1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Evento As 5 Melhores (61ª Semana) - Genesis

Tópico em 'Música' iniciado por Fúria da cidade, 15 Fev 2013.

  1. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Genesis

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Formação clássica do grupo na década de 1970

    Genesis é uma banda britânica de rock progressivo formada em 1967, quando os seus fundadores Peter Gabriel, Mike Rutherford e Tony Banks ainda estudavam na Charterhouse School. O grupo alcançou enorme sucesso nas décadas de 1970, 1980 e 1990.

    Com aproximadamente 150 milhões de álbuns vendidos em todo o mundo, Genesis é considerada uma das mais importantes bandas de rock de todos os tempos. Sua carreira tem duas fases musicais diferentes. Na fase inicial, suas estruturas musicais complexas, instrumentação elaborada e apresentações teatrais a tornaram uma das bandas mais reverenciadas do rock progressivo na década de 1970. Criações clássicas da banda nesse período incluem a canção de 23 minutos "Supper's Ready" do álbum Foxtrot de 1972, além do álbum conceitual de 1974 The Lamb Lies Down on Broadway. A partir da década de 1980, sua música tomou um caminho distinto em direção ao pop, tornando-a mais acessível para a cena musical.

    Em 18 de outubro de 2006, a BBC anunciou que os membros do Genesis, incluindo Phil Collins, Mike Rutherford e Tony Banks, aceitaram reunir-se para uma turnê mundial e explorando a possibilidade de gravação de um novo material.

    Formação atual

    Tony Banks - teclados, guitarra (12 cordas) e coro (1967 - 1998; 2006 - atualmente)
    Mike Rutherford - baixo, guitarra e coro (1967 - 1998; 2006 - atualmente)
    Phil Collins - bateria, vocal e coro (1970 - 1996; 2006 - atualmente)
    Chester Thompson - bateria (1976 - 1996; 2006 - atualmente)
    Daryl Stuermer - guitarra, baixo e coro (1979 - 1996; 2006 - atualmente)

    Ex-integrantes

    Peter Gabriel - vocal, flauta e percussão (1967 - 1975)
    Steve Hackett - guitarra (1970 - 1977)
    Anthony Phillips - guitarra e vozes (1967 - 1970)
    Chris Stewart - bateria (1967 - 1968)
    Jonathan Silver - bateria (1967 - 1969)
    Jonathan Mayhew - bateria, percussão e coro (1970)
    Bill Bruford - bateria, percussão (1975 - 1976)
    Ray Wilson - vocal e guitarra acústica (1997 - 1998)

    Álbuns de estúdio e EP's

    1969 - From Genesis to Revelation
    reeditado em 1974 como In The Beginning
    reeditado em 1980 como Where The Sour Turns To Sweet
    1970 - Trespass
    1971 - Nursery Cryme
    1972 - Foxtrot
    1973 - Selling England by the Pound
    1974 - The Lamb Lies Down on Broadway
    1976 - A Trick of the Tail
    1976 - Wind and Wuthering
    1977 - Spot the Pigeon (EP)
    1978 - ...And Then There Were Three
    1980 - Duke
    1981 - Abacab
    1982 - 3 X 3 (EP)
    1983 - Genesis
    1986 - Invisible Touch
    1991 - We Can't Dance
    1997 - Calling All Stations

    Álbuns ao vivo

    1973 - Genesis Live
    1977 - Seconds Out
    1982 - Three Sides Live
    1987 - Live At Wembley Stadium
    1992 - The Way We Walk, Vol. 1: The Shorts
    1992 - The Way We Walk, Vol. 2: The Longs
    2007 - Live Over Europe 2007

    Compilações

    1998 - Genesis Archive - 1967-1975
    1999 - Turn It On Again - The Hits
    2000 - Genesis Archive #2 - 1976-1992
    2004 - The Platinum Collection
    2007 - Turn It On Again - The Hits: Tour Edition

    Trabalhos relacionados

    1975 - Voyage of the Acolyte é um álbum a solo de Steve Hackett, mas para muitos é quase um álbum dos Genesis. Participam Hackett, Mike Rutherford e Phil Collins juntamente com John Hackett (flauta, sintetizador ARP, sinos), Nigel Warren-Green (violoncelo), Robin Miller (oboé, corne inglês), John Acock (Mellotron, acordeon, piano) John Gustafson (baixo) e Sally Oldfield (voz).

    Comentários: Uma grande banda que começou no progressivo e depois se aproximando mais do pop com muita história que teve inicialmente Peter Gabriel nos vocais e depois se consagrou na voz única e inconfundível de Phill Collins. Alías a história do Genesis e Phill Collins chegam em muitos momentos a se confundir (algo semelhante a Santos e Pelé no futebol) tamanha foi a grandeza que a banda conquistou pela sua presença na banda.

    Dessa forma a minha lista ficou assim:

    1° Mama - Tem um ritmo instrumental instigante e único que fez sempre ser a minha preferida.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    2° Hold on my heart - Grande faixa com ar de balada romântica, marca registrada do Phill Collins em sua carreira solo.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    3° I Can´t Dance - A faixa mais divertida e irreverente da banda, principalmente pelo video clipe que fez muito sucesso.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    4° No reply at all - A minha preferida do álbum "Acab"

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    5° Misunderstanding - A minha preferida do álbum "Duke"

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Quickbeam

    Quickbeam Rock & Roll

    Conheço muito pouco da fase que é considerada a melhor do grupo, com o Peter Gabriel como vocalista e líder (basicamente, apenas o álbum The Lamb Lies Down on Broadway). Ainda pretendo ouvir Selling England by the Pound um dia desses, mas, por enquanto, este é o meu top 5:

    [TABLE="class: grid"]
    [TR]
    [TD]1[/TD]
    [TD]A Trick of the Tail (A Trick of the Tail, 1976)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    [/TD]
    [/TR]
    [TR]
    [TD]2[/TD]
    [TD]Mama (Long Version) (Genesis, 1983)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    [/TD]
    [/TR]
    [TR]
    [TD]3[/TD]
    [TD]That's All (Genesis, 1983)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    [/TD]
    [/TR]
    [TR]
    [TD]4[/TD]
    [TD]The Lamb Lies Down on Broadway (The Lamb Lies Down on Broadway, 1974)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    [/TD]
    [/TR]
    [TR]
    [TD]5[/TD]
    [TD]No Son of Mine (We Can't Dance, 1991)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    [/TD]
    [/TR]
    [/TABLE]
     
    Última edição por um moderador: 5 Out 2013

Compartilhar