etc., e perderia o apetite.

    Esse negócio de jejum e sacrifício, tem coisa mais moderna, dos idos da Idade Média, quando a auto-flagelação estava associada com chegar mais perto de Deus.

    Então seria também considerado hipocrisia, em comparação com a época dos apóstolos de Jesus. Tipo, adianta algo ficar se flagelando porque se sente culpado pela dor que causou a ele? O ideal não seria velar, como se lembra alguém querido e que não mais está entre nós?

    De qualquer forma, esse problema da pessoa se iludir pensando que está fazendo uma coisa quando está fazendo outra... é algo que ela sofre (pois ignorância não garante que a pessoa não vá sofrer as consequências de ficar no escuro).

    Como disse, até mesmo a questão do sacrifício está meio estranha (já que não faz sentido ele querer que as pessoas se sacrifiquem depois de tudo que ele fez, parece até meio sádico).

    O que quero dizer, é que no final das contas... o grande problema é ficarmos querendo consertar os outros demais, que leva a oprimir o próximo, etc.. A maturação humana só acontece se a gente faz um esforcinho íntimo e pessoal.

    WTH, se nenhum messias (Buda, Cristo, etc), forçou ninguém a seguir o caminho, então eu é que não vou ficar forçando ninguém. Eu dou um palpite, mas se quiser ouvir que ouça. Se não, tranquilo, "eu vou andando e fiquem pra trás, losers :P"
     
  17. Omykron

    Omykron far above

    levando em conta o preço do bacalhau, e do salmão, sim, é um sacraficio, ao bolso :mrgreen:
     
  18. Unholy Master

    Unholy Master Chess Piece

    Não mesmo...
    Se tiver um bife,eu como o bife,que se foda a Igreja...
     
  19. Logan Mcloud

    Logan Mcloud Usuário

    creio q a pri ja esplicou.... nao comer carne nada tem a ver com sacrificio e sim q vc nao quer ter a visao de comer uma carne vermelha.... uma especie de luto... e apenas isso... alem disso eh um bom motivo para q lembremos do simbolo do cristianismo...




    eu por nim.... no ano passado tive uma boa noite no porcao 8-) foi MUITO bom e por falar nisso fiz questao de comer um CORDEIRO :P

    Dwarf
     
  20. Débora Elbereth

    Débora Elbereth Usuário

    Acho engraçado que não considerem peixe como um animal.
    Peixe também morre, também sangra e sofre.
     

Compartilhar