1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Boca de Sauron e os generais de Mordor

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Ivan Lara V, 24 Out 2012.

  1. Ivan Lara V

    Ivan Lara V Usuário

    Ola

    Nesse final de semana pretendo mestrar uma partida de RPG do Senhor dos Anéis que se passa ao mesmo tempo da chegada de Frodo e CIA a Valfenda. Nela Elrond pede aos protagonistas procurar os três fragmentos da espada de Turim Turambar antes que as Sombras se apossem desse item tão poderoso. Jah que os Nazguls estão muito ocupados procurando pelo Anel, Sauron decide enviar na procura dos fragmentos um de seus mais fiéis servos o...

    Então essa é a minha duvida, não sei que servo de Sauron eu posso utilizar, inicialmente eu pensei no Boca de Sauron, mas depois de pesquisar um pouco sobre ele acabei por descobrir que pelo visto ele não era muito de sair de Mordor. Pensei então em algum Nazgul afinal não estah escrito o que eles estavam fazendo durante o tempo que a sociedade estava se preparando em Valfenda.

    Por isso eu peço esse conselho a vocês, qual seria um bom vilão para esse RPG? Jah agradeço pela ajuda
     
  2. Ana Lissë

    Ana Lissë Nazgûl boazinha

    Olha, os Nazgûl estavam exclusivamente procurando o Portador. Era essa a missão deles.

    Mas o problema é o seguinte: Turin vivia em Beleriand, e a mesma foi afundada após a Guerra da Ira. Então, a espada está no fundo do mar.

    Te dou uma dica: Tolkien fala muito de criaturas antigas e desconhecidas, que viviam nos mares. Tente explorar a possibilidade de Sauron conseguir trazer criaturas assim para seu serviço.

    É o que posso fazer pra ajudar.

    Ajuda aê, pessoal! XD
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  3. Ivan Lara V

    Ivan Lara V Usuário

    Na verdade em momento algum foi revelado o que exatamente aconteceu com os restos da espada. Por isso como mestre considerei que os elfos ao recuperarem o corpo de Turin resolveram guardar os destroços da espada que com o passar do tempo acabaram por desaparecer.

    Obrigado pelo conselho, vou ver se consigo encontrar/criar um bom vilão, mas ainda aceito conselhos
     
  4. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Se a Espada foi recuperada pelos Elfos, eles devem ter colocado ela em seu túmulo. E o Silma, com quase certeza (tô sem ele aqui) diz que ele não foi invadido pelos mares, mesmo após a destruição de Beleriand. Então ela está numa ilha perdida. :)

    - - - Updated - - -

    EDIT: Ele foi sepultado com a Espada.
     
  5. Elendil

    Elendil Equipe Valinor

    Mas se levarmos isso em conta, como explicamos Orcrist (a espada que Thorin adotou) e Glamdring (a espada adotada por Gandalf) terem parado em Eriador ( mais exatamente em Rhudaur), na caverna dos Trolls? Elrond diz ao Mago e ao anão que elas são de Gondolin. Aliás, Glamdring, segundo Elrond, pertencia ao próprio rei de Gondolin, e sabemos pelo O Silmarillion que o rei lá era Turgon. Portanto, as armas-relíquias eram também de Beleriand. Como foram parar nas mãos de três Trolls?

    Elrond só faz conjecturas, mas nem mesmo ele tem a resposta. Porém, dentre algumas especulações, aquela onde o Meio-Elfo diz que as espadas podem ter vindo da pilhagem de alguns orcs e até de algum dragão, pode ser a que mais poderia se aproximar do que ocorreu. Gondolin foi atacada, pilhada e destruída pelos orcs e dragões de Morgoth. Daí em diante as espadas podem ter passado de mão em mão, através das Eras, até os Trolls saqueadores as terem roubado de outros saqueadores (como Elrond especulou). Quem sabe os fragmentos da espada de Turin não tenham chegado à Terceira Era por meios parecidos.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  6. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    "Eles então ergueram Túrin e descobriram que Gurthang se despedaçara. Mas elfos e homens ali juntaram enorme quantidade de madeira para fazer uma imensa fogueira; e o Dragão foi reduzido a cinzas. Túrin foi enterrado num monte alto onde caíra, e os estilhaços de Gurthang foram postos a seu lado."

    Turin e sua espada tiveram o mesmo destino e fim.

    E sobre o "túmulo":

    "- Ela não se entregou – disse ele. Fechou-lhe os olhos e ficou sentado, quieto, ao seu lado, enquanto a noite caía. As águas ele Cabed Naeramarth se precipitavam com estrondo, mas ele nenhum som ouvia, nada via e nada sentia, pois o coração era de pedra em seu peito. Veio, porém, um vento gelado a lhe jogar uma chuva fustigante no rosto. Ele despertou, e a raiva cresceu em seu íntimo como fumaça, dominando a razão, de tal modo que seu desejo era procurar vingar seus males e os sofrimentos de sua família, acusando em sua aflição todos os que tivessem lidado com eles. Ergueu-se então e construiu um túmulo para Morwen acima de Cabed Naeramarth, no lado oeste da pedra. E nele gravou as palavras: Aqui também jaz Morwen Eledhwen.
    Conta-se que um vidente e tocador de harpa de Brethil chamado Glirhuin compôs uma canção, dizendo que a Pedra dos Infelizes não deveria ser profanada por Morgoth, nem jamais ser derrubada. Nem mesmo que o mar inundasse toda a Terra, como mais tarde com efeito ocorreu.
    E Tol Morwen permanece só acima das águas, ao largo do novo litoral criado nos dias da fúria dos Valar."
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  7. Ivan Lara V

    Ivan Lara V Usuário

    Como eu jah disse não passa de um RPG, ou seja como mestre eu posso dizer que os destroços foram recuperados com o passar do tempo... de vez em quando o mar cospe coisas estranhas. Minha maior preocupação é em arranjar algum servo de Sauron. Serah que o Boca de Sauron nunca fez uma missão longe de Mordor? Não sei quase nada sobre ele (e olha que eu sou um hiper viciado em Tolkien)
     
  8. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Acho que entendi o que o pessoal quis dizer (Elendil e Neithan) e imagino que a verdadeira razão pela qual precisaram enfatizar as informações e dados históricos das obras ser a de que estamos usando a sala Tolkien e não temos como imaginar rpg aqui sem antes obedecer as regras da obra orginal que são os requisitos para a sala. Em outras palavras, nesta sala em específico somos forçados a manter os limites imaginativos por causa das regras. Se fosse numa sala mais livre como a sala "E Se..." ou na sala de fãs teríamos maior liberdade para criar em cima dos fundamentos.

    Talvez este seja um tópico sugestões que se enquadre na sala de rpg ou games, algo assim. Apesar de estar em dúvida vou criar um pouco em cima das regras do mundo proposto pelo jogo:

    Então vamos supor que seja para uma campanha de RPG\fantasia e poderá ser o caso de se criar a história da espada reforjada que se constitui como uma das maiores dificuldades logísticas existentes se seguirmos as regras do mundo de Tolkien. Este seria um acontecimento ainda maior do que o ressurgimento da Andúril que fora quebrada e quem sabe no RPG pudéssemos supor que fosse requisito para se cumprir a segunda profecia de Mandos em que a espada precisaria estar inteira para que Túrin ao fim dos tempos a recuperasse e pudesse se vingar de Melkor em nome dos homens. De maneira que apenas num caso excepcional uma espada assim voltaria ao mundo.

    A partir disso, se pensarmos no significado que foi depositado nela a partir de seu nome, segundo o wikipedia, Anglachel significa algo como Ferro da Estrela de Fogo (Sindarin) em que Eol a teria forjado a partir de um meteoro até que no futuro a espada negra chegasse às mãos de Túrin.

    Por causa da história de Túrin e do peso enorme deformante que Morgoth colocou no mundo para fazer cumprir a maldição a espada se quebrou não apenas sob o peso de Túrin, mas também sob o destino que seguia o filho de Húrin.

    Para reforjá-la dentro das regras do mundo de Tolkien seria necessário uma forja acima de uma forja élfica comum (que foi a origem dela). Se supormos que o forjador tivesse conseguido acesso a um pouco da mesma matéria prima estelar através de contatos com os anões (por exemplo), então eu imagino alguém realmente grande para forjar, ninguém menor do que um descendente de Feanor ou um maiar (um Balrog ou até mesmo o próprio Sauron) que fosse alguém com domínio extremamente direto do encantamento que havia na espada (uma vez que os objetos élficos eram carregados de magia tais como, elmos, jóias e armas).

    Também é possível trabalhar com a possibilidade de que o número de Maiar inicialmente aliados a Melkor ser incerto e o de seres poderosos não alinhados a Melkor ou Manwe ser ainda mais desconhecido (Ungoliant e habitantes da profundeza de Moria eram de natureza extremamente desconhecida). Talvez seja o caso de criar um personagem assim ou pelo menos um feiticeiro humano, anão ou élfico que obtivesse poder e conhecimento para alcançar esse objetivo. O ato de roubar poder dos poderes é algo que acontece nos livros na pessoa de Melkor e os homens tinham um pouco da fama de usurpadores.

    Quer dizer, numa ficção a possibilidade de se roubar um poder e conhecimento para algo grande foi demonstrado quando Melkor roubou as Silmarils. Isso poderia voltar a ocorrer se uma das sementes do mal que Melkor deixou no mundo crescesse e criasse raízes. Para isso uma arma lendária poderia voltar a aparecer.
     
    Última edição: 26 Out 2012
    • Gostei! Gostei! x 3
  9. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Então, não tem muitas informações sobre comandantes do Sauron. Tem o Boca, o Gothmog, orc-tentente de Mordor (nem lembro agora em que trecho aparece sobre ele, ou se eu estou viajando por causa do The Battle of the Middle Earth), e os Nazgul. Além de outros orcs apenas citados, como Snaga, entre outros.
     
  10. Ana Lissë

    Ana Lissë Nazgûl boazinha

    Não esqueçam dos homens a serviço de Sauron.

    O Boca era, diz-se, um Numenoriano Negro, na verdade um dos numenorianos que o serviam durante a Terceira Era, além dos nazgûl. Ele era o arauto de Sauron, não um explorador. Essa missão deveria ser confiada a outro homem que tivesse a confiança do Senhor do Escuro.

    Neste caso continuo a achar que o melhor é a criação de um personagem nesses moldes.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  11. Ragnaros.

    Ragnaros. Usuário

    No que tange a este personagem, há uma discussão acalorada sobre o período de existência do mesmo, à exemplo desta análise:

    Destarte, se a teoria supracitada estiver correta, o Boca de Sauron é uma criatura com muita experiência/vivência de vida, razão pela qual, o tempo à serviço da Torre Negra contaria como ponto nodal de confiança do Senhor dos Anéis para atribuir esta tarefa "hercúlea" ao Arauto de Mordor.
     
  12. Anna De Courcey

    Anna De Courcey Usuário

    Puxa mas esses jogos são criativos!!! Eu enviaria o Gollum para procurar pelo túmulo, afinal ele seguiria o que o Mestre dissesse, afinal temos que contar com a possibilidade que ele já estivesse a serviço de Frodo. AI meu Deus afinal Frodo ficaria sozinho também em Mordor!!!! Esqueça o Gollum, vamos enviar a SUPER LEGOLAS!!! E Gimili, afinal um anão encontra riquezas como a nenhum outro ser na Terra-Média! E Aragorn....puxa que confuso, talvez ele já estivesse com o mortos de Gondor com o seu exército de mortos, daí será que minha teoria dá certo?
     

Compartilhar