1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

As Tengwar aplicadas ao português

Tópico em 'Idiomas Tolkienianos' iniciado por Lingwilóke, 5 Nov 2002.

  1. Lingwilóke

    Lingwilóke Usuário

    O mesmo amigo que quis saber de mim como seria o seu nome, Marcos, nas línguas élficas, também perguntou como ficaria o seu nome no alfabeto tengwar, se é que poderíamos chamá-las de alfabeto. O fato é que ficamos em dúvida, transcrever /marrkus/, com rómen, da forma como pronunciamos aqui no Ceará, ou markus, como é escrito segundo as nossas normas ortográficas. A dúvida gira, então, se se deve seguir a ortografia, uma transcrição fonética ou fonológica. Obedecer à nossa ortografia parece-me difícil, quando se usa a mesma tengwa para o esse de sangue e para o cê de céu. Uma transcrição fonológica levaria em consideração as realizações regionais dos fonemas, assim, eu que sou do Ceará escreveria /marrkus/, mas um carioca escreveria /marrkush/ com a tengwa definida para o som do ch de chão, e um paulista escreveria com com óre, /markus/, representado o seu erre próprio. Assim, o mais razoável parece ser seguir um padrão fonético, considerando apenas os fonemas, [markus], já que [rr], o erre paulista e [sh] seriam realizações particulares dos fonemas /r/ e /s/. Desta maneira, o meu nome, Miguel, seria /migél/, e não [migéw], pois em Portugal, e mesmo no sul do Brasil, há outras realizações para o fonema /l/. Uma boa forma para se sabe a forma certa de um nome nas tengwar para aqueles que não sabem fazer transcrição fonética seria consultar um dicionário português - língua estrangeira, que sempre trazem a pronúncia. Bom, o que vocês acham de tudo isto?
     

Compartilhar