1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Biblioteca de Filologia

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Zuleica, 29 Mai 2008.

  1. Zuleica

    Zuleica Usuário

    A Biblioteca de Filologia de Berlin é impressionante.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Free University, Berlin - Germany, 1997-2005 - Um trabalho realizado por "Foster and Partners" mega construtores, apelidada pelos estudantes de 'cérebro'.
    Deixo >>>
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    pra olhar a obra de perto.
    E, >>
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    sobre como funciona a "Biblioteca" dos sonhos.
     
  2. *Ceinwyn*

    *Ceinwyn* Ogra rosa

    Linda a imagem.

    Pena que é filologia. Meu padrasto é filólogo e... écati!
     
  3. Tilion

    Tilion Administrador

    "Écati" o quê? Filologia rocks! :traça:

    Tolkien era filólogo e só conseguiu escrever o que escreveu do modo como escreveu por esse pequeno "detalhe". :cool:
     
  4. *Ceinwyn*

    *Ceinwyn* Ogra rosa

    Po, mas a parte que menos gosto da obra dele é a ligada à filologia.
     
  5. Tilion

    Tilion Administrador

    Eu não estava falando sobre os escritos estritamente lingüísticos dele, mas das narrativas mesmo. Como o próprio Tolkien disse, os idiomas vieram primeiro e as histórias depois, para dar fundamento a eles. E é justamente o aspecto filológico das obras dele que confere tamanha verossimilhança ao mundo secundário que ele criou. Nomes e palavras criados para a narrativa possuem significado e se relacionam diretamente com os personagens e coisas aos quais são ligados. Por exemplo, "Fëanor" não significa "espírito de fogo" por acaso, hehe.

    Claro, tu pode não gostar da parte "técnica" da criação ou de estudar tais idiomas em si, mas se tu gosta de alguma forma das obras dele, isso sem dúvida em parte se deve justamente ao trabalho filológico inerente a elas. Basta comparar com os trocentos pastiches de fantasia que surgiram depois de Tolkien, com nomes que parecem ter sido tirados daqueles "geradores automáticos", e ver se algum chega sequer perto ao nível de verossimilhança da Terra-média e, conseqüentemente, de apelo e reconhecimento juntos aos leitores. :)
     
  6. Idem...
    Filologia é o tipo de coisa que eu acho interessante pra caramba, mas prefiro que os outros estudem o/
     
  7. Tilion

    Tilion Administrador

    Pra não fugir muito do tópico, o edifício realmente é incrível. Não apenas pelo aspecto, mas pelo conteúdo, claro. A Alemanha é um dos últimos "redutos" da filologia propriamente dita, o que explica terem uma biblioteca específica. Na maioria dos outros países resolveram colocar tudo no mesmo saco da "Lingüística Hitórica" - o que simplesmente não é a mesma coisa e só contribui para a extinção dessa área de estudos nesses lugares e, por tabela, do conhecimento específico provindo dela. Eu que o diga, que quando entrei no curso de Letras da UFRGS estava de olho nas cadeiras de Filologia Germânica e Clássica e, quando consegui os pré-requisitos para cursá-las, elas haviam sido abolidas e substituídas justamente por uma cadeira única de Lingüística Histórica, que também é interessante, claro, mas do modo como é dada lá é simplesmente medonha e uma perda de tempo colossal. Uma lástima, realmente.
     
  8. Zuleica

    Zuleica Usuário

    Olha Gabriel, 700 mil livros armazenados, sem contar que o edifício oferece um conforto dos sonhos de qualquer pesquisador, você leu a matéria?
    O que queria dizer é a gente entra lá e não quer mais sair.
     
  9. Tilion

    Tilion Administrador

    Li sim. O fato é que há (ou havia, no sentido físico da coisa) realmente uma biblioteca específica de filologia, coisa que não se encontra em nenhum outro lugar, praticamente.
     
  10. Anica

    Anica Usuário

    é engraçado, quando vi a foto lembrei da biblioteca de asas do desejo (que bem, é em berlim), mas essa aí pelo visto foi construída depois da data de gravação do filme (que é no final dos anos 80).
     
  11. imported_Amélie

    imported_Amélie Usuário

    Eu ia dizer justamente ISSO!!!! Tb estava com Wim Wenders na cabeça! Impressionante!!!!! Quando li Berlin, Biblioteca e vi a foto, foi batata: Imaginei tudo! O filme foi lançado em 1987...
     
  12. Zuleica

    Zuleica Usuário

    É possível que a construção venha de alguma imagem projetada pela imaginação, pois esse é o forte da "Foster and Partners" levar arquitetura, misto de arte, mexendo com o imaginário local. No novo méxico eles contruiram um "espaçoporto" :D - tudo a ver.
     

Compartilhar