1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

As populações e seus números

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por tolfalas, 1 Fev 2016.

  1. tolfalas

    tolfalas Usuário

    Olá

    Gostaria de saber se a população da Terra média diminuiu na Terceira Era em comparação com a Primeira e Segunda Era.

    Faço este questionamento porque quando li o Senhor dos Anéis, percebi que a população parecia meio "dispersa" pelos "interiores" dos reinos e regiões.

    E os efetivos militares dos povos livres pareciam muito pequenos se comprados com as forças de Sauron.

    Podemos entender que a Terceira Era tinha características mais feudais que comparadas com as outras Eras?

    Povos vivendo isolados, dispersos, meio que nos feudos...

    Bom, não sei se fui claro na minha dúvida, mas fica aí a pergunta.
     
  2. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Houve uma oscilação. Começou com muitas perdas causadas pela Guerra da Última Aliança. Com o apogeu de Gondor e Arnor, a população cresceu bastante, ao ponto dos exércitos de Gondor chegarem a 70, 80 mil homens. Mas aí rolou a grande Peste, diminuindo bastante a população.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. tolfalas

    tolfalas Usuário

    Isso tem a ver com a grande peste, certo?

    Obrigado, mas você consegue perceber uma certo "feudalismo" na Terceira Era?

    O apogeu por exemplo de Arnor e Gondor na Segunda Era, de certa forma faço um paralelo com o imperio romano e tals...
     
  4. Eferos Masopias

    Eferos Masopias Senhor dos Pastéis

    Sem dúvida a queda de Arnor deixou no norte muito espaço vazio e regiões auto-governadas. As terras de Bri, por exemplo, incluíam Bri e mais 3 vilas ou cidadezinhas, que não prestavam obediência a ninguém, depois da queda do reino de Arthedain. O condado é outro exemplo. Outrora prestavam obediência ao rei, mas depois da queda da coroa no norte criaram os condestáveis e seu governo próprio, a seu modo.

    De qualquer forma, nos reinos de Gondor e Arnor as populações devem ter sido maiores, mas a Terra-Média é feita de povos reservados. Notem como Celeborn, um elfo experiente e tão antigo quanto a primeira era do Sol, dá conselhos para evitar Fangorn e chama aquela floresta de Terra estranha. Em todos aquele milênios, parece que ele não compreendia Fangorn, nem tentou muito fazer isso. Mas Fangorn era ali do lado, um pouco mais pro sul. O que quero dizer é que há muito de se enclausurar em seus "feudos", entre os povos da Terra-Média e desconfiar de quem vinha de um pouco mais de longe.

    Sua analogia é interessante. Quando um poder grande cai, o mundo fica dividido. Roma caiu no Oeste europeu, e a europa ficou divida e o progresso do conhecimento humano estancou, já que os povos intercambiavam menos ideias e experiência.
     
  5. Tar-Mairon

    Tar-Mairon DARK LORD AND LOVING DAD

    .

    O Noroeste da Terra Média, à época da Guerra do Anel, era absurdamente despovoado, são quilômetros e mais quilõmetros sem encontrar viva alma. A viagem de Boromir, de Minas Tirith até Valfenda, foi um feito e tanto, temos de reconhecer.

    Na Segunda Era, ao que tudo indica, as coisas não eram assim.

    .
     

Compartilhar