• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Beornings.

Meneldur

We are infinite.
Usuário Premium
Gente, não é nada absurda a possibilidade de Beorn acasalar com ursas.
Não é bestialismo, bestialismo seria um homem e um animal, mas Beorn não é só um homem, ele TAMBEM é um animal.
É de se esperar que o lado urso dele tambem exista.
Beorn acima de tudo é um homem, com uma 'habilidade especial'. O lado primário dele é um homem, tem espírito de homem, sua espécie é humana. Ele não tem duas especies, tem uma só: a de homem, O que sairia da cruza seria um homem ou um urso? Meio-a-meio?
 

Náring

Mad Hatter
Está especificado em algum lugar que ele é um humano normal, que por algum acaso se transforma em urso?
 

Elendil

Equipe Valinor
Está especificado em algum lugar que ele é um humano normal, que por algum acaso se transforma em urso?
Sim, o próprio Tolkien diz isso claramente e em poucas palavras. Novamente posto a citação das Cartas que está na página anterior deste tópico:

"Beorn está morto; vide vol. I p. 124. Ele apareceu em O Hobbit. Era então o ano 2940 da Terceira Era (1340 no Registro do Condado).[...] Embora um troca-peles e sem dúvida um pouco de mágico, Beorn era um Homem"*.

As Cartas de J. R. R. Tolkien, 144 Para Naomi Mitchison, p.173.
*Ênfase minha.
 

Náring

Mad Hatter
Bom, nesse caso, de fato, não faria sentido ele acasalar com ursas.
Mulheres fica melhor mesmo.
 

Aluado

Usuário
Eu creio que seria impossível Beorn ser o primeiro do seu povo. E também não acho que ele se multiplicava com ursas, e sim com mulheres troca-peles também.
Um único homem não poderia dar ao mundo uma nova raça em 60 anos senão seria um coelho.
 

Gui.

Usuário
Quando o Morgoth capturou elfos, ele originou uma numerosa quantidade de orcs em pouco tempo ( não mais que alguns anos, eu acho. )

E não foram 60 anos, foram 80. ( Contando na época da Guerra do Anel. )
 

Meneldur

We are infinite.
Usuário Premium
Quando o Morgoth capturou elfos, ele originou uma numerosa quantidade de orcs em pouco tempo ( não mais que alguns anos, eu acho. )

E não foram 60 anos, foram 80. ( Contando na época da Guerra do Anel. )
Não estou lembrado de datas exatas (essa concepção sobre a data da origem dos orcs foi muito mudada ao longo dos anos), mas cada Ano das Árvores equivalia a 9,58 anos solares. Então, se Morgoth tivesse gerado orcs por uns 10 anos das árvores, teria sido por quase 100 anos (e Melkor capturou bastantes elfos, não se esqueça).
 

Yullia_

Miss Gabriela Vanessa
Eu creio que seria impossível Beorn ser o primeiro do seu povo. E também não acho que ele se multiplicava com ursas, e sim com mulheres troca-peles também.
Um único homem não poderia dar ao mundo uma nova raça em 60 anos senão seria um coelho.
Desculpe-me minha leigalidade Aluado.
Existiam "mulheres" troca peles ?
Concordo que existiam mulheres da floresta, mas troca peles ?
 

Esmalren

Suilantan ilquen !
Bom, a minha interpretação, segundo os trechos acima, é de que Bëorn, como os outros homens das Montanhas, não confiava em anões e, por isso, recomendou-lhes ficar em casa durante a noite, provavelmente enquanto reunia os outros homens da montanha para confirmar a história contada por Gandalf, sem ter que perder tempo em defender a honra (até o momento) duvidosa de anões nada benquistos naquelas bandas.

Fica claro que Bëorn se transformava em urso preferencialmente a noite, e como iria para uma terra dominada por orcs e wargs, ele poderia ter convocado outros troca-pele, adultos e jovens (que seriam os ursos de todos os tamanhos que deixaram as pegadas rastreadas por Gandalf), para fazer a vigília da casa de Bëorn e das imediações desta, o que explica não só as pegadas como os arranhões na porta.

E por que eu penso numa legião de homens troca-pele e não em animais comuns? Porque Bëorn sabia a língua dos bichos e poderia levar com ele quais quisessem, que eles lhe seriam subservientes, entretanto acho que, numa terra de homens-urso, uma legião de ursos liderada pelo chefe troca-pele que poderia ter levados quaisquer animais consigo quer dizer reunião de outros homens troca-pele.

Concordo plenamente,pois isso leva em consideração o que nosso querido Mr. Tolkien escreveu. Tudo isso consta no Hobbit, devemos nos atentar aos fato de que, isso está ESCRITO e não especulado.

Tudo bem que de certa forma, haja alguma ambiguidade nos textos do livro, mas isso cai cachoeiras abaixo, diante do que o usuário Elendil disse:

"Beorn está morto; vide vol. I p. 124. Ele apareceu em O Hobbit. Era então o ano 2940 da Terceira Era (1340 no Registro do Condado).[...] Embora um troca-peles e sem dúvida um pouco de mágico, Beorn era um Homem"*.

As Cartas de J. R. R. Tolkien, 144 Para Naomi Mitchison, p.173.


Ele era homem e ponto. Igual disse meu Saitor.

Abraço !!! :cool:
 

Excluído043

Excluído a pedido
Creio que os beornings, assim como os hobbits, surgiram na terceira era, afinal, segundo o "Silmarillion", toda era tem as suas "novidades" em matéria de criação. Penso que Beorn era apenas o mais propenso de seu povo ao contato com as outras espécies "pensantes e falantes" da TM. Humanos, dotados de alma e livre arbítrio, capazes de se transformarem em ursos e absolutamente fascinantes.
 
Última edição:

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.470,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo