1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Brasil - Vergonha ou orgulho?

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Holygriever, 13 Nov 2004.

  1. Holygriever

    Holygriever Usuário

    COMENTÁRIOS DE UMA HOLANDESA SOBRE O BRASIL

    Como todas as pessoas, recebo diariamente muitos e-mails. Alguns de humor, outros de críticas, comentários econômicos e políticos e têm até aqueles que falam de amor e paz. Só que esta semana recebi um de um Amigo de Goiânia que me chamou a atenção. Li, reli... Pensei! Resolvi publicá-lo para que todos saibam o que uma cidadã holandesa pensa de nós...

    "Os brasileiros acham que o mundo todo presta, menos o Brasil. E realmente parece que é um vício falar mal do Brasil. Todo lugar tem seus pontos positivos e negativos, mas no exterior eles maximizam os positivos, enquanto no Brasil se maximizam os negativos.

    Aqui na Holanda, os resultados das eleição demoram horrores porque não há nada automatizado. Só existe uma companhia telefônica e (pasmem!) se você ligar reclamando do serviço, corre o risco de ter seu telefone temporariamente desconectado.

    Nos Estados Unidos e na Europa ninguém tem o hábito de enrolar o sanduíche em um guardanapo - ou de lavar as mãos - antes de comer. Nas padarias, feiras e açougues europeus os atendentes recebem o dinheiro e, com a mesma mão suja, entregam o pão ou a carne.

    Em Londres, existe um lugar famosíssimo que vende batatas fritas enroladas em folhas de jornal - e tem fila na porta.

    Na Europa, não-fumante é minoria. Se pedir mesa de não-fumante, o garçom ri na sua cara, porque não existe. Fumam até em elevador.

    Em Paris, os garçons são conhecidos por seu mau humor e grosseria e qualquer garçom de botequim no Brasil podia ir para lá dar aulas de como conquistar o cliente.

    Você sabe como as grandes potências fazem para destruir um povo? Impõem suas crenças e culturas. Se você parar para observar, em todo filme dos EUA a bandeira nacional aparece, e geralmente na hora em que estamos emotivos.

    O Brasil tem uma língua que, apesar de não se parecer quase nada com a Língua Portuguesa, é chamada de Língua Portuguesa, enquanto que as empresas de software a chamam de Português brasileiro porque não conseguem se comunicar com os seus usuários brasileiros através da Língua Portuguesa. Os brasileiros são vítimas de vários crimes contra sua pátria, crenças, cultura, língua, etc...

    Os brasileiros mais esclarecidos sabem que têm muitas razões para resgatar as raízes culturais.

    Os dados são da Antropos Consulting:

    1. O Brasil é o país que tem tido maior sucesso no combate à AIDS e outras doenças sexualmente transmissíveis, e vem sendo exemplo mundial.
    2. O Brasil é o único país do hemisfério sul que está participando do Projeto Genoma.

    3. Numa pesquisa envolvendo 50 cidades de diversos países, a cidade do Rio de Janeiro foi considerada a mais solidária.

    4. Nas eleições de 2000, o sistema do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) estava informatizado em todas as regiões do Brasil, com resultados em menos de 24 horas depois de início das apurações. O modelo chamou a atenção de uma das maiores potências mundiais: os Estados Unidos, onde a apuração dos votos teve que ser refeita várias vezes, atrasando o resultado e colocando em xeque a credibilidade do processo.

    5. Mesmo sendo um País em desenvolvimento, os internautas brasileiros representam uma fatia de 40% do mercado na América Latina.

    6. No Brasil, há 14 fábricas de veículos instalados e outras 4 se instalando, enquanto alguns países vizinhos não possuem nenhuma.

    7. Das crianças e adolescentes entre 7 e 14 anos, 97,3% estão estudando.

    8. O mercado de telefones celulares do Brasil é o segundo do mundo, com 650 mil novas habilitações a cada mês.

    9. Na telefonia fixa, o País ocupa a quinta posição em número de linhas instaladas.

    10. Das empresas brasileiras, 6.890 possuem certificado de qualidade ISO 9000, maior número entre os países em desenvolvimento. No México, são apenas 300 empresas e 265 na Argentina.

    11. O Brasil é o segundo maior mercado de jatos e helicópteros executivos.

    Por que esse vício de só falar mal do Brasil?

    1. Por que não se orgulhar em dizer que o mercado editorial de livros é maior do que o da Itália, com mais de 50 mil títulos novos a cada ano?

    2. Que o Brasil tem o mais moderno sistema bancário do Planeta?

    3. Que as agências de publicidade ganham os melhores e maiores prêmios mundiais?

    4. Por que não se fala que o Brasil é o país mais empreendedor do mundo e que mais de 70% dos brasileiros, pobres e ricos, dedicam considerável parte de seu tempo em trabalhos voluntários?

    5. Por que não dizer que o Brasil é hoje a terceira maior democracia do mundo?

    6. Que, apesar do todas as mazelas, o Congresso está punindo seus próprios membros, o que raramente ocorre em outros países ditos civilizados?

    7. Por que não lembrar que o povo brasileiro é um povo hospitaleiro, que se esforça para falar a língua dos turistas, gesticula e não mede esforços para atendê-los bem?

    8. Por que não se orgulhar de ser um povo que faz piada da própria desgraça e que enfrenta os desgostos sambando?

    É! O Brasil é um país abençoado de fato.
    Bendito este povo, que possui a magia de unir todas as raças, de todos os credos. Bendito este povo, que sabe entender todos os sotaques. Bendito este povo, que oferece todos os tipos de climas para contentar toda gente. Bendita seja, querida pátria chamada Brasil!

    Talvez não consigamos mudar o modo de pensar de cada brasileiro, mas, ao ler estas palavras, irá, pelo menos por alguns momentos, refletir e se orgulhar de ser Brasileiro!!!"
     
  2. Vovin

    Vovin Steve Vai, The Mars Volta

    Fala sério...
    Eu vejo o contrário, brasileiro achando que só o Brasil presta e as pessoas do resto do mundo são idiotas, arrogantes, bestas etc

    Nem da pra levar um email desse a serio...
     
  3. Litzhel

    Litzhel Delirium

    Se orgulhar de que? De fome, miseria, prostituiçao, preconceito, uma falsa democracia?
    Quem se importa se o Brasil e' o terceiro pais mais democratico do mundo? Se ele na verdade nao e' nem de longe uma democracia. Quem se importa se o Brasil e' melhor em algumas coisas do que outros paises? So porque e' melhor quer dizer que e' bom o suficiente para se ter orgulho?


    E' justamente pelo fato dos brasileiros acharem que ta tudo lindo e tudo muito bom, ao contrario do que e' passado nesse email, que o Brasil esta' na porcaria que esta'.
     
  4. Holygriever

    Holygriever Usuário

    Agora eu vou dá a minha opinião:

    Brasil, Brasil, Brasil...


    Após mais de meio milênio de seu descobrimento, há muito o que se dizer sobre esse país; sejam coisas boas ou ruins, agradáveis ou não. Em analogia à história do Brasil, tendo como base sua posição mundial atual, pode-se dizer que nosso país obteve crescimento e não desenvolvimento. Alguns de vocês podem estar se questionando: "Mas isso não é a mesma coisa?". Se algum dia aquele professor chato de geografia lá do Ensino Médio disse isso a alguns de vocês; realmente sinto muito, pois ele estava redondamente enganado.
    Quando falamos de crescimento, estamos falando de progresso econômico, populacional e político. Desenvolvimento automaticamente nos remete à cultura, sociedade, ética e cidadania. Logo, pode-se dizer que crescimento e desenvolvimento caminham juntos à priori, mas acabam por distanciar-se a longo prazo. No caso do Brasil, essa situação é meio que redundante, pois ao mesmo tempo que nos remete a noção de subdesenvolvidos, também nos leva a crer que somos bons por vivermos em democracia. Sonhar nunca foi pecado!
    O dia da independência está por vir e isso até chega a gerar algumas situações cômicas. No Orkut, fórum conhecido por vários de nós, abriram a seguinte campanha: "Troquem suas fotos por bandeiras do Brasil no dia da independência!". Chega a ser emotivo, não?! Alguns procuram ser patriotas sempre que podem, outros são meramente embalados pelo espírito de patriotismo, gerado em ocasiões como essa.
    Dia da Independência do Brasil... parece profundo isso, mas será que somos realmente independentes?! Analisemos... um país com um presidente de esquerda, amigo do ditador Fidel Castro e da ameaça latina Hugo Chaves que visam nada mais do que o fim da democracia; um país que dança conforme a música norte-americana e obedece ao papai FMI. Ainda me questiono: "Isso é ser independente?!" Com certeza não, isso é ser vulnerável demais, é temer a realidade se rendendo à ela.
    Por outro lado, temos um Brasil repleto de cidadãos amigáveis, alguns acordados para a realidade e outros cegos pelo conformismo. Observando nosso país como um todo, chegaremos a conclusão de que ele não é tão "fraquinho" assim. Possuímos a segunda maior reserva mundial de urânio enriquecido, além de possuirmos 90% da segunda maior reserva ambiental mundial e de água potável do mundo, o famoso Amazonas. Só isso?! Temos bons amigos também, como 45% de países europeus, Índia, China e parte dos países latino-americanos, que juntos podem balançar as estruturas da política internacional.
    Tudo bem que nossa política interna não é a melhor, pelo menos a externa não está deixando a desejar. Enquanto um tirano enlouquecido, que se disfarçou durante 20 anos como falso democrata, exibe seus planos macabros de fim à liberdade de imprensa e implantação de uma "era metalúrgica"; a imagem externa do Brasil até que vem sendo bem disfarçada. Uma atitude de bom samaritano, ajudando o Haiti e de "poderoso chefão" evitando que o comunista Hugo Chávez fosse deposto do poder por um golpe de Estado; nada mais serviram para mostrar a ONU que "somos capazes de lutar pela paz e queremos uma cadeira no Conselho de Segurança"!!!
    Enquanto isso... milhares de moradores de rua são assassinados por nazi-fascistas que têm a proteção de um governo sujo. Milhares de integrantes do MST falam pelo governo e agem como se fossem donos da razão. Não há como entender o Brasil, sem antes entender sua realidade e analisar suas conseqüências.
    Diante de tantas mazelas, quem disse que não podemos ser os melhores?! Podemos sim, a partir do momento que nos remeteram à qualidade de democratas, o poder passa a ser 80% nosso, dos cidadãos; o problema é que sem mentes brilhantes é impossível reivindicá-lo, pois necessitaríamos de bons argumentos e um ótimo poder de persuasão.
    Brasil, país de mulheres bonitas, gente amigável e carinhosa, praias lindas, florestas ricas, faunas maravilhosas e clima abençoado por Deus, etc etc... Será que só essa imagem nos basta?!! Até quando viveremos do simples e esqueceremos da essência?! É justamente esta a última instância de nosso progresso!
    Só não somos melhores, porque não queremos... ainda falta um pouco mais de otimismo. Seria legal trabalhar isso... renovar fontes nunca é demais! E para finalizar... o fato não é "falar mal" e sim falar da "cruel realidade", que com certeza pode ser mudada... basta lutar e não somente querer!
    Até mais! Abraços...
     
  5. >> Yavanna <<

    >> Yavanna << Usuário

    Bem... com todos os problemas, toda a violência, toda desiqualdade... eu amo meu país, não por causa do país em si... mas pelas pessoas que estão nele, o povo brasileiro é um exemplo de hospitalidade, de calor humano... basta ver o modo de vida dos "gringos", a frieza q eles são... eu nao conseguiria viver fora do Brasil, sei perfeitamenteq outros países oferecem uma condição de vida mto melhor, mas sei q nao encontraria em lugar nenhum do mundo um povo mais festeiro, mais alegre e mais de bem com a vida do q o povo brasileiro, com toda a dificuldade... eu prefiro o Brasil.
     
  6. Holygriever

    Holygriever Usuário

    Bem, a questão é até onde esse governo "estalinista" pretende chegar, pois com determinadas ações e/ou atitudes, é justamente essa imagem que o mesmo está passando; pelo menos para mim. Aos poucos vão abandonado um processo democrático que levou anos para ser construído. Sinceramente, isso não é nada justo!!!

    Minha opinião, à priori, pode até parecer radical demais, mas não deixei de tocar justamente num ponto que vejo importantíssimo; o abandono do conformismo por parte da sociedade brasileira. É de suma importância que esta exiba sua face rebelde, sendo ousada e, se necessário, medindo forças. Pessimismo não nos leva a nada, e essa posição "séssil" que a sociedade brasileira vem adotando, retarda ainda mais a conquista de uma certa "autonomia social" e voz ativa também.

    "...verás que um filho teu não foge à luta, e nem teme quem te adora à própria morte, terra adorada..."
    Já é hora de lutar pela divisão eqüitativa do poder! Na realidade, acho que sempre foi... é o tempo ou nós que não queremos andar?! Quem acertar, ganha um prêmio, só não me pergunte qual!!!
     
  7. Balbo

    Balbo Usuário

    Bom, é claro que somos nós. Brasileiro é um povo avacalhado. Não tem respeito próprio e nem se importa com isso, por isso tudo aqui funciona nas coxas. Por isso não adianta por a culpa no governo. Por isso o Brasil é um país pacífico. Por isso todos são amigos do Brasil.

    O lema do brasileiro: "tá ruim mais tá bão".
     
  8. Holygriever

    Holygriever Usuário

    Democracia no Brasil

    Sim, no governo (Estado) não existe mesmo. Mas não existe porque nós, o povo (desculpe-me, uma boa parte dele) não nos importamos, porque nós ficamos parados esperando algo acontecer. Você está a criticar o Lula. Por quê? Você deve saber, que a aprovação de leis não depende só deles. O país deve ser mantido por 3 "poderes" (acredito eu): Presidente, Deputados, e o principal, o Povo. Mas aí você me pergunta: como assim? O Presidente pode dar início a projetos, os quais tem de ser votados pelos Deputados. O estranho é, qual papel nós tomamos nisso? Nenhum. Por quê? Não nos pronunciamos.

    Diabos, dizem que nós fazemos as leis por poder eleger um representante e levá-lo a uma assembléia com os deputados. Aí está o problema: a partir deste momento, Ele pode dizer o que quiser e fazer o que quiser, independente de nossa escolha. E, na minha opinião, não concordo em eleger alguém que pode dizer uma coisa e fazer outra. Por esse mesmo motivo, até segunda opinião, meu voto será Nulo.

    Conclusão: não há democracia por causa de muitas pessoas - playboys e patricinhas burgueses e alienadas, assim como adultos que confiam cegamente nos candidatos e em suas propostas. O que estou dizendo? Digo, peço, e até imploro para o povo reivindicar seus direitos, e obrigar a criação de outros mais justos caso surja a necessidade. Não é preciso ir para a rua protestar, como eu e mais outros milhares de militantes fazemos quando vamos reivindicar a redução da tarifa de ônibus de Florianópolis ou o Passe - Livre Nacional (e, futuramente internacional). Gostaria que as pessoas que não pudessem, o fizessem judicialmente, usando a cabeça e a inteligência, pressionando o Estado, afirmando que está nos seus direitos o que ele quer. Democracia é do povo, para o povo, e pelo povo, não pelos burgueses querendo nos dominar.
     
  9. Regente

    Regente Serenity Painted Death

    Quanto orgulho! Acho que vou comprar uma camisa da seleção :grinlove:
     
  10. Psicodelic One

    Psicodelic One Usuário

    8. Por que não se orgulhar de ser um povo que faz piada da própria desgraça e que enfrenta os desgostos sambando?


    Na verdade, esquecemos tudo sambando. E isso não é motivo para orgulho.

    Foi o item que mais me irritou nesse bagulho todo.
     
  11. Uzd

    Uzd Usuário

    Concordo com cada palavra...
     
  12. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie

    Em geral não sabemos diferenciar o orgulho do que é nosso, do que funciona realmente aqui dentro, da "indignação" por aquilo que é errado e que deveria ser nosso combustível para agirmos a favor de mudanças.

    O problema é que a maioria vive deitada eternamente em berço não tão esplendido...

    Anyway, nacionalismo é importante sim, IMO.
     
  13. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Preconceito?
    Realmente, nós temos no brasil, porem nos EUA o preconceito contra latinos é enorme, seja vc negro, indio, ou filho de alemães, vc sempre será um "macaco"
    Na Europa grupos de negros, latinos e outras nacionalidades são perseguidas e mortas por grupos Nazistas...
    Sinceramente, melhor o nosso preconceito contido do que essas demonstraçoes...
     
  14. Omykron

    Omykron far above

    por favor fela, não poste algo que não é de dominio seu com tamanha certeza.

    Primeiro, a coisa mais rara do mundo vai ser vc ver um europeu indo para os EUA tentar a sorte.

    2º o preconceito contra latinos e asiatiacos(em numero infinitamente menor), é mais visivel na flórida, texas, arizona, e california, com uma concentração absurda na california.
    Lá eles não te tratam por "macacos" isso é na america do sul. para ser exato na argentina, onde nos chamam de "macaquitos"

    3º Os grupos neonazistas se concentram nesse estado para tentar promover a "soberanial racial norte-americana". Uma dica de filme para vc ter essa visão é A outra história americana (American History X)

    4º na europa, ocorrem exporadicamente em países que a piramidade populacional está ficando cada vez maior no topo (ou seja, a polução ta ficando velha, mas não ta criando descendentes). Normalmente na Italia, Alemanha, Espanha (países que tiveram no passado recente, grupos neo/nazi-facistas no comando) e na Russia contra pessos com afeições chechenas. Isso se chama xenofobismo. E eles não te tratam como macaco, mas sim como algo inferior a um rato de esgoto.
     
  15. Beriadar

    Beriadar And I will see it all before

    Pão e Circo ...

    Acho q faltou um item na lista. Que o Brasil é o país não-africano com maior índice de desigualdade social. :evil:
     
  16. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Ou seja, tem racismo sim, eu já vi casos da minha vizinha que é filha de dois alemães ir para os EUA e ser tratada como meltalmente inferior só por ter nascido aqui.
    Eu vo tentar ve o filme, já vi uns trailers dele no SBT...
    E eu só disse que no Brasil o racismo não é tão radical como na Europa, aqui, pelo que eu saiba, não perseguimos raças para tentar matalos
     
  17. Omykron

    Omykron far above

    e isso acontece lá fora (leia europa)? não.
    lá eles são xenofibos (não aceitam estrangeiros).
    problema racial está mais forte é nos EUA. E a sua amiga é brasileira, decendente de alemão, mas brasileira.
     
  18. Beriadar

    Beriadar And I will see it all before

    O único e verdadeiro motivo de orgulho é nossa seleção!! Nossa seleção não; nosos jogadores ... :mrgreen:
     
  19. Saranel Ishtar

    Saranel Ishtar Usuário

    Eu tenho orgulho do país geográfico onde nasci, das riquezas, etc etc etc.

    Mas orgulho de ser brasileira? Não. Aliás não entendo o patriotismo. Ele se baseia em fundamentos tão abstratos! Eu poderia ter nascido aqui, como na Venezuela, no Japão, na Ucrânia... e por aí vai.
     
  20. ombudsman

    ombudsman O Eto'o brasileiro

    Se pensarmos que o Estado e a Democracia foram criados para proporcionar o Bem-Estar e a Felicidade de seu povo, eu diria com forte convicçao que sim, o Brasil é motivo de orgulho.

    Nexo causal simplório mas desculpável pelo horario deste post : Felicidade nao leva ao suicidio. Infelicidade, por outro lado sim.
    Paises com baixa taxa de suicidio = paises com cidadaos felizes.

    Claro que eu nao aprovo a miseria, a desigualdade exacerbada etc, mas que de fato o brasileiro é, independentemente do que a propaganda do governo Lula teima em afirmar gastando milhoes, feliz.
     

Compartilhar