1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Canonização do Design Gráfico

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Uglúk o Uruk-Hai, 27 Mar 2003.

  1. Uglúk o Uruk-Hai

    Uglúk o Uruk-Hai ... o maioral.

    Esse respectivo texto, e sempre me chama atençao, porq ele tem as propriedades q eu precisei para entedender o Design Gráfico sem ficar muito arrogante...

    Vcs vão perceber oq a de errado principalmente nos Designs de sites hj em dia... E dificil achar um site bonito ne? Pois eh.. reparem no texto...

    E depois se alguem aqui estuda o Design, ou se interessa, seria interessante tentar dar sua opinião referente ao assunto, e eu fivcaria grato, ja q essa e minha area de atuaçao, e muito procuro por fundamentos e conceitos dos mais diferenciados... :wink:

    La vai...

    "Andando por listas de discussão de design gráfico sempre me atenho às respostas mais diversas quando se questiona se design é arte ou não. Observo também que não se chega a um consenso sobre o questionamento, pois há várias opiniões. Vi belas defesas de idéias, assim como algumas sem fundamento. Mas afinal, o Design Gráfico pode ser classificado como Arte?
    Se analisarmos a definição do design sobre o ponto de vista do ato criativo (e inventivo), encontramos a seguinte definição: design é a capacidade do ser humano em superar suas limitações e promover a otimização da Comunicação Visual. Contudo, antes de existir o design gráfico (e o designer!), já existia a necessidade de sistemas de comunicação, fica mais claro quando falamos sobre Design Gráfico. E fazemos o seguinte questionamento: Quem eram as pessoas que faziam os cartazes - na Idade Média, no Egito e no início do século XX antes do design gráfico surgir? Nomes diferentes, mas com uma só definição: Artistas. Que estavam comprometidos em passar a informação, não somente para uma pessoa (ou grupo), mas para uma comunidade especifica ou geral (a população).

    Isto nos leva a pensar que o Design Gráfico veio da Arte, a partir do momento que o fazer manual e artístico saiu do circulo boêmio e cultural dos artistas, passando para os escritórios (quando houve a chamada profissionalização, o surgimento do nome design), isto é, houve a mudança da esfera artística para a esfera técnica, fruto da modernização da própria arte e dos meios de reprodução vigentes na época, ou seja, a Canonização do Design Gráfico.

    Posteriormente, essa canonização alcançou as escolas (Bauhaus) - e a partir desse momento, o design ganha o caráter acadêmico, completando dessa forma sua passagem da esfera artística para a esfera técnica definitivamente. Daí porque o próprio design (e o designer) tem uma crise de identidade - pois, o nosso próprio ato criativo, algumas de nossas ferramentas e nossas técnicas estão ligadas a fundamentos da Arte. Tendo como ponto essas considerações, cada designer gráfico traz em si um pedaço de cada artista que viveu no início do século (suas técnicas e formas de criar).

    Entender a Canonização do Design Gráfico é entender o fenômeno da Arte que deu origem à nossa profissão, e ao mesmo entender a própria estrutura que impulsiona o ato criativo/conceitual do design."



    :mrgreen:

    Bem esse e o sr.Heleno Almeida Lima que é formado em Design e Pós graduado em Propaganda e Marketing. É Designer e Diretor de Arte da Rede Amazônica. Mantém o site Mundo do Pensador onde reúne informações sobre Design, Propaganda e notícias sobre esses respectivos assuntos.

    Ele num e muito conhecido, mas tive o przer de conehcer ele na minha faculdade, onde ele deu uma pelestra muito interessante, sobre o Eco Design nas olimpiadas de Sidney, naquela época claro...
     
  2. o q eu aprendi na faculdade sobre canonização do design-grafico eh mais ou menos o seguinte: (vou tentar resumir)

    os canones do design grafico seriam certas regras que se forem seguidas resultam num bom projeto. esses canones são a legibilidade, clareza, equilibrio, hiereaquia de informações, organização, etc.

    o q vem ocorrendo ultimamente eh que varios designers (como o famosos david carson) estaõ fazendo design Não-Canonico. ou seja, eles fazem um projeto totalmente confuso, ilegivel até. indo contra todas as regras ja estabelecidas.

    o interessante eh q ambas as formas de design são validas. um projeto não-canonico bem feito comunica da mesma forma q e um projeto canonico tradicional. (o dificl eh fazer um bom projeto não-canonico)

    quanto se o design eh arte ou não: isso gera muita polemica.
    minha opinião particular eh q todo designer eh tb um artista. mas design em si não eh arte. arte não precisa comunicar nada. design sim.
     
  3. ah.. outra coisa:

    naum dá pra dizer q qq coisa q se vê na internet por ai eh design não-canonico.

    mesmo o design não-canonico precisa se encaixar em alguns padrões estéticos e tals.

    e o ugluk falou como eh dificil achar um site bonito por ai. isso acontece muito pq as empresas não reconhecem a importancia do design. acham q qq um q sabe operar o software e manja de html eh designer.

    um bom design pode ser um diferencial enorme e gerar muito lucros.
     
  4. Arael

    Arael Usuário

    Essa discussão é antiga...

    Bom, eu acho que (minha opinião.) quando um ser humano tenta superar suas limitações, ele de uma forma ou de outra está fazendo "Arte”...

    O significado da palavra arte não é muito simples, já que algo só é considerado arte, se a sociedade assim disser... Basta dizer que existe uma obra respeitada (ñ lembro o nome do artista), que se chama "Branco sobre branco" que nada mais é do que uma tela branca pintada de branco! (minha intenção aqui Ñ é desmoralizar esse artista, de maneira nenhuma, respeito seu trabalho).

    Se um designer é puramente acadêmico ou se ele tenta quebrar os padrões, e gerar polemica, isso ñ interesa, o importante é saber se ele, enquanto designer cumpriu com suas obrigações, e o produto final será o que a sociedade atribuir ha ele... Nada mais...

    Acredito tb que essa discussão envolve todos os designers, sejam eles de programação visual ou de produto...

    como tb acredito que os designers deveriam parar um pouco de discutir um com o outro, para tentar explicar para as pessoas o que é afinal de contas um designer! e o que ele faz!
     
  5. eu acho dificil um cara ser um bom designer grafico se ele naum eh tb um pouco artista. vc naum acha?

    dá pra ter noção estética sem tem um olho artistico?
     
  6. Eru- o Ilúvatar

    Eru- o Ilúvatar Usuário

    Antes mesmo da Bauhaus, escolas de design começavam a surgir, vide a russa Vkhutemas. E o design gráfico nasce acadêmico, no sentido lato sensu moderno, como uma fusão da tradicional Corporação de Ofício que preparava os artífices para exercício da profissão em tempos anteriores a Rev. Industrial, e das academias de belas artes, ateliers e etc. O design, de um modo geral, surge da necessidade de adequar a arte e a produção de bens materiais e visuais a realidade da indústria. O designer meio que substituiu o artista e o artesão como emissor da mensagem visual. É uma remissiva da prerrogativa russa de que estariamos entrando na era dos "artistas engenheiros", da "arte de produção". Por isso, muitos dos primeiros designers nada mais eram do que arquitetos e artistas plásticos se adequando a nova realidade instrumental e comunicacional da era da máquina. É o que eu acho né? :mrgreen:
     
  7. Uglúk o Uruk-Hai

    Uglúk o Uruk-Hai ... o maioral.

    Uhh... por um momento achei q ninguem ia responder esse tópico... :roll:

    Mas bem agora eu façoa assim, eu li os comentarios de vcs e vou dicertar os meus baseados nos seus... Se eu ficar citando fica estranho...

    Mas vamos começar pela comunicaçao o meu ver. Se um artista desenvolve alguma obra q~não comunique nada, q so fa;ca sentido pra ele... Eu pessoalmente achoq esse cara e um pessimo artista... Eu gosto de ver a obra artistica e sentir alguma coisa, e entender oq ele fez ali... Se eu num sentir nada, não perceber a mensagem, mesmo depois de uma reflexão ( pois algumas precisam ne?), eu num acho arte, pois arte pra mim e o meio de comunicaçao do artista, se não for... e um simples nada oq ele fez... não e arte.
    Provo meu ponto de vista, se vcs me mostrarem um grande artista como Picasso, Miró, Dali, ou musicos, fotografos... Q tenha um obra se quer q não comunique, eu bato palma... Pois ate mesmo as onras de Mon Drian, q tem obras simples q aparentemente de composiçao platica visual apenas... Nos motra a porjeçao area em suas obras, nos passando a sençassão do quilibrio na natureza...

    Agora sob o Design, eu discordo quando alguem diz q não e arte, so porq se usam tecnicas... Seria muito vago isso... Pois grandes pintores e escultores usam tecnicas tb...

    Espero q alguem conheça a Sra. Emilie Chamie, ela foi uma grande designer Brasileira, e ela disse... "O designer temq ter 80% de artista e 20% de tecnica"...
    Então seria muita estupidez nossa dizer q designers são "meio"artistas... obvio q não.

    O q é um designer? Ele e um profissional q trabalha com seu conhecimento em Belas Artes, Artes Platicas e Graficas para aplicar, utilizando-se de suas tecnicas aplicadas e conehcidas, no ambiente do dia-a-dia das pessoas, seja trantando ela como consumidor, usuario ou simples assistente.

    Esse e o Designer... :wink:
    Porem devidamente estudado, não aceito qualquer um como designer ... obvio.. :mrgreen:

    Sobre a canonizaçao...
    Existem algumas regras a seguir? Se alguem conehce alguma me diga, lembrandoq tecnicas utilizadas não saum regras, pois algumas parecem, como por exemplo as tecnicas de equilibrio plastico... Não necessariamente e um regra, pois se vc num a utilizar, ou utilizar as avessas, vc pode passar mensagens do masmo tipo...
    Então Canonizaçao, e um simples termo q aglomera essas tecnicas utilizadas e são usadas como tecnicas padroes para se ter um resultado satisfatorio...

    Mas como não existe certo e errado, e subjetivo e um mundo de milhos de caminhos... Serie muita arrogancia sujerir sem estudo e sem conehcimento, o q todos os cidadoes do planeta terra acham visualmente a agradavel...

    Então e isso... 8-)
     
  8. bom.. o conceito de canones do design grafico, como eu ja disse, eh o design q segue akelas "regras" q eu citei. legibilidade, organização, bla bla bla.

    por mais q o design seja inovador e tals, ele pode seguir essas regras. isso eh design canonico.

    Conheco a E. Chamie, e concordo com ela. todo designer tb eh artista. mas design em si não eh arte. Não eh uma expressão pessoal do designer, e sim uma forma de atender ao mercado.

    arte comunica tb. claro. mas naum precisa ser objetiva. o artista quando faz arte está expressando akilo q sente. eh uma coisa pessoal.

    acho q no design grafico eh meio dificil perceber essa diferença. parece q o designer sempre deixa a marca dele no trabalho.

    No design de produto isso fica mais claro. Por exemplo: um designer de carros naum pode mudar de empresa e continuar projetando do mesmo jeito q ele sempre projetou. Cada empresa tem alguns padrões a sere seguidos. assim uma BMW sempre vai ter cara de BMW, a mercede vai ter cara de mercedes, e por ai vai. um bom designer tem a capacidade de criar e inovar apesar dos padrões a serem seguidos.
     
  9. Urd Sama

    Urd Sama I can't contain myself anymore

    Mutcho legal esse topico

    Qdo eu li o texto q vc postou Ugluk a primeira coisa q me veio a cabeça foi o Construtivismo Russo, que é considerado um movimento artístico, mas estava muito além dissu.... afinal ele naum era algo q simplesmente comunicava, havia um algo mais nele...

    Uma das principais funções do designer, para naum dizer a principal, criar a identidade, a "cara", o visual de algo q naum é dele, comunicar algo q naum é dele, um artista quer comunicar algo pessoal, que diz respeito a ele, ou a visão pessoal dele sobre determinado assunto, mas o designer vai fazer issu para os outros, e naum é algo pessoal, entaum é necessário q seja o mais objetivo possivel (na maioria das vezes, mas muitas vezes quem diz issu é justamente a pesquisa), ele tem q passar a imagem q naum é algo pessoal dele, o q exige pesquisa... o designer de certa forma tem q ser um pesquisador. Ou seja, além de todo o conhecimento q vc tem q ter de linguagem visual, belas arte, vc tb tem q ser específico pesquisando coisas relacionadas com o trabalho q vc vai fazer...

    Naum sei se deu p/ entender mais ou menos o q eu quis dizer aí... :oops:
     
  10. Rage

    Rage Usuário

    Entao, vou dar algumas opiniões aqui.
    É difícil dizer que design É arte, apesar da maioria dos movimentos e idéias do Design veio da arte.
    Mas como o Oromë84 disse, o designer precisa atender as necessidades de mercado, sendo assim, o que ele faz não é arte...
    MAS, Michelangelo também pintava e esculpia para atendeer as necessidades de um mercado, e quem diz que a capela cistina não é arte?
    o mais difícil não é falar se design é arte ou não, o difícil é conceituar arte.
    O que afinal é arte pessoal?

    Arte é valor estético?
    Então qual o valor estético da arte conceitual, contemporânea que muitas vezes não passa de lixo espalhado ou ferro retorcido (e q muitas vezes, como o Ugluk disse, não transmite nada pra ninguem)

    Arte é transmitir algo então?
    Será? será q se tem q pensar muito quando se ve uma obra renascentista? NA maioria das vezes a obra é o q vc vê e nada mais

    Arte é criação?
    Aí é q o bixo pega. Pois teríamos que definir antes o que é criação, criativo, inovação, novo e não algo copiado, inspirado ou uma releitura de algo.
    O Oromë84 falou de canones e designers q fogem disso. Isso na verdade é a velha historia de Funcionalismo vs Estética. O design mais legível e bem organizado é muito funcional, enquanto o outro preza não só por uma estética mas por uma estética contrária a do movimento ou tendência anterior e isso sempre foi assim.


    PS.: Ugluk, c sumiu da BA rapaz... q houve?
     
  11. deu pra entender sim urd. e foi muito bem dito.

    não sei se entendi bem o q vc kis dizer. mas pelo q eu entendi. eu discorodo.
    um design canonico extremamente funcional leva em conta sim tendencias esteticas. pode ser contrario a tentencias anteriores e tudo mais. naum eh pq eh canonico q não vai haver preocupação com estética.

    arrisco me ainda a dizer q num projeto canonico se leva mais em considerações questões esteticas do q num projeto não-canonico.
     
  12. Rage

    Rage Usuário

    claro q existem tendências estéticas, mas tem q ver qual é a ênfase

    depende o q vc chama de questões estéticas tb.
     
  13. tem mais de uma definição de estética?
     
  14. Washu_Hakubi

    Washu_Hakubi Usuário

    Eu tive uma base de webdesign, pouca coisa, mas deu pra sentir...tenho amigos que fazem web também, e eu tenho a seguinte opiniao...
    só pq precisa atender a um mercado deixa de ser arte?penso que nao tem nada a ver, isso envolve sim todo um trabalho de criação e estética, então como que não é arte?Acho que sou meio suspeita, pq nunca encarei de outra forma.Acho tão óbvio encarar webdesign como arte!Afinal, existe todo tipo de coisa em todo tipo de arte.Qual é o espírito de um trabalho puramente técnico, seja ele em lápis de cor ou em webdesign? :lily:
     
  15. Uglúk o Uruk-Hai

    Uglúk o Uruk-Hai ... o maioral.

    Então eu percebo q a discuçao cai pra um lado em q nos definimos e concordamos:

    O Designer é artista, mas o Design não é arte? Isso ta meio confuso pra mim ainda tb... Digo, em relaçao ao q vcs estão dsicutindo...

    Porq se chega a esse ponto q eu coloquei de Designer é artista, mas Design não é arte... a discuçao se encerra. Porq isso e uma encoerecia ne? Como um artista não faz arte?

    Porem eu tb apoio a linha de pensamento q se utiliza de tecnica para formar o Design, mas temos q admitir q sem a noçao plastica artistica ele num consegue fazer algo visualmente aceitavel ne?

    E esse conceito de beleza plastica, provem da arte antiga... Ou seja, designers usam conceito de arte para criar um design... Mas mesmo assim ainda num eh arte?

    Bem, então prefiro ficar com E. Chamie q dis "80% arte 20% tecnica"... ai aceitoq esse 20%, sao as tecnicas concetuais aplicas ao publico alvo, ou usuario...
    E creio q assim se vive feliz...hehehe.

    Sobre ali na questão estética, e realmente eu conheço so uma definiçao de estetica tb... Digo, e subjetiva, mas e um só... E existem as "leis"esticas tb... Como o equilibrio de formas, e movimento da proria... em miudos, a caminho q nosso olhos percorrem em tal obra para q esse se sintam confortaveis, e equilibrados... isso tem muito haver com Proporçao Aurea, q tb e quase uam leia..

    E nosso amigo Rage, aprendeu isso direitinho com os Professores Luís Bagno e Rampazzo, não eh? Rage? :aham:

    E não os menosprezes q se tem gente no Brasil q entende de plastica são esses caras... Eles estão numa lista, de os 10 maiores aquarelistas vivos no Brasil sabia?
    E vc aprendeu com eles!! :eek:

    PS: Rage, a BA ja foi ne? Agora são novos ares... :roll:
     
  16. Rage

    Rage Usuário

    Ugluk: Eu sei disso. E eu dou muito valor às aulas do Prof. Luís Bagno (do Rampazzo eu não tive ainda) e do Prof. Latorre.
    O Savoy falo q c tava no Mack mas não ia nas aulas, acho...

    Oromë: mais de uma definição de estética? O q agrada aos seus olhos é o mesmo q agradava os olhos de seus avós e é o mesmo q agradará os olhos dos seus netos?
     
  17. mas vc ainda ta falando da mesma coisa. o q mudou foram as tendencias.

     
  18. Uglúk o Uruk-Hai

    Uglúk o Uruk-Hai ... o maioral.

    Me esqueci do Latorre... :roll:

    Ele realmente é o cara, mas como ele me deu nota baixa quando tive o primeiro bimestre de aula com ele, minha memoria tentou apagara esse fato.... E por isso eu o esqueci... Mas e clro q não esqueci as aulas dele... Afinal... ele me deu aula de aquarela... :eek:
    E anatomia com modelo vivo... :babar:

    Bem e isso... hehe.. E bem o Savoy acertou sobre mim... Mas semestre q vem eu volta a BA pra fazer um pós la... q ja esta acertada, ai agentes e esbarra de novo... :wink:

    A sobre a debate ai seu com o Orome... hmm... Vc tão com dificuldade de se achar entre plastica e tendecias plasticas da época... e melhor eu me abster e deixar vcs se resolverem e chegarem a uma conclusão... :mrgreen:

    Fight!! :aham:
     
  19. nada disso, entra na briga vc tb. :twisted: coloca ae sua definição de estetica.
     
  20. Uglúk o Uruk-Hai

    Uglúk o Uruk-Hai ... o maioral.

    Mas eu ja coloquei la em cima ó aqui...
    De novo...

    Pronto viu... :mrgreen:
    Essa e minha e ninguem tasca, eu vi primeiro...
    A unica coisa q eu omiti eu creio... Foi a questão do "equilibrio na forma"... Esse seria baseado nas proprias formas da natureza, pois a natureza deu origem a estetica em principio... E é com isso q nossas vistas estão acoistumadas a achar "bonito"... Nossa linguagem pragmatica geral da coisa... Ai sem incluir as nosso repertoria visual pessoal, q isso eu creio q da origem as tendências...
    Então creio q a minha explicaçao acima, e essa q eu acebei de colocar colocam a definiçao de plastica q eu gosto... e aprecio...
    Claro, eu dicertei bem, e ate compliquei, sendo q Palstica pode se dizer q eh apenas oq eh bonito, equilibrrado aos nosso olhos...
    Mas eu gosto de ser prolixo e resaltar o por q de toda essa simples definiçao... :mrgreen:

    Agora oq eu quiz diser sobre vc e o Rage, e q vcs estão dando voltas nisso ai de tendencias plasticas e plastica em si... E ai eu num tenho nada a dizer... ja q eu ja disse isso ai em cima mesmo... E ai no caso ja dei a minha colaboraçao...
    Vc continuam ai.... :twisted:
     

Compartilhar