1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Aventuras Fantásticas

Tópico em 'RPG' iniciado por Black Knight, 25 Mai 2003.

  1. Black Knight

    Black Knight Usuário

    Alguém aqui já jogou ? Pow, muita nostalgia, é muito rlz, na minha escola tem um monte, vivo alugando. É bom quando não tem com quem jogar...

    Mais pessoas curtem ?
     
  2. Yurian

    Yurian Usuário

    Aventuras Fantásticas foi o primeiro contato "real" que eu tive com o mundo do RPG. Os livrinhos são ótimos! Eu cheguei a ter uns 15 volumes, juntava a minha grana pra comprá-los nas livrarias aqui da cidade - e depois comprei também o módulo de RPG dele, o "Dungeoneer" que, se não é um primor de sistema, ao menos tem duas aventuras muito bem elaboradas (especialmente a segunda, que se passa em Port Blacksand).

    Muito bom voltar às raízes... rs... e depois que eu já tinha decorado praticamente todos os livros que eu tinha, doei para uma biblioteca onde mais gente poderia fazer um bom uso deles. 8-)
     
  3. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    nossa, isso devia tá no clube da nostalgia........

    eu adorava esses jogos.... foi com eles q eu aprendi sobre o rpg (apesar de naum ser exatamente um rpg....) e até hj tenho uns........

    eu tinha um q era no estilo do aventuras fantásticas (naum tenho certeza se era da coleção tbm....) q era dois livros q dava pra jogar em dupla.... com um livro vc era um mago e com outro um guerreiro..... bem loco..... :roll:
     
  4. Yurian

    Yurian Usuário

    Na verdade esses livros que você citou ("Fúria de Príncipes") eram dos mesmos autores e do mesmo universo da Aventuras Fantásticas. A diferença é que eles não estavam incluídos na série, mas eram uma obra separada.

    Foram os primeiros volumes desta série que eu comprei :dance:
     
  5. Beren

    Beren Wannabe Rider

    A Cidadela do Caos, Demônios das Profundezas... Robô-Comando... esses titulos faziam parte da coleção Aventuras Fantásticas né? bahhhhh... eu joguei eles.. foram meu primeiro contato com o RPG... :obiggraz:
     
  6. Lestat

    Lestat Usuário

    Kraca eu lembro disso e ate tenho alguns livrinhos aki...o q eu mais gostava era acho q a cripita do vampiro...naum lembro era um q tinha o dracula na capa...meu primeio contato com RPG...
     
  7. Excluído052

    Excluído052 Excluído a pedido

    Bem, eu só fui ler um destes livrinhos depois de conhcer RPG, mas eu gostei muito!!!Até escrevi a minha própria aventura-solo!

    (embora seja meio ilógico o modo como as coisas apareciam, numa mesma masmorra um anão paralítico, uma bruxa, um mini-floresta, uma cozinha...)

    Mas eu gosto, embora seja DIFICÍLIMO encontrar estes livrinho por aí!
     
  8. Yurian

    Yurian Usuário

    Já que estamos falando de livros da era Jurássica do RPG... alguém lembra daquela série "Enrola e Desenrola", da editora Ediouro? Era bem parecido com as Aventuras Fantásticas, e foram meu primeiro contato com livros interativos ainda quando eu tinha uns 7, 8 anos (lá pelos idos dos anos 80... hehehe).

    "A Espada de Ouro e os Dragões", "Viagem a Vernico 5", "O Vingador do Vídeo", "Missão de Espionagem"... olha só quanta coisa! :D

    A maior diferença do Enrola e Desenrola para as Aventuras Fantásticas era que não havia dados nem ficha de personagem. Mas duvido que muitos de nós que líamos as Aventuras Fantásticas jogássemos de verdade, sem trapacear... hehehehe :aham:
     
  9. Black Knight

    Black Knight Usuário

    Ahahahaha, com certeza, as vezes, quando e tava de saco cheio eu folheava o livro, parava em uma parte qualquer e começava a jogar dali.

    Sem contar quando achava os monstros e nem rolava os dados, assumia que eu tinha ganho, etc...

    Mas isso eu só fazia bem depois de ter jogado sério, mais pra zoar mesmo.
     
  10. Stein

    Stein Usuário

    Eu gosto bastantante desse trabalho inicial de Steve Jackson e Ian Livingstone.

    Não sou um fã completo de todos os livros-jogos, os últimos pelo que me lembro eram bem fracos, de ficção científica, mas chatinhos.

    Mas parte do trabalho eu estimo muito. Aliás, gosto bastante. A concepção do mundo fantástico de Titan, com os grandes continentes Allansia, Khakhabad e Khul. Gosto tanto desse mundo imaginário que minha campanha de D&D se passa no continente de Allansia.

    Sim, atualmente os livrinhos são difíceis de achar, apesar de terem sido famosos meia dúzia de anos atrás. E um suplemento do Dungeoneer ( Um p*** sistema para iniciantes, que monta uma pequena saga bem elaborada na continuação Blacksand ) chamado Titan, que eu gostaria de ter muito como fonte de pesquisa também está difícil de achar... Acho que vou encomendar usado em inglês pela Amazon.

    Melhores títulos, que eu recomendo: "A Feiticeira das Cavernas da Neve", "A Cidade dos Ladrões", "A Floresta Negra ( ou seria Misteriosa )". Passei um bom tempo com eles tendo-os emprestado de um amigo meu.
     
  11. Eru- o Ilúvatar

    Eru- o Ilúvatar Usuário

    Mas o Fúria de Príncipes era o melhor deles... Nunca vou esquecer dos jogos combinados de Lothar e Colthar Baltordire :-)
     
  12. Beren

    Beren Wannabe Rider

    eu não trapaceava... eu repetia a cena até eu morrer e voltava ela algumas páginas antes e continuava :oops:
     
  13. Yurian

    Yurian Usuário

    O duro era esperar o outro jogador chegar no mesmo ponto em que você estava... lembra aquelas páginas que tinham "Se o STATUS for 15, vá para a página tal, e se o STATUS for 0, vá para a página tal". Uma mecânica de jogo interessante para manter os jogadores lendo o livro de forma sincronizada :obiggraz:
     
  14. Lestat

    Lestat Usuário

    kraca...vc falo e eu lembrei...fiz um livrinho tb!!!! ate achei ele...muito tosc :D o mas me deu grandes lembrancas haha...
     
  15. Goba

    Goba luszt

    Nunca consegui chegar no final de nenhum dos que joguei... :disgusti:

    Porém até hoje me divirto muuuitocom os livros! Velhos e amarelos já, porém d+!!! :mrgreen:
     
  16. Zorba o Grego

    Zorba o Grego Usuário

    Sou totalmente nostálgico. E os meus preferidos eram A Cidadela do Caos e As Coligações de Kether. Mas eu sei que parei de jogar estes livros no número 18, por aí, e eles foram muito além. Tinha também O Saqueador de Charadas, uma aventura muito nonsense!! E o romance As Guerras de Trolltooth!!
    Mas a Cidadela do Caos realmente ficou gravada na minha mente por ser o primeiro contato. A descrição visual do jogo me marcou muito.
    Eu acho que esse foi realmente o início do RPG no Brasil. Lançaram a Cidadela, e eu comprava livros e miniaturas na Forbiden Planet aqui da pompéia, a principal loja no início, antes da DEVIR. E, empolgado, marquei um jogo com os meus amigos lá, o pessoal tava jogando uma versão de Dungeons e Dragons que eu nunca mais vi, era cor de rosa! Acho que é realmente uma raridade hoje. Logo depois veio o Dragon Quest.
    Os meus aventuras fantásticas eu vendi num EIRPG há uns anos atrás.
     
  17. Yurian

    Yurian Usuário

    O Saqueador de Charadas é uma das aventuras mais bizarras que eu já vi... rs... e olha que foi um dos primeiros módulos não-Aventuras Fantásticas que eu comprei! Mas é muito interessante, e também pode ser adaptada até mesmo para Vampire, ou Werewolf... ou até mesmo Star Wars, com algum esforço.
     

Compartilhar