1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

As canções no RPG

Tópico em 'RPG' iniciado por Anwel, 19 Dez 2012.

  1. Anwel

    Anwel Nazgûl Cavaleiro

    Escrevi
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    no
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , mas como ele tem muitas referências às obras do Tolkien, achei legal compartilhá-lo aqui com vocês.



    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Quem não ficou mega animado quando ouviu essa música no trailer ou mesmo no filme?
    Eu quase explodi de emoção quando a ouvi alguns meses atrás. E confesso: eu a cantei junto com os anões no cinema!


    Howard Shore fez um trabalho magistral ao adaptar essa música. Mas, mesmo no livro, onde podemos apenas ler a letra, ela tem um aspecto muito importante: ela apresenta todo o drama dos anões.


    Eu adoro essa parte do livro, onde o todo-atrapalhado-Bolseiro luta consigo mesmo para encarar aquelas criaturas das lendas na sua toca. Adoro a represália que o Hobbit ouve quando ele indaga sobre os planos dos anões:


    Para o herdeiro de Dúrin não haveria mais coisas a conversar. A música já contém tudo o que o candidato a ladrão precisa saber!

    Incrível!


    Afinal, música também é um tipo de linguagem, assim como a escrita, a pintura e a cartografia.
    Agora, o que quero conversar com vocês é: quem aqui já usou esse tipo de linguagem nos seus RPGs?


    Vocês já pararam pra pensar na gama de possibilidades que temos? Será que nenhum menestrel comporia sobre nossos heróis?
    E peraí, e o bardo do grupo? Ele nunca compôs nada sobre suas aventuras?
    Imagina que irado ter uma canção sobre nossos personagens!


    Pra elucidar melhor o potencial da música, vou colocar um trecho da canção dos anões interpretada pelo Neil Finn (e tocada nos créditos dO Hobbit) que simplesmente me deixou de boca aberta:
    -
    “Fiery mountain beneath the moon
    The words unspoken, we’ll be there soon
    For home a song that echoes on
    And all who find us will know the tuneSome folk we never forget
    Some kind we never forgive
    Haven’t seen the back of us yet
    We’ll fight as long as we live”​
    -PUTA QUE O PARIU!!!!!!!!
    É isso!!!! Todo a história da linhagem de Thrór está nessa música!
    -
    “Montanha ardente sob a lua,
    as palavras não ditas, logo chegarão aí.
    Para casa uma canção que ecoa,
    e todos aqueles que nos encontrarem conhecerão a melodiaAlguns nós nunca esquecemos
    Outros nós nunca perdoaremos
    Não viram nosso fim ainda
    Nós lutaremos enquanto vivermos”*​
    -Magnífico, simplesmente magnífico!


    Recentemente tive dois exemplos de uso de canções nas aventuras que joguei, e pra mim ambas funcionaram de um jeito muito bacana:


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ” na
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    E o “
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ” no 1º apêndice dessa mesma campanha.


    O ambiente de jogo muda totalmente quando as músicas entram em ação. Canções mexem com nossas emoções, e se RPG é um jogo de contar histórias (e outras coisas mais), a música só tem com o que contribuir para nós.


    Quebrem as barreiras, arrisquem e divirtam-se!
    Despertem os artistas dentro de vocês!



    Abraços!

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    *Não traduzi ao “pé-da-letra”, mas sim da forma que achei melhor.
     
    Última edição: 19 Dez 2012
    • Ótimo Ótimo x 1
  2. Ranza

    Ranza Macaco

    Acabei de ler o post na no blog.
    Engraçado que nunca vi uma mesa com música (das que eu joguei é claro), nem mesmo relatos ou algo do tipo.
    Engraçado que sempre vi o bardo como um dos melhores personagens para interpretação porem um dos menos aproveitados.
    Histórias contadas em sessões (como forma de familiarizar os personagens com o cenário, ou ate mesmo com a campanha), da um clima muito bom pra sessão.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. Anwel

    Anwel Nazgûl Cavaleiro

    Pois é, antes dessa campanha em Moria eu também nunca tinha visto músicas nos RPGs.
    Mas gostei muito da experiência, com certeza vou repetir o ato!
    :)
     

Compartilhar