1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Bernard-Marie Koltès

Tópico em 'Autores Estrangeiros' iniciado por Luciano R. M., 26 Jun 2010.

  1. Luciano R. M.

    Luciano R. M. vira-latas

    Um homossexual em um mundo heterossexual. Um francês que não se sentia francês e, na África, sentia-se ainda mais estrangeiro. Um eterno exilado em um mundo violento, um eterno revoltado. Bernard-Marie Koltès poderia facilmente ser uma personagem de alguma obra do franco-argelino Albert Camus. Mas não é.
    Bernard-Marie Koltès é um dos nomes mais importantes da dramaturgia contemporânea. Se em sua vida já se percebe algo de Camus, em sua obra essa sombra é ainda mais forte. Porém Koltès anda no lado mais escuro, em que a violência e a desesperança governam. Alcoolista, homossexual e controverso, a poética de Koltès foi inovadora e iconoclástica.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. Liv

    Liv Visitante

    Meu, eu adoro os artigos do Lu :grinlove:
     
  3. Luciano R. M.

    Luciano R. M. vira-latas

    Muito, muito obrigado, Liv! ˆˆ
     
  4. Liv

    Liv Visitante

    Só mais um post de rasgação de seda e eu paro. JURO!

    Sério, um dia eu vou escrever e ler assim como o Lu. :sim:
     
  5. Luciano R. M.

    Luciano R. M. vira-latas

    hahahahahahahah muito, muito, muito obrigado Liv! ˆˆ Fico até encabulado.
     
  6. -Jorge-

    -Jorge- mississippi queen

    Opa, estou com dois dele ali (emprestados faz um tempo :calado:) e não sei por qual começar: Combat de nègre et de chiens e La nuit juste avant les forêts.

    Para mim ambos parecem muito difíceis e além do meu nível (o La nuit é só um monólogo de 50 páginas!?), mas já que pedi emprestado vou ter que quebrar a cara (para poder dar uma opinião depois quando perguntarem: "Gostou?"), né?...
     

Compartilhar