1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Boys Over Flowers (Hana Yori Dango, 1992)

Tópico em 'Anime & Mangá' iniciado por Nat, 22 Jun 2011.

  1. Nat

    Nat Usuário

    Sinopse:
    Hana Yori Dango (em japonês: 花より男子, Melhor doces do que flores?) é uma série de mangá do gênero comêdia-romantica criado por Yoko Kamio, e publicado entre 1992 e 2003. É considerado o mangá shoujo (para meninas) mais vendido no Japão.

    O nome vem do provérbio japonês ‘Melhor doces do que flores’, em referência ao Hanami (festival que celebra o desabrochar das flores de cerejeiras). Nesse festival, as pessoas costumam se reunir embaixo das árvores para apreciar o evento enquanto fazem piquenique. O provérbio critica as pessoas que preferem os doces às flores do festival. Mudando a leitura de kanji de ‘flores’ para ‘meninos’, Kamio também faz uma critica à quem dá muita importância para o ideal romântico dos rapazes, exatamente o que faz toda a Eitoku Gakuen em relação aos F4, na história do mangá.

    O mangá ganhou uma versão animada em 1996, com 52 episódios, um filme de curta metragem, com as personagens em uma história paralela, e uma novela dorama em 2006. Os direitos de Hana Yori Dango pertencem a Yoko Kamio, Shueisha, Bandai e Toei Animation.
    Fonte: Wikipedia

    Dentre as adaptações para a tv, foi o dorama de 2009 que me chamou a atenção. É uma produção sul-coreana, traduzida como Boys Before Flowers ou Boys Over Flowers.
    Eu adorei ver. Houveram, é claro, mudanças, mas nada que prejudicasse a história. Quem quiser saber mais, dá uma olhadinha:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Shoujo. Está ai um gênero que eu não assisto muito.

    Acredito que vem aumentando o número de fãs desse estilo, já que no Brasil tem saído muitos mangás nesse gênero. A grande maioria é shonen, mas houve sim um crescimento dos mangás shoujo por aqui.

    Estava dando uma pesquisada e o mangá possui 37 volumes! Além de um anime de 51 episódio e live actions. Uma série bem conhecida.



    P.S.: Nat, dei uma arrumadinha no título, para deixar no padrão do fórum.
     
  3. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Eu particularmente adoro shojo, estou adorando Maid Cafe inclusive. Gostei dessa sinopse, vou procurar por aqui.
     
  4. joaopedrov

    joaopedrov Usuário

    Já eu enjoei de shoujo. E olha que eu só li o volume 1 de Kimi ni Todoke e 1, 2 e 3 de As Estrelas Cantam (Hoshi Wa Utau) de shoujo (e vou continuar lendo esses). Acho que, por enquanto, de shoujo, só vou pegar Maid Sama. Tô procurando alguns shonen/seinen agora pra ler. O último foi Astral Project.

    Enfim, concordo que estão aumentando os fãs desse estilo no Brasil, com a TONELADA desses mangás nas bancas. Não que isso seja ruim, agrada quem gosta de shoujos e que seja rico. Só espero que ela lance mais shonen/seinen. E lance um do começo, como Astral Project.
     
  5. Raphael S

    Raphael S Desperto

    Falta urgentemente por aqui uma área de Doramas.

    By Raphael S
    Já Já Já Fighting!
     
  6. vinicius_limpe

    vinicius_limpe Usuário

    gosto de shoujo tanto quanto shonen, não sei qual prefiro, achei interessante também a sinopse.
     
  7. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    O que mais tem é shonen nas bancas. :mrgreen:

    Um que começou a sair faz pouco tempo é Darker Than Black. Estou comprando e adorando o mangá! Preciso comprar a edição desse mês.

    Temos também Code Geas, que encontra-se no começo. Não fica tão pesado para começá-lo.
     
  8. joaopedrov

    joaopedrov Usuário

    No começo? Só Code Geass, Astral Project e DTB.

    Não gosto de mangás muito curtos (comprei um shoujo de dois volumes e odiei). Tipo, dois volumes ou três, ou um.

    O resto já tá evoluído (Naruto, Bleach, Gantz).
     
  9. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Gosta de mangás longo? Temos Fairy Tail que se encontra no sétimo volume. Sim, isso é apenas o começo, já que está em andamento no Japão e possui atualmente 26 Volumes.

    Vi já pessoas lendo Maid Sama na rua. Eu pensei em comprar, tentar algum gênero diferente, mas estou comprando muitos atualmente.
     
  10. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Maid Sama é excelente, comprei o primeiro volume, to adorando.
     
  11. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Verdade, há poucos tópicos sobre doramas e shoujo mangás. Apesar de a Tokyopop e a Panini publicarem alguns shoujo com mais frequência, ainda é um gênero pouco explorado pelas editoras. Assim como o shonen, nem todos os mangás com garotas pertencem ao estilo shoujo, alguns são josei que pela temática adulta é voltado para as mulheres e jovens por sua temática como fim de relacionamentos, gravidez, sexo, trabalho, família etc; um exemplo de sucesso por aqui é Nana, Honey and Clover, Nodame Cantabille (que ainda to devendo :wall: ) e Gravitation (apesar de possuir uma temática yaoi, pertence ao gênero josei).

    Enfim, as editoras daqui não possuem o hábito de separar tais estilos e isso acaba confundindo os leitores que gostam de um romance leve e que são levados a comprar o mangá por causa do traço shoujo. Um erro.
     
  12. Nat

    Nat Usuário

    Como ainda sou nova em mangas, qual a diferença entre shoujo e shonen?
     
  13. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Basicamente a diferença é essa:

    Shonen: Esses são mangás direcionados mais para o sexo masculino. Grande exemplo é Naruto.

    Shojo: Direcionado mais para o sexo feminino. Ele abrange romances ou comédias românticas de personagens adolescentes.
     

Compartilhar