1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

CAIU??? BATEU???? MACHUCOU????

Tópico em 'Nostalgia' iniciado por Meriadoc- O Magnífico, 4 Ago 2002.

  1. Quem nunca se machucou quando era pequeno?????
    Quem não sabe o que é cair da arvore e qubrar o braço, ralar o joelho ao cair da bicicleta ou escalar o muro do vizinho, torcer o pé jogando amarelinha.... :P

    Eu pelo menos vivo lembrando das minhas quedinhas, e olhando pras cicatrizes....hehe!

    Meu joelho esquerdo é todo cheio delas....todas as minhas quedas de bicicleta foram e cima dele, assim como as entradas nos jogos de futebol...o poobre joelho hoje vive estalando, hehe!

    E vcs? Ja quebraram o braço? Ralaram o joelho?
    Tem alguma cicatriz no queixo? :mrgreen:
    Contem suas esperiencias doloridas da infancia, aquelas que vcs não esquecem! Afinal, moleque que se preze sempre se esborracha de vez em quando!

    (ATENÇÃO: Qualquer detalhe mt pesado sobre os acidentes aqui será editado pelos guardiões, sem aviso previo....vcs entenderam, né? 8) Manerem nos detalhes, é só isso que pedimos!
    Mas sintam-se livres pra falar dos seus pequenos -ou nem tanto!- acidentes na infancia....)
     
  2. Mystique

    Mystique Usuário

    Oba! Cheguei primeiro!
    Meu tombo mais memorável está na mémoria dos outros que me contaram a história, porque eu não lembro de nada!
    Ano: 1974, tinha eu meus 9 aninhos e estava brincando de pique na rua quando tinha um velocípede no meio do caminho, no meio do caminho tinha um velocípede... A minha vítima na brincadeira amorteceu a queda dela com o braço. Eu amorteci minha queda com a cabeça... Moral da história: concursão cerebral, amnésia temporária e visita a vários hospitais da rede pública a procura de uma máquina de raio x que funcionasse, para saber se eu tinha ou não quebrado a cabeça.
    Também teve aquela vez que enfiei um caroço de milho no nariz, e aquela outra quando tomei todos os comprimidos para pressão do meu pai(era docinho, pensei que era bala...)
    É, eu era uma criança bem tranqüila... :twisted:
     
  3. Erunamo

    Erunamo Baluarte da Nostalgia

    Nossa! Que tópico masoquista! Ou sádico, sei lá! :lol:

    O sangue chegou a pulsar em minhas cicatrizes agora! :wink:

    Bem... Eu posso dizer que fui uma criança sortuda nesse quesito! Tirando aquelas escalavradas básicas que toda criança tem, eu nunca tive nada! Nenhum braço quebrado, nenhum ponto, nenhum membro amputado 8O , nada mesmo! Para falar a verdade, nem doenças de infância eu tive, dá pra acreditar? Sarampo, catapora, rubéola, nada! Um dia desses ainda descubro que sou um Highlander! :roll:

    Quanto aos meus piores machucados, eu lembro bem de uma vez que estavam fazendo uma comida que eu não gostava, e para não ter que comê-la e ao mesmo tempo não ficar com fome, resolvi fazer uma traquinagem e surrupiar um pacote de trakinas do armário, que ficava justamente sob o fogão... Não é necessário dizer que eu perdi o equilíbrio e despenquei da cadeira batendo com o braço no cabo de uma panela com óleo e virando-a encima de mim... Por sorte o óleo tinha acabado de ser colocado no fogo e não estava muito quente e o mesmo caiu apenas sobre dois dedos da minha mão... claro que isso não impediu que ocorresse uma queimadurazinha de primeiro grau que ardia e doía pacas! Não tem nada pior dq bolha de queimadura! Principalmente quando ela estoura! :(

    The Pain! THE PAIN!!!
     
  4. yávië

    yávië Usuário

    detalhe muito pesado?como assim?? "ah eu tive fratura externa...foi lindo ver o meu osso"..tem coisas muito piores ai pelo forum em geral... hehe, mas calma, calma....será q vão me apagar daqui? isso foi soh com meu pai...

    eu fui igualzinha ao namus....nunca tive nada demais!!!nem essas doenças nem quebras e/ou torções....o q eu mais me lembro foi uma vez andando de bicicleta na lagoa rodrigo de freitas tinha uma rampinha, para quem conhece perto do caiçaras, ai a espertona aqui (detalhe, ainda usava rodinhas) achando q sabia tudo foi descer sem nem querer saber do freio....bem quase cai naquela lagoa tão límpida e cheirosa..lindo!!outro básico era brincar na rede e cair de costas batendo a cabeça no chão...diliça!!!!recomendp viu...dor de cabeça garantida por horar e horas...ai...

    eu tinha pensado em fazer um tópico com alguns lados negativos, como os mitos/lendas q contavam para obedecermos ,como o clássico da careta se bater vento fica assim...mas como eh da nostalgia eu pensei e vi q não tinha saudade nenhuma disso...mas eh bom lembrar q agora eu sei usar o freio da bicicleta...
     
  5. Digo_s

    Digo_s Olifantástico

    Bom, nem sei por onde começar tenho milhares de acotnecimentos desastrosos trosos! mas vamos pelo começo e pro partes pra não cansar vcs!

    Eu nunca, graças a Deus, quebrei nenhuma parte do corpo de precisar por gesso, mas em compensação abri a cabeça duas vezes! A primeria eu não lembro de nada! eu tinha um ano de idade, estava na casa da minha vó, correndo pela casa com meus primos, dai então espertamente eu tropessei no tapete e dei de cara na cina da mezinha de centro, q tinah uam super ponta! Resutado? 3 pontos no super cilho e uma linda cicatris q tenho até hoje, é super legal ela! Agora se tivesse sido meio sentimetro pro lado tinha acertado meu olho, isso q chamdo de sorte!

    A segunda vez foi engraçada, ainda lembro mais ou menos! eu devia ter 2 ou 3 anos! como ninguem viu nao tem muitos detalhes, so oq lembro mesmo! Eu estava no banheiro, é no banheiro, fazendo lei lá oq e tropesei em alguma coisa e enfiei a testa na privada! Imagina, sozinho lá, comecei a gritar e tal! Como resolveu eu nao sei, mas ganhei 2 pontos no meio da testa, esses bem feios por sinal, mas ainda bem q depois q cresci a cicatris foi pra dentro do cabelo e deve estar perdida em algum lugar! :mrgreen:

    hum, por enquantot a bom, depois conto amis hsitorias!
     
  6. *.Sarawood.*

    *.Sarawood.* Usuário

    da minha parte...váaarios :lol: chega ser cômico isso os mais graves foi qnd bebê tem uma foto minha com o braço engessado, perguntei a minha mãe e disse ela que eu cai de mal jeito no braço, e outra vez ela disse que cai sobre vários cacos d vidro, e o segundo mais grave quando tinha 4/5 anos em MG qnd cai no banheiro e corte minha sombracelha, o bicho não parava de sangrar, tenho a cicatriz até hoje :?
    E durante a infância...corte, arranhões, etc...normal em toda criança.
    Lembro de outra vez tmb qnd estava no parquinho(MG) no balança, e qnd pulei fui com tudo e tinha um caco de vidro enorme, entrou quase todo no meu pé...ai...

    Sem contar nas queimaduras que já tive, é proibido brincar com fogo e panela quente de pressão, pobre cutuvelo :cry:
     
  7. Sineta Fossador

    Sineta Fossador Usuário

    Nunca quebrei nada, graças a Eru!!! Mas já me ralei e me cortei um monte!
    Uma vez eu tava andando no colégio com a mão encostada no muro. Daí senti que minha mão tava ardendo pra chuchu e, qd olhei, tava jorrando sangue! Olhei pro muro e tinha um prego lá... Fez dodói na mão da Sinetinha! Fora as minhas caídas, que eram muito divertidas (aquele colégio tinha o chão muito escorregadio...)!
     
  8. Leif

    Leif Usuário

    Quando eu era muleque eu vivia me jogando dos lugares mas por sorte so' vivia todo ralado. Nunca quebrei nada enquanto crianca.

    Tenho cicatriz na testa, de rolar a escada, e tambem acima do olho, de bater a cabeca na quina da mesa. A mais recente que eu ganhei foi no ano passado, em que eu tomei tres pontos no queixo e cuspi dois dentes, brincando de luta-livre.

    Esse papo de que crianca e' suicida e' mentira. Suicida sao as "criancas grandes" hahahahaha...
     
  9. Digo_s

    Digo_s Olifantástico

    Quando eu era pequeno tb tinah uma sina com vidros!
    Eu quebrei duas vezes a mesma vidrassa da varanda da casa de jaconé com um soco! Eu passava correndo da sala pra varanda e Tum, tava uma porrada no quadradinho da janela! Era aquelas protas de madeira com 4 quarados de vidro, eu quebrei daus vezes do segundo de baixo pra cima! Por sorte nunca machuquei muito a mão, so pequenos cortes da mão! alias, tenho cicatris desses socos até hoje pela mão.

    Agora a mais grave com vidro foi an casa dos meus primos, quando eles moravam em SP. Sabe essas portas de vidro de aluminio com vidrassa? Normalmente elas tem uma parte de cima e a de baixo! Essa era inteira, sem parte do meio! Dai o idiota aqui tava indo pro terrasso e não viu q a porta tava fechada, pra varias, eu tava andando rapido, e ... Uma super testada na vidrassa! Ela simplesmente se espatifou toda, o chão ficou cheio de caquinho? Comigo? bom, eu era sortudo, o vidro nao caiu pra cima de mi, estou an vertical mesmo, como ao bater eu fiquei perado ele caiu todo na minha frente! Ganheiro apenas cortes leves, nem fiquei com cicatris no rosto, so aumentou a coleção da da mão! O detalhe é q não tinha nenhum adulto em casa, so os meus primos! E rpa ligar pra minha mae e dizer q eu tinha enfiado a cara na vidraça e tinah quebrado tudo mas estava tudo bem? hehehhe!
     
  10. Gildor

    Gildor Usuário

    Eu não era uma criança relativamente quieta.. era realmente quieta. Minha mãe sempre me criou de uma maneira meio protegida demais, de forma que eu não me lembro de acidentes ou coisas assim quando era mais novinho..

    Mas mesmo assim, passei por um episódio tragi-cômico. Uma vez eu tava implicando com uma guria na rua, bem menor que eu, que me tacou uma pedrada no meio da testa. Fiquei com um baita corte, mas não podia revidar por ser uma garotinha, e ela ainda tinha um irmão bem maior que eu. :lol: E na escola, eu falava que aquilo tinha que falar que aquilo foi causado por um cara beeem maior do que eu. E minha moral se eu falasse que quem causou aquilo foi só uma garotinha? :)

    Mas quando fiz 14 anos eu me tornei escoteiro, acho que passei por tantas coisas assim que valeram por tudo que eu não passei na infância. :) Os retornos dos acampamentos eram marcados por arranhões, escoriações, contusões de todos os tipos. A mais forte delas foi quando eu tava correndo no meio do mato e pisei numa árvore que tinha sido recém arrancada.. e tinha um toquinho só da raiz. Como eu tava correndo, pisei no chão com muita força e o toquinho atravessou meu sapato, do chão até aparecer em cima: exatamente pelo meio dos meus dedos! Foi muita sorte, questão de um centímetro e acho que teria perdido um dedo ou tido um ferimento grave no pé. Crianças, usem sapatos com sola reforçada :wink:
     
  11. Leif

    Leif Usuário

    Brigas na escola entram nesse topico? hehehehe
    Se entram, vixe... hehehehe eu passei por boas... uma vez tomei um chute no meio das pernas que tive que ir ate' pro medico! hahaha
     
  12. Nénar

    Nénar Usuário

    Eu tinha (e ainda tenho) um talento especial para cair, bater, tropeçar.... Miraculosamente nunca quebrei nada, mas em termos de arranhões, cortes, contusões minha infância não deixou nada a desejar :D
    Um dos piores acidentes que eu lembro aconteceu no playground da escolinha de natação. cortei meu pé em um brionquedo e só não levei ponto por que era perigoso de infeccionar ou algo parecido.
    Um vez, o freio da minha bicicleta agarou no pneu em vez de pegar no aro da rota e eu dei "uma cambalhota" com bicicleta e tudo. Quem viu disse que pareceu um acidente feio, mas eu só machuquei a palma da mão.
     
  13. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Eu me machucava tanto que as histórias são até parecidas... a única que se destaca é a seguinte. Eu estava brincando na pia do banheiro (brincando= pendurada de cabeça pra baixo), quando obviamente caí e bati a cabeça. Consequência: 6 pontos!
    Eia... pior que podem usar aquela frase comigo "Qdo vc era pequena caiu e bateu a cabeça?" :oops:
     
  14. Sprog Bullit Rockatansky

    Sprog Bullit Rockatansky Burn Baby... burn!!!

    O dozinha... por isso que vc é meio lokinha assim q nem eu...hehe
    Só que não cai de cabeça (já bati várias vezes) mas cai de lugares mais altos do que uma pia.....hehehehahahUHAUHAUHAHUH
     
  15. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    O meu machucado mais memorável foi aquele clássico "olha o balanço..." bem na testa, hehehe Tinha uns 4 anos e eu não era quieto, de verdade. Minha tia sempre se arrependia quando falava pra minha mãe que ia tomar conta de mim, hahahaha

    Tiveram outras duas que eu lembro muito bem porque doeram demais. Uma foi numa carona de bicicleta. Eu consegui enfiar a perna entre os aros da roda. Foi super legal, não sei até hoje como não quebrei o tornozelo. A outra foi uma árvore cheia de espinhos que eu tava subindo. Ela era do lado de uma grade e eu subi por lá. Acontece que perdi o equilíbrio e fui "deslizando" pela árvore até o chão. Minhas mãos ficaram bem bonitinhas nesse dia. :D
     
  16. Digo_s

    Digo_s Olifantástico

    Comos e fica de cabeça pra baixo em uma pia? hehehe!

    Tombos de biscicleta são classicos!
    Era q uma vez eu e meus primos tivemos a brilhante ideia de fazer uam rampinha, com 2 tijolos e uma tabua, dai agente passava correndo e saltava! Até q até hoje, nao sei pq, se foi pq eu passei devagar de mais, ou a biscicleta freiou sozinha, ou eu fiz peso de mais rpa frente, so sei q biscicletra deu uma volta em torno da roda da frente q travou ao cair da rampa! Resultado, eu fui de cara no chão e com a biscicleta por cima de mim! não sofri nada grave, alias, nem lembro se machucou muito, so sei q deve ser sido muito grançado pra quem viu!

    Outro tombo de biscileta, mas esssa eu ja tava um pouco mais velho, eu tava descendo uma ladeira, nao muito inclinada, mas tava indo muito rapido, era de barro a estrada, dai eu vi um buraco, nao muito grande sabe, mas nada q nao desse pra passar, mas na hora eu nao pensei direito e ao ver o buraco logo a li oq eu fiz? frei bem em cima do buraco, e pra completar frei com as duas rodas, muito burro não? A biscicleta não so girou como voou me lançando pra frente! E o mais divertido, deve ter sido uma cena bonita, pq no ar quando estava sendo lançado eu dei uma cambalhota e preparei um rolamento perfeito pra amortecer a queda, cai com o ombro no chão, dei fiz o rolamento e ainda sai em pé! Incrivel né? não me machuquei nada nada! a biscicleta é q ficou toda errada atras! hehehe!
     
  17. *.Sarawood.*

    *.Sarawood.* Usuário

    Ai...to até ficando meia aguniada lendo esse tópico? :P
    Teve outro acidente, mas foi de patins, aliás 2, o primeiro: me desequilibrei e cai com tudo(de bunda)o problema é que tinha uma parede atrás de mim...coitada da minha cabeça...e o segundo que foi o pior estava eu descendo a escada qnd, como explicar, tem a escada, mas tem a parte antes da escada, certo? tinha essa parte antes de criarem o mudrinha, eu estava ali e fuiinventar de desce, foi a primeira perna que deslizou enquanto a outra perna estava em cima da escada(entenderam?)minha perna abriu, foi uma dor só, tive que me soltar e cair ralando a bunda na escada e a perna que deslizou doendo... :?
     
  18. TT1

    TT1 Dilbert

    Eu fui a criança mais encapetada que existiu !!!
    Não quebrei nada... mas ai... dói só de pensar nos tombos que eu tomei... de todos os tipos e em todos os lugares...( sem contar que eu tive todas as doenças... putz... catapora... )

    quem observar atentamente o meu rosto perceberá uma cicatriz acima dos meu olhos e indo pela testa ( 13 pontos.... )
     
  19. Arien

    Arien Usuário

    Eu nunca fui encapetada, mas em compensação eu sou o desastre em pessoa. Até hoje, não tem um dia que eu não esbarre ou dê uma topada em algum canto de mesa, cama, cadeira... Ou tropece na rua, ou em casa... Apesar de já ter levando grandes tombos e ralado o joelho mais vezes do que eu posso contar (as cicatrizes ainda estão todas lá), eu nunca quebrei um mísero ossinho. Acho que meu pior acidente foi quando eu tinha uns dois ou três anos e eu bati a cabeça no canto da cama da minha mãe. Bem, foi no canto do olho e eu tenho a marca até hoje... Mas em matéria de acidentes graves meu irmão ganha disparado...
    Ele já deu de testa numa porta de vidro e numa mesa com tampo de mármore, quebrou o mesmo cotovelo duas vezes, quebrou o pé... E ele nem é tão desastrado quanto eu! :wink:
     
  20. natytaia

    natytaia Usuário

    cicatrizes no queixo?
    apenas 4 ...
    todas elas foi caindo com a cara no chão brincando em almofadas...
    e uma cicatriz enorme na perna quando eu tava no clube, e escorreguei na água e caí na parte de areia + cimento
    :?
     

Compartilhar