1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Borstal Boy (Brendan Behan)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Meia Palavra, 29 Jun 2011.

  1. Meia Palavra

    Meia Palavra Usuário

    Se existe algo que a Irlanda tem aos montes são escritores que são louvados por sua qualidade literária e que, em seu tempo, causaram controvérsia. Oscar Wilde e James Joyce são provavelmente os melhores exemplos, mas obviamente estão longe de serem os únicos.

    Brandan Behan é um nome que não pode ficar de fora de uma lista um pouco mais extensa. Nascido em 1923, estudou só até os 13 anos de idade, quando largou a escola para tornar-se pintor de paredes- imitando seu pai, Stephen Behan. Sua família era composta basicamente de operários bem educados e inclinações republicanas, e ele cresceu em um ambiente que misturava grandes nomes da literatura e ativistas políticos- entre os quais seu tio Peadar Kearney, que escreveu o hino nacional irlandês.

    Educado em inglês e irlandês, desde cedo teve grande contato com a literatura- quando criança seu pai lia livros de Zolà, Galsworthy e Maupassant para Brendan e os irmãos e sua mãe o levava em passeios literários pela cidade. Aos 14 anos publicou seus primeiros versos, na revista Fianna: the Voice of Young Ireland.

    Essa revista pertencia ao grupo Fianna, o braço jovem do Exército Republicano Irlandês- o IRA. Nessa mesma época, Behan iria se juntar ao grupo. Aos 16 anos, em 1939, ele embarcara sozinho em sua primeira missão- ainda que não autorizada: explodir o porto de Liverpool.


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Clara

    Clara Que bosta... Usuário Premium

    Parece ser bacana esse livro.
    Sempre tive interesse em conhecer um pouco mais sobre a questão irlandesa, os irlandeses republicanos, o IRA e essas coisas.
    Não é muito comum encontrar livros sobre esses assuntos publicados por aqui.
     
  3. Luciano R. M.

    Luciano R. M. vira-latas

    Ele é bem bacana. Eu gosto bastante do Behan.
    Mas não saiu por aqui... E acho que demora, ainda... =(
     
  4. Clara

    Clara Que bosta... Usuário Premium

    Ah, tá, agora que vi.
    Puxa, eu achei que era uma edição em português. =/
     
  5. Luciano R. M.

    Luciano R. M. vira-latas

    infelizmente não, Clara =(
     

Compartilhar