1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

As Piores Bilheterias do Cinema em 2011 até agora (1ª metade do ano)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 4 Nov 2011.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    “Cinema é negócio, pelo menos para quem investe nele." Estamos na metade de 2011 e já podemos dizer quais lançamentos dos estúdios de Hollywood foram mal nas bilheterias dos cinemas dos EUA e do resto do mundo. Não foram necessariamente os que deram menos dinheiro no total, mas os que mais tiveram dificuldade em dar algum lucro.

    Um filme para ser considerado sucesso deve fazer pelo menos três vezes o valor que custou (para pagar produção, distribuição, marketing e exibição). Não é o caso desses dez filmes que deram prejuízo ou mal se pagaram, aqui ordenados do menor para o maior custo. Muitos deles só serão lançados no Brasil direto em DVD, onde alguns até conseguem recuperar o valor investido.

    Os números a seguir foram compilados pelo
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    a partir de dados do
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . Apenas um teve avaliação positiva no consenso dos críticos avaliados pelo site Rotten Tomatoes. Não quer dizer que você não vá gostar se tiver a chance de os assistir, mas nem críticos nem público parece terem gostado. Alguns podem ganhar status de cult após o teste do tempo, mas por enquanto estão nessa lista na qual ninguém quer aparecer.
    Veja então as atuais decepções do cinemão americano, ordenadas do filme mais barato para o mais caro:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    10 – A Melhor Festa do Ano (Prom)
    Essa comédia da Disney foi a primeira produção do estúdio sob o comando do executivo Rich Ross. Apesar de ser o filme de grande estúdio que menos deu dinheiro também é o de produção mais barata. Estava para estrear dia 8 de julho no Brasil.

    Custo: US$ 8 milhões
    Arrecadação mundial: US$ 10.1 milhões até o momento

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    9- Um Novo Despertar (The Beaver)
    O único filme da lista com uma cotação boa (quase raspando) da crítica, mas é dos dez o que teve a pior arrecadação. Talvez tenha sido a grande expectativa de se ver Jodie Foster dirigindo Mel Gibson no papel dramático de um homem que sofre um colapso nervoso – isso logo após os problemas recentes na vida pessoal do ator. Talvez o fantoche tenha causado estranhamento. Ou vai ver a produção independente é ruim mesmo. Já exibido no Brasil.

    Custo: US$ 20 milhões
    Arrecadação mundial: US$ 1 milhão até o momento

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    8- Judy Moody and the Not Bummer Summer
    Essa produção da Smokewood Entertainment e Relativity Media adapta o primeiro livro infantil da série de sucesso de Megan McDonald e deveria ser o começo de uma longa franquia. Por enquanto vai ser meio difícil.

    Custo: US$ 20 milhões
    Arrecadação mundial: US$ 13.4 milhões até o momento

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    7- Deu a louca na Chapeuzinho 2 (Hoodwinked Too! Hood vs. Evil)
    A primeira animação rendeu mais de 100 milhões de dólares mundialmente, mas a sequência por hora rendeu apenas um terço do que custou. Ele estreia dia 7 de outubro no Brasil e tem algumas chances de recuperar o prejuízo em DVD.

    Custo: US$ 30 milhões
    Arrecadação mundial: US$ 10 milhões até o momento

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    6- Arthur – O Milionário Irresistível (Arthur)
    Esse remake do pequeno clássico com Dudley Moore com o (irritante para muitos) Russell Brand, Helen Mirren e Jennifer Garner pode ter se pagado em parte, mas a estreia brasileira foi cancelada.

    Custo: US$ 40 milhões
    Arrecadação mundial: US$ 45.7 milhões até o momento

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    5- Your Highness
    O diretor David Gordon Green (de Pineapple Express) quis levar seu modelo de comédia maconheira para os tempos medievais mas nem a presença de James Franco e Natalie Portman garantiram seu sucesso. A estreia brasileira estava marcada para Agosto mas sumiu do calendário.

    Custo: US$ 50 milhões
    Arrecadação mundial: US$ 24 milhões até o momento

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    4- Padre (Priest)

    Essa adaptação de um manhwa (mangá coreano) foi a produção mais cara da história da Screen Gems, e o lançamento em 3D ajudou a uma parte se recuperar, mas não foi o suficiente. O DVD e o licenciamento para televisão talvez ajudarão no que falta, mas vai ser difícil.

    Custo: US$ 60 milhões
    Arrecadação mundial: US$ 75 milhões até o momento


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    3- Sucker Punch – Mundo Surreal (Sucker Punch)
    A fantasia de ação megalomaníaca de Zack Snyder (diretor do próximo Superman), povoada por mulheres em trajes fetichistas em cenas de combate saídas de videogame perdeu na semana de estreia para Diário de Um Banana 2.

    Custo: US$ 82 milhões
    Arrecadação mundial: US$ 89.8 milhões até o momento

    [
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    2- Marte Precisa de Mães (Mars Needs Moms)
    Talvez seja a hora do produtor Robert Zemeckis parar de fazer animações com captura de movimentos. Essa aventura espacial do diretor Simon Wells (O Príncipe do Egito) está agora também na lista de piores bilheterias de estréia do Cinema americano.

    Custo: US$ 150 milhões
    Arrecadação mundial: US$ 39 milhões até o momento

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    1- Lanterna Verde (Green Lantern)
    A aventura do herói da DC Comics chegou pronta dos quadrinhos para ser uma franquia duradoura, mas a mistura aparentemente irregular de tons, as crítica ruins e o custo altíssimo de produção (além do marketing) – dificultaram ao personagem alçar nos Cinemas. Muitos dirão que o personagem é um sucesso só nas HQs ou a presença de Ryan Reynolds, mais conhecido por comédias, mas de cara é possível dizer que CGI pode ser bem caro.

    Custo: US$ 200 milhões
    Arrecadação mundial: US$ 125 milhões até o momento

    Quem aparecerá na lista ao final do ano? Quais são as promessas que morrerão na praia? Daqui a seis meses saberemos.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Arthur o Milionário eu já achei meio chato na versão original e refilmado a princípio dificilmente atrairá meu interesse, a não ser que tenham modificado um pouco a estória pra melhor.

    E o Lanterna Verde é um super-herói que nunca despertou atenção também. Só verei em video baixado na Internet.
     
  3. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Não entendi direito o critério.
    Tem alguns aí que pelos numeros mostrados deram lucro. Bem ou mal, deram lucro.
     
  4. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Também achei estranho.

    Dividindo custo pela arrecadação o n° 9 da lista disparado é o mais deficitário já que está numa proporção de 20 pra 1.
     
  5. Sentinela

    Sentinela .............

    De fato nenhum desses aí me cativaram, só de assistir aos trailers já descartei.
     
  6. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    O critério para ser bem sucedido é arrecadar pelo menos 3 vezes o custo de produção, tá lá no início.
     
  7. Lyvio

    Lyvio Usuário

    Desses eu só assisti Priest e Sucker Punch, mas nenhum dos dois me agradou inclusive desci o cacete no topico deles, principalmente em Sucker Punch, com toda aquela viajem e mistura de passado, presente, futuro, tecnologia, magia etc. Não me agradou.

    Lanterna me deu uma curiosidade mas nada demais, ainda não assisti e nem estou com vontade... O resto, nem assisti e nenhum me agradou.
     
  8. Tuor

    Tuor Usuário

    Desses, assisti The Beaver, Sucker Punch e Lanterna Verde. Não gostei dos dois últimos (o último então nem se fala), mas o primeiro é até bonzinho. Eu entendo umas coisas de psicologia e o filme tem seu lado interessante.
     

Compartilhar