1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias Brasileiros ganham fama ruim praticando assaltos e arrastões em jogos on-line

Tópico em 'Jogos Eletrônicos' iniciado por Fúria da cidade, 23 Mai 2013.

  1. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    "Aqui é Brasil, seu safado!", gritou o jogador identificado pelo apelido L3L3K antes de assassinar um norte-americano no "DayZ", game de tiro em primeira pessoa. "Tinha que ser brasileiro", reclamou a vítima.


    No jogo, ambientado em um mundo pós-apocalíptico apinhado de zumbis, os participantes têm que cooperar para sobreviver.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Mas L3L3K faz parte de um grupo de jogadores que prefere roubar equipamentos e enganar outros gamers com o objetivo de "tocar o terror".
    Há anos, o comportamento "tóxico" (termo usado pela indústria de jogos) é apontado por jogadores de games de multijogadores como tipicamente brasileiro.
    "DayZ" é apenas o alvo mais recente, mas outros títulos, como "Call of Duty", "World of Warcraft", "DotA" e "Minecraft", entre vários outros, também têm legiões de arruaceiros brasucas.

    No fórum do game "League of Legends", é possível ler frases como "brasileiros são o submundo dos games on-line, a personificação do que é ser troll, o mais infame e odiado tipo de jogador" e "graças a Deus, abriram servidores brasileiros, assim eles entram menos por aqui [nos servidores internacionais]".
    O problema, é claro, não é exclusivo do Brasil. Mas nenhum outro país tem uma identidade negativa tão forte. Alguns brasileiros, na tentativa de fugir do estereótipo, mudam a nacionalidade de seus perfis no jogo, a fim de não serem rechaçados.
    "Podemos afirmar que esse não é um problema que tem origem no game. O jogador é, no mundo on-line, reflexo de como vive no mundo real", diz Julio Vieitez, diretor-geral da Level Up! (de games como "Grand Chase" e "Ragnarok") no Brasil.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    GANGUE DOS 'HUE'

    "Jogadores brasileiros em games on-line são uma gangue, e não um grupo", disse Isac Cobb, desenvolvedor independente, durante a feira de jogos PAX East 2013, em Boston, nos EUA.

    Cobb chegou a cogitar o bloqueio dos brasileiros em um novo jogo, mas disse que ainda não há nada decidido.
    Entre as reclamações, estão a realização de assaltos, mendicância, ataques a membros do próprio time e outras atrocidades virtuais.
    "Curtimos tocar o terror", admite Caio Simon, 19, jogador de "DayZ". "É só um jogo, estamos nos divertindo. Não é para levar tão a sério."
    Esse tipo de jogador é, às vezes, chamado de "hue", por causa da típica representação de risada, normalmente disparada após cometer alguma barbaridade: "HUEHUEHUE".

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
  2. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Eu tinha visto essa notícia e infelizmente é uma realidade. A notícia é um pouco forçada em generalizar muitas coisas, mas acontece que hoje temos muitos players desse tipo.
     
  3. Zamarian

    Zamarian Usuário

    Além de ser verdade é trágico.
     
    Última edição: 23 Mai 2013
  4. adrieldantas

    adrieldantas Relax and have some winey

    Depois pergunta por que Brasileiro tem uma fama ruim no exterior.
    Uma palhaçada isso.
     
  5. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Depois dizem que o melhor do Brasil é o povo.
     
  6. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Que isso, galera? Tá tenso assim mesmo?
     
  7. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Eu não tenho o hábito de jogar online por isso compartilhei a noticia aqui. Não sabia que a coisa tava chegando nesse ponto.
     
  8. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Se precisa de cooperação, isso está crítico sim.

    É uma pena, mas está cada vez mais difícil achar um grupo bom para fazer as coisas.
     
  9. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Mas isso não é novo.
    Isso rola desde a época de CS ou UO.
    Desde lá brasileiro já era visto como praga de games online.
     
  10. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Quem joga online sabe que isso já acontece faz muito tempo. É claro, a intensidade do problema depende muito do tipo de jogo. Antes do Diablo 3 (que parei de jogar faz muito tempo), joguei alguns outros MMORPGs gratuitos só de bobeira e o cenário era exatamente esse descrito pelo artigo. Era praticamente impossível ficar nos ambientes públicos desses jogos, tamanho o caos de "algum br aí?" ou "gibe money, plis". Eu preferia até usar nicks que não tivessem relação nenhuma com o Brasil ou com português, principalmente pra não ser perturbado por esses jogadores. Se você entra num servidor internacional, a regra é clara: Fale inglês ou beat it. E mesmo que você esteja num servidor nacional, vale outra regra: Seja civilizado. A situação ficou melhor quando lançou D3, até eu descobrir que o jogo era (ainda é) de vida curta.
     
  11. Ranza

    Ranza Macaco

    Velho sério, brasileirada em MMO ta foda.
    Juro que prefiro burlar IP e jogar fora do que jogar em server brazuca, pq os caras fazem muita merda.
    Não são todos, sempre tem um grupo bom de brasileiros, e muito gringo sabe disso, mas a grande parte ta ferrando, e além de tudo eles são barulhentos.
     
  12. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Só acho que no trecho abaixo falaram merda:

    Palavras do diretor-geral da Level Up, hein...

    Seria melhor, talvez, se ele falasse qe o comportamento online é o reflexo de como a pessoa realmente é, e não necessariamente como ela vive no mundo real. Essa divergência entre como a pessoa é e como ela vive no mundo real decorre do fato que existe um custo em revelar o seu lado escroto no mundo real. E esse custo meio que inexiste no mundo online.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  13. Henrique MP

    Henrique MP Usuário

    Quando eu era pequeno e jogava Runescape era normal que eu perguntasse "BR" para pessoas com nick que lembrasse um nome brasileiro. No entanto, com o tempo vi isso se tornar rotina.
    Hoje, nunca boto nomes que lembrem o Brasil, e por vezes até inovo com nomes internacionais para não ser reconhecido. Infelizmente, a situação é essa. Já fiz amizade com gente que foi descobrir que eu era do Brasil depois de três meses jogando junto. Vi perguntas do tipo "really? No way! You sound too good to be brazilian o.o" e nego já me bloqueou depois de descobrir. Trágico. Quem joga em servidores BR sabe como é fogo.
     
  14. Blue Gangsta

    Blue Gangsta Usuário

    Quando eu jogava World of Warcraft em servidores privates, especialmente o wow brasil, eu sofria mais com o que diz respeito aos "mendigos" e aos idiotas que lotam aquela porcaria de servidor. Hoje, jogando na Blizzard, tive poucos problemas com outros brasileiros.. só um ou outro sem paciência apelando rápido demais. Quanto aos gringos, nenhum deles me desrespeitou não. Pelo menos não até agora. E eu gosto de dizer que sou brasileiro. Alias, teve um americano que começou a me xingar depois que eu falei em português com outro brasileiro, mas ele tava achando que eu era mexicano lol "Stupid Mexican! Get out of my country!"
     
  15. Zamarian

    Zamarian Usuário


    Realmente no wow nunca sofri nada disso, mais quando jogava ragnarok eu confesso que casava com os carinhas só pelos itens e tals!

    #desculpesociedade u.ú/
     
    • LOL LOL x 1

Compartilhar