1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Ave muda canto devido a barulho urbano e fica menos atraente

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 31 Ago 2011.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Os pássaros que vivem nas cidades estão cantando em uma frequência mais alta para serem distinguidos pelas fêmeas no meio do balbúrdia urbana.

    Essa mudança causa, entretanto, um contratempo na hora do acasalamento: quanto mais alto o canto, menos sexualmente atraentes os machos se tornam.

    Em uma comparação bem simplista, seria o equivalente a uma cantada no interior de um bar barulhento. Um homem elevaria a voz para ser ouvido pelas mulheres ao redor, mas ao fazer isso, também correria o risco de ser desprezado por falar alto.

    Para chegar a conclusões com os pássaros, os pesquisadores acompanharam o comportamento do chapim-real (o Parus major).

    Analisando a comunicação entre macho e fêmea, a paternidade das crias e as gravações com canto de aves com diferentes ruídos de fundo, a pesquisa concluiu que as os pássaros que cantavam em alta frequência atraíram bem menos fêmeas, em comparação com os demais.

    Já os que mantinham a cantoria em baixa frequência eram mais propensos à, digamos, "fidelidade" da fêmea.

    Publicado na revista "PNAS", o estudo de autoria de Wouter Halfwerk e sua equipe da Universidade Leiden (Holanda) teve como proposta mostrar como o som das cidades afeta negativamente o canto dos pássaros.

    Há até registro anteriores de aves que abandonaram por completo o canto da manhã e passaram a fazê-lo à noite para driblar a barulheira.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Talira

    Talira Usuário

    Não adianta dizer que sou louca porque penso em elfos o dia todo, morando aqui na roça. Isso é inevitável, se penso que eles moravam e se integravam ao meio ambiente como parte dele... Imagino se sua presença alterasse o modo como os animais da floresta viviam. Acho que sim. Interdependentes, respeitosamente co-habitando no mesmo meio-ambiente, sagrado como o lar deve ser.
    Ou seja, tirando a "loucura" de lado, civilizações evoluídas, não mal tratam seus animais. Não fazem rodeios. Você imagina Galadriel gritando numa arena fedorenta por animais torturados, amarrados, numa exibição grotesca de violência e desrespeito aos seres que deveríamos cuidar??

    Somos seres atrasados. Cuidamos mal de nossos animais. Tanto torturando quanto chamando de bebês (eu me incluo neste último grupo, infelizmente).

    O que estamos fazendo com a Natureza?
    Como isso vai acabar, não??
     

Compartilhar