1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Bernard Cornwell - O cara é bom mesmo?

Tópico em 'Autores Estrangeiros' iniciado por Yato, 21 Ago 2015.

  1. Yato

    Yato Usuário

    Fala galera blz? Criei este tópico para saber a opinião de vocês com relação aos escritos de Bernard Cornwell. Devido ao corre corre do trabalho e a faculdade, ando meio desligado, faz mais de ano do que rola no mundo das ficções literárias.

    Faz algumas semanas que eu estava procurando alguma coisa bacana para ler ... Acabei fazendo pesquisas e mais pesquisas e o nome de Bernard Cornwell sempre aparecia com ótimas referências, especialmente com suas Trilogias de Arthur, do Graal e as Crônicas Saxônicas. Vou encomendar 3 box de livros dele no próximo mês, mas enquanto isso ...

    Queria saber de vocês que são amantes de leitura e conhecem suas obras o que tem a me dizer sobre ele, seu trabalho, sua escrita, sua capacidade de ambientar uma história, sua capacidade de prender o leitor e etc ... Se possível elenquem pontos positivos e negativos do autor e das obras.


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

    Arquivos Anexados:

    • 2716.jpg
      2716.jpg
      Tamanho do arquivo:
      84,2 KB
      Visualizações:
      69
  2. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Sim, é.


    É ficção histórica. Seus livros normalmente se baseiam num momento histórico real, com personagens reais, e insere seus protagonistas, normalmente fictícios, no meio da trama. E faz isso com maestria. Ele descreve bem o lado bom e ruim da época, como estupros e escravidão na Idade Média, e é o melhor autor que existe para descrever momentos de batalhas.

    Eu sou suspeito a falar, já li 16 ou 17 livros dele.
     
    • Ótimo Ótimo x 2
    • Gostei! Gostei! x 2
  3. Eriadan

    Eriadan Bears. Beets. Battlestar Galactica. Usuário Premium

    Se você gosta de épico medieval, com foco nas batalhas, é o melhor do gênero. Pode comprar sem medo.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  4. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Sim, leia as crônicas de Arthur.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  5. Erendis

    Erendis I'm a motherfucking woman

    Como até agora só teve gente elogiando, eu vou falar mal :mwaha:
    Brincadeira, não vou falar mal, mas vou dar minha opinião sincera.
    Deve fazer uns 3 anos que eu comprei a trilogia Busca do Graal
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Aí por algum motivo sempre acabava adiando a leitura e tal, mas de tanto ouvir o pessoal falar bem dos livros, me empolguei pra ler.
    Decepcionei.
    Eu creio que pro que o cara se propõe a fazer ele deve ser ótimo, do contrário não teria tantos fãs. Mas, na minha humilde opinião, os livros tem violência excessiva, escancarada e desnecessária.
    Eu adoro ficção história e não tenho problema nenhum com violência, tudo depende de como ela é inserida no contexto da história. E na minha opinião, do pouco que eu li, o Cornwell foca na violência.
    Numa comparação que eu fiz ontem: o Martin por exemplo, tem muita violência e crueldade no livro dele, mas quando ele faz isso, ele foca mais na intriga que levou aquilo a ocorrer e não no ato em si. Pelo menos no livro que eu comecei a ler, achei muito focado no ato violento em si, e por isso que eu não gostei.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  6. Mireille

    Mireille One ring to rule them all

    Sou do time que AMA Cornwell, apesar de só ter lido as Crônicas de Artur e a Busca do Graal (vou começar as Crônicas Saxônicas). Acho os personagens muito carismáticos (nas crônicas de Artur em especial Derfel e Merlin). Prende a leitura, quando começo não consigo mais largar os livros. A narrativa dele é épica e crua ao mesmo tempo, te mostra detalhes das batalhas e me sinto transportada ao meio delas, uma dose de realismo impressionante. Enfim, uma super imersão.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  7. Bel

    Bel Moderador Usuário Premium

    Mas gente?!
    Cornwell foca em períodos de guerra, guerras que aconteceram de verdade. A Busca do Graal do seu exemplo é o início da Guerra dos Cem Anos. E ele sabe narrar batalhas muito bem, obrigada, não tem como fugir desse tipo de violência. E a politicagem por trás nem sempre é evidente pq o narrador nem sempre é alguém do alto escalão.
    Martin foca na politicagem, antes e pós batalha, sem narrar as mesmas, mas, na minha opinião, o tipo de violência que acaba sendo narrado em GoT acaba sendo pior que batalhas sangrentas. Exemplo: li Graal e Arthur do Cornwell e só lembro de momentos especialmente violentos na trilogia do Arthur, não do Graal (longbows *__*); já em ASoIaF...

    Enfim, dê uma chance a Cornwell com outro livro dele. Sugiro Waterloo, que é narrado pelo general inglês, e deve ter mais politicagem e tal...
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  8. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Sim, Cornwell se dedica a falar dos "personagens menos importantes" que escreveram a história.
     
  9. fcm

    fcm Visitante

    uma pergunta, alguém já leu algum livro dele pelo Kindle?
    Precisa de dinamismo de ver mapas e etc onde no papel fica melhor?
    Pergunto isso pois o vol.1 das crônicas saxônicas está por 9,40 mas não sei se ficou boa a edição digital.
     
  10. Erendis

    Erendis I'm a motherfucking woman

    Eu sei, Bel, uma galera já me falou pra ler. E eu juro que eu tentei, insisti e tudo o mais que eu podia fazer (paguei uns 80 dinheiros pelo box que eu tinha, não queria jogar esse dinheiro fora :( ) mas no fim das contas não consegui. Não gostei de nada naquele livro. Quem sabe algum dia eu dê uma chance com outro livro. Provavelmente se eu for fazer isso vai ser com o
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , que é sobre a Guerra Civil americana, assunto que particularmente me interessa e não sei de muitos livros sobre ele. Mas, porém, entretanto, todavia (haha) isso só vai acontecer o dia que eu não tiver mais nada pra ler ou que realmente o livro me chamar com força. :dente:
     
  11. Mireille

    Mireille One ring to rule them all

    Eu não, mas conheço algumas pessoas que leem pelo Kindle e não vi reclamarem... uma dica é baixar a amostra e dar uma olhadinha, principalmente na qualidade do mapa.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  12. *Ceinwyn*

    *Ceinwyn* Ogra rosa

    Só li as Crônicas de Arthur. Adoro. O meu nick é de uma personagem da trilogia <3

    Não tem como não ter violência. Ele sempre escreve sobre guerras. Não gosta de violência, vai ler outra coisa. Adoro as descrições de batalha dele, você se sente ali.

    Sou professora de História, e gosto bastante da forma como ele faz a ficção histórica dele, gosto de como ele usa as pesquisas sobre a época que faz.

    Ainda não li outras coisas, mas é que tenho 6473937474932 interesses literários diferentes e pouco tempo pra leitura de lazer. Mas certamente lerei mais ao longo da vida [emoji14]
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  13. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    Apesar do Neithan gostar muito o autor é excelente sim.
     
    • LOL LOL x 2
  14. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Resposta atrasada. Eu li no livro físico e no Kindle e achei isso ruim sim. Não é vital, mas é legal ver o mapa sim. O meu Kindle é o velho, de modo que tenho q apertar uns três botoes até chegar na página do mapa - não sei se o Kindle touch é mais rápido.
     
  15. Ranza

    Ranza Macaco

    Eu li apenas as crônicas de Arthur e gostei bastante, gosto da descrição de batalhas deles e a forma como ele monta os personagens, e como já foi dito Derfel e um mega personagem. O cara me fez gostar de escudos.

    Outra coisa que gosto, e que a leitura tem fluidez, ele não enrola muito nas descrições, apesar de mostrar bem o cenário.
     
  16. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Não sou fã desse tipo de leitura, mas no caso específico deste autor acabei gostando pela forma como ele aborda bem o contexto histórico.

    Quanto a violência, infelizmente ela faz parte e omiti-la não seria algo justo com a própria história da humanidade que registra ao longo de séculos, muitas punições, torturas e logicamente guerras que custaram a vida de muita gente.
     
  17. guerreirodosigma

    guerreirodosigma Usuário

    Pq ele não faz um livro falando sobre as glórias dos Guerreiros Indianos, Chineses ou Africanos? Invés disso ele prefere exaltar a história de um povo imperialista, fazendo literatura de seus heróis.

    Enviado de meu LG-D227 usando Tapatalk
     
    • Péssimo Péssimo x 2
  18. Eriadan

    Eriadan Bears. Beets. Battlestar Galactica. Usuário Premium

    1. Porque ele não é obrigado;
    2. Nenhum dos livros citados exalta heróis imperialistas;
    3. Você acha que os guerreiros indianos, chineses e africanos eram bonzinhos e não dominaram outros povos?
     
    • Gostei! Gostei! x 1
    • LOL LOL x 1
  19. guerreirodosigma

    guerreirodosigma Usuário

    I-Ele tá na mesma condição moral q o sujeito q os filósofos militaristas germânicos q exaltavam o passado bárbaro de seu povo.
    II-Só o fato de exaltar um Anglo-Saxão já simboliza o imperialismo tendo em vista q é o ancestral e a origem dos dois povos mais imperialistas mundo.
    III-E daí? Sempre foi assim na história humana povos matando e destruindo uns aos outros, mas isso não abre precedentes para ele exaltar anglo-saxães. E não seja Racista, vc não pode por um africano no mesmo patamar q os demais povos, eles sofreram mais q qualquer um necessitam ser exaltados e ter tda a sua história romantizada(até os fatos negativos) diferente dos povos opressores.

    Enviado de meu LG-D227 usando Tapatalk
     
  20. Ranza

    Ranza Macaco

    sim, ele é
     

Compartilhar