1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Aventuras Olifantásticas: A Origem - Parte 1

Tópico em 'Nostalgia' iniciado por Digo_s, 25 Ago 2002.

  1. Digo_s

    Digo_s Olifantástico

    Praticamente desde q o Conselho Olifantástico surgiu, tínhamos um projeto q escrever histórias com os integrantes do conselho enfrentando diversos desafios para manter o mundo afastado da devastação e do esquecimento! No entanto o tempo foi passando e nada foi escrito, e o projeto pro ironia do destino, esquecido! Depois de vários meses o projeto foi resgatado do meio de teias de aranha e finalmente estamos divulgado a primeira parte da primeira aventura dos olifantásticos, q contará a origem do conselho e o aparecimento do seu grande inimigo!



    Aventuras Olifantásticas: A Origem - Parte 1

    Era uma vez, eu um lugar não tão distante, em um tempo não tão remoto; uma ilha. Não uma simples ilha, dessas que você encontra nos mapas vendidos em papelarias ou que estão a disposição na biblioteca. Era uma ilha imaginária, que surgiu da mente de algumas pessoas como objetivo unir todos os que gostavam de Tolkien e suas incríveis histórias. Esta ilha se chamava Fórum da Valinor, mas em nossas histórias a chamaremos apenas de Ilha Fórum.

    No começo, poucos vieram, mas com o passar do tempo, como todo lugar interessante, a Ilha Fórum foi crescendo, recebendo novos habitantes, novas áreas surgiram, novas vilas e cidades foram criadas... Então, como em qualquer grupo de pessoas q começam a se conhecer melhor, conversas sobre vários assuntos surgiram, e a ilha deixou de ser um lugar para falar apenas de Tokien para se tornar uma comunidade para os que gostavam do mesmo. Uma grande área da ilha foi então destinada à criação de vilas e pequenas cabanas para q os habitantes pudessem conversar sobre os temas mais variados possíveis. Esta área era simplesmente chamada de Geral, mas mais tarde deu origem ao grande país chamado Gerália.

    Passado algum tempo a Ilha Fórum entrou em sua fase de ouro. Uma incrível harmonia entre ordem e crescimento pairava no ar, e foi nessa época que uma grande vontade de falar sobre coisas antigas e de suas infâncias tomou conta de quase todos os habitantes da ilha. Em varias vilas e pequenas cabanas as pessoas conversavam e se divertiam lembrando de momentos alegres e felizes de seu passado. Foi então que para manter a ordem da ilha, uma pequena cabana chamada “Vc se lembra?”, criada por Valanice, foi destinada a conversas sobre temas Nostálgicos.
    “Vc se lembra?” não ficou muito tempo como uma pequena cabana já que atraiu habitantes de todas as partes da Ilha. Em poucos dias uma pequena vila havia se formado em torno da grande cabana central, q passou a se parecer muito mais com uma bonita casa de madeira. Os tempos de prosperidades e calmaria duraram bastante, mas não foram eternos, e é aqui q nossa história realmente começa...

    <Ilha Fórum, Área Geral, Vila “Vc Se Lembra?”, Cabana Central...>

    Erunámo: Fala Digo_s, tudo blz? Como vão as coisas por aqui?

    Digo_s: Eu acho, pelo menos ao q parece, muito monótonas! Já deu uma olha na vila?

    Erunámo: É, eu reparei q não tinha ninguém nas ruas, mas achei q podia ter gente dentro das outras cabanas.

    Digo_s: Q nada, já olhei por toda parte da vila, aliás pela ilha toda! Está todo mundo nas outras áreas, e isso é bem estranho, já q por essa hora a vila está sempre cheia!

    Erunámo: Vc sempre em todos os lugares ao mesmo tempo em Digo_s!
    Mas é realmente estranho o pessoal não ter vindo pra cá ainda...
    Vamos esperar o Bastian Hawkins, eu o vi vindo pela colina das Cavernas Filme. Lá tem andado muito movimentado ultimamente, talvez ele saiba de alguma novidade.

    Digo_s: Então pega o Cai-não-cai ali no canto q já to cansado de ficar aqui parado esperando!

    <Algum tempo depois Bastian de Melkor chegam...>

    Melkor: Fala cambada, qual é a boa? NOSSA, Cai-não-cai , chega pra lá q tb quero jogar!

    Bastian: E ai pessoal, tudo certinho? Me respondam uma coisa, cadê o resto das pessoas? Geralmente isso aqui fica muito mais movimentado. Só tem vcs dois?

    Erunámo: Q bom q vc percebeu, era o q íamos te perguntar. Eu te vi vindo das Cavernas Filme e achei q vc sabia de alguma novidade na Ilha.

    Bastian: Lá realmente estava cheio, mas nada q justificasse esse clima de cidade fantasma aqui na vila. Tirando um pequeno engrossamento na discussão de Puristas contra Liberais, nenhuma grande novidade por lá.

    Erunámo: Aposto q foi o Cheetos Bolinha q o Digo_s trousse ontem q espantou todo mundo daqui. Aquela porcaria cheira vomito!

    Digo_s: Bah! Fala Sério! Teve muita gente q disse q gostava e comeu tb! Estou até pensando em colocá-lo pra vender junto com as outras guloseimas nostálgicas no mercadinho!

    Melkor: Apoiado Digo_s! Queremos Cheetos Bolinha já!

    Erunámo: Vcs são suicidas, vão acabar...

    Bastian: Eu sei isso estamos aqui pra isso, mas podemos parar com a criancice só um pouco?

    Erunámo: Mal Bastian, depois eu resolvo essa história com o Digo_s! Então vamos nos...

    <Leo_CE e Rosie Cotton irrompem na casa...>

    Rosie: Gente, tem alguma coisa estranha acontecendo na Ilha....

    Melkor: Ohhhh!!!!

    Leo_CE: Fica quieto, deixa ela falar!

    Melkor com voz de desdém: Fica quieto, deixa ela falar!

    *Leo_CE faz cara de mau pra Melkor mas fica constrangido*

    Rosie: Como ia dizendo antes de ser interrompida. Eu estava passando pelas outras vilas da Área Geral mostrando pras pessoas a minha Sandálinha Melissinha mas ninguém conseguia se lembrar dela. Até as pessoas com quem tinha conversado sobre ela aqui na Vila não lembravam.

    Leo_CE: Comigo aconteceu a mesma coisa! Estava vindo pra cá e no caminho chamei o Conan e o Logan pra vir comigo pro “Vc se lembra?” para verem a nova lista de ilhas onde achei muito material nostálgico, mas pra minha surpresa eles nem ao menos sabiam oq era “Vc se lembra?”.

    Digo_s: Isso não esta cheirando bem!

    Erunámo: Realmente Digo_s, pior q Cheetos Bolinha! Mas então vamos...

    *Um grande barulho de bolinhas rolando pela sala*

    Melkor: Droga, sempre perco nesse Cai-não-cai.

    Erunámo: Da pra prestar atenção q o assunto é serio? Vamos nos separar em duplas pra investigar o resto da Ilha Fórum, temos q saber se é em todos os lugares q as pessoas não estão mais lembrando das coisas, e é claro, tentar descobrir a causa disso tudo.

    Rosie: Apoiado!

    Leo_CE: Levem esses walk talks com vcs! Eles não cobrem a Ilha toda, mas é melhor do q nada!

    Digo_s: Pq agente não coloca Cheetos Bolinha na antena pra aumentar o alcance?

    Melkor: Cala a Boca Digo_s!

    Leo_CE: Hum, acho q pode dar certo sim, se agente colocasse BomBrill dentro dos Cheetos e prendesse eles nas antenas poderia criar uma reação entre a palha de ferro e o campo aromático do...

    Erunámo: Leo, vc pode ou não fazer isso?

    Leo_CE: Sim eu posso.

    Erunámo: Grande cara!

    Digo_s: Mas a idéia foi minha!

    *Melkor da um cutucam em Digo_s pra ele ficar quieto*

    Erunámo: Continuando, Então eu e o Digo_s vamos examinar a Floresta Obras, Melkor e Bastian vão para Baia dos Bardos q Cantam e Rosie e Leo dão mais uma sondada aqui nas planícies do Geral.

    Melkor: Pq o Leo q tem q ir com a Rosie?

    Digo_s com voz de desdém: Pq o Leo q tem q ir com a Rosie?

    *Digo_s e Leo trocam um sorriso de vingança*

    Erunámo: Deixa de brincadeira e vamos logo! Peguem algumas coisas q possa ajudar na investigação enquanto o Leo prepara os walk talks e vamos logo!


    “E então nossos amigos saíram para aquela q seria sua primeira missão juntos, ou separados, dependendo do referencial...”


    <Erunámo e Digo_s entrando na Floresta Obras>

    Digo_s: Será q esses walk talks funcionam na floresta?

    Erunámo: Claro q sim, é uma floresta encantada, deve funcionar melhor ainda lá dentro. Mas pq essa preocupação? Oq pode acontecer de tão urgente q precisemos avisar os outros?

    *A moita bem em frete começa a se mexer*

    Digo_s: Vamos avisar aos outros!

    Erunámo: Pô, é só um elfo necessitado. Ninguém precisa ficar sabendo disso.

    Digo_s: Ah, é q sempre gostei de brincar de walk talk!

    Erunámo: Me da isso aqui antes q vc quebre.

    Digo_s: Olha ali a primeira vila, essa é uma das mais legais,eu adoro vir aqui, as discussões, são, hum, como posso dizer...

    Erunámo: Silencio, vamos chegar despercebidos e escutar a conversa.

    Digo_s: Não sei pra q isso tudo! Não estamos em uma missão secreta!

    *Digo_s e Erunámo se apóiam atrás da parede da maior casa da vila*

    Voz 1: Claro q tinha asas! Está na parte da ponte: “E suas asas se abriram de parede a parede...”...

    Voz 2: Isso é no sentido metafórico, tb esta escrito lá: “...e a sombra a sua volta se espalhou como duas grandes asas.”

    Digo_s: Cara, não adianta ficar ouvindo, eles só discutem esse tipo de coisa nessa vila, eu tentei de falar, mas vc não deixou! Acho mais fácil perguntar alguma coisa pra alguém!

    Erunámo: É, pode ser.

    *Ao fundo duas pessoas brigando “Claro q o Frodo e o Sam são Gays!” “Não, não são”*

    Erunámo: Com licença, vc se lembra do “vc se lembra?” ?

    Hobbit Baixinho: Como? Se eu me lembro do eu me lembro?

    Digo_s: Q pergunta confusa, deixa essa parada de interrogar comigo!
    Tipo, a parada é o seguinte, agente quer saber vc já ouviu falar em um lugar lá na Área Geral onde as pessoas falam de coisas antigas, sabe. É q as pessoas não tem ido lá esses dias e muitas nem sabem ou lembram q o lugar existe! De repente vc ouviu falar alguma coisa e tal, algum boato, qq coisa, de pq as pessoas não tem ido pra lá lembrar das coisas, ou de repente vc lembra...

    Hobbit Baixinho: Ta bom, ta bom, já entendi, vc fala de mais! Nunca ouvi falar nesse tal “Vc se lembra?”. Ou então eu não lembro mesmo! Hehehe! Se vcs estão saindo pro ai perguntando, talvez nem vcs se lembrem! Hehehehe!

    *Digo_s e Erunámo se entreolham com cara de “esse cara ta zoando agente”*

    Hobbit Baixinho: hahahahaha! Vcs são os mais esquisitos q já vi por aqui, tirando é claro aquelas coisinhas esquisitas carregando aquele saco enorme! Hehehehe!

    *Alguém grita do meio de um grupo na praça*

    Guerreiro Barbudo: Ah, olha lá o filho do Samwise Gaygi rindo q nem um elfo!

    Hobbit Baixinho: Eu vou mostrar pra vc quem é o Elfo aqui...

    Digo_s: Droga, aqui não vamos descobrir nada pelo visto, acho melhor irmos para outra vila mais séria!

    Erunámo: Era exatamente o q ia dizer!

    <Erunámo e Digo_s se embrenham pela floresta em direção a próxima vila>


    “Enquanto isso, na Baia dos Bardos q Cantam...”

    <Bastian e Melkor chegando aos portos da baia>

    Melkor: Não sei pra q vir aqui nos Bardos q Cantam, aqui é tudo muito parado, seja lá o q for q esteja acontecendo no fórum, ninguém aqui vai estar sabendo de nada.

    Bastian: É, mas aqui nessa área fica os portos de entrada pra Ilha Fórum, se alguma coisa estranha entrou, alguém deve ter visto.

    *Andando em direção a cabine do ancoradouro*
    Elfo fiscal: Bom dia nobres rapazes, o q posso fazer por vcs?

    Bastian: Agente queria saber se o senhor viu por aqui alguma coisa estranha esses dias.

    Elfo fiscal: Hum, e quem são vcs? Tico e Teco? Não estou autorizado a dar informações pra ninguém metido a investigador.

    Melkor: Qual seu problema? Ninguém aqui foi grosso com vc pra responder desse jeito! Aliás, vc mesmo se ofereceu pra ajudar.

    Elfo fiscal: Me desculpem, mas já e hora de fechar.

    *O Elfo se fecha dentro da cabine*

    Melkor: Dês de quando a Ilha fecha os portos de entrada?! Esse cara ta enrolando agente!

    Bastian: Calma, não adianta fazer nada, se o cara não quer ajudar é melhor perguntar pra outras pessoas.

    Melkor: Nada disso, esse cara sabe de alguma coisa. Se não viu como ele mudou de temperamento com uma só pergunta.

    Bastian: Sim, mas e daí? Por acaso agente vai forçar ele a falar?

    Melkor: Grande idéia!!! (Smile demônio)

    *Melkor enfia a mão no bolso e tira um bocado de bolinhas*

    Bastian: Q isso? O q se vai fazer?

    Melkor: São as bolinhas do Cai-não-cai, sabia q iam ser úteis.

    *Melkor espalha as bolinhas na frente da porta da cabine*

    Melkor com voz de autofalante: Atenção, carregamento especial de imagens do filme chegando!

    *Elfo Fiscal abre a porta de supetão e sai disparado da cabine*
    *Com a mesma velocidade pisa em cheio nas bolinhas, da três giros no ar e cai esborrachado no chão*

    Melkor: Rápido, me ajuda a colocar ele dentro da cabine ante q alguém veja!

    Bastian: Q se fez cara? Ta querendo arrumar mais problema?
    Bom, já q vc fez, melhor te ajudar mesmo.

    <Bastian e Melkor dentro da cabine com o Elfo Fiscal enrolado com uma Mola-Maluca>

    Melkor: Acorda cara, pode falando o q se viu!

    Elfo Fiscal: Anh? O q? ... ??? ... Vcs tão muito e ferrados! Quando eu sair daqui o Rei Deriel vai ficar sabendo disso.

    Melkor: E tb vai ficar sabendo q vc anda deixando gente estranha entrar aqui. Diz logo o q se viu.

    Elfo Fiscal: Não vi nada! Vcs não tem como provar nada! Não digo nada!

    Melkor: Diz!

    Elfo Fiscal: Não digo!

    Melkor: Diz!

    Elfo Fiscal: Não digo!

    Melkor: Não diz!

    Elfo Fiscal: Digo... Ahan? ... Vc ta achando q é o Pernalonga é?

    Bastian: Droga, chega de bobeira! Ou vc fala logo o q viu ou vou te obrigar a comer Cheetos bolinha!

    Elfo Fiscal: Não! Não! Tudo menos isso! Ta bom. Eu falo.

    Melkor: Q isso em Bastian, pra alguém bonzinho vc se saiu muito bem. Hehehe.

    Elfo Fiscal: Bom, foi o seguinte, na madrugada de ontem chegou um barco de carga. Quando fui lá fiscaliza, um homem q mais parecia uma mistura de anão gigante com orc saiu de dentro do barco e me ameaçou. Disse q se eu não ficasse quieto e deixasse eles passarem, ele ia destruir toda minha coleção de miniaturas. Não pude fazer nada.

    Melkor: Destruir sua coleção de miniaturas? Q tipo de ameaça é essa?

    Bastian: Vc viu mais alguma coisa? O q tinha no barco?

    Elfo Fiscal: Depois disso eu me tranquei aqui na cabine, não vi muita coisa, mas ainda pude perceber umas coisinhas esquisitas saírem de dentro do barco carregado uns sacos. Eles estavam vazios, então não achei q fosse algo perigoso, por isso nem disse nada. Por favor, não contem a ninguém, meu emprego depende disso.

    Bastian: Fique tranqüilo, vc ajudou muito agente. Não diremos nada. Vamos indo Melkor, temos muito q fazer.

    Elfo Fiscal: Ei, vcs não vão me soltar?

    Melkor: Ta brincando, é quase impossível desembolar essa Mola-Maluca.

    <Melkor e Bastian saindo dos portos>

    Melkor: Melhor avisar aos outros não? Muito estranha essa história.

    Bastian: Sim, mas antes vamos dar uma passada em algumas vilas e saber se aqui o pessoal tb se esqueceu das coisas.

    Melkor: Tudo bem. Me passa ai o Divertidos. To cheio de fome.

    <Os dois seguem em direção as vilas da Baia do Bardos q Cantam>


    “Leo e Rosie ainda estavam investigando as Planícies Gerais...”

    <Rosie e Leo saindo de uma pequena vila>

    Leo: Com essa se foram todas as vilas e cabanas do Geral.

    Rosie: Todas as vilas do Geral! Todas!!! Vc tem noção do é isso? E ninguém, nenhuma alma viva se lembrou de nada, nem Caverna do Dragão! Isso é impossível, onde foram parar as lembranças desse povo?

    Leo: Isso é o q temos q descobrir, e até agora não achamos nenhum pista. Ninguém viu nada, não sabe de nada; ou então nem disso lembra mais.

    Rosie: Ah, tb não podemos desanimas né Leo? Agente ainda acha alguma coisa sim, a pista pode estar em qq lugar, até bem ali, atrás daquela árvore...

    *Um homem alto, muito feio e mulambento sai de trás da árvore*

    Rosie: AAAAAAAHHHHHH!!!!!!

    Homem Feio: Parece q ainda tem gente por aqui q ainda lembra das coisas né? Mas está na hora de acabar com esse problema de uma vez por todas.

    *Rosie corre desesperada para trás do Leo enquanto a homem avança em direção aos dois com um grande saco bem aberto*

    Leo: Não se aproxime ou eu, ou eu...

    Homem Feio: Ou vc oq? Vai me soprar, soprar até me derrubar? Hahahaha!

    Leo: ...ou eu te acerto com isso aqui!

    *Leo tira do bolso uma bolotona de Super Massa*

    Homem Feio: Me acertar com um monte de massinha de modelar? Hahaha!

    “Leo então atira a bola de Super Massa acertando a rosto do Homem em cheio, o q faz com q a massinha se espalhe por toda sua cara. O homem então leva as mãos ao rosto tentando limpá-lo mas só consegue grudá-las. Ele pronuncia alguns murmúrios inteligíveis por causa da massinha, mas mesmo assim alguém entendeu pq logo um grupo de criaturinhas esquisitas surgem em socorro do dele.”

    Rosie: AH!!!! Mais q coisinhas mais nojenta, vamos logo Leo, enquanto ainda é tempo.

    Leo: Funcionou!!! Yeh!!! ... Ahan? Sim, vamos embora logo... Espera, acho melhor levar esse saco pra ver o q é.

    *Leo agarra o saco como pode e sai correndo atrás da Rosie*

    <Leo e Rosie correndo>

    Rosie: Leo, o q era aquilo q vc jogou naquele cara? Não era Super Massa com certeza, elas nunca grudavam na mão.

    Leo: Realmente, não era “apenas” Super Massa. Era um pequeno teste q estava fazendo misturando massinha de modelas com um desses chicletes vagabundos, daí eu fiz aquela bola, injetei água dentro, e como todos sabem, água com Super Massa faz uma...

    Rosie: Vc é um gênio Leo! Brigadinha!

    *Ainda correndo Rosie da um beijo em Leo*

    *Leo fica mais vermelho do q já estava por estar correndo*

    Rosie: Por aqui, não adianta ficar correndo. Vamos no esconder atrás daquela pedra pra ver se despistamos eles.

    <Os dois se escondem atrás da pedra e ficam esperando as coisinhas estranhas irem embora>


    “Em algum lugar da Floresta Obras...”

    <Erunámo e Digo_s sentados em um tronco>

    Erunámo: Estou cansado cara, fomos em quase toda parte da floresta e nada conseguimos. Ninguém consegue lembrar de nada de bom da época em q eram crianças e muito menos do “Vc se lembra?”.

    Digo_s: É, mas pelo menos conseguimos algumas pistas, algumas pessoas falaram de terem visto as tais coisinhas esquisita carregando o saco, isso pode ser alguma coisa, ou não! Quem vai saber?

    Erunámo: Mas isso não quer dizer muita coisa, só com isso não conseguimos descobrir nada.

    Digo_s: Tive uma idéia! Pode ser útil ir falar com ele, mas sei lá, bom, pelo menos ele costuma saber tudo q se passa aqui pela floresta!

    Erunámo: Q idéia? Ele quem? Vc não consegue falar claramente nunca?

    Digo_s: Fala com o Bombadil! Ele ta sempre aqui pela Floresta Obras e costuma sabe tudo q se passa por aqui!

    Bombadil: Bombadil, Tom Bom, Bom Bombadilo! Alguém me chamou?

    Digo_s: Na verdade sim, ou não, não tínhamos chamado, pelo menos não ainda! Quer dizer, íamos chamar, mas quando dissemos seu nome não era com esse intuito!

    Erunámo: Vc sempre deixando tudo mais confuso né? Basta dizer q íamos falar com ele agora.

    Bombadil: Calma meus camaradinhas, já estou aqui. O q desejam vcs do Tom Bom? Hum! Vcs procuram algo. Algo do qual minha mente não pode lembrar. Mas ainda assim posso ajudar. A floresta andou movimentada esses dias.

    Erunámo: Vc tb viu daquelas criaturinhas esquisitas? Carregando sacos?

    Bombadil: Sim eu vi. Mas não é disso q falo. Duas árvores estão muito ativas. Elas ficam na fronteira da floresta com o Geral. Bem atrás da vila “Vc se lembra?”. Elas querem falar com vcs.

    Digo_s: Pelo menos vc não esqueceu a vila “Vc se Lembra?”! Hum! As árvores querem falar com agente? O q isso quer dizer? E como duas árvores podem estar ativas? Como vamos achar essas árvores? Tem milhões delas entre a fronteira da Floresta Obras e a vila!

    Bombadil: Vc pergunta de mais. Bombadilo tem q ir. Ainda tenho muito o q fazer. A floresta me espera. Adeus camaradinhas.

    *Bombadil some por entre as árvores cantando e saltitando*

    Digo_s: Grande ajuda tivemos, procurar árvores, quem precisa delas! E eu ainda ia perder meu tempo procurando ele, sorte nossa q apareceu antes!

    Erunámo: Pois eu acho q devemos ir lá verificar, ele não parecia estar tirando uma com agente. E ainda mais, ta na hora de chamar os outros, aproveitamos e marcamos lá nas tais árvoes.

    Digo_s: Q árvores, nós nem sabemos q árvores são...

    *Alguém falado no walk talk*

    Rosie: Erunámo, responde, alguém ai? Aqui é a Rosie. Precisamos falar com vcs urgente! Respondam!

    Digo_s: Eu atendo! Alo? Alo? Planeta Terra chamando! Esta, é mais uma edição, do diário de bordo, de Lucas Silva e Sil...

    Rosie: Sem brincadeiras Digo_s, é serio. Eu e o Leo fomos atacados por umas coisinhas super nojenta, esquisitas e assustadoras! Tb tinha um homem feio, muito feio, horrível, todo imundo! Ele tentou pegar agente com um sacão, foi horrí...

    Digo_s: Rosie, Rosie, calma! Passa pro Leo, vc está muito nervosa!

    Leo: Digo_s, to aqui, não se preocupem, ta tudo tranqüilo, a gente já está indo pra vila, encontramos vc lá ok?

    Digo_s: Pera ai Leo, tem umas tais árvores atrás da vila, perto da Floresta Obras, encontra agente lá! São assim, duas árvores, uma do lado da outra! E elas tb estão bem agitadas, facinho de achar!

    *Erunámo tira o Walk Talk da mão do Digo_s*

    Erunámo: Da isso aqui! Não é nada disso Leo, é q agente consegui uma informação pra encontrar duas árvores entre a vila é a floresta, elas devem estar bem destacadas das outras, agente não sabe exatamente qual é, mas vai naquela direção q agente se encontra por ali.

    Leo: Certo, então vemos vcs lá.

    Digo_s: Erunámo, agente tem q avisar o Bastian e o Melkor tb!

    Melkor: Já estávamos ouvindo Digo_s, os walk talks estão em ligação aberta. A gente aqui ouviu falar dessas mesmas coisinhas esquisitas q a Rosie tava falando, e a descrição desse homem q ela falou bate com a de um anão-orc-gigante q soubemos q invadiu a ilha. Estamos saindo aqui dos Bardos agora, encontramos vc lá nessas árvores.

    Erunámo: Valeu Melkor, até lá.

    *Erunámo desliga a voz do walk talk*

    Digo_s: Mas que diabo serão essas coisinhas? Pelo visto todo mundo viu delas, e a Rosie falou de um tal saco tb, só q estava com o carinha feio, e não com as coisinhas! E o q será q o eles ouviram falar lá nos Bardos? Mas pelo visto a Rosie e o Leo foram os único q tiveram contato direto com alguma coisa! O q será q esta acontecendo?

    Erunámo: Calma, é isso o q temos q descobrir, mas antes precisamos encontrar os outros lá nas árvores pra discutir o assunto e saber direito o q eles viram.

    Digo_s: E analisar essas tais árvores tb! Árvores falante, só o Bombadil mesmo.

    <E os dois seguem para a borda da Floresta Obras em direção a vila “Vc se lembra?”>


    “E todo os nossos amigos rumaram para o local do encontro...”

    <Melkor e Bastian chegando ao local do encontro>

    Melkor: É aqui. Mas não vejo nenhum par de árvores q esteja chamando atenção.

    Bastian: E tb não vejo nenhum deles por aqui, embora o lugar seja esse com certeza. Bom, a área é bem grande entre a vila e a Floresta Obras, de repente elas estão mais pra um dos cantos.

    Melkor: Hum, agente pode subir naquela colina ali, de lá deve dar pra enxergar melhor.

    Bastian: Q colina? Aquilo no máximo é um montinho chato, bem largo por sinal. Mas até subindo nessa arvore aqui da pra ver melhor ali de cima.

    Melkor: Vc ta é de frescura pra andar mais um pouco, já cansou seu velho?

    Bastian: Ah é? Então o ultimo a chegar é a mulher do padre!

    *Bastian termina a frase já correndo e Melkor dispara atrás logo em seguida*

    Melkor: Assim não vale, vc roubo a largada!

    “Quase chegando ao q seria a parte mais alta da suposta colina, os dois se deparam com um grande vale onde deveria se encontrar um topo chato. Dentro desse vale escondido, bem no centro, duas árvores enormes e formosas formavam uma lindíssima paisagem, dessas q a gente só vê nos antigos filmes de fantasia, ou nas histórias de Tolkien é claro. Uma mangueira e uma jabuticabeira, nunca vistas tão grandes em outro lugar, e tb nunca vistas antes por habitante algum da ilha.”

    Melkor: Cara, olha pra isso! Com certeza eles estavam falando dessas árvores.

    Bastian: Sem duvida nenhuma, e agora eu até me sinto como se tivesse na verdadeira Valinor.

    *Uma voz grita por de trás deles*

    Digo_s: Melkor, Bastian, olha agente aqui!

    *Os dois conseguem ver Erunámo e Digo_s indo ao encontro de Rosie e Leo q estavam vindo das Planícies Gerais*

    Melkor: Galera, agente achou as árvores, vcs tem q ver isso! Corram!

    “Digo_s dispara sem nem precisar terminar de ouvir a frase! Rosie veio logo em seguida puxando Leo pela mão. Erunámo tb veio correndo, mas sem perder a compostura.”

    Digo_s: Caraca, Telprerio e Larueilin!!!!

    Melkor: Cala a boca Digo_s, é Telperion e Laurelin!

    Digo_s: Não, acho q é jabuticaba mesmo, eu adoro jabuticaba!

    Rosie: Que coisa mais linda!

    Leo: Nunca vi coisa parecida em nenhuma outra ilha.

    Erunámo: Então, depois de tanto corremos não vamos ficar aqui parados né? Além dessa incrível cena, essas árvores têm mais pra nos mostrar, segundo nosso amigo Bombadil.

    Bastian: Então desçamos para ver o q é.

    *Os 6 começam a descer o vale em direção as árvores*

    Melkor: Rosie, o q atacou vc aquela hora? Eu e Bastian ficamos preocupados.

    Bastian: É Melkor, “nós dois” ficamos morrendo de preocupação, hehehhee!

    Rosie: Ah, não quero nem lembrar daquilo, depois de ver essa cena eu quero até esquecer o q aconteceu.

    Erunámo: Esquecer é o q não podemos fazer de jeito nenhum agora, precisamos juntar todas as informações q conseguirmos e descobrir o q está acontecendo. Eu e o Digo_s vínhamos conversando, e até agora já temos o seguinte: Todo mundo soube alguma coisa a respeito das coisinhas esquisitas, e vcs 4 ouviram falar do tal homem-orc-anão-gigante. Já sobre os sacos o Melkor e o Bastian não viram nada.

    Bastian: Não, vimos sim, é q não contamos tudo pelos walk talks, as coisinhas esquisitas estavam descarregando uns sacos de um navio lá no porto segundo soubemos, só q os sacos estavam vazios.

    Erunámo: Vazios, hum, estranho, a gente ouviu falar delas só q carregando sacos cheios.

    Leo: Eu peguei o saco q o cara tava tentando colocar a gente, ta aqui na mochila, em algum lugar...

    Digo_s: Imagino q esteja Leo, mas nessa mochila antiga cheias de compartimentos, vc só vai lembrar onde pos amanha!
    A conversa ta muito boa mas aqui estão as árvores! Vamos ver o q afinal elas têm pra nos dizer e depois tentar investigar alguma coisa! As informações delas, se é q elas tem alguma, podem ser úteis! Não custa nada averiguar logo!

    Leo: Hum, elas são bem altas, mas como elas vão dizer alguma coisa? Será q tem algum botão por ai?

    Rosie: Q botão o q Leo, elas são lidas e fofinhas, não tem botão nenhum. A gente precisa é ficar aqui abraçadinhos nelas até nos dizerem alguma coisa.

    Melkor: Ta brincando né? Eu não vou ficar abraçadinho em árvore nenhuma.

    Bastian: Acho mais útil e sensato se agente procurar por alguma inscrição nas árvores ou em alguma pedra próxima.

    Erunámo: Boa Bastian, vamos todo mundo procurar alguma coisa por aqui então.

    *O pessoal começa a procurar alguma coisa em volta*

    Digo_s: Ei, eu não concordo, não foi isso q o Bombadil disse, ele falou q as árvores queriam falar com agente, não q agente ia achar alguma coisa perto das árvores!

    Erunámo: Era só uma metáfora Digo_s!

    Melkor: Como vc acha q as árvores iam falar com agente?

    Digo_s: Isso não sei, pelo menos não ainda, mas não acho q procurar bilhetinhos vai adiantar! É mais fácil a Rosie estar certa, ou não, talvez tenha uma boca ali em cima! Vou subir na árvore pra ver, se não achar nada pelo menos como umas jabuticabas!

    Bastian: Não!!!!

    “Tarde de mais, Digo_s em um incrível salto se pendurou no galho mais baixo da jabuticabeira e a árvore inteira estremeceu. Uma fina poeira brilhante começou a desprender dos galhos da árvore, e a cair lentamente por toda volta. Nossos amigos olharam para todos os lados apreciando aquela linda cena. Pouco a pouco eles sentaram em volta da árvore, sem dizer uma palavra, e não teriam conseguido se tivessem tentado. Deitaram-se e adormeceram profundamente, como crianças apos uma cansativa aventura.”

    FIM DA PRIMEIRA PARTE
     
  2. Leir

    Leir Quem é vivo, né...

    MUITO BOM!HAHAHAHAAHAHHA!
    Adorei!Quero ler as outras!Muito bom!
     
  3. Fox

    Fox Visitante

    Exclente! Adorei!

    O digus e o Morgus como personagens cômicos foi um toque muto cativante! E só os olifantásticos pra citarem tudo quanto é coisa da infância enqwuanto narram uma aventura. :wink:
     
  4. yávië

    yávië Usuário

    Fantástico!!!!!mto bom!!!vcs tão de parabéns!!!!!
    mal posso aguardar pelas próximos capítulos da primeira grande luta contra o esquecimento....eh isso ai!!!!na mesma bat-hotra (ta eh querer muito....) mas no mesmo bat-canal!!!!
     
  5. Knolex

    Knolex Well-Known Member In Memoriam

    Ei! Eu tb fui um dos primeiros Olifantásticos! Pq fui esquecido?
     
  6. Sineta Fossador

    Sineta Fossador Usuário

    Ai, que legal! Quero ver as outras partes, sim sim sim!
    E eu quero Cheetos Bolinha tbm! :P
     
  7. Knolex, calma, a historia ta no comecinho........
    Na historia eles nem são olinfantasticos ainda!

    Então...eles ainda vão se tornar olinfatasticos.....e que eu saiba, vc se tornou um pouquinho depois dos primeiros, que são os que estão na historia!

    Vc ainda vai aparecer, sim! :mrgreen:
     
  8. TT1

    TT1 Dilbert

    AAAAAAAHHHHHHHHHHHHRG !!!!!!
    cadê o resto da história ???? EU quero !!!!!
     
  9. Bastian Hawkins

    Bastian Hawkins Usuário

    Muito legal! Quero mais!
    Adorei!
     
  10. Mystique

    Mystique Usuário

    LINDO! MARAVILHOSO! EMOCIONANTE!
    EU QUERO MAIS!!!!!! :obiggreen: :mrgreen:
     
  11. Erunamo

    Erunamo Baluarte da Nostalgia

    Ficou muito bom, né? :)

    O Digus mandou muitíssimo bem nessa primeira parte da história! Está de parabéns, camaradinha! :mrgreen:

    E vamos torcer para que haja tempo e inspiração para que muitas outras venham a surgir! :D
     
  12. Leo

    Leo Usuário

    :lol: :lol: :lol: Grande Digus a historia Matou a Pau! :lol: :lol: :lol:



    Adorei!

    Que nostalgis te inspire sempre...
     
  13. Morgoth

    Morgoth Stalker

    Blz,Digus!!!!
    Muito bom cara!!!
    Te falei q o pessoal iria adorar!! :D :D :D
    Espero q a segunda parte seja tão legal e divertida quanto é a primeira!!! :D

    Só uma coisa:
    Pq a Rosie teve de ir com o Leo??? :evil: :evil: :evil: :evil:


    :wink:
     
  14. Bastian Hawkins

    Bastian Hawkins Usuário

    Digus, vc eh o cara!
    A interação entre as duplas ficou perfeita!
    Ri muito!
     
  15. Digo_s

    Digo_s Olifantástico

    Po galera, valeu mesmo!
    Bom saber q vcs gostaram!
    Mas o merito não é so meu, Namus me ajudou com as personalidades e o roteiro basico da história, Meriadus acompanhou a historia parte a parte e me deu mo apoio, o Leolus e o Morgus tb!
    Eu prometo continuar essa historia e esquecer mais assim q passar minahs provas na faculdade, alias, é por isso q to meio sumido daqui, mas logo entro de ferias e volto com tudo!

    ah, e se algum de vcs tiver alguma ideia de coisa pra apareceram na historia pode mandar por mp, e-mail ou falar comigo por icq! Eu posso estar escrevendo a historia mas ela não é so minha, pertence ao conselho, entao a opinião de vcs sera sempre bem vinda!

    falow, q a Chubaba esteja sempre com vc!
     
  16. Lukaz Drakon

    Lukaz Drakon Souls. I Eets Them.

    Ta mto r0x a historia Digo_s (melhor q ela so o seu avatar)
    Tou ancioso pra ver a segunda parte!! :D :D
     
  17. J. quest

    J. quest Usuário

    :D Cara que hitoria muito loca!!!!!!!
    Pó vê se escreve logo o resto.
     
  18. Gildor

    Gildor Usuário

    Demais! Eu passei a semana ocupado, só consegui ler agora, mas ficou muito legal! :)

    E que a inspiração venha aos nossos companheiros, para que sejamos brindados com mais belas histórias nostálgicas :D
     
  19. Arien

    Arien Usuário

    Parabéns!!! Ficou muito boa a estória!!!
    Estou aguardando ansiosamente a próxima!!!
     
  20. Mystique

    Mystique Usuário

    Meus Queridos, e a continuação?
    Não vão fazer como a Globo que começa uma série e suspende no meio?
    Ah não...Aqui não...
     

Compartilhar