1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[Biblioteca] O que significam aqueles números e letras nas lombadas dos livros?

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Haleth, 22 Mar 2011.

  1. Haleth

    Haleth There's no such a thing as a mere mortal

    Achei bacaníssimo. Dá até pra criar um joguinho nerd "Qual é o livro" usando só a numeração da lombada XD Credo.

     
  2. Calib

    Calib Visitante

    O mais importante para um leigo é saber como encontrar o número na estante. Pode parecer óbvio, mas trabalhei quase dois anos em bibliotecas universitárias, e eram muuuitos os usuários que não sabiam como funcionava o esquema, ou que iam "na intuição"; alguns ainda simplesmente iam na sorte, com paciência, até encontrar o livro. E outros, mais folgados, preferiam pedir no balcão (professores geralmente pagavam de arrogantes e pediam livros assim, mas no fundo era para esconder que não sabiam encontrá-los.)

    Isso dito, destaquemos o mais importante: há que se atentar para o nome da classificação: DECIMAL de Dewey (existe também, e mais usada, a CDU - Classificação Decimal Universal).

    Qual a importância disso? Perceber que 869 não é "oitocentos e sessenta e nove", mas "oito, seis, nove". Isso vai interessar para sabermos, por exempo, que 87 virá depois na ordem das prateleiras. E é justamente porque não devemos tomar o número pelo todo: 869 é maior que 87, e por essa lógica ficaria depois. Contudo, por ser classificação decimal, devemos pensar que 87 é "oito, sete..." e aí por diante.

    Compara-se o primeiro dígito, depois o segundo, etc.

    Assim, teríamos a seguinte ordem para números inventados: (sem paciência de pesquisar exemplos concretos que façam sentido)

    15
    361.18
    39
    869.93
    869.93(81)
    97
    etc.

    Afora isso existem outros elementos, como pontos, hífens, parênteses, etc. que seguem uma ordem pré-definida e geralmente desconhecida pelo simples usuário. Mas isso é detalhe para outra ocasião.
     
  3. Calib

    Calib Visitante

    Também é de notar que dois livros diferentes não podem ter a mesma lombada. Nunca.
    Então, supomos que a biblioteca catalogue o romance "Senhora" do Alencar com o número "869.93 A368s" e que depois entra no acervo outro livro do mesmo autor, com a mesma inicial: "O Sertanejo" (ignora-se o artigo, para esse fim). Como ficará? Simples: acrescenta-se uma segunda letra: "869.93 A368se".

    E assim se vão dando os jeitinhos.
     
  4. Haleth

    Haleth There's no such a thing as a mere mortal

    Vc estudou biblioteconomia? XD
     
  5. Calib

    Calib Visitante

    Não. Eu vou estudar, a partir do ano que vem.
    Depois de concluir Letras este ano. XD
     
  6. aces4r

    aces4r Usuário

    Eu adoro essas coisas de números.
     
  7. kika_FIL

    kika_FIL Usuário

    eu tive que saber isso um periodo da minha vida. Mas só decorei o capítulo de obras jurídicas...depois esqueci tudo...mas lembro que era mó divertido fazer as fichinhas
     
  8. Mi Müller

    Mi Müller Usuário

    Eu adoro os códigos das lombadas, cheguei a matar aula na faculdade para ficar na biblioteca aprendendo :blah: quando me lembro disso sempre penso porque não estudei biblioteconomia ¬¬
    Para minha pequena biblioteca criei um sistema baseado na CDU, mas bem mais simplificado XD
     
  9. Calib

    Calib Visitante

    Espero que você não cole lombada nos seus livros, Mi...:nao:
     
  10. clandestini

    clandestini Cylon ou

    Eu também adoro aquele monte de códigos e sabia alguma coisa sobre eles, mas muito superficialmente (MESMO) e o textinho esclareceu horrores!

    E nossa Mi, teus livros estão catalogados assim? Eu estou adiando a catalogação mega simples nos programinhas do Ubunto por falta de tempo para fazer tudo de uma vez só e tu já sai com uma catalogação baseada na CDU... É muito disciplina hein! Invejei.
     

Compartilhar