• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Campeonato Mineiro 2010

Vocês realmente estão discutindo isso?!

Tipo, porque algo que já é um aborto com o Grêmio Prudentino (ex-Barueri) daria certo com um gigante tradicional?
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
Vocês realmente estão discutindo isso?!

Tipo, porque algo que já é um aborto com o Grêmio Prudentino (ex-Barueri) daria certo com um gigante tradicional?

Cara isso no passado foi até tema de discussão num programa da ESPN.

Se o ex-Barueri que é um belo exemplo que se tivesse optado em ser o Cruzeiro-SP ele poderia em muito reforçar a projeção da marca Cruzeiro em SP.

E me lembro muito bem em 95 o Kleber leite queria muito ter montado em SP uma filial do Flamengo pra disputar o paulistão pelo fato daqui eles terem a 5a torcida do estado. Existe o Flamengo de Guarulhos, mas não tem laço de parceria com o principal.
 
Última edição:

ExtraTerrestre

Usuário
Mas não acho que a melhor exposição e melhor "mercado" de Grêmio e Inter sejam puramente por mérito. O fato é também que Porto Alegre, por motivos geográficos, tem um raio de influência muito melhor que Belo Horizonte. A rede urbana centralizada pela capital gaúcha vai até o Sul do Paraná, já que a cidade já fica distante de São Paulo e Rio. Aqui em Minas não é o caso. Há no Estado a invasão das redes urbanas comandadas por São Paulo, Rio e Brasília, muito embora o raio de influência de BH também abarque partes da Bahia e do Espírito Santo. O Estado também é altamente descentralizado, sendo que pouco mais que 25% da sua população mora na Região Metropolitana, uma das menores taxas do Brasil. Os demais 75% se espalham pelo interior, o que torna mais provável que elas caiam dentro da zona econômica das outras metrópoles nacionais.

Enfim, o domínio de PoA no sul ajuda a espalhar as marcas do Grêmio e do Inter no sul, dando força para que os mesmos depois tentem fazer com que suas exposições saltem a nível nacional.

Mas pensando bem, só o Grêmio tem uma torcida no Brasil inteiro, mesmo que discreta, que não tenha nenhuma ligação do Sul, sendo o único time fora do Rio-SP do qual se possa dizer que exista uma torcida nacional. O Inter, pelo menos por enquanto, não conseguiu isso.

É claro, é inegável que hoje os times de RS tenham uma política de marketing mil vezes melhor que os de MG, mas isso é coisa da última década e os frutos serão mais observáveis no futuro que no presente.
 
Cara isso no passado foi até tema de discussão num programa da ESPN.

Se o ex-Barueri que é um belo exemplo que se tivesse optado em ser o Cruzeiro-SP ele poderia em muito reforçar a projeção da marca Cruzeiro em SP.

Mas é que isso a longo prazo não vai rolar. No fundo porque não tem como, não existe uma base de torcedores por trás. Ninguém torce pro Barueri na verdade. Ele é (era) o segundo time de todo mundo na cidade, mas o primeiro time de todos é o São Paulo, o Corinthians, o Palmeiras, etc.

O Cruzeiro vindo pra cá não ganharia torcida, não aumentaria sua marca e ainda perigaria se queimar lá em BH.
 

ExtraTerrestre

Usuário
Mas é que isso a longo prazo não vai rolar. No fundo porque não tem como, não existe uma base de torcedores por trás. Ninguém torce pro Barueri na verdade. Ele é (era) o segundo time de todo mundo na cidade, mas o primeiro time de todos é o São Paulo, o Corinthians, o Palmeiras, etc.

O Cruzeiro vindo pra cá não ganharia torcida, não aumentaria sua marca e ainda perigaria se queimar lá em BH.

Sintetizando a partir das ideias do povo daqui, acho que o mais interessante agora para Atlético e Cruzeiro seriam montar times B, ou equipes de outro esporte no interior. Reforçar a presença no Sul, no Norte, no Leste e, dependendo da conjuntura, até no Triângulo, que é a área do Estado mais alheia à capital. Já pensou se o Galo tivesse seu time B em Varginha, uma equipe de Vôlei em Ipatinga e uma de basquete no Triângulo?

Só tem um problema. Um time B pelo Campeonato Mineiro não poderia disputar mais que o Módulo II. Mas a rotatividade entre os Módulos I e II é tão grande que nem sei se há tanta diferença técnica assim entre as equipes do interior.

O Cruzeiro, por sinal, já tem um time de vôlei usando a sua marca em Itabirito, até onde sei sem investimento direto do primeiro no segundo.
 

Tapio

Usuário
O Cruzeiro, por sinal, já tem um time de vôlei usando a sua marca em Itabirito, até onde sei sem investimento direto do primeiro no segundo.

Itabira, Itabira. No geral, concordo contigo. A gente já discutiu isso, até.

Eu devia salvar os logs e postar aqui um dia. :think:
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
Mas pensando bem, só o Grêmio tem uma torcida no Brasil inteiro, mesmo que discreta, que não tenha nenhuma ligação do Sul, sendo o único time fora do Rio-SP do qual se possa dizer que exista uma torcida nacional. O Inter, pelo menos por enquanto, não conseguiu isso.

Quando eu estive no interior Mato Grosso lá notei que o Grêmio de fato conseguiu uma projeção muito boa, em parte conquistada pelo grande numero de gaúchos que migraram em massa pra lá, mas também difundindo com seus descendentes, a ponto deles terem criado o Grêmio Jaciara que tem camisa e escudo praticamente idênticos



MAqui em Minas não é o caso. Há no Estado a invasão das redes urbanas comandadas por São Paulo, Rio e Brasília, muito embora o raio de influência de BH também abarque partes da Bahia e do Espírito Santo. O Estado também é altamente descentralizado, sendo que pouco mais que 25% da sua população mora na Região Metropolitana, uma das menores taxas do Brasil. Os demais 75% se espalham pelo interior, o que torna mais provável que elas caiam dentro da zona econômica das outras metrópoles nacionais.

Também deve-se somar o fato que muitos mineiros optam por emigrar pro exterior, ou seja Minas Gerais de modo geral não consegue ser um pólo de grande atração e isso de certa forma contribui pra ser um estado tão descentralizado.

O Cruzeiro vindo pra cá não ganharia torcida, não aumentaria sua marca e ainda perigaria se queimar lá em BH.

Depende. Se você implanta o time num bom reduto de mineiros, de partida ele consegue ter uma torcida a seu favor que com o tempo pode expandir. Em Campinas por exemplo quando tem jogo de Galo ou Cruzeiro contra Guarani ou Ponte no brasileirão estes dois times mineiros conseguem levar um razoável numero de torcedores.
 
Última edição:

ExtraTerrestre

Usuário
Também deve-se somar o fato que muitos mineiros optam por emigrar pro exterior, ou seja Minas Gerais de modo geral não consegue ser um pólo de grande atração e isso de certa forma contribui pra ser um estado tão descentralizado.

Mas a quantidade de mineiros no exterior não deve exceder em muito 1% da população do Estado, então não é um fator tão forte assim. Mas é, a descentralização relativa de MG atrapalha a projeção dos times mineiros. E a descentralização absoluta catarinense atrapalha completamente os times de SC.
 

Melian

Período composto por insubordinação.
Não vou entrar no mérito deste assunto super interessante que vem se desenrolando nas últimas duas páginas. Falemos sobre o quê interessa. Quero dizer, eu vou falar só sobre o time que me interessa, né?

Uau, o Galo ganhou de seis. Mas o time é ruim, não tem o menor sinal de esquema tático. Uau, Tardelli voltou a marcar. Mas o Ituiutaba nem zaga tem. Uau, nos classificamos em terceiro. Isso lá é coisa que se comemore? Vitória é vitória, e classificação é classificação. E o grupo estava precisando disso. Ainda não temos um time competitivo, é verdade, mas estamos caminhando para isso. Espero que tenhamos dois belíssimos clássicos, (porque Atlético x América = clássico da Era de Prata! :joy:), e, é claro, que o Galo triunfe.
 

Tapio

Usuário
No aguardo do Fábio Jr e do Joãozinho destruírem o que resta de moral no Aranha. Quer dizer, isso se eles superarem a idade né.

Alguém sabe se o Luciano joga?
 

ExtraTerrestre

Usuário
No aguardo do Fábio Jr e do Joãozinho destruírem o que resta de moral no Aranha. Quer dizer, isso se eles superarem a idade né.

Alguém sabe se o Luciano joga?

Goleiro tá tenso, muito tenso, desde meados de 2007. O que resta é ver se o Marcelo vai catar alguma coisa, que no Aranha e no Carini eu não tenho fé nenhuma. Quem tem mais chance de ser um bom goleiro é o Renan Ribeiro, IMO.
 

Melian

Período composto por insubordinação.
O negócio é que qualquer hora que ele for entrar ele vai ficar nervoso mesmo, então...
Exatamente. Por mais que se tente não queimar o jogador, tem uma hora que é necessário. De uma forma ou de outra, toda partida é decisiva.
 

Sentinela

.............
Voltando ao campeonato mineiro...

Apesar do Cruzeiro ter jogado mal o primeiro tempo e, mesmo tendo melhorado no segundo, não ter jogado tudo o que sabe, eu gostei do jogo hoje. Esse ano não tinha assistido um jogo tão emocionante do Cruzeiro, com um a menos, partindo pra cima com tudo pra conseguir o empate. Infinitamente melhor de se assistir do que o jogo da 1a fase em que o Uberaba foi goleado por 5x0, num jogo completamente morno. Isso me lembrou que, antes de qualquer coisa, futebol é entretenimento.
 

Tapio

Usuário
Só naquelas né. Fica a lembrança que o time não pode jogar 10 minutos num jogo e achar que resolve sempre.
 

ExtraTerrestre

Usuário
O jogo entre Atlético e América hoje foi bom, coisa que não teria sido não fosse a chuva torrencial no Mineirão. Mas pelamordedeus.

É o América que tem que se fechar contra o Galo, nunca o contrário. No segundo tempo não, o Coelho ia tocando no meio campo e a marcação alvinegra só recuando, esperando para recuperar a bola quando o América decidisse partir para a área. Se o Atletico tivesse marcado mais à frente e mordido (apesar que marcar mordido é perigoso em circunstâncias "hidroabundantes") tinha ganho o jogo.
 

Melian

Período composto por insubordinação.
Como já era de se esperar, no primeiro tempo, o América armou uma retranca daquelas. E triunfou nos contra-ataques. Claro, contando com o erro do Cáceres, no primeiro gol, e do Júnior, no segundo, que perdeu a bola de uma forma bem ... estranha.

Muito bem, o Galo empatou, virou, e, no segundo tempo, não se encontrou. O América começou a buscar, já que estava atrás no placar. O time do Atlético estava nervoso, Ricardinho errava um passe atrás do outro, o Carlos Alberto também não ajudou muito, parece que nem sabe o quê é passe. Então, aquela falta. Na entrada da área, com uma chuva que estava atrapalhando até a gente, que estava na arquibancada, a ver o jogo, imagine a visibilidade do goleiro? (Sim, não vou culpar o Aranha pelos gols de ontem. Porque, dessa vez, a culpa não foi dele. O quê não quer dizer que ele seja um goleiro minimamente aceitável. :lol:).

Apesar de tudo, foi um bom jogo. Teve tudo o quê se espera de um clássico. E, no fim das contas, o Atlético continua com a vantagem do empate (não que o Galo saiba administrar vantagem.)

P.S.: Ontem, o Luxa tentou consertar a burrada que ele fez, depois do jogo de quinta. Ele falou que a torcida estava vaiando o Galo, na quinta. Sério, ele tem problemas. A torcida estava vaiando a posse de bola da Chapecoense. Assim como vaiou a posse de bola do América, ontem, assim como sempre vaia a posse de bola do adversário.

P.P.S.: Molhei tanto, quando saí do Mineirão, ontem, que estou com um maldito resfriado. Está difícil conseguir trabalhar, hoje.
 

Melian

Período composto por insubordinação.
Adoro meus monólogos em fóruns. Eles são bem frequentes em tópicos do Campeonato Mineiro. Como só eu posto neste tópico, aí vai mais um.

Como não comentei as últimas partidas, vou tentar falar, de forma geral, sobre elas. Nas últimas partidas do Mineiro, o Atlético apresentou o mesmo problema: joga bem em um etapa (como no empate, em 2x2 com o Ameriquinha), e, na outra, parece que perde o foco. Isso aconteceu, nas duas últimas partidas, contra o Democrata, também. E, é claro, a falta de objetividade tem de ser trabalhada, visto que o Galo conseguiu perder gols 'impossíveis' de serem perdidos. Muriqui tem me irritado absurdamente.

E, vejam só como a vida é irônica, eu disse que o Galo não sabe jogar com o regulamento/vantagem, e não é que 'jogou'? Enfim, final é outro contexto, não tem essa de vantagem, não.
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.595,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo