1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

BLIND - A Dark Passage

Tópico em 'Comunicados, Tutoriais e Demais Valinorices' iniciado por Artigos Valinor, 25 Jun 2005.

  1. Artigos Valinor

    Artigos Valinor Usuário

    A discografia completa em Inglês está disponível
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    UMA PASSAGEM ESCURA

    Eu sinto frio
    Olhando as trevas
    A luz foi embora
    Profundo no seu castelo ele disse
    Todas as terras serão minhas
    Há uma coisa que comprova
    O triunfo da sombra está perto
    Profundo em seu castelo eles cantaram
    Não devemos descansar
    Até tudo ser meu

    Todas terras são minhas
    Você pode ter certeza
    Não desafie me
    O poder vocifera

    Refrão:
    Esmaguei a luz
    Eu não irei descansar até eu ser o rei
    Valinor está vazia agora
    Aliados, os elfos e os homens
    Eles devem ser amaldiçoados


    Ascensão da queda
    Um conto negro termina

    Só se perguntando como
    Nas trevas
    Eles acharam seus caminhos
    Para o lugar certo
    Crianças do sol
    Segundo povo
    Nós chamamos sua raça
    Convidamos eles benevolentemente
    Nascidos no leste
    São os que tem medo da noite
    Eles moveram-se para o oeste
    Direto para a luz do sol
    Eles são como o suspiro da manhã
    Curta são suas vidas
    Como o amanhecer que passa
    Quando o dia chega
    O campo está perdido
    E a esperança se foi
    O sol desceu
    Além do mar
    Escura foi a hora
    Mas o dia deverá vir novamente

    Refrão
    Refrão


    Limpo minhas feridas
    Passo a limpo todo o medo
    Deixe a coragem ser minha
    Ninguém me escuta chorando

    Nenhuma música, nenhuma estória
    Que contém toda a aflição
    Mas são renomadas as ações
    E as vítimas da derrota

    Sente na sua cadeira
    E olhe para seu povo
    Com os meus olhos você verá
    E com meus ouvidos você escutará
    Você atrapalhou meu dia
    E questionou minha força
    Não brinque
    Com o mestre do destino

    Refrão

    Eu esmaguei a luz e desafiei Valinor
    Eu esmaguei a luz
    Vingança será minha

    Vagarosamente marchando
    Nós continuamos marchando...
    Vagarosamente marchando
    Nós continuamos marchando...
    Vagarosamente marchando
    Nós continuamos marchando...
    Vagarosamente marchando
    Nós continuamos marchando...
    Vagarosamente marchando
    Nós continuamos marchando...
     

Compartilhar