• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Notícias Atriz revela que comprou 400 livros apenas para decorar e é criticada

Béla van Tesma

Vai ter elfo negro, sim. E capoeira.
Não entendi essa parte dos "cantos de duas fileiras por cima". Como que você organiza seus livros?

Enquanto não consigo imaginar como você embola seus livros, recorro a uma matemática elementar: se os livros tiverem na média, pegando por baixo, 1,5 cm de grossura, só cabem 66 numa prateleira de 1 m. Eu realmente estou com dificuldade de imaginar (1) como você os organiza e (2) de que grossura costumam ser os seus livros.
 

Neoghoster Akira

Brandebuque
Considere uma prateleira de 90cm de comprimento por 40cm de largura, forte (esqueçam aglomerados da IKEA). Volumes com mais de 100 páginas de menos de 20cm de largura, edições baratas em papel barato fino (livros de bolso, etc...)

Considere que a prioridade não é exibir lombada. A prioridade não é afirmação estética de material cenográfico, nem ostentação mas a formação do espaço que gosto de um ser vivo que construiu o que curte. Considere uma estante com mais de uma prateleira, as de biblioteca podem ter 6, 8 andares, uma pequena pode ter 3 prateleiras como descrevi. Duas delas, conforme mencionei passa de mil com facilidade.

Cabem duas fileiras na prateleira e um espaço sobre elas com uns 50% de espaço de cada fileira aonde dá para colocar deitado porque é difícil um volume alto que ocupe toda a altura ser vendido. Prioridade é guardar aonde o dono sabe aonde cada coisa está e ponto.
 

Béla van Tesma

Vai ter elfo negro, sim. E capoeira.
Oh bem. Daí você está falando de um tipo beeem específico de livro que é fininho, pequeno etc. e tratando-o como um representante médio da categoria, para comprovar sua tese de que cabem mil numa estantezinha de três prateleiras. Ora, claro. Se eu só pegar livrinho de 50 páginas (a partir de 49, a Unesco considera livro), vão caber até mais.
Além de usar duas fileiras de livros numa mesma prateleira, o que dificulta o acesso aos de trás, e um monte de livros deitados por cima dessas fileiras, o que dificulta ainda mais o acesso aos de trás e estraga os de baixo com o peso (prática não recomendada por 100% dos manuais de biblioteconomia)... além disso, você chama quem não faz o mesmo de "lombadeiro", é isso? Porque supostamente para os outros (no caso, o Finarfin, e eu devo estar incluso), o que pesa mais é a estética? Você também poderia guardar seus livros em caixas de papelão, por essa lógica, já que o fácil acesso, o arejamento e a conservação dos mesmos não parecem ter grande importância. #TeamLombadeiro
 

Neoghoster Akira

Brandebuque
Isso aí é simplismo rasteiro. Você presumiu um monte de coisas aleatórias. Depois criou uma panela pra si. O que tem a ver papelão com guardar em prateleira para esse caso? E o que tem a ver o Finarfin presumir que o mercado de livros cresceria apenas porque estamos falando de prateleiras com algumas centenas de livros a mais e para parecer engraçado e culto com uma piada? É você que tem que dizer e dar explicações.

Lombadeiro dá prioridade para ver a lombada. Não é mentira. Organização e resultado prático de conservação não são absolutos. Uma caverna pode ter manuscritos de milhares de anos e um armário com lista alfabética e papel bom não durar nem um ano.
 

Béla van Tesma

Vai ter elfo negro, sim. E capoeira.
O papelão era só o material da caixa. Podia ser de madeira, ferro ou outro de sua preferência. O foco era a caixa. Em comparação com guardar livros de tal modo que o acesso a eles esteja dificultado ao máximo, em prol da economia espacial, falei que tanto fazia guardar assim ou numa caixa.

E dizer que não são absolutos não te autoriza a exagerar num exemplo esdrúxulo. Em que estado de conservação costumam estar os manuscritos encontrados em caverna? E que armário é esse aí que não conserva livro por um ano? Eu hein. É cada uma.

Quanto ao Finarfin, se você não entendeu a piada, ou é sisudão demais para apreciar humor, deixo que ele mesmo se explique.
:doido:
 

Neoghoster Akira

Brandebuque
Não adianta acusar de exagero.

Então prove que clima em lugares diferentes é um exagero. Prove que localização dos livros não fazem diferença e que são apenas exagero. Prove que manuseio e produtividade não fazem diferença.

E não pergunte se não quiser saber realmente.
 

adrieldantas

Relax and have some winey
Existe o papel de parede biblioteca pra quem não quiser gastar muito :lol:
A versão baixa renda da parede de livros, hehehe.
Pra encher até a boca (encher os cantos e as frentes dos espaços) duas estantes pequenas com volumes normais (aqui desconsidero volumes gigantes tipo enciclopédia) vão uns 1000 a 2000 livros facilmente. Acho que só de mangá (sem contar os comics) tenho 3x disso em casa
Ele é a Carrie Bradshaw da literatura, não tem um centavo na poupança, mas 10 mil doláres de livros. :lol:

Eu to brincando viu, Neo, é porque em Sex and the city quando a Carrie tem que comprar o apartamento dela, ela não tem um centavo, mas tem uns 40 mil doláres de sapatos. Brinquei com essa referencia apenas. :)
 

Neoghoster Akira

Brandebuque
A versão baixa renda da parede de livros, hehehe.

Ele é a Carrie Bradshaw da literatura, não tem um centavo na poupança, mas 10 mil doláres de livros. :lol:

Eu to brincando viu, Neo, é porque em Sex and the city quando a Carrie tem que comprar o apartamento dela, ela não tem um centavo, mas tem uns 40 mil doláres de sapatos. Brinquei com essa referencia apenas. :)

No prob.
 

Béla van Tesma

Vai ter elfo negro, sim. E capoeira.
O dissociado me acusando de psicodélico. Pedi pra provar, não postar meme.
Eu sei o que você pediu, mas eu não sou seu empregado pra me revirar do avesso atrás de material só para te provar sei lá o quê que não tem nada a ver com a conversa. Experimente você provar as coisas que alega e depois me diga se valeu o esforço. Enquanto ficar pedindo asneiras, só vai receber memes. Passar bem.
 

Neoghoster Akira

Brandebuque
Eu sei o que você pediu, mas eu não sou seu empregado pra me revirar do avesso atrás de material só para te provar sei lá o quê que não tem nada a ver com a conversa. Experimente você provar as coisas que alega e depois me diga se valeu o esforço. Enquanto ficar pedindo asneiras, só vai receber memes. Passar bem.

Você se considera um empregado em uma argumentação?

Não vai postar porque é orgulhoso. E dependeria de a outra pessoa aceitar você tentar corrigir sua postura ou não e lhe dar uma segunda chance. E não vou atrás porque demonstrou que não queria perguntar e sim lacrar.

Já que me recomendou algo vou lhe convidar a retirar a corrente e a bola de aço invisível (ao olho de quem posta mas real pelo que se pode aferir pela fixação com escravos) que lhe prendem. Nos vemos pelo fórum.
 

Béla van Tesma

Vai ter elfo negro, sim. E capoeira.
Eu morro de curiosidade (sei que é um tanto mórbida) para saber que caminhos tortuosos a sua mente faz para chegar a certas conclusões. Pela observação dos seus posts, ao longo de anos, eu sei que você não bate bem das ideias, mas me intriga sobremaneira essa sua última declaração, que você joga assim a esmo, enquanto finge superioridade moral. Como você poderia chegar a dizer que eu tenho "fixação por escravos", a partir da nossa breve discussão, que não seja por pura canalhice?
 

Neoghoster Akira

Brandebuque
Desistiu de se despedir por "não ser empregado" e voltou para oferecer alguma coisa.

De maneira que veio com um meme acusatório feito de palavras e não de imagens. A variedade aumentou.

Parecem até perguntas legítimas, tem toda uma forma, um discurso sentimental. É quase um personagem de Machado de Assis.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Quando se trata de decoração cada um tem sua organização e padrão estético pessoal.

Se a atriz do tópico achava que 400 livros era o suficiente pra ela. Então quem tem que achar se era pouco ou muito era ela.

Cada um que seja feliz em sua biblioteca pessoal com sua quantidade ideal, formato de publicações preferidos e se quer expô-los em prateleiras, estantes ou numa outra forma alternativa.
 

Béla van Tesma

Vai ter elfo negro, sim. E capoeira.
É... Como eu supunha, só mais um canalha no fórum. Mas nem vou zoar mais, apenas ignorar. Ocorre-me que, pelos trejeitos todos, a dificuldade de concatenar ideias e expressar-se com clareza, com sobejo exemplário nesta e noutras discussões pelo fórum, os muitos saltos lógicos que só fazem sentido lá na sua cachola, a falta de humor e a incapacidade para compreender ironia, pode ser que tenha síndrome de Asperger. Se não foi diagnosticado, sempre é tempo para isso. Procure ajuda profissional. O que não o exime de suas falhas de caráter, é claro. Se canalhas envelhecem, também podem ser autistas.
 

Mercúcio

Usuário
Rapaz, que doideira essa discussão... vocês estão muito nervosos. :lol:

Mas também não sigo esse sistema do Akira não. Tenho 3 estantes de livros - 2 delas cheias, a terceira com bastante espaço ainda (a propósito, se estiverem com problema de espaço em suas respectivas estantes e não quiserem seguir o sistema do Akira, podem doar livros pra mim... :dente: ), e tenho pouco mais de 500 volumes.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
E eu me depaguei tanto de livro físico que se fiz 6 ou 7 doações na década passada foi muito. Cada vez mais a minha biblioteca está nas nuvens e HD´s.
 

Finarfin

Usuário
Estou me desfazendo cada vez mais dos livros. Atualmente tenho só uma estante pequena organizada no melhor estilo lombadeiro com uns 200 livros. Só os de poesia que não me desfaço porque gosto de ler lentamente e reler várias e várias vezes, então é bom tê-los sempre à mão. Aí uma ou outra edição mais específica também gosto de ter, mas o resto, me contento com bibliotecas públicas e kindle. Ou então compro quando não acho, leio e doo.

Esse é o espaço que eu delimitei, se quiser que algum livro entre, outro vai ter que sair. Tem funcionado assim e estou satisfeito vendo a coleção de poesia crescendo às custas dos romances. Convenhamos que romance eu raramente releio, não tem o por que guardá-los.

E nada de ficar entulhando coisa porque isso é uma estante de livros, não um criadouro de ácaros, traças e fungos. Eca.
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$950,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo