1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Carlos Cavalcanti: Energia que vale R$ 6,80 custa R$ 96 reais ao consumidor

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Rodovalho, 31 Jan 2013.

  1. Rodovalho

    Rodovalho Usuário

    Hoje acessei esse link com uma entrevista com Carlos Cavalcanti, Diretor de Infraestrutura da FIESP, sobre a o valor cobrado pela energia elétrica no Brasil.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Ainda não pesquisei a fundo o assunto. Só sei que as empresas na gestão de geração e distribuição de energia elétrica são podre de ricas. Elas são obrigadas a investir uma pequena porcentagem do que ganham em pesquisa e desenvolvimento e, depois de ver quanto as faculdades de engenharia elétrica tem mais recursos que outras faculdades, creio que elas sejam ricas mesmo.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    É verdade. Depois que o investimento mais "pesado" tá pago, ainda continuamos a pagar por algo que a partir daí só dá muito lucro pra essas empresas.

    Isso sem falar dos impostos.
     
  3. ricardo campos

    ricardo campos Debochado!

    CEMIG (Companhia Energética de Minas Gerais) consegue cobrar o KW/h mais caro do país e, praticamente terceirizou a mão de obra. Lucros altíssimos e uma prestação de serviço muito aquém do que deveriam oferecer.Essa entrevista (Carlos Cavalcanti) é bem esclarecedora. A CEMIG também não quis aderir a redução de energia proposta pelo governo federal alegando perdas na receita etc. É aquela situação: aos investidores tudo ao consumidor nada.
     
  4. Sejong

    Sejong Óculos Torto

    Por isto que eu sempre afirmo que o dínamo é o futuro, se a sociedade conscientizar-se deste fato. Mas os governos preferem que as pessoas continuem pagando energia cara, tudo que faz o cidadão mais dependente do governo, o torna mais servil. Diferente de um Poder Nu, as democracias dos países que não são de primeiro mundo são um poder dominador através da manipulação da mentalidade das populações, e isto não é uma teoria da conspiração, é a simples política em ação, demagógica, e que utiliza (o que não é nenhuma novidade, mas o povo, enquanto massa, nunca perceberá isto provavelmente) princípios da ciência sociológica da guerra psicológica e propaganda, para manipular o povo. Coisa típica, aliás. Muito interessante a incapacidade do povo perceber isto (e não pensem que sou um esquerdista típico, sou ultra-moderado... :lol: )
     

Compartilhar