1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Big Brother 5

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Ecthelion, 10 Jan 2005.

  1. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    "Big Brother Brasil" adapta-se para sobreviver
    ISABELLE MOREIRA LIMA


    Camaleônico, o "Big Brother" muda para sobreviver. Com estréia da quinta edição brasileira marcada para a noite de amanhã, o maior de todos os "reality shows" enfrenta seu sexto ano de existência com adaptações a cada nova edição, em cada local.

    O chefe do departamento de marketing da empresa criadora do programa --a produtora holandesa Endemol-- disse à Folha que é justamente esse o segredo do sucesso do formato.

    "Depois de cinco anos, o poder de atração do "Big Brother" não mostra sinais de abatimento. Ao contrário, continua a lançar-se em novos territórios e a quebrar recordes de audiência série após série em países onde já existe. Nossas afiliadas adaptaram brilhantemente o formato para certificar que o programa permaneça sempre renovado e inovador. O "Big Brother" chegou para ficar."

    O "Big Brother" "chegou" em 1999 na Holanda e hoje "fica" em mais de 70 países, se for levada em conta a edição africana exibida em 46 países do continente. O número de edições varia: enquanto a Espanha teve seis, outros países, como o Equador, ainda estão na primeira. Estados Unidos e Reino Unido já têm suas sextas edições marcadas para este ano.

    No Brasil, o primeiro "Big Brother" foi exibido pela TV Globo em janeiro de 2002 na ressaca da "Casa dos Artistas", lançada pelo SBT três meses antes. Para vencer a sombra de "Casa", o "BBB 1" usou de festas e jantares temáticos e do poderoso elenco global. Em visitas esporádicas, Xuxa, Tom Cavalcante e Ana Maria Braga, entre outros, tentavam animar o ambiente. Pedro Bial, que inicialmente seria apenas o apresentador, também se transformou em personagem e páreo para Silvio Santos, comandante da "Casa dos Artistas". A estratégia funcionou, e o programa conseguiu fincar o pé na grade da Globo com nove pontos a mais de audiência que a primeira edição do concorrente.

    Dois anos e quatro edições mais tarde, o "BBB 5" não teme mais a concorrência, mas ainda terá novidades. A mais importante de todas é o prêmio, que, de R$ 500 mil, subiu para R$ 1 milhão. Muda também a forma de eliminação na final --três participantes ficarão até o último dia. Dentro da casa, os "big brothers" também poderão usar uma moeda de troca.

    Apesar das mudanças, o "BBB 5" mantém-se quase totalmente fiel ao original. Em outros países, até isso já é diferente. Na Alemanha, o público assistiu a um programa de longa vida, com duração de 12 meses e novos participantes, à medida que aconteciam as eliminações.

    Além das modificações para manter-se "renovado e inovador", o "Big Brother" também muda para ser fiel ao gosto de cada público. No Oriente Médio, o "Big Brother Bahrein", batizado de "Al Rais" (o chefe), foi totalmente adaptado para a cultura árabe: foram construídos mais quartos de dormir, banheiros separados para homens e mulheres e um quarto para oração. Costumes culturais e religiosos também eram aceitos na casa.

    Para a antropóloga da PUC-SP Silvia Borelli, no Brasil, o "reality show" funcionou porque, além de ser uma marca mundial, tem uma edição que adapta a narrativa a um molde similar ao da novela. "A versão editada é que dá as características próprias dentro do padrão mundial. A narrativa aqui é de telenovela. Desde o "BBB 2", configura-se uma tentativa de construir triângulos amorosos e parcerias entre personagens, semelhante ao que o público está acostumado", explica.

    Borelli também cita o tipo de seleção dos participantes. "Há uma preocupação muito grande em mapear o imaginário cultural do país e diferentes segmentos da sociedade", diz a antropóloga, que cita o das "beldades", os grupos mais "populares" e a presença forte de negros e homossexuais.

    Adaptando-se a cada imaginário, o "Big Brother" segue conquistando mais territórios. Depois do Oriente Médio, foi a vez do leste europeu. Em junho do ano passado, a Endemol anunciou o programa croata e, em outubro, o sérvio, primeiro reality show de um canal público (RTS --Radio Television Serbia). Em março deste ano, o formato chegaria à Ásia, com o "Big Brother Tailândia". A Endemol não sabe informar, no entanto, se o programa ainda será produzido depois dos tsunamis que destruíram parte do país.

    Fonte: Folha de S.Paulo
     
  2. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Não gosto muito desse programa :roll:
    Mas os numeros são imprecionantes como mostra essa reportagem, tem em qualquer lugar do mundo esse programa.

    Esse é estilo aquele programa sem saída, mas sem perguntas. Esse tipo nao aprovo, porque alguem que chega por ultimo e fica 1 ou 2 meses na casa pode levar o prêmio enquanto aquele que tah a 8 meses não.
     
  3. Ephemera

    Ephemera Usuário

    A verdade é que esse programa é um inferno! :x

    Eu sempre digo que não perderei meu tempo precioso assistindo tal babaquice mas ai vc sai e sempre tem uma galera comentando sobre o tal programa, primeiramente vc se sente um peixe fora d´agua porque todos comentam sobre esse ou aquele participante e vc não sabe sequer quem seja. Depois bate aquela curiosidade e você diz "td bem, só hoje!" depois que você assiste uma vez vira um vicio! :disgusti:

    Saco...esse programa não deveria existir... ainda mais com um premio de um milhão... o povo vai surtar lá dentro e eu aqui fora de vontade de assistir essa porcaria... ninguem merece!
     
  4. Mith

    Mith This server is too busy!

    Bah, não é de se negar que Big Brother no Brasil ainda consegue prender a atenção de muita gente. Faço as palavras da Ephemera as minhas: mesmo você não gostando do programa, o povo que assiste, adicionando com os comentários, fazem que você assista e vicie. Comigo foi assim; mas eu não fico doido se eu perder uma exibição. Bom mesmo é rir das brigas [vide Solange e Marcela :rofl: Aquela foi "a" briga do BBB]

    Enquanto o povo morre de fome eles distribuem dinheiro. :disgusti:
     
  5. Unholy Master

    Unholy Master Chess Piece

    Eu assisto as vezes sim...
    nao serei Hipocrita de nao admitir...
     
  6. Bruno D...

    Bruno D... Usuário

    :raiva:

    É bom que todo mundo assista isso... assim mantem pessoas comuns ocupadas e não enchendo meu saco... :disgusti:

    Pra que eu vo ficar vendo um bando de gente numa casa tentando ganhar 1 milhão ?
    nem sonhando... :disgusti:
     
  7. Beriadar

    Beriadar And I will see it all before

    É realmente um propósito ridículo!!! Mas dá pra entender pq tanta gente perde preciosos minutos à noite assistindo isso.

    O pessoal tb sempre fika na espectativa d putaria!!! rsrs :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:
     
  8. Lord Ashram

    Lord Ashram Denny Crane

    Ainda bem que eu, assim como a maioria dos meus amigos (sim, muito importante eles tb serem pq não ficam comentando sobre.), sou bitolado e mal assisto televisão.
    Normalmente sei o nome de um ou outro participante por meio de alguém que comentou ou de propagandas assistidas ocasionalmente e to muito feliz com isso. :obiggraz:
     
  9. Passocurto

    Passocurto Ouch!

    Prefiro muito mais assistir Smallville no SBT ! :pula:
     
  10. Bellcross

    Bellcross Ei, Ó o Auê aí ó !

    Idem! :mrgreen:
    Mas não vou negar... as vezes eu vejo BBB tbm !!
     
  11. Arnostalion ¥

    Arnostalion ¥ Usuário

    Eu assisti o BBB uma vez só e foi por livre e espontânea pressão porque eu tava na casa de um colega e ele tava assistindo :disgusti:
    Depois peguei ainda mais ódio desse programinha besta :evil:
     
  12. Omykron

    Omykron far above

    eu vejo na tv a cabo :pula: e não vejo BBB :pula: :pula:
     
  13. Úvatar

    Úvatar Meow? Miau! Usuário Premium

  14. Anariel

    Anariel Usuário

    Eu sou doida pra ver o vídeo que o Diego mandou :lol:
     
  15. Deriel

    Deriel Administrador

    Pow, eu nem vejo, mas o que é aquela moreninha com cabelço de índia? 8O
     
  16. lady lirudel

    lady lirudel Usuário

    vou deixar a minha opiniao sobre BBB5.

    acho q a febre já passou faz mó tempo e creio q todos já sabem dos varios "eskemas" de pegaçao, grupos e tudo mais. Como nao tem mais nada pra inventar colocaram mais 500 mil e meteram bala novamente nisso. Eu , particularmente, nao gosto pois é sempre a mesma coisa. Pelo menos esse, pelo pouco q vi, tem gente bunita pra enganar.
    ah, akela "morena india c/ alguma mistura" é terrivel.
    misturo todas as raças e deu ela. mto estranha 8O ....
    bjos

    *respeito quem gosta mas eu nao sou chegada nao.*
     
  17. .plück.

    .plück. Usuário

    Acho que já enjôou mesmo, ou fui eu que não pegou o espírito da coisa.
    Talvez pq os participantes não tenham algo a mais, são os mesmos clichês de sempre.
    E o treco dos estalecos (ou algo assim), foi totalmente viajado.
    Bah.
     
  18. Bellcross

    Bellcross Ei, Ó o Auê aí ó !

    Não é tão gostosa... mas é a mais gata de todos os BBB´s... IMHO !! :roll:
    Ela tem uma beleza super exotica, e com akele cabelinho pra dar um extra... mais apaixonante ainda !! :grinlove:
     
  19. Lord Ashram

    Lord Ashram Denny Crane

  20. Dirhil

    Dirhil Olha, Schroeder...


    Vai ficar na vontade :lol:




    :think:

    Bom.... mas que venha o BBB 6 que eu entro :mrgreen:



    Eu sou fútil. Eu vejo BBB. Eu dou mta risada vendo. E assumo que vejo. Todo dia.
     

Compartilhar