1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Campeonato Português 2011/2012

Tópico em 'Esportes' iniciado por Ecthelion, 12 Set 2011.

  1. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Este é o local pra falar do campeonato que mais tem brasileiro da europa. Com resumao by Trivela tb.

    Guia do Português (I)

    Por
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    28/07/2011 - 12h37 A coluna inicia nesta semana o guia do Campeonato Português 2011/12. Competição essa que, diferentemente das últimas temporadas, dará a três clubes do país a possibilidade de disputar a Liga dos Campeões na época que vem, e que até por isso, promete ser ainda mais concorrida, em que pese a dificuldade dos clubes em obter mais reforços de impacto, especialmente em virtude da crise financeira que rege a economia lusa.
    Nesta primeira parte, dentre os clubes a serem abordados, estão os dois "novatos" da temporada (Beira-Mar e Feirense); o atual vice-campeão ávido em reconquistar a coroa (Benfica) e o mais novo time interessado em adentrar ao hall dos grandes portugueses, e que busca de vez a afirmação na nova época (Braga). Confira!
    Legenda das transferências
    Definitiva (Posição, time)
    Empréstimo* (Posição, time)
    Retorno de empréstimo# (Posição, time)

    Acadêmica

    Nome: Associação Acadêmica de Coímbra
    Fundação: 03/nov/1887
    Site oficial:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Estádio: Cidade de Coimbra (30.210 lugares)
    Técnico: Pedro Emanuel
    Colocação em 2010/11: 14º
    Competição europeia: nenhuma
    Destaque: Diogo Valente (A)
    Fique de olho: Cédric Soares (D)
    Quem chegou: Rui Miguel (A, Kilmarnock-ESC); João Real (D, Naval); João Dias (D, Trofense); Nivaldo (D, Tourizense); Cédric Soares* (D, Sporting); Fábio Luiz (A, Porto Alegre-BRA); Flávio Ferreira# (M, Sporting da Covilhã); Danilo* (M, Macaé-BRA); Júlio César (M, Desportivo Aves); Abdoulaye* (D, Porto); Jerry Sitoe (A, Muçulmana Maputo-MOÇ)
    Quem saiu: Sougou (A, Cluj-ROM); Vouho (A, AEL Limassol-CHP), Pedrinho (D, Lorient-FRA), Nuno Coelho (M, Benfica); Miguel Fidalgo (A, Vitória de Setúbal); David Addy# (D, Porto); Bruno Silva (D, DOXA-CHP); Amessan* (A, Créteil-FRA); Barroca (G, Servette-SUI); Gerson (A, Estoril); Peter Caraballo (A, Saarbrücken-ALE); Ricardo Alves (D, Marítimo); Licá (A, Estoril); Pedro Costa (D, Arouca); Diogo Ribeiro* (A, Sertanense); Enrique Carreño (A, Diósgyör-HUN); Amaury Bischoff (M, Dinamo Bucaresti-ROM); Thiago Felipe (M, Anadia); Gonçalo (M, Estoril); Koné (M, Anadia); João Costa (A, Nogueirense)
    Objetivo na temporada: luta contra o rebaixamento
    A Acadêmica segurou os bons Peiser e os meias Diogo Melo e Diogo Gomes, mas perdeu alguns de seus principais jogadores, como os atacantes Sougou e Miguel Fidalgo, além do bom volante Nuno Coelho. E os reforços, por mais que sejam grandes incógnitas, dificilmente acrescentarão mais a um elenco bem enfraquecido, que deverá ser liderado por Diogo Valente, contratado em definitivo junto ao Braga. No banco, o comando estará nas mãos de Pedro Emanuel, uma clara aposta na fórmula que já deu certo com André Villas Boas - o treinador, ex-jogador e várias vezes campeão pelo Porto, era auxiliar de Villas Boas nos Dragões antes de chegar a Coimbra para assumir uma missão que promete ser complicada.

    Beira-Mar

    Nome: Sport Clube Beira-Mar
    Fundação: 31/dez/1922
    Site oficial:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Estádio: Municipal de Aveiro (30.127 lugares)
    Técnico: Rui Bento
    Colocação em 2010/11: 13º
    Competição europeia: nenhuma
    Destaque: Artur (M)
    Fique de olho: Djiman Koukou (M)
    Quem chegou: Renato (G, Espinho); Luís Bornes (M, Avanca); Tinoco (D, Moreirense); João Pereira (D, Benfica); Édson (D, Moreirense); Djiman Koukou (M, Créteil-FRA); Joãozinho* (D, Mafra); Alexandre Hauw (M, Naval); Jonas Mendes (G, Amora); Dominic Reinold (A, New Jersey Rangers-EUA); Vasco Fernandes* (D, Elche-ESP); André Marques* (D, Sporting); Cristiano (A, Sporting); Zhang (A, Mafra); Nildo Petrolina (M, Trofense); Serginho (A, Trofense); Dias (M, Porto); Bamba* (M, Vitória de Guimarães); Oliver N'Siabamfumu (D, Colmar-FRA); Baldé (A, Chateauroux-FRA); Adewole (M, Atlético Baleares); André Souza (M, Pampilhosa)
    Quem saiu: Bruno Conceição (G, Arouca); Djamal (M, Braga); Leandro Tatu (A, Steaua Bucaresti-ROM); Ricardo Rocha (D, Sporting da Covilhã); João Luiz (M, Marítimo); Filipe* (M, Arouca); Danilo (D, Chaves); Rúben Lima (D, Hajduk Split-CRO); Pedro Araújo (D, Trofense); Hugo Seixas* (A, Monsanto)
    Objetivo na temporada: luta contra o rebaixamento
    Tal qual a Acadêmica, o Beira-Mar perdeu basicamente seus jogadores mais importantes, como Leandro Tatu, Djamal e Wilson Eduardo. Dos destaques da última temporada, ficaram só Artur e Rui Rego. Até por isso, teve de correr atrás da bola nos últimos meses. Mas se os Estudantes encontraram mais dificuldade de se reforçar, os aveirenses inicialmente parecem ter acertado mais a mão. Apesar de fraca temporada 2010/11, Cristiano e Zheng podem ser úteis se repetirem as atuações que tiveram na época retrasada por Paços de Ferreira e Mafra, respectivamente. No meio, Koukou (que aos 20 anos já é titular na seleção de Benin) vem para desafogar Artur no setor. Ainda assim, a briga será mesmo contra o descenso.

    Benfica

    Nome: Sport Lisboa e Benfica
    Fundação: 28/fev/1904
    Site oficial:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Estádio: da Luz (65.400 lugares)
    Técnico: Jorge Jesus
    Colocação em 2010/11: 2º
    Competição europeia: Liga dos Campeões
    Destaque: Pablo Aimar (M)
    Fique de olho: André Almeida (D)
    Quem chegou: Bruno César (M, Corinthians-BRA); Artur Moraes (G, Roma-ITA); Urreta* (M, Peñarol-URU); Daniel Wass (D, Brondby-DIN); Nemanja Matic (M, Vitesse-HOL); David Simão# (M, Paços de Ferreira); Rodrigo Moreno# (A, Bolton-ING); Rodrigo Mora (A, Defensor-URU); Nelson Oliveira# (A, Paços de Ferreira); Enzo Pérez (M, Estudiantes-ARG); Nuno Coelho (M, Acadêmica); Nolito (A, Barcelona-ESP); Miguel Vítor# (D, Leicester City-ING); Ezequiel Garay (D, Real Madrid-ESP); Mika (G, União de Leiria); André Almeida (D, Belenenses); Fábio Faria# (D, Valladolid-ESP); Léo Kanu (D, Cruzeiro de Porto Alegre-BRA); Alex Witsel (M, Standard Liège-BEL); Eduardo* (G, Genoa-ITA); Emerson (D, Lille-FRA); Capdevilla (D, Villarreal-ESP)
    Quem saiu: Sidnei* (D, Besiktas-TUR); Ishamel Yartey* (M, Servette-SUI); Mário Rui (D, Parma-ITA); Hélio Vaz* (A, Atlético); José Coelho* (A, Atlético); João Pereira (D, Beira-Mar); Pedro Almeida (D, União de Leiria); Eduardo Sálvio# (M, Atlético de Madrid-ESP); Nuno Gomes (A, Braga); Léo Kanu* (D, Belenenses); Miguel Rosa* (M, Belenenses); Weldon (A, Cluj-ROM); Fábio Coentrão (D, Real Madrid-ESP); Pedro Guedes (G, Paços de Ferreira); Melgarejo* (A, Paços de Ferreira); Moreira (G, Swansea City-ING); Abel Pereira (D, DOXA-CHP); Edson Silva (D, Siena-ITA); Leandro Pimenta (M, Atlético); Evandro Brandão (A, Videoton-HUN); Ederson Moraes (G, Riberão); Elvis* (M, União de Leiria); Souleymane Diagne (A, Chaves); Daniel Wass* (D, Évian-FRA); Luís Filipe (D, Olhanense); Diogo Caramelo (A, Ribeirão); Fernández* (M, Estudiantes-ARG); Alan Kardec* (A, Santos-BRA); Eder Luís (A, Vasco-BRA)
    Objetivo na temporada: título
    Jorge Jesus sabe que se não fizer do Benfica novamente campeão nacional, seu emprego estará comprometido na Luz. Mas para 2011/12 o cenário se desenha melhor do que o do início da pífia época passada, mesmo sem Fábio Coentrão. As Águias se reforçaram com bons nomes para o setor que durante um bom tempo em 2010/11, mostrou-se mais carente: o da armação ofensiva. Para ajudar Aimar e Gaitán, chegaram Enzo Peréz e Bruno César. À frente, Cardozo e Saviola ganharam uma sombra, o perigoso Nolito, destaque na pré-temporada e que marcou em sua estreia oficial. Atrás, Garay traz mais segurança, reforçada pelas (enfim) boas opções para a baliza (Eduardo e Artur). O desafio ao Porto está lançado.

    Braga

    Nome: Sporting Clube de Braga
    Fundação: 20/09/1910
    Site oficial:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Estádio: Axa - Municipal de Braga (30.154 lugares)
    Técnico: Leonardo Jardim
    Colocação em 2010/11:
    Competição europeia: Liga Europa
    Destaque: Nuno Gomes (A)
    Fique de olho: Guilherme (M)
    Quem chegou: Imorou (D, Chateauroux-FRA); Zé Luís (A, Gil Vicente); Djamal (M, Beira-Mar); Douglas (A, Vitória de Guimarães); Rodrigo Galo (D, Gil Vicente); Nuno André Coelho (D, Sporting); Baiano (D, Paços de Ferreira); Tommaso Berni (G, Lazio-ITA); Ewerton (D, Corinthians/AL-BRA); Nuno Gomes (A, Benfica); Pizzi# (A, Paços de Ferreira); Henrique (D, Feirense); Vinícius (D, União de Leiria); Ivan Lendric (A, Hadjuk Split-CRO)
    Quem saiu: Sílvio (D, Atlético de Madrid-ESP); Kaká (D, Hertha Berlin-ALE); Alberto Rodriguez (D, Sporting); Fernando Alexandre (M, Olhanense); Mário Felgueiras* (G, Brasov-ROM); Miguel Garcia (D, Orduspor-TUR); Dani* (D, Sporting da Covilhã); Diogo Valente (A, Acadêmica); Aníbal Capela* (D, Sporting da Covilhã); Eli Zizov (A, Maccabi Tel Aviv-ISR); Fernando Vieira (D, Santa Clara); Zé Pedro (A, Tourizense); Fábio Lopes (D, Tourizense); Tiago Ribeiro (D, Vizela); João Manuel (A, Vilaverdense); Paulão (D, Saint-Étienne-FRA); João Oliveira (M, Vilaverdense); Rui Luís (M, Ribeirão); Carlos Lomba (D, Vilaverdense); Emre Sahin (M, Vizela); Joseph Peterson (M, Vizela)
    Objetivo na temporada: briga por Liga dos Campeões
    Após duas épocas de sonho, com um vice nacional (2009/10) e um vice da Liga Europa (2010/11), o Braga vem para sua primeira temporada sem Domingos Paciência no banco. E a perspectiva é positiva. As maiores perdas do elenco foram atrás (saíram efetivamente Artur, Rodríguez, Paulão, Miguel Garcia e Sílvio), mas houve uma captação de bons reforços, como o lateral Rodrigo Galo e o zagueiro Nuno André Coelho. A grande contratação, porém, foi mesmo a do veterano Nuno Gomes, para sanar a carência de goleadores no Minho. Com a reconquista portuguesa da terceira vaga à Liga dos Campeões e a irregularidade do Sporting, não é nada absurdo dizer que o grande concorrente leonino a esse posto é o Braga.

    Feirense

    Nome: Clube Desportivo Feirense
    Fundação: 19/mar/1918
    Site oficial:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Estádio: Marcolino de Castro (4.667 lugares)
    Técnico: Quim Machado
    Colocação em 2010/11: 2º (Liga de Honra)
    Competição europeia: nenhuma
    Destaque: Roberto (A)
    Fique de olho: Diogo Rosado (M)
    Quem chegou: Douglas (G, Freamunde); Ivan* (D, Olaria-BRA); William Alves (D, Rio Branco/PR-BRA); Pedro Queirós (D, Paços de Ferreira); Hugo Costa (D, Varzim); Miguel Pedro (A, Anorthosis Famagusta-CHP); Cris (M, Asteras Tripolis-GRE); Jonathan (A, Lusitânia Lourosa); Jeferson* (D, Grêmio Anápolis-BRA); Helder Castro* (M, Universitatea Cluj-ROM); Diogo Rosado* (M, Sporting); João Ricado (M, Espinho); Rabiola (A, Porto); Varela (D, Trofense); Edmar Figueira (A, Pune-IND)
    Quem saiu: Gonçalo Abreu (A, Marítimo), Bamba (M, Vitória de Guimarães); Joel Neves (D, Sporting da Covilhã); Diogo Fonseca (A, Desportivo Aves); Marco Sousa (G, Boavista); Henrique (D, Braga); Marco Cadete (D, Fátima); Elvis (D, Trofense); Vitor Hugo (D, Anadia)
    Objetivo na temporada: luta contra o rebaixamento
    Manter-se na primeira divisão após uma longa ausência será o difícil desafio do Feirense. O atacante Gonçalo e o meia Bamba foram embora, mas o atacante Roberto, artilheiro da equipe em 2010/11 com 9 gols, seguiu nos Azuis de Feira, que ainda trouxeram o elogiado meia Diogo Rosado por empréstimo, além do atacante Rabiola, ex-Porto. Além dos gols de Roberto - que nem foram muitos -, outra aposta - talvez a mais confiável delas - está em Paulo Lopes, eleito melhor goleiro da última Liga de Honra. Sem tanta força ofensiva, Quim Machado, que chegou à equipe na última temporada e promoveu-a à elite, deverá valorizar o aspecto defensivo, principal característica do time na última época, para sobreviver.

    Gil Vicente

    Nome: Gil Vicente Futebol Clube
    Fundação: 03/05/1924
    Site oficial:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Estádio: Cidade de Barcelos (12.374 lugares)
    Técnico: Paulo Alves
    Colocação em 2010/11: 1º (Liga de Honra)
    Competição europeia: nenhuma
    Destaque: Luís Carlos (A)
    Fique de olho: Yero (A)
    Quem chegou: Leandrinho Costa (A, Volta Redonda-BRA); Richard* (M, Santo André-BRA); Paulão* (D, Grêmio Anápolis-BRA); Adriano Facchini (G, União da Madeira); Éder Sciola (D, Ituano-BRA); Mauro* (M, Grêmio Anápolis-BRA); Júnior Caiçara* (D, Santo André-BRA); Ruca (M, Oliv. Frades); Pedro Moreira* (M, Porto); Laionel* (A, Grêmio Anápolis-BRA); Yero (A, Porto)
    Quem saiu: Zé Luís (A, Braga); Rodrigo Galo (D, Braga); Nuno Santos (G, Sporting da Covilhã); Filipe Fernandes (M, Sporting da Covilhã); Simão Coutinho (D, Chaves); Venú* (M, Santa Maria); Duarte (A, Varzim)
    Objetivo na temporada: luta contra o rebaixamento
    Da dupla recém-promovida, o Gil Vicente parece ser o mais propenso a lutar pela permanência. O time não tem dois de seus grandes nomes na campanha da última temporada (Zé Luiz e Rodrigo Galo), mas garantiu a permanência dos goleadores Luís Carlos (contratado em definitivo, aliás) e Hugo Vieira, além do experiente arqueiro Jorge Baptista, um dos líderes do grupo. Sem recursos, a aposta dos gilistas foi em uma série de jogadores emprestados via Grêmio Anápolis e Santo André, com atenção ao atacante Laionel, que jogou (e bem) a época passada pela Acadêmica e o ex-portista Yero. O time comandado mais uma vez por Paulo Alves é bem razoável e dos candidatos à queda, mostra estar entre os mais competentes.

    Marítimo

    Nome: Clube Sport Marítimo
    Fundação: 20/09/1910
    Site oficial:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Estádio: dos Barreiros (8.922 lugares)
    Técnico: Pedro Martins
    Colocação em 2010/11:
    Competição europeia: nenhuma
    Destaque: Babá Diawara (A)
    Fique de olho: Ricardo Alves (D)
    Quem chegou: Gonçalo Abreu (A, Feirense); André Villas Boas (M, Portimonense); Igor (D, Internacional); Aníbal Domeneguini (M, Unión Española-CHI); Olberdam (M, Rapid Bucaresti-ROM); João Luiz (M, Beira Mar); Christian Pouga (A, Vaslui-ROM); Salin (G, Naval); Ekele Udojoh (A, BEC Tero Sasana-NIG); Taiwo Olayiwola (M, Shooting Stars-NIG); Uche Oguchi (D, Dolphins-NIG); Ibrahim Obayomi (A, Dolphins-NIG)
    Quem saiu: Djalma (A, Porto); João Pedro (M, Camacha); Marquinhos (A, Ribeira Brava); Rafael* (D, Desportivo Aves); Marafona* (G, Desportivo Aves); Bruno (M, União da Madeira); Marcelo Boeck (G, Sporting); Ricardo Machado (D, Brasov-ROM); Canelas (M, Académico de Viseu); Igor Pita (D, Belenenses); Arsénio (M, Riberão); Edinho (A, Málaga-ESP); Helmut (A, Fátima); Kleber (A, Porto)
    Objetivo na temporada: briga por Liga Europa
    O péssimo começo de temporada em 2010/11 quase foi compensado no segundo turno, quando uma foi esboçada uma reação que quase levou o Marítimo à Liga Europa. Sem preocupações continentais que possam vir a "abalar" a equipe (como na época passada) no início de época, os maritimistas vêm com força. Apesar da perda de Djalma e Kleber, a equipe se recompôs bem (Pouga, André Villas Boas, Salin e Olberdan são exemplos) e manteve alguns de seus nomes mais regulares, como Marquinho, Tchô e Danilo Dias, além - claro - do senegalês Babá Diawara, melhor jogador do clube há pelo menos duas temporadas. Bem reforçado e apostando em seu perfil ofensivo, o Marítimo é sério concorrente à Europa.

    Nacional

    Nome: Clube Desportivo Nacional
    Fundação: 08/dez/1910
    Site oficial:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Estádio: da Madeira (5.132 lugares)
    Técnico: Ivo Vieira
    Colocação em 2010/11:
    Competição europeia: Liga Europa
    Destaque: Felipe Lopes (D)
    Fique de olho: Amar Zildzovic (M)
    Quem chegou: Juliano (M, Najran-ARA); Amar (M, Camacha); Marcelo Valverde (G, Angra dos Reis-BRA); Candeias (A, Portimonense); Elizeu (M, Palmeiras-BRA); Douglas Pará (A, Angra dos Reis); André Recife (A, Serrano/BA-BRA); Neto (D, Varzim); Mário Rondón (A, Paços de Ferreira); Luciano Amaral* (D, Villa Rio-BRA)
    Quem saiu: Bruno Amaro (M, Vitória de Setúbal); Rafael Bracalli (G, Porto); Thiago Gentil* (M, União de Leiria); Marco Airosa (D, AEL Limassol-CHP); Michael Weir* (Camacha); Ricardo Fernandes* (M, Camacha); Paulo César (M, Camacha); Douglas Pará* (A, Camacha)
    Objetivo na temporada: briga por Liga Europa
    A rivalidade entre Nacional e Marítimo é grande, embora nem sempre tão divulgada. Na última temporada, os primeiros relutaram em ceder o estádio aos rivais para jogos da fase preliminar da Liga Europa. O choque entre as diretorias também não é raro. E na época que se iniciará, é bem provável que a dupla protagonize uma grande disputa por uma vaga à Liga Europa. O alvinegro conta com um elenco consistente para os padrões do Campeonato Português. Perdeu seu principal jogador (Bracalli), mas assegurou a permanência dos destalques de seu setores mais confiáveis: o meio-campo e, principalmente, a defesa. Lá atrás, Felipe Lopes e Danielson fizeram grande temporada em 2010/11, tal qual a dupla Skolnik e Mihelic pelo meio. No ataque, Edgar Costa é a referência, mas peca pela irregularidade.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Guia do Português (II)

    Por
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    07/08/2011 - 16h52 Nesta semana, dando continuidade ao guia do Campeonato Português, é a vez de falar de oito equipes que a partir do dia 14 iniciam a temporada 2011/12 lusa. Desta vez, abordar-se-á como vem o campeão Porto - agora sem André Villas Boas -, de que forma o Sporting tentará dar fim à crise de resultados dos últimos anos, e apresenta as perspectivas para os Vitórias (Guimarães e Setúbal), Olhanense, Paços de Ferreira e União de Leiria.
    O grupo da seleção portuguesa nas eliminatórias para a Copa de 2014 e o desempenho tuga no Mundial Sub-20 serão destrinchados na próxima coluna.
    Legenda
    Definitiva(Posição, time)
    Empréstimo* (Posição, time)
    Retorno de empréstimo# (Posição, time)

    Olhanense

    Nome: Sporting Clube Olhanense
    Fundação: 27/abr/1912
    Site oficial:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Estádio: José Arcanjo (10 mil lugares)
    Técnico: Daúto Fáquira
    Colocação em 2010/11: 11º
    Competição europeia: nenhuma
    Destaque: Wilson Eduardo (A)
    Fique de olho: Salvador Agra (A)
    Quem chegou: Vítor Vinha (D, Desportivo Aves); Fabiano (G, São Paulo); Zequinha (A, Fátima); Fernando Alexandre (M, Braga); Sandro (D, Santa Clara); Ivanildo (A, Portimonense); Mexer* (D, Sporting); Cauê (M, Leixões); Luís Figueroa (M, Unión Española-CHI); Rúben Fernandes (D, Portimonense); Víctor Meza (A, Unión San Felipe-CHI); Salvador Agra (A, Varzim); Leandro Turossi (G, Internacional Almancil); André Pinto* (D, Porto); Mateus Borges (M, Vila Nova/GO-BRA); Luís Filipe (D, Benfica); Ventura* (G, Porto); Wilson Eduardo* (A, Sporting)
    Quem saiu: Paulo Sérgio (A, Vitória de Guimarães); Carlos Fernandes (D, Naval); Kelvin Maynard (Kecskeméti-HUN); Jorge Gonçalves (M, Vitória de Setúbal); Pavel Vieira (M, Moura); Delson (M, Naval); Joshua Silva (M, Freiburg-ALE); Paulo Renato (D, Trofense); William Tiero (M, Al-Qadisiya-ARA)
    Objetivo na temporada: meio da tabela
    O Olhanense, na temporada passada, criou uma perspectiva melhor do que a luta contra a queda para a segunda divisão - ainda que o foco fosse a permanência. Em dados momentos do primeiro turno, os rubro-negros até colocaram na disputa por vaga na Liga Europa. Mas a realidade veio à tona quando faltou elenco para dar prosseguimento aos objetivos. Desta vez, já se perderam alguns destaques, como Paulo Sérgio, Carlos Fernandes e Jorge Gonçalves. No entanto, os empréstimos de Ventura e (principalmente) Wilson Eduardo, além das contratações de Luís Filipe e Ivanildo (de bom 2010/11 pelo Portimonense) e da manutenção do meia Ismaily e de Daúto Fáquina no comando do time, mantêm as esperanças de uma época mais tranquila. O foco dominante ainda é fugir do descenso. E há grupo para isso.

    Paços de Ferreira

    Nome: Futebol Clube Paços de Ferreira
    Fundação: 05/abr/1950
    Site oficial:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Estádio: da Mata Real (5.255 lugares)
    Técnico: Rui Vitória
    Colocação em 2010/11:
    Competição europeia: nenhuma
    Destaque: Manuel José (M)
    Fique de olho: Melgarejo (A)
    Quem chegou: Silva (A, Padroense), Luisinho (M, Desportivo Aves), Eridson (D, Tourizense), Sassá (A, Ipitanga-BRA), Reinaldo Lobo (D, Itaúna-BRA), Vítor (M, Penafiel), Luiz Carlos (M, Freamunde), Josué (M, Porto), Diogo Figueiras (D, Pinhalnovense), Marcelo Tchê (D, Santa Helena-BRA), Bacar Baldé (M, Porto), Cícero (A, Rio Ave), Carlitos (A, Oliveirense), Michel Lugo (A, Esportivo-BRA), Pedro Guedes (G, Benfica), Melgarejo* (A, Benfica), Khalil Chemman (A, Espérance Tunis-TUR), Michel (A, Penafiel), Jason Davidson (D, Sporting da Covilhã),
    Quem saiu: Leonel Olímpio (M, Vitória de Guimarães), David Simão# (M, Benfica), Nelson Oliveira# (A, Benfica), Baiano (D, Braga), Pedro Queirós (D, Feirense), Coelho* (G, Belenenses), Pizzi# (A, Braga), Jorginho (D, Arouca), Alvarinho* (A, Fátima), Mário Rondón (A, Nacional), Pádraig Amond (A, Sheffield Wednesday-ING), Fábio Pacheco* (M, Tondela), Bruno Di Paula* (M, Estoril), Carlão (M, Mirandela), Celso (D, Aliados Lordelo), Maykon (D, União de Leiria)
    Objetivo na temporada: briga por Liga Europa
    Nas temporadas passadas, o bom time do Paços de Ferreira bateu na trave na luta pelas vagas europeias. Desta vez, avançar às competições internacionais promete ser um desafio maior, mas a julgar pelo passado recente, esta não deixa de ser uma possibilidade real - ainda que bastante passível de complicações visto o histórico recente dos Castores em começarem mal o campeonato e lamentarem esses pontos no final. Um dificultador é, certamente, a perda de jogadores importantes como Maykon, Leonel Olímpio e Mário Rondón, bem como os retornos de Pizzi e Nelson Oliveira a Braga e Benfica. Manuel José, Filipe Anunciação e Caetano - que está no Mundial Sub-20 - são os destaques que permaneceram e que buscarão manter o sonho pacense de ascender ao Velho Continente vivo.

    Porto

    Nome: Futebol Clube do Porto
    Fundação: 28/set/1893
    Site oficial:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Estádio: do Dragão (50.080 lugares)
    Técnico: Vitor Pereira
    Colocação em 2010/11: 1º (campeão)
    Competição europeia: Liga dos Campeões e Supercopa Europe
    Destaque: Hulk (A)
    Fique de olho: Juan Iturbe (A)
    Quem chegou: Juan Iturbe (A, San Lorenzo-PAR), Kelvin (A, Paraná-BRA), Djalma (A, Marítimo), David Addy# (D, Acadêmica), Rafael Bracalli (G, Nacional), Castro# (M, Gijón-ESP), Kléber (A, Marítimo), Alex Sandro (D, Santos-BRA)
    Quem saiu: André Villas Boas (T), Josué (M, Paços de Ferreira), Engin (A, Kayserispor-TUR), Tengarrinha (M, Vitória de Setúbal), Ukra* (A, Braga), Jorge Chula (A, União de Leiria), Bacar Baldé (M, Paços de Ferreira), Hugo Sousa (D, Brasov-ROM), Pedro Moreira* (M, Gil Vicente), Abdoulaye* (A, Acadêmica), Yero (A, Gil Vicente), Pipo (A, Santa Clara), Tiago Maia* (G, Santa Clara), Rabiola (A, Feirense), Edu* (M, Trofense), Ivo Pinto (D, União de Leiria), Dias (M, Beira-Mar), Tomás Costa (M, Cólon-ARG), André Pinto* (D, Olhanense), Mariano González (M, Estudiantes-ARG), Ventura* (G, Olhanense), Soares* (M, Recreativo-ESP)
    Objetivo na temporada: título
    Do time-base multicampeão na última temporada, o Porto perdeu "somente" André Villas-Boas - perda de peso, é verdade, mas a julgar pela pré-temporada, o substituto e antigo auxiliar de AVB, Vítor Pereira, já sabe o que fazer. Além da manutenção dos principais nomes do elenco, como Hulk, Falcão Garcia e Fredy Guarín, os Dragões trouxeram reforços com margem de progressão, como Iturbe e Alex Sandro, além de Kleber, que chega para enfim ser a opção de área que faltava a Falcão. Apesar da derrota para o Lyon no último amistoso, o Porto, mesmo com desfalques, teve total domínio sobre o rival. Mantido o nível de jogo da última época, os Dragões não só são os principais favoritos à Liga, como podem muito bem sonhar em passos mais largos na Europa.

    Rio Ave

    Nome: Rio Ave Futebol Clube
    Fundação: 10/mai/1939
    Site oficial:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Estádio: Vila do Conde (12.815 lugares)
    Técnico: Carlos Brito
    Colocação em 2010/11:
    Competição europeia: nenhuma
    Destaque: João Tomás (A)
    Fique de olho: Gilmar (A)
    Quem chegou: Eder (D, Grêmio Anápolis-BRA), Huanderson (G, Goianésia-BRA), Tiago Costa (M, Estoril), Dinei (A, CRAC-BRA), Rafael (M, Chaves), Pateiro (M, União de Leiria), Feliz (A, Ribeirão), Jorginho (A, Gaziantepspor-TUR), Gilmar (A, Ribeirão), Marcelo (D, Ribeirão), Yazalde* (A, Braga)
    Quem saiu: Sidnei (A, Enosis-CHP), Ricardo Fernandes (D, Moreirense), Cícero (A, Paços de Ferreira), João Vítor (M, Ribeirão), Ricardo Martins* (M, Desportivo Aves), Diaby* (A, Gondomar), Goba* (A, Gondomar), Ricardo Chaves (M, Desportivo Chaves), João Ferreira (G, Varzim), Tiago Silva* (M, Ribeirão), Renato Santos* (A, Moreirense), Júlio Alves (M, Atlético de Madrid-ESP), Emaneul Novo (G, Oliveirense), Bruno Gama (A, Deportivo-ESP), Pedro Trigueira* (G, Trofense)
    Objetivo na temporada: luta contra o rebaixamento
    O Rio Ave viveu o céu e o inferno na última temporada. Chegou a ser dado como rebaixado, ressurgiu das cinzas e até sonho com uma vaga na Liga Europa. A recuperação na segunda parte do campeonato, então, deveria dar uma perspectiva melhor aos vilacondeses, correto? Não é bem assim. Muito da evolução da equipe passa pelas mãos do técnico Carlos Brito e do atacante João Tomás - que permaneceram - mas as saídas de Júlio Alves e Bruno Gama, dois dos principais destaques do meio-campo, certamente irão pesar. As apostas estão novamente depositadas quase que totalmente em Tomás, com o "resto" das fichas divididas com Braga, Jorginho, Pateiro e Yazalde. Ciente de que o efeito da reação de 2010/11 já passou, o Rio Ave preocupar-se-á, essencialmente, em evitar que o sufoco do primeiro semestre se repita. Daí para frente, é lucro.

    Sporting

    Nome: Sporting Clube de Portugal
    Fundação: 01/07/1906
    Site oficial:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Estádio: José de Alvalade (50.080 lugares)
    Técnico: Domingos Paciência
    Colocação em 2010/11:
    Competição europeia: Liga Europa
    Destaque: Helder Postiga (A)
    Fique de olho: André Carrillo (A)
    Quem chegou: Domingos Paciência (T), Ricky van Wolfswinkel (A, Utrecht-HOL), Alberto Rodriguez (D, Braga), Stjin Schaars (M, AZ Alkmaar-HOL), André Martins# (M, Pinhalnovense), Santiago Arias (D, Equidad-COL), Oguchi Onyewu (D, Milan-ITA), Marcelo Boeck (G, Marítimo), André Carillo (A, Alianza Lima-PER), Fabián Riunaldo (M, Gimnasia La Plata-ARG), Diego Rubio (A, Colo Colo-CHI), Luís Aguiar (M, Dynamo Moscou-RUS), Valery Bojinov (A, Parma-ITA), Bruno Pereirinha# (M, Kavala-GRE), Diego Capel (A, Sevilla-ESP), Atila Turan (D, Grenoble-FRA), Jeffren (A, Barcelona-ESP)
    Quem saiu: Vladimir Stojkovic (G, Partizan-SER), Nuno André Coelho (D, Braga), Diogo Salomão* (M, Deportivo-ESP), Mexer* (D, Olhanense), Wilson Eduardo* (A, Olhanense), Renato Neto* (A, Cercle Brugge-BEL), Nuno Reis* (D, Cercle Brugge-BEL), Cédric Soares* (D, Acadêmica), Amido Baldé* (A, Cercle Brugge-BEL), Sinama Pongolle* (A, Saint-Étienne-FRA), André Marques* (D, Beira-Mar), Afonso Taira (M, Córdoba-ESP), Cristiano (M, Beira-Mar), Jaime Valdés* (M, Parma-ITA), Pedro Mendes (M, Vitória de Guimarães), Diogo Rosado* (A, Feirense), João Freitas (D, Moura), Marco Torsiglieri* (D, Metalist Kharkiv-UCR), Juary Soares* (D, Sertanense), Luís Ribeiro* (G, Sertanense), Victor Golas* (G, Penafiel), Carlos Saleiro (A, Servette-SUI), William Carvalho* (M, Fátima), Matheus Coelho (A, Al-Qadisiya-ARA), Milan Purovic (A, OFK Belgrado-SER), Paulo Graça (G, Olímpico do Montijo), Zezinho* (M, Estoril), Mário Freitas* (D, Fundão), William Owusu* (A, Westerlo-BEL)
    Objetivo na temporada: briga por Liga dos Campeões
    A reconquista portuguesa da terceira vaga na Liga dos Campeões agitou o Sporting para a nova temporada como não visto nas épocas recentes. Os Leões foram às compras e trouxeram um caminhão de reforços, confiando na capacidade de formação de grupo de Domingos Paciência para, ao menos, abocanhar o retorno à LC. O novo elenco, de fato, conta com algumas boas opções. Mas a pré-temporada, todavia, mostrou que será necessária muita paciência - com o perdão do trocadilho - ao torcedor. Vieram novidades como os mais conhecidos Jeffren e Capel ou os "anônimos" Schaars, Rinaudo e Diego Rubio. Contudo, Domingos terá o desafio de, justamente pela quantidade de atletas, encontrar o mais rápido possível o onze ideal, sem que o processo comprometa uma temporada que, mais uma vez, promete ser dura.

    União de Leiria

    Nome: União Desportiva de Leiria
    Fundação: 15/nov/1966
    Site oficial:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Estádio: Dr. Magalhães Pessoa (30.000 lugares)
    Técnico: Pedro Caixinha
    Colocação em 2010/11: 10º
    Competição europeia: nenhuma
    Destaque: Rúben Brígido (M)
    Fique de olho: Elvis (M)
    Quem chegou: Jorge Chula (A, Porto), Luís Leal* (A, Estoril), Diego Gaúcho (D, Brasov-ROM), Pedro Almeida (D, Benfica), Manuel Curto (M, Naval), Basso (D, Slavia Praga-RTC), Tiago Terroso (M, Varzim), Yvan Erichot* (D, Monaco-FRA), Abubakar (A, Qormi-MAL), Hugo Alcântara (D, Atlético/PR-BRA), Bruno Moraes (A, Naval), Djaniany (A, Velense), Ivo Pinto* (D, Porto), Jô (A, Juventus/AC-BRA), Elvis (M, Benfica), Edson Henrique (D, Figueirense-BRA), Shaffer* (D, Benfica), André Almeida* (D, Benfica), Maykon (D, Paços de Ferreira), Francisco Júnior*(M, Benfica)
    Quem saiu: Bruno Miguel (D, Astra Ploiesti-ROM), Rodrigo Silva* (A, Estoril), Fabrício* (A, Estoril), Zongo (A, Valletta-MAL), Pateiro (M, Rio Ave), Zahovaico (A, Debrecen-HUN), Mika (G, Benfica), Ricardo Cardoso* (D, Tourizense), Vinícius (D, Braga), João Faustino (D, Ginásio de Alcobaça), Wilson Cabral (A, Paiatense), Mamadou Tall (D, Persepolis-IRA), Márcio (D, São João Ver), Luís Pedro (M, Oliveira de Hospital)
    Objetivo na temporada: meio da tabela
    Nos últimos dois anos, o União de Leiria veio cotado para o rebaixamento, mas fez campanhas seguras e brigou por vagas europeias. Perdeu força no fim, mas encerrou o campeonato de forma tranquila. Para este ano, a perspectiva é, desde já, de ao menos repetir as últimas ligas. Saíram nomes importantes, como o promissor goleiro Mika, o defensor Tall e o experiente Pateiro. Mas além da manutenção dos jovens Ruben Brígido e Diogo Amado, os Lis se movimentaram bem no mercado, trazendo Maykon, Bruno Morais, Shaffer e André Almeida - esses dois últimos cedidos pelo Benfica. Os problemas de bastidores com a Leirisport, empresa que administra o estádio Magalhães Pessoa e que quase comprometeram o começo da temporada passada, ainda não foram sanados, mas ao menos não prejudicaram a preparação para 2011/12.

    Vitória de Guimarães

    Nome: Vitória Sport Clube
    Fundação: 22/set/1922
    Site oficial:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Estádio: D. Afonso Henriques (30.165 lugares)
    Técnico: Manuel Machado
    Colocação em 2010/11: 5º
    Competição europeia: Liga Europa
    Destaque: Nilson (G)
    Fique de olho: Jean Barrientos (M)
    Quem chegou: Leonel Olímpio (M, Paços de Ferreira), Rodrigo Defendi (D, Paraná-BRA), Paulo Sérgio (A, Olhanense), El Adoua (D, Al-Qadisia-ARA), Maranhão (A, Grêmio Anápolis), Dinis (M, Deportivo-ESP), Bamba (M, Feirense), Jean Barrientos (M, Racing-ARG), Fábio Fortes (A, Real), Serginho (G, Sporting da Covilhã), Pedro Mendes (M, Sporting), Maurício Saucedo (A, Oriente Petrolero-BOL), William (A, Vitória de Setúbal), El Arbi Soudani (A, ASO Chief-AGL)
    Quem saiu: Renan Garcia (Cluj-ROM), Lionn (D, Cluj-ROM), Marco Matias (A, Freamunde), Assis (G, Freamunde), Cléber (M, Cartagena-ESP), Paulo Oliveira (D, Penafiel), João Amorim (D, Freamunde), Kaká (D, Limianos), Tómané (A, Limianos), Tiago Rodrigues (M, Amarante), Bruno Alves (M, Amarante), Tozé (G, Serzedelo), Cláudio Ramos (G, Tondela), Josué Sá (D, Chaves), Cilmar (A, Lousada), Diogo Lamelas (M, Amarante), Dany (M, Lousada), Filipe (M, Lousada), Rui Silva (M, Varzim), Marcelo (A, Atlético), Vítor Bastos (D, Atlético), Paulo Roberto (A, Varzim), Bamba* (M, Beira-Mar), Rafa (A, Portimonense), João Ribeiro (M, Orduspor-TUR), Rafael (M, Lousada), Douglas (A, Braga)
    Objetivo na temporada: briga por Liga Europa
    O Vitória de Guimarães tem uma equipe coesa e compacta, com bons nomes nos três setores e encabeçada pelo capitão Nilson, que dificilmente estará fora das primeiras colocações. Mas falta aos vimarinenses um jogador com um diferencial, já que o jogador com esse perfil (João Ribeiro) foi ao futebol turco. Caberá então a reforços como o jovem uruguaio Barrientos - um dos destaques da pré-temporada - comandarem os trabalhos pelo meio. À frente, a concorrência dá perspectivas melhores que em 2010/11. Na Liga Europa, o futuro passa por dois difíceis jogos contra o Atlético de Madrid. Se avançar, será difícil aos vimarinenses não sonharem em seguir os passos do rival Braga na competição - o que, elenco por elenco, será bem mais complicado.

    Vitória de Setúbal

    Nome: Vitória Futebol Clube
    Fundação: 20/nov/1910
    Site oficial:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Estádio: do Bonfim (25.000 lugares)
    Técnico: Bruno Ribeiro
    Colocação em 2010/11: 12º
    Competição europeia: nenhuma
    Destaque: Cláudio Pitbull (A)
    Fique de olho: Alex Zahavi (A)
    Quem chegou: Miguel Fidalgo (A, Acadêmica), Bruno Amaro (M, Nacional), Tengarrinha (M, Porto), Igor (D, Trofense), Gonçalo Graça (A, Varzim), Alex Zahavi (A, Maccabi Haifa-ISR), Thiago Veras (D, Bahia-BRA), Rafael Lopes (A, Varzim), Jorge Gonçalves (M, Olhanense), Bruno Severino (A, Sporting da Covilhã), Miguel Lampreia (D, Alfarim)
    Quem saiu: Valdomiro (D, Samsunspor-TUR), Regula (M, Catania-ITA), William (A, Vitória de Guimarães), Moisés* (A, Casa Pia), Zeca (M, Panathinaikos-GRE), Tiago Zurga (G, Sesimbra), Ricardo Dâmaso* (M, Casa Pia), Bruno Lourenço (D, Real), Ruben Nunes (D, Pescadores), Sassá* (A, Oliveirense)
    Objetivo na temporada: luta contra o rebaixamento
    Em comparação com a última temporada, a perspectiva do Vitória de Setúbal é melhor. É verdade que os dois nomes mais regulares da equipe (Zeca e Valdomiro) foram embora. No entanto, os sadinos reforçaram-se bem, com Miguel Fidalgo, Rafael Lopes e Jorge Gonçalves. A vinda de Fidalgo e Rafael (que está no Mundial Sub-20) promete sanar o problema ofensivo visto em Setúbal em 2010/11 e desafogar Cláudio Pitbull. Atrás, a confiança está na segurança de Diego Silva (ex-Fluminense e Atlético/PR), um dos melhores goleiros em atividade no futebol português. Apesar da melhora, a prioridade setubalense ainda é evitar que o drama da luta contra o rebaixamento seja menor que na época anterior. Equipe para isso, pelo menos, existe. E melhor do que a dos últimos dois anos.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Nunca tive uma preferência específica pelos clubes portugueses, mas é um campeonato que cresceu bastante, principalmente a partir do ano 2000. É muito bom ver outras ligas tomando corpo pela Europa. Embora o campeonato ainda seja muito fraco em comparação com o inglês e italiano por exemplo é interessante de se ver.

    Outro dia tinha visto alguns jogos e a torcida tem lotado muito os estádios, principalmente dos times grandes.

    Minha torcida fica para o Porto este ano, mas gostaria de ver o Benfica e Vitória de Setúbal em competições internacionais.
     
  3. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    O domínio do Porto nos últimos 15/20 anos é assombroso. Pra que não ficasse um campeonato previsivel demais o ideal seria que os outros dois grandes do país que é o Benfinca e o Sporting de Lisboa fizessem frente e disputassem de igual pra igual.
     
  4. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    E acho q o Porto leva de novo, não tão fácil mas leva, mesmo tendo perdido o Falcão Garcia e o técnico.
     
  5. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Meu Palpite é que dá Porto, e sem maiores problemas.
     
  6. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Também não tenho preferencias nem sequer assisto muito.
    Me interessa mais ver o que o Porto fará na zoropa depois do aproveitamento absurdo no portuguesão passado.
     
  7. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    O Porto é muito tradicional e respeitado na Europa, tem duas Ligas dos Campeões.
     

Compartilhar