• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

As abelhas a serviço de Beorn

Elrond

"OFF" it will last two months
Estava lendo um trecho do Hobbit sobre as abelhas nos domínios de Beorn e me chamou muito a atenção para a seguinte situação:

There was a buzzing and a whirring and a droning in the
air. Bees were busy everywhere. And such bees! Bilbo had never seen anything like them.

"If one was to sting me," he thought, "I should swell up as big again as
I am!"
They were bigger than hornets. The drones were bigger than your thumb, a
good deal, and the bands of yellow on their deep black bodies shone like fiery
gold.

O básico na tradução é: Abelhas trabalhavam por todos os lados, abelhas muito grandes, os zangões muito maiores que um polegar. Eram maiores que até um marimbondo.


Beorn tinha uma relação muito estreita com vários tipos de animais, desde pôneis, veados, cachorros, cavalos, e abelhas.

As abelhas como bem sabemos são perigosas quando molestadas. Isso é fato. Dessa forma, podemos entender que as abelhas que tinham ligação direta com Beorn poderiam a qualquer momento receber algum chamado para partir para a guerra na forma de um grande exército de zangões?

Já especularam essa ideia? Poderia ser a formação de mais um exército na Batalha dos 5 exércitos?

Obs: Sei que é viagem demais, mas isso me chamou a atenção :mrgreen:
 

Talira

Usuário
Lendo seu post me lembrei de um filme sobre idade média, onde as catapultas jogavam colmeias com grandes abelhas dentro das fortalezas cheias de soldados prontos para lutar contra outro tipo de inimigos...rs

E já que é para "viajar" nas abelhas, eu ouvi dizer que abelhas, formigas e beija-flores vem de outros planetas!! :think:

Seja lá como for, seres conversam com outros seres e nem sempre a linguagem é totalmente conhecida e dominada por todos.
De qualquer forma, seria assustador um exercito destes pequenos e poderosos insetos. Tanto nas páginas de Tolkien quanto no nosso mundo.. :D
 
Última edição:

Dorak

-Morgoth! Não me chame de
Realmente, bastante viajado, mestre Elrond. Mas é uma viagem saudável, e seria interessante Beorn chegando na batalha trazendo junto de si outras forças a mais.

Mas continuando...
acho meio inviável um exército de abelhas, não pelo deslocamento, quantidade ou algo do tipo, mas sim pelo equilíbrio do local onde Beorn vivia.

É certo que Beorn tinha uma amizade muito forte tanto com os animais quanto com as plantas da sua região. Aliás, é dito logo após esse trecho que você citou algo como a "Estamos na borda das pastagens de suas [de Beorn] abelhas" e depois ainda é citado que o Troca-peles tinha quase que um "apiário" perto de suas casa, sem falar da casa dos animais, e etc.

Agora voltando à reposta: na minha opinião, Beorn representa um certo equilíbrio entre homem-natureza. Isso se dá até mesmo pelo fato de ele se transformar em um animal, sem falar da relação dele com o ecossistema do local onde vivia. Pensando por esse lado acho difícil Beorn deslocar um exército de abelhas lá para Erebor. Isso causaria um desequilíbrio enorme, e ele não queria aquilo.

Acho que a mobilização das abelhas como exército se dava contra aquelas criaturas(inimigos) que invadiam as terras protegidas por Beorn.
 

Elrond

"OFF" it will last two months
É uma ótima observação a sua mestre Dorak :joinha:

Um exército de proteção para o seu próprio território.

Mas o que me chama a atenção é o fato de que as abelhas pela relação que tinham com Beorn dá a entender que a um sinal do troca-pele estariam prontas para um ataque e defesas do territorio que vivem, principalmente se os orcs e wargs atacassem os dominios.
 
Última edição:

Brunno Zenni

Usuário
Elrond, tu começo o post com uma grande viagem mesmo, asuihasuiha
mas o Dorak colocou algo interessante, que faz mais sentido, acho que era ai que vc tava tentando chegar...
 

Pityë Lómelindë

numa Gondolin imaginária
Agora voltando à reposta: na minha opinião, Beorn representa um certo equilíbrio entre homem-natureza. Isso se dá até mesmo pelo fato de ele se transformar em um animal, sem falar da relação dele com o ecossistema do local onde vivia. Pensando por esse lado acho difícil Beorn deslocar um exército de abelhas lá para Erebor. Isso causaria um desequilíbrio enorme, e ele não queria aquilo.

Concordo! Beorn não era lá muito pacifico e sei que, como qualquer um, faria o possível pra defender o seu espaço, o seu lar. Mas, se deslocar até a Floresta das Trevas pra tomar partido numa batalha? hummm... Acho que não.

Como o Dorak falou, ele é um personagem da natureza, ligado em essência aos elementos ambientais e aos outros animais. Tolkien tem outros personagens nessa "categoria ecologica", como Tom Bombadil e Fruta D'Ouro, os Ents... E nenhum deles apreciava a guerra ou se especializava nela os como os homens, elfos e anões.

Os ents, por exemplo, foram à guerra somente por pura necessidade e o tanto possível eles à evitaram.
E o Tom? Esse nem ligou pro Um Anél! Pra ele mais parecia uma bijuteria... E, segundo o texto, ele habitava um espaço que ele mesmo havia delimitado e nada, a menos que ele por si mesmo quisesse, o faria sair dali. Que dirá envolver-se em uma batalha!

Não... Acho que Beorn, seguindo a linha dos "ecopersonagens" (que neologismo foi esse? Bom, cabe!) não iria à guerra a menos que ela estivesse em suas fronteiras.

:yep:
 
Não vejo problemas em aceitar Beorn na Batalha dos Cinco Exércitos, mas sim, as abelhas deslocando-se para a batalha.

Acho que Beorn representa muito mais que um equilibrio pro meio em que vivia, ele representa a própria harmonia, ele é a própria harmonia naquelas terras. Já as abelhas, não se deslocariam pra tão longe, se seu ecossistema não estivesse ameaçado.
 

-Ulisses-

O Mais Ladino dos homens
Provavelmente essas abelhas poderiam formar um "exercito" somente se uma ameaça aparecesse perto de suas colmeias, ou seja, somente para a proteção, e tambem não acho que Beorn teria tal controle sobre elas, para fazer elas se deslocarem dessa forma para uma batalha que para elas não tem importancia.

Alem do mais, depois de dar uma ferroada, a abelha morre (pq perde o ferrão), então seria uma missão suicida para elas.
 

Brunno Zenni

Usuário
acho q a possibilidade de Beorn controlar as abelhas para atacar até é possivel, mas como já foi dito, apenas para proteger seu território e não para ir à guerra
 

_ Sauron _

Senhor dos Lobisomens
Alem do mais, depois de dar uma ferroada, a abelha morre (pq perde o ferrão), então seria uma missão suicida para elas.

Exatamente o ponto que eu ia tocar. Uma picada de abelha,mesmo uma abelha gigante como as de Beorn, não mata alguém. Seriam necessárias várias abelhas para causar um dano grande ao inimigo, talvez umas 15 pra cada orc. Todas teriam uma única ferroada pra dar e morreriam em seguida. Beorn não sacrificaria suas abelhas por um esforço tão em vão como esse. Além de que o caos criado pelas abelhas afetaria todos os exércitos, não só os inimigos.
 

Elrond

"OFF" it will last two months
Além de que o caos criado pelas abelhas afetaria todos os exércitos, não só os inimigos.

Nobre Sauron, em que sentido você quis dizer que as abelhas poderiam afetar também os exércitos aliados? :think:

Faço essa pergunta pelo seguinte;

Na batalha dos 5 exércitos juntamente com os orcs e wargs, vieram uma legião de morcegos que contribuiram de certa forma e não atrapalharam seus aliados?

Porque com as abelhas seria diferente? Tem a ver com natureza de cada animal?
 

Faerie

Usuário
Obs: Sei que é viagem demais, mas isso me chamou a atenção

Realmente.. viajou, rs, brincadeira...é uma coisa a se pensar...se elas realmente trabalhavam pra ele...dariam uma belo batalhão...fariam um estrago no campo de batalha...., não matariam ninguém acredito..mais sairiam todos inchados e se forem espertas...alguns sem enxergar nada...oq já seria uma grande ajuda...rs
 

_ Sauron _

Senhor dos Lobisomens
Nobre Sauron, em que sentido você quis dizer que as abelhas poderiam afetar também os exércitos aliados? :think:

Faço essa pergunta pelo seguinte;

Na batalha dos 5 exércitos juntamente com os orcs e wargs, vieram uma legião de morcegos que contribuiram de certa forma e não atrapalharam seus aliados?

Porque com as abelhas seria diferente? Tem a ver com natureza de cada animal?

Digo, não deve ser nada agradável o zumbido alto, a visão de abelhas gigantes rondando os exércitos em alta velocidade. Se elas aparecessem junto com Beorn, não haveria nenhum aviso prévio da chegada delas, e os elfos, humanos e anões, de primeira vista, ficariam atordoados e tentariam fugir das abelhas.
 

Faerie

Usuário
Ou seja...daria um belo estrago...não sei se me preocuparia mais em me defender dos ataques do anões...ou das abelhas...
 

CaiÒ.ó

Usuário
Levando em conta que após a primeira picada as abelhas morrem, e que seriam necessárias mais de uma abelha para derrubar um orc/uruk... Não vejo esse exército como algo muito ameaçador...

Matariam muita gente mesmo, causaria um bom estrago, mais não seria de muita ajuda mesmo com o tamanho ameaçador delas, descrita como 'maiores que um polegar', isso é o que acho...

Não vai faltar gente falando: "Vai e da um tapa em uma colmeia para ver o que acontece..."

Eu sei disso gente, sei do perigo, mas um exército, dificil...


Tenken :lily:
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$100,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo