1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Carnaval do Centro de Petrópolis é cancelado e garante repasse de R$ 1 milhão para a saúde

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Ana Lovejoy, 19 Jan 2013.

  1. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    O prefeito Rubens Bomtempo anunciou ontem que não haverá Carnaval no Centro e que os repasses, no valor de R$ 1 milhão, que iriam para o desfile das escolas de samba do município serão investidos na saúde. A decisão foi tomada durante reunião com o presidente da Fundação de Cultura e Turismo, Juvenil dos Santos e representantes de escolas e blocos da cidade, que entenderam a situação e concordaram com a providência do governo municipal.

    De acordo com o presidente da Fundação de Cultura e Turismo, as estruturas como as arquibancadas, por exemplo, não serão montadas, o que não impede, no entanto, que os blocos que queiram sair às ruas, desfilem pela Rua do Imperador. “Não estamos cancelando o Carnaval da cidade, só não iremos repassar os recursos, que serão encaminhados para um setor que está em estado de calamidade e precisa de todo o empenho e recursos financeiros. Estamos pensando no bem-estar da população”, diz Juvenil, complementando: “Tivemos a adesão espontânea das agremiações”, garante.

    Outros tradicionais eventos, como o Baile dos Fantasmas e o Banho a Fantasia estão mantidos, assim como os bailes que acontecem nos bairros, como Alto da Serra, Praça Pasteur e Pedro do Rio. A matinê no Obelisco também está mantida.

    Para garantir a segurança dos foliões que forem para a Avenida curtir os blocos, a Guarda Municipal e as polícias Civil e Militar estarão nas ruas.

    A diretora de patrimônio da Escola de Samba Independente de Petrópolis, Marilda da Silva Antunes, elogiou a medida tomada pelo prefeito Rubens Bomtempo. “A saúde do município está um caos e precisa de todo o apoio. Não é justo realizarmos uma festa, enquanto os hospitais estão sem leitos e sem remédios”.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    ***

    Olha, nada contra o carnaval, MESMO. Mas fico vendo lugares sem tradição como Curitiba insistirem nesse negócio de desfile e fico pensando em quanto dinheiro não é jogado fora por isso, quando poderia ser melhor aplicado. Tem lugar que eu nem discuto, mesmo em Antonina o negócio tem tradição, é bem feito, não dá zica todo ano. Mas sinceramente gostaria que outras prefeituras seguissem essa ideia.
     
    • Gostei! Gostei! x 10
  2. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Eu nunca estive em Petrópolis em época de Carnaval, mas do que vi lá acho que essa cidade já tem uma tradição turistica em outras áreas e mais que suficiente pra não precisar disso, então eu apoio totalmente o que fizeram já que Saúde é algo prioritário.

    É diferente por exemplo de São Luis do Paraitinga em SP pequena cidade do Vale do Paraíba cujo Carnaval é algo super tradicional, fortemente arraigado na cultura local e comprovadamente a principal fonte de receita turística e sem isso a cidade perde muito, já que o turismo lá gira muito em função desse evento.
     
  3. Lindoriel

    Lindoriel Saurita Catita

    Em minha cidade já ficou sem desfile e trios elétricos por oito anos. Achei correto, pois infelizmente o pessoal não sabe se comportar.

    Se as pessoas soubessem sair de suas casas, ir a um desfile para se divertir, etc, mas não, sempre tem um "quebra quebra", o número de mortes aumenta exponencialmente, os acidentes de trânsito, etc. Acontecem mais coisas ruins numa época em que as pessoas deveriam estar felizes.

    Hoje em dia tem desfile, mas é bem mais "tradicional" do que antes. Aliás, proibiram justamente numa época em que houve mortes em trios elétricos.

    Então, infelizmente, se aquilo não traz boa coisa, o povo não deveria usufruir, até saber ter um pouco de civilidade.
     
  4. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    o problema de curitiba nem é quebradeira nem nada (embora sempre dê barraco na apuração de votos). mas nossos desfiles são... patéticos. saca só

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    essa foi campeã do ano passado. :doh:

    nós não temos tradição nisso, não adianta insistir. tem que partir pra uma coisa diferente, como tem rolado com o
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    no largo da ordem, ou o
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    que já rola tem aí uns 10 anos (eventos que, benzadeus, estão recebendo a atenção da fundação cultural de curitiba). mas esses "desfiles de escolas de samba" são dinheiro jogado fora aqui em curitiba.
     
    Última edição por um moderador: 5 Out 2013
  5. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Eu adoro carnaval, me divirto demais! Adoro bloco de rua, beber desde manha, ficar fazendo farra o dia inteiro, é muito divertido!
    Mas no caso de Petrópolis ta mais do que certo. Perde a festa, mas ganha no dia a dia. Além do que, a cidade foi assolada pelas chuvas e tudo mais, infelizmente não tem nem dinheiro e nem clima para comemorar.

    Mas eu acho mais do que certo prefeituras investirem nas festividades de carnaval. Gostando ou não, é parte indissoluvel da nossa cultura, e investir em cultura vale a pena sempre.
     
  6. Lindoriel

    Lindoriel Saurita Catita

    Infelizmente acaba sendo dinheiro jogado fora mesmo, se não for bem feito.

    Mas infelizmente tudo se tornou permitido, rs. Sempre achei que desfiles malfeitos também eram uma tremenda perda de dinheiro e tempo, no entanto, as pessoas continuam fazendo.

    Há um carnaval agora no centro da cidade que eu acho bem interessante, lembra os "corsos" dos anos 20 e é bem tradicional. Considero bem mais válido que os desfiles.
     
  7. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Desfile de escola de samba envolve muita coisa. Tem grana de bicheiro, traficante na jogada. Além disso, as escolar dialogam muito com as comunidades onde elas ficam, portanto tem um fator regional forte.
    Se o desfile é feio, chato, sem criatividade, aí é por culpa dos organizadores. E bem ou mal, comparar qualquer carnaval do mundo com o carioca é pedir pra ser chamado de feio né? No Rio é coisa de outro mundo, de deixar abertura de olimpiada pra trás.
    Ainda assim, tanto os desfiles tradicionais como os das escolas de samba são validos e ambos podem acontecer numa boa.
     
  8. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Cada cidade tem que investir naquilo que é a sua tradição

    Que nem o Sul do Brasil como foi citado aqui, não querendo levar pro lado bairrista, mas nessa questão de grandes festividades funciona diferente do resto do país.

    Na "Germânia Brasileira" (Joinville, Blumenau, Jaraguá do Sul e afins) por exemplo pra quê ter Carnaval se a Oktoberfest sozinha já é um baita evento? Lá a colonização germânica foi forte então nada mais justo valorizar a tradição local.

    O mesmo vale pra Curitiba que tem uma miscelânea de vários povos e por isso nada mais justo valorizar o que ela tem de melhor.
     
  9. Lindoriel

    Lindoriel Saurita Catita

    Carnaval é uma coisa. Certos "desfiles" que têm por aí, são outra. Rs.

    Há desfiles que as fantasias são lastimáveis, as músicas são terríveis, tudo ruim. E mesmo assim, insistem em fazer, jogando dinheiro fora.

    Creio q se for pra fazer, que seja bem feito. Não algo simplesmente para dizer que "fez um desfile" e pronto, até porque vai muito recurso nisso - milhões de reais!!
     
  10. Grimnir

    Grimnir Usuário

    se falarem sobre isso aqui RJ, vai ter gente pulando da janela. já foi uma celeuma danada qnd criticaram o envolvimento dos bicheiros com as escolas de samba.
     
  11. Pearl

    Pearl Usuário

    Em relação ao carnaval ou qualquer outra grande festividade a gestão pública deve ter em mente o gasto e o retorno da festividade em si. Eu não imagino o Rio de Janeiro sem um grande investimento no carnaval, mas eu aposto que essa é a época é a mais rentável com o turismo. Será que em Petrópolis justifica o gasto? Pelo visto não. Eu acho que foi uma atitude responsável do prefeito. Quem dera outros pensassem assim.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  12. Lindoriel

    Lindoriel Saurita Catita

    Mas o carnaval do Rio é bem feito, rs.
     
  13. Liv

    Liv Visitante

    Em Florianópolis aconteceu a mesma coisa e os 3 milhões foram destinados a saúde.
     
  14. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Dinheiro público em cultura eu apoio sempre em dois casos: se é um investimento de fato que terá um retorno maior, ou se é um fomento (não investimento) para manutenção da cultura local.

    Se a festividade não traz ganhos economicos e nem é um reforço da cultura local, de fato não faz sentido colocar tanta grana. Não impede de dar apoio menor, mas não tantos milhões assim.
     
  15. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Mas para a manutenção da cultura loca, não é necessário que as fetividades continuem sendo comemoradas? Como manter, por exemplo, o bloco dos bonecos de Olinda em Pernambuco sem destinar alguma grana, ou bloquiar algumas vias e etc?

    E eu não concordo que o investimento vale quando tem retorno maior. Aqui vou interpretar que seja retorno finaceiro tá? Não sei se vc quis dizer isso, mas...
    Cultura não é produto. Virou fonte de lucro agora, mas nunca foi. Cultura tem que se investido pq faz parte da nossa tradição como povo. O carnaval do Rio dá lucro para um monte de gente, o de São Luiz do Paraitinga também, mas talvez o de Santos não, mas idai? Vamos cancelar pq não é "rentavel"? Cultura não tem que ser rentavel.
     
  16. Lindoriel

    Lindoriel Saurita Catita

    É a mesma coisa que ocorre com o futebol. O negócio ficou gigantesco, movimenta mundos de dinheiro. Será que era pra ser assim?

    Será que não tem coisa mais importante do que ficar destinando verba e salários homéricos a jogadores de futebol, ou dinheiro absurdo para desfiles de carnaval?

    Não é falar para que eles parem de ocorrer, mas sim para que se dê a eles as proporções que eles devem ter: de entretenimento, de festividade, de esporte, mas não deveriam, jamais, ocupar lugar maior que saúde, educação e outros fatores primordiais para a vida da população.
     
  17. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Mas porque um não pode ocorrer junto ao outro?
    O dinheiro que gira no futebol é de grande maioria privado. As obras da Copa, tão contestadas, servem como incentivo ao Esporte! Vira e mexe todo mundo reclama que o Brasil rtata esporte como terceira, quarta opção, que precisamos investir mais, que precisamos desenvolver o esporte e etc, mas quando o governo levanta um monte de estádio no Brasil todo que podem ser usados para pratica esportiva não apenas profissional, mas pela população comum, todo mundo reclama...

    É claro que Saúde, Educação, Transporte, Moradia e outras coisas devem ser prioridade, mas isso não quer dizer que não se deva investir em cultura ou em esporte. Até porque, Cultura também é educação e Esporte também é saúde, Como já disse, no caso de Petrópolis se entende por causa das chuvas que rolaram, mas não justifica toda cidade tirar seus investimentos em cultura pq "tem coisa mais importante".
     
  18. Lindoriel

    Lindoriel Saurita Catita

    A questão do futebol é "mais embaixo". Já passou de esporte para "marca nacional". Futebol hoje em dia é o "pão e circo" moderno. Até porque se fosse só esporte pelo esporte, jogador deveria ganhar muito menos.

    O esporte é só uma "máscara" para toda a rede de manipulação que ocorre através de futebol, novela e carnaval nesse país. Entretenimento, esporte, é uma coisa; agora, o que se faz com esses três fatores no Brasil é alienação.

    Tão alienação, que muita gente literalmente mata e morre por causa de time.
     
  19. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Eu não quis dizer que cultura=lucro. Eu separei ali.
    Disse que acho válido investir em um evento cultural que venha trazer lucros financeiros que possam ser revertidos para a população.

    E que se um evento não é tradicional de uma região, ela não é prioridade. Carnaval no Rio, de certa forma, é importantissimo. Seja pelo lucro, seja pela carga cultural secular dela. Mas em outros pontos do Brasil não deve ser, e nestes pontos eu concordo com a atitude de redirecionar milhões que seriam investidos em um evento cultural importado para outras setores ou outros eventos.
     
  20. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    E qual esporte de alta performace no MUNDO se paga menos que no futebol? Basket, NFL, Rugby, Beiseball, Automobilismo, Golf, Tenis... Todos esses esportes são tão milionários quanto o futebol, a questão é que aqui no Brasil SÓ o futebol é milionário, enquanto na Europa e nos EUA existem outros esportes gigantes.

    Discordo plenamente. Nosso desinteresse por politica, por movimentos e etc não se dão por causa do futebol, muito menos por causa da novela e carnaval, isso é simplismo puro. Nossa relação de conivencia com corrupção e afins tem razões históricas muito mais complexas, culpar esses fatores é fugir do real "culpado" por esse traço da nossa sociedade.

    E nisso o Brasil também não é o unico. Na Europa já se matou muito mais do que aqui por causa de time. A diferença é que lá eles prenderam e resolveram o problema com os "hooligans", aqui ainda tudo fica por isso mesmo...

    - - - Updated - - -

    Sim, desde que sejam outros eventos culturais. Tirar toda a verba das festividades para levar para areas mais centrais é marginalizar a cultura como se ela não fosse tão importante assim, o que eu acho um erro enorme.

    E sobre o evento trazer lucros que possam ser revestidos para a cidade: Bem, eu penso que se rolar, ótimo, mas isso não deveria ser a prioridade do evento cultural. O evento deveria ser em primeiro lugar algo que valorize a cultura. Se der lucro, ok, mas não devemos fazer cultura pensando no que aquilo materialmente pode nos devolver.
     

Compartilhar