1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Caldeirão de Histórias - Por Tolkien

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Smaug, 4 Mai 2004.

  1. Smaug

    Smaug Cacho

    Todos nós sabemos que John Ronald Reuel Tolkien escrevia histórias de literetura de ficção fantástica e poemas e tal, criando histórias fantásticas como O Hobbit, O Senhor dos Anéis e O Silma, esses 3 seus grandes sucessos.

    Por Tolkien ser detalhista e aprofundar-se bastante em suas histórias, criando raças, linguas, colocando fases da Lua, e tudo mais ele gerava histórias realmente envolventes.

    Para esse amontuado de tantos detalhes de página pós página que prende o leitor, ele criou o termo Caldeirão de Histórias, onde várias histórias formam uma só, como no caso do SdA que envolve paixão, sacrifícios, destruição, amizade, e tudo que conhecemos.

    e aí ?

    PS:
    (ai, que texto bonito) Não encontrei nada parecido no Forum pelo Pesquisar, então aberto para discussões e comentários. Caso já exista algo do tipo me indiquem o tópico e eu coloco essa mensagem lá. Mas acredito que não exista, pois eu pesquisei...

    :D
     
  2. Idril

    Idril Usuário

    Sim, podemos dizer que ele era bastante detalhista. Vou pegar SdA, exemplo mais que vivo em nossas mentes: são tantos detalhezinhos, pormenores que, para muitos, nada significam, para para tantos outros, possuem um sentido. As línguas são o que mais me impressionam, sem citar as raças, a geografia. É fascinante, envolvente. Para algumas pessoas, esses detalhes até as deixam confusas na leitura, compreenssão, etc. Mas é aí que está: sem eles, as histórias não seriam as mesmas.

    Senhor dos Anéis, e não somente essa obra (até mesmos as que não foram totalmente finalizadas, elaboradas, revisadas, etc.), possue essa característica, o "Caldeirão de Histórias". São histórias complexas como o mundo que ele idealizou e criou; o que ele conta em um livro não se prende em uma só temática, mas em várias e isso torna interessante e envolvente a história. Muitas vezes, a impressão que tenho é de que tudo o que Tolkien escreveu não foi criado por ele, não foi simplesmente inventado com inspirações diversas no mundo literário e mitológico; parece que tudo aconteceu de verdade,a milhares de anos atrás, é como ler um livro de história geral.
     
  3. Nob

    Nob Usuário

    Eu não acharia muito interessante um livro que não tivesse isso. E geralmente eles o têm.

    Eu acho interessante quando um livro tem o que alguns chamariam de side-stories. Uma história principal, e várias outras pequenas, sem grande importância, mas ligadas à primeira.

    O SdA tem isso, embora sutil, mas eu não chamaria de "várias histórias formando uma só". Existe o grande objetivo, e várias aventuras menores, embora de grande importância.
     
  4. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie

    Pela riqueza de detalhes e pela forma com que faz... acho isso impecavel e o que mais me agrada em Tolkien: a forma como escreve, o modo como transforma a luta Bem x Mal em algo fantastico...

    Exato, tenho a mesma impressao... e qtu as variadas historias, bom como ele criou tdo um universo, ele soube como traçar cada historia dentro deste e como resultar em varias obras q na verdade sao uma soh para mim... afinal tdas as historias acabam se cruzando de um jeito ou outro... Pena mesmo q ele nao acabou...
     
  5. Idril

    Idril Usuário

    Exato, a forma como uma se liga a outra é fascinante , acaba resultando em uma obra só! Esse também é outro motivo que faz com que as histórias parecerem que foram reais.
     
  6. pelego

    pelego Usuário

    o q eu gosto éh q há essa ligação. tu le um livro e termina a história e ponto. mas se tu quer te aprofuda, tu le outro livro, que não é continuação.. e sim um complemento.. isso q eh massa.. tri, mto tri, fasinante hehe. mas tb eh bom ler o mestre gil de ham.. ele é tão engraçado
     
  7. Smaug

    Smaug Cacho

    O grande Caldeirão de discussões ...

    :D

    exatamente, ele transforma uma simples luta do bem contra o mal em algo surpreendente. Não são aquelas brigas ou histórias bobas que existem por aí.

    A questão de que podemos dizer uma história só, é por q conta a história da Arda, mas que envolve muitas outras histórias pequenas quanto grandes, como uma grande é A Guerra do Anel, e pequena como as lutas de "Smaug contra Bilbo"
    Há um paralelo enre as duas, o achado do anel. Por existir o caldeirão, elas foram misturadas e juntaram-se tendo um paralelo de ligação...

    tanto é que ele se mostra "modesto" criando uma história de que achou o Livro Vermelho e através dele, Tolkien nos mostra os fatos... claro que isso é "diferente".

    O jeito que ele explica os fatos é como um filme cheio de detalhes, com som e e efeitos... Isso fascina muitos, pela riqueza do livro, mas há tbm os que odeiam esse tipo de detalhismo profundo, e isso é uma questão até de paciência, digamos assim... :roll:


    é isso... :wink:
     
  8. Ange||us

    Ange||us Usuário

    Com certeza sao todos esses detalhes, e historias que se encaixam umas nas outras que deixam o "universo Tolkien" tao fantastico e magico, e é certeza tambem que é por causa disso que a historia atrae milhares de fas por todo o mundo... :wink:
     
  9. Lothiriel

    Lothiriel Usuário

    Eu ja parei pensando se eu conseguiria inventar tanta coisa e entralaçar de forma tao perfeita esse universo gigantesco. A resposta é claro, foi nao. A dedicação e paciencia de Tolkien é indiscutivel.

    Aí é que está, voce pegar o Senhor dos Aneis e saber que aquela é, daquele tamanhão todo, simplismente a ultima parte de algo fantastico, o resultado de atitudes tomadas a muitos anos atras dentro da mesma historia.
     
  10. Nob

    Nob Usuário

    Foi exatamente o que eu disse. Só que não me surpreende o fato de várias pequenas histórias terem contribuído bastante para a principal. Este recurso é e sempre foi largamente utilizado.
     
  11. Smaug

    Smaug Cacho

    metáforas e comentários

    Como podemos observar, SdA não existiria sem o achado do anel por Bilbo, ou talvez sem a história de Bilbo. Assim como inumeras outras histórias tanto do SdA qto outras por aí... :wink:

    É a mesma coisa que acontece com um bolo, ele não cresce sem o fermento...
     
  12. Smaug

    Smaug Cacho

    Eu gosto desse tipo de coisa tambem. Por isso que adoro Maria José Dupré, ela em sua coleção Cachorrinho Samba criou 4 ou 5 histórias diferentes, mas que tinham um paralelo, uma ordem cronológica. Tem a mina de ouro, a montanha encantada e a ilha perdida que li e adorei. (ah, sobre Dupré:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    )

    Por isso que esse deve ser um dos motivos de eu gostar (indiretamente, talvez) das obras de Tolkien. É legal ter um autor (a) que escreve vários livros com os mesmos personagens (que vão variando) e quando lê-se outro livro do autor, parece que nós somos mais intimos e somos amigos dos personagens...

    No Caldeirão de Histórias, Tolkien foi jogando as histórias que criava até se misturarem e ganharem forma, cor, volume e tal... E isso deixa uma obra (ou várias, né ?) gostosa de ler...

    É isso... :D
     

Compartilhar