1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

As Minas do Rei Salomão (Henry Rider Haggard)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Lucas_Deschain, 22 Jul 2010.

  1. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    [align=justify]O Imperialismo representou para muitos povos destruição e exploração, espoliação de sua terra e de sua liberdade em detrimento da ganância e febre de ouro e riquezas de algumas pessoas. Para outros, no entanto, essa época, que vai, segundo as “balizas históricas” de Eric Hobsbawn, de 1875 a 1914, a “Era dos Impérios”; foi uma era de luxo e opulência, de gozos sublimes, de inebriantes e dispendiosas regalias, que ganhou um alcunha deveras significativo de Belle Époque.

    Edward Said estudou várias obras literárias desse período no sentido de explorar e discutir qual a visão que se tinha sobre todo esse processo no livro Cultura e Imperialismo: que tipo de imagem se construía sobre aquelas populações dominadas e longínquas que tinham seu sofrimento e penúria dissolvidos em meio aos régios regalos que inundavam grande parte da Europa em desfiles e salões de festas.[/align]

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

Compartilhar