1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Consoles Bioshock

Tópico em 'Jogos Eletrônicos' iniciado por Elfo_Surfista, 26 Ago 2007.

  1. Elfo_Surfista

    Elfo_Surfista Peidei...

    Na boa, melhor FPS ever....

    Esse jogo é simplesmente sensacional, desde deus ex não tenho uma experiência em jogos do gênero como nesse... essa talvez seja a grande diferença do x360 para os outros consoles... o 360 está arregaçando nos títulos, eqto o ps3 eu praticamente não ligo (só serve pra enfeitar) e o wii eu só coloco pra funcionar quando tem visita (e geralmente pra jogar wiisports hauhau) o 360 já até deu pau (as malditas 3 rl´s, mas já rolou o clamp mod rsrs) de tanto que ele roda heheh

    vou colocar a review de um amigo meu do jogo que está muito boa já que não tenho saco pra escrever uma nova...



    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    O jogo se passa em 1960...

    Não entrando em detalhes mas apenas resumindo o que você já começa sabendo... a cut-scene inicial mostra você em um avião, segurando um presente dos seus pais , e logo depois o mesmo cai.

    Você consegue sobreviver e seguindo o único caminho possível pela água (o resto está em chamas) encontra uma torre com uma
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    (Não sei o nome em português então cliquem no nome para ver do que se trata, a do jogo é um pouco diferente)

    Descendo nas profundezas do oceano Atlântico por ela você descobre toda uma cidade chamada RAPTURE criada por Andrew Ryan...

    Um morador da cidade chamado ATLAS quer fugir da cidade que está dominada pelos splicers (pessoas que ficaram insanos de tanto usar plasmids), e ele te ajuda em troca de você ajudar ele. Você se comunica com ele por um rádio que você pega na bathysphere.

    A história do jogo é contada em grande parte pela comunicação entre você, Atlas e Ryan via Rádio. E em rádio avulsos que você pega pelo jogo contendo gravações de vários moradores e figuras importantes na cidade de Rapture.

    É essencial para o envolvimento no jogo, ouvir as mensagens pois mostram pelo que a população passou e conta praticamente todas as coisas que você vai querer saber sobre criaturas importantes como Little Sisters e Bid Daddys. Aliás quando você fica sabendo como esses dois são criados, é uma parte bastante interessante do jogo.

    Que fique claro que estou segurando o hype ao escrever esse review pois a vontade de contar a história do jogo depois de zerar ele está literalmente insana... não vejo a hora de alguem mais zerar para eu poder discutir sobre obra de arte que é a história desse jogo.

    Para finalizar, a história do jogo entra fácil no top 5 de melhores histórias narradas que eu já joguei na minha vida inteira... a imersão e as revelações são totalmente inesperadas e totalmente mind-blowing.

    Faça o que fizer, NÃO leia spoilers da história em LUGAR ALGUM pois irá perder MUITO do jogo fazendo isso.



    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Usando a engine de Unreal Tournament 3, Bioshock mostra tudo de mais moderno em gráficos next-gen (até crysis chegar). Lindas texturas, efeitos de sombra e luz simplesmente babantes, e o principal, uma arte invejável.

    Nunca antes um fps teve uma arte tão bem trabalhada quanto Bioshock. Desde os pilares na entrada de Rapture, até o design das áreas, tudo simplesmente babante no visual e detalhes.

    Os detalhes é que fazem com que você tenha vontade de explorar cada centímetro do mapa pois nunca duas salas vão ser iguais. Nem em design, nem no que você irá encontrar dentro. Cada sala, cada cômodo, cada corredor, tudo muito bem detalhado e diferente de tudo que você já passou. O trabalho que deram na arte do jogo e nos cuidados com os gráficos merece mais que nota 10.

    Os inimigos e personagens são muito bem modelados e a animação deles é outro destaque. Só ficar olhando como um splicer comum se mexe já faz ver a beleza... desde arrastar sua arma pelo chão soltando faísca, até sair correndo em sua direcação e dar um salto para cima de você.... tudo extremamente perfeito.

    E para finalizar essa parte do review, os efeitos das armas, a animação das armas em si, as mudanças quando você faz algum upgrade. Pequenos detalhes que fazem dos gráficos mais babantes ainda. Joguei mais de 30 horas de jogo e não tenho uma só reclamação dos gráficos, lindos do começo ao fim em todos setores (animação, gfx, texturas etc etc)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    O jogo é um fps com uma jogabidade precisa e gostosa de jogar. Ele possui um auto-aim que se mostra útil quando se está metralhando inimigos que estao correndo mas ao mesmo tempo deixa você mirar automaticamente para head shots e afins.

    A parte de atributos do jogo se resumem a plasmids (seus poderes que você encontra/compra/ganha no decorrer do jogo), poderes passivos (atribuidos em 3 categorias: Physical, Engineering and Combat)

    Cada uma dessas seções possuem slots para você usar uma máquina específica e organizar quais atributos vai querer usar. Você começa com poucos slots mas pode aumentar ate 5 no decorrer do jogo.

    Os atributos são em formas de tônicos/pocões que você encontra no jogo... Alguns você encontra normalmente, outros estao escondidos, outros requerem exploração e por último, fazendo certas coisas como tirar fotos de inimigos quando pegar a camera, ou salvando little sisters, você ganha alguns tônicos únicos também.

    Os plasmids você vai encontrando pelo jogo sendo que alguns deles só são possíveis fazendo certas acóes. Então dependendo do que você fizer no jogo você pode nunca pegar alguns plasmids.

    Falar um pouco sobre os Big Daddys e Little Sisters. Não vou entrar em detalhes de como e porque foram criados mas eles estão em Rapture espalhados nas áreas do mundo. Cada área contem um certo número de little sisters , sempre acompanhada de um Big Daddy.

    O primeiro passo é matar o Big Daddy que está protegendo ela e depois o jogo lhe dá duas opções: Harvest e Save. Por que dessas opçoes?
    Pois elas andam por Rapture com suas seringas sugando ADAM dos corpos dos mortos. ADAM é como se fosse a essência que fica depois que um splicer morre. Ele é usado para você comprar upgrades de Life, Eve (como se fosse seu MANA), e plasmids, slots para tônicos/plasmids, e tônicos especiais.

    Quando você escolhe HARVEST, seu peronagem tira todo ADAM contido na little sister em questão, matando-a. Você ganha 160 ADAM's. E a "Mâe protetora" delas (Tenebaum, uma personagem importante no jogo) manda mensagens para você sobre seu ato horroroso.

    Caso você escolha SAVE, você irar pegar apenas um pouco de ADAM da little sisters, e essa irá voltar a ser uma garota normal depois. Você ganha 80 ADAM's e a Tenebaum lhe agradece e diz que você será recompensado (e acredite, você será muito bem recomensado)

    Esses dois caminhos (Matar ou salvar) farão com que em algumas partes do jogo, seja decidido o que irá acontecer. E mudará o final do jogo (são dois finais)

    Eu salvei todas e tem 2 partes específícas que fica claro que aconteceram daquela forma devido a minha escolha.

    Agora voltando ao mundo de Rapture...

    O jogo é recheado de itens. Seja em corpos de pessoas mortas, seja em inimigos que você acabou de matar , ou seja em cofres, baus, malas, lixeiras, mesas, em qualquer objeto que você possa imaginar ser possivel guardar algo.

    Alguns inclusive estão escondidos em passagens secretas , ou requerem telekineses para serem pegos. (Telekineses será extensivamente usada no jogo para pegar itens distantes ou sem acesso)

    Alem de munição, comida (para o life), bebida , cigarros e afins, você pega dinheiro também que são usados em máquinas para comprar kits de life, Seringas com Eve, munição, entre outras coisas.

    O dinheiro SOMENTE será usado para comprar itens desse gênero então não se preocupe em juntar , pios quando você atinge $500 você não mais irá poder pegar dinheiro. Então GASTE sempre que necessário sem se preocupar.

    Também há itens que são usados em máquinas para "inventar" itens... com essas'máquinas é possível criar munição, acessórios (como o autohack) e em alguns casos, tônicos.

    A última máquina é a "Power to the People" que somente pode ser usada uma vez e faz com que você escolhe um atributo de alguma arma que você possui para dar upgrade. (sendo 2 upgrades por arma)

    Exploração é essencial para achar todas no jogo pois muita estão escondidas em lugares fora da rota que você tem que tomar com o objetivo.

    Finalizando essa seção... armas , plasmids, tônicos, upgrades etc não faltam no jogo. São abundantes e você vai ter uma variedade absurda de combinações para usar já que cada arma possui pelo menos 3 tipos distintos de munição e 2 tipos de upgrades.

    Cada plasmids e tônicos possuem até 3 leveis diferentes que vão sendo adquiridos no decorrer do jogo.

    A combinação de plasmids com as armas no combate é espetacular e nunca um fps foi tão flexível em batalhas como esse... as combinações para destruir um inimigo ou um horda deles são das mais variadas...

    Desde ir escondido com um tônico de stealth e congelar ele com Wrench (um tônico faz ela ganhar atributos de gelo e ela até muda a animação e fica congelada enquanto você segura hehe), até por armadilhas pela área ou jogar uma horda de abelhas e ir com shotgun matando um a um os splicers desesperados com a infestação de insetos ao seu redor.

    Em mais de 30 horas de jogo , em nenhum momento o jogo pareceu cansativo, chato , repetitivo, ou algo que fizesse eu querer para de jogar. Te prende muito do começo ao fim.

    Para finalizar (agora é sério hehe ) vou comentar do Hack no jogo. Você pode hackear desde máquina de compras (para pagar menos), até câmeras e bots inimigos. Nesse modo abre um puzzle aonde você tem que ligar os tubos para fazer o líquido chegar no lugar correto. Começa fácil e fica extremamente díficil mais para frente , mas igualmente desafiador. Hackeei tudo que vi e usei um pouco do autohack (caso você não esteja conseguindo ou esteja com preguiça , só usar um e pronto)

    Assim como todos atributos do jogo, existem tônicos que facilitam em algumas partes do hack.


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Uma das partes mais importantes para a história senão A parte mais importante de Bioshock: Narração.

    A narracação do jogo não é boa, não é ótima, não é excelente.... ela é PERFEITA, simples... não teria como melhorarem o cast. Toda e qualquer narração que você vai ouvir , seja do ATLAS, RYAN etc, ou seja de rádios que você pega pelo jogo, estão PERFEITAS!

    Realmete te envolve , principalmente nas mensagems mais deturpadas que você vai ouvir em gravações de algumas pessoas... realmente insanas e fazem você entrar no clima do jogo.

    Só ouvindo para entender a QUALIDADE com que fizeram a narração dessa obra prima... eu poderia dar destque a algumas partes mas como falei , sem spoilers.

    Até os inimigos falando estão perfeitos, eles resmungando, falando sozinhos, o barulho do metal pelo chão, as armas, o som do ambiente aquático, etc... impecáveis.

    Falaram na IGN e eu repito. Fiquem parado e deixei o som alto e notem o nível de detalhes do som.

    A música e composta por trilhas antigas que casam com o jogo/história/clima como uma luva. Sem contar os sons usados para você navegar pelas opçôes, máquina etc.

    Definitivamente não tiveram preguiça na hora de produzir os mínimos detalhes sonoros desse jogo.

    Finalizando....

    Eu já falei o QUÃO fenomenal é a narração?
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Nota? 10 sem nem parar para refletir.

    Vai levar muito tempo até surgir um FPS com um single player que chegue perto da experiência que se tem jogando Bioshock. Talvez o próximo jogo da IRRATIONAL
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    A combinação de gráficos next-gen, com uma história digna de um livro best-seller, uma narração de fazer filmes tops ficarem com inveja, e uma jogabilidade sensasional, fazem com que Bioshock seja de longe o melhor jogo não só do console, mas de todos jogos Next-gen lançados atê agora.

    Aliás entrou na minha lista de Top 5 como um dos melhores jogos que joguei na minha vida.

    A mensagem que o jogo passa, as frases marcantes, as cut-scenes, são coisas que vao ficar na minha cabeça e de quem jogar por toda vida como algo clássico e único.

    Uma verdadeira obra de arte em todos os requisitos que um jogo poderia ter. Poderia facilmente virar um excelente livro.

    Espero que tenham gostado do review e espero ue aproveitem esse jogo como eu aproveitei. Sem pressa, explorem tudo, ouçam tudo, captem tudo que o mundo de Rapture te passa.

    Fiquem com as fotos (não passam nem 1/4 da beleza do jogo ao vivo)
     

Compartilhar